História Desejos secretos - Capítulo 63


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Sasusaku
Exibições 988
Palavras 8.343
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Todas as imagens foram retiradas do google imagens não me pertencem.

Capítulo 63 - Apaixonados e marcados.


Fanfic / Fanfiction Desejos secretos - Capítulo 63 - Apaixonados e marcados.


Sakura


Assim que cheguei a Long Island eu percebi o tamanho da festa que estava sendo organizado por mamãe e dona Mikoto, o local era esplendido saído de um conto de fadas, suspirei quando olhei para a majestosa Gold Coast Mansion que parecia um castelo de fato. 


Dona Mikoto me puxou sorridente me levando de encontro a uma moça ruiva com um corpo curvilíneo de causar invejas.


- Mei essa aqui e minha norinha ela e linda não? Sakura essa e Mei. - Ela sorriu acenando sim enquanto me dava beijinhos.


- Lindíssima Mikoto. Agora sei por que Sasuke quer casar logo, ele seria um otário se deixasse alguém como você livre, leve e solta. Diga-me quantos ceos você já derrubou com seu rostinho perfeito hein? - ela piscou me deixando ruborizada enquanto olhava para o meu corpo de cima para baixo.

- Você vai ficar linda em qualquer vestido que escolha. Bom venha irei te mostrar a mansão. - eu estudei atentamente a mulher ruiva que parecia uma pegadora nata o que me deixou bastante incomodada.


Seu corpo era escultural, as curvas eram perfeitas e proporcionais em todos os lugares, fiquei ali fitando a interação dela com dona Mikoto que parecia gostar muito dela, o que de fato me deixou um pouco insegura.


 Fiquei imaginando se ela havia se deitado com meu Sasuke, caso ela tivesse ido para cama com meu homem eu a mandaria para puta que pariu. Ate parece que permitira que uma mulher que foi comida do meu futuro marido organizasse meu casamento.


Ela explicava tudo detalhadamente deixando minha mãe e dona Mikoto bastante empolgada, ela falava em colocar as mesas no jardim e no grande salão, que assim poderíamos aproveitar tanto imenso e belíssimo jardim como o belíssimo salão de festas, que era de fato exuberante. Suspirei enquanto caminhava pela imensa mansão viajando meus olhos por cada um dos cômodos.

Apoiei-me na sacada de um dos quartos tendo a vista incrível de todo jardim, sorri sentindo a brisa acariciar minha face quando escutei:


- Lindo não? Acho que Sasuke vai amar casar aqui. Eu ainda não acredito que ele esta se casando. - arqueei as sobrancelhas querendo entender o que ela queria dizer com aquela maldita colocação.


- Sabe alguém como ele não deveria se casar. Ele deveria ser livre para amar todas as mulheres. - ela sorriu com aquele maldito sorriso sarcástico como se quisesse me desafiar.


- Você sabe o tipo de homem que ele é. Um homem daquele quente como o inferno não deveria ficar preso a uma única mulher, apesar que acho que ele não estará preso a você. - ela sorriu acenando não enquanto folheava uma revista.


- O que você quer dizer com isso? Que ele vai me trair? - ela sorriu batendo seus saltos contra o chão de mármore sorrindo.


- Imagina, eu jamais diria algo assim. Afinal ele esta se casando, porque ele te trairia certo? - ela sorriu me lançando um maldito sorriso de boa sorte com seu péssimo investimento me deixando sozinha.


Cerrei meus dentes tentando controlar a imensa raiva que já tomava todo meu corpo, desci as escadas encontrando mamãe e dona Mikoto conversando animadamente com a maldita vagabete. 


Revirei os olhos quando ela sorriu me estendendo seu cartão, minha mãe me puxou pelo cotovelo para um canto e começou a me dar um sermão.


- Deus, Sakura qual o seu problema hein?- dei de ombros olhando para o salão enquanto minha mãe apertava meu braço.


- Nada só o fato de achar que a ruiva putonilda ali dormiu com meu noivo antes de mim. - ela revirou os olhos avaliando a mulher dos pés a cabeça lentamente.


- Minha linda tem certeza disso? - acenei sim enquanto ela acenava não boquiaberta.


- Você acha que Mikoto sabe disso? - cruzei os braços diante do meu corpo enquanto minha mãe ajeitava meu vestido.


- Claro que não mãe, Sasuke não sai falando para mãe dele com quem ele andou fodendo. Mas a vadia insinuou que Sasuke me trairia. - ela arregalou os olhos apertando meu braço tentando me acalmar.


- Filha isso e inveja. Olha para você e olha pra ela, você e mulher para casar ela e somente diversão. - revirei os olhos imaginando o pau do Sasuke se divertindo entre os peitões da vagaba.


- Ah mamãe deixa Sasuke pisar na bola eu chuto as bolas dele junto com a trave, e mando-o se foder grandão. - vi dona Mikoto sorrir acenando em nossa direção enquanto eu respirava fundo sorrindo de volta.


- Isso filha sorria, não deixe a safada achar que te abalou. Você e Haruno Sakura não deixe uma vaca te abalar. - sorri acenando sim voltando com minha mãe ao lado de dona Mikoto que sorria me mostrando o catalogo com as varias decorações.


A cada olhada da puta ruiva eu sentia que estava prestes a cometer um assassinato, ela estava conseguindo me tirar do serio com seu olhar sarcástico enquanto me mostrava opções de taças e talheres Os talheres escolhidos por dona Mikoto eram realmente belíssimos, ela tinha de fato muito bom gosto, suspirei enquanto ela terminava os ajustes finais juntamente a mamãe e a ruiva safada.


Sorri quando dona Mikoto se aproximou me estendendo uma revista com varias opções de decoração, eu me imaginei em cada um dos salões que estampavam a revista, eram de fato todos muito luxuosos e requintados me afastei de dona Mikoto quando vi meu celular vibrar eram mensagens de um numero desconhecido abri e comecei a ler.


Saudades de você meu amor.


Pelo jeito Sasuke havia começado um novo joguinho, se ele queria brincar eu também brincaria. Afinal nada como apimentar uma relação antes do casamento.


Eu também meu amor. Queria tanto estar ai no seu colo beijando seus lábios.


Eu sempre gostei dessas surpresinhas que Sasuke gostava de fazer, era um jogo sensual e erótico que me fazia sentir quente e desejada. Minha boca se fechou em um sorriso malicioso quando vi a próxima mensagem me deixando ruborizada e molhada.


Você não faz ideia de como me deixa quente. Eu queria poder foder cada centímetro do seu corpo como se não houvesse amanhã. Te chuparia, te lamberia e foderia você ate seus miolos. rs.


Eu podia imaginar Sasuke fazendo cada coisinha que ele havia descrito na mensagem, meu corpo tremeu me deixando completamente extasiada e eufórica. Escutei dona Mikoto e mamãe chamarem por mim, arremessei o celular na bolsa caminhando de volta para o grande salão aonde elas ainda discutiam sobre a decoração.

Minha mãe sorriu olhando para o meu rosto ainda ruborizado me segurando pelo cotovelo.


- Acho que alguém aqui viu o passarinho verde certo? - mordi meu lábio inferior enquanto dona Mikoto sorria de forma maliciosa.


- Meu filhote e fogo mesmo. Isso que e amor. - sorri vendo um olhar escuro se formar nos olhos da ruiva que me olhava com raiva como se isso me afetasse.


- Se antes de casar já estão assim imagina depois hein Mikoto, vamos ter uma prole Uchiha vindo por ai. - elas gargalharam me deixando ainda mais ruborizada.


- Mãe! - ela sorriu me dando uma leve cotovelada olhando para a Mei que me fuzilava mortalmente.


Se fodeu vaca ruiva, acha que meu casamento e frio. Hahaha eu e Sasuke somos a própria chama do inferno juntos. Chupa que aqui e Sakura!


Sorri vitoriosa enquanto ajeitava meu justíssimo e decotado vestido de renda branca que com certeza deixaria meu Uchihinha animadíssimo. Quando saímos de Long Island já passava das 11:00, dona Mikoto me mostrava o NY times com a minha maldita foto estampada na capa do jornal seguida da noticia sobre nosso casamento.


 Ela havia tornado o meu casamento em um evento midiático me deixando um pouco receosa. Eu acenei não quando vi Kabuto parar diante do prédio da Uchiha's Corp vendo dona Mikoto e mamãe saltarem do carro com um enorme sorriso nos lábios. Minhas mãos estavam tão suadas que eu poderia lavar meu rosto com elas.


- Dona Mikoto acho que Sasuke não vai gostar dessa visitinha. - ela sorriu acenando ok com a mão como se isso não fosse nenhum problema.


- Imagina Sakura só vamos dar um olá e logo estaremos saindo para ver seus vestidos. - suspirei enquanto ela sorria mostrando algo para minha mãe que acompanhava o ritmo louco de dona Mikoto.


Quando adentramos o prédio todas as pessoas me apontavam como se eu fosse algum tipo de atração circense, podia escutar os burburinhos seguidas de risadinhas e sussurros, dona Mikoto sorriu acenando para todos com um cumprimento cordial fazendo todos voltarem rapidamente ao seu trabalho, pelo jeito dona Mikoto era a fodona da família Uchiha ate os funcionários a respeitavam.

Assim que a porta do elevador se abriu na cobertura as meninas da recepção correram em minha direção me fazendo arquear as sobrancelhas, ela sorriam me abraçando e me dando parabéns, pelo jeito todas as pessoas do prédio já haviam visto o grande estardalhaço no Times.


Suspirei lançando um sorriso cordial para todas caminhando em direção à sala de Sasuke, quando coloquei a mão na maçaneta escutei a voz do maldito desgraçado do príncipe que perguntava quanto era o preço de uma foda comigo.


 Aquilo de fato havia feito todo o meu sangue ferver como um vulcão em erupção adentrei a sala e vociferei tudo que estava na minha garganta seguido de um bom chute em suas bolas que seguravam sua pequena trava. 


E claro que era pequena, eu sabia muito bem a diferença de uma travona e uma travinha e a do príncipe estava longe de ser travona, a do meu Sasuke sim era uma travona com T maiúsculo. 


Depois da passar por quase todas as lojas de vestidos de noivas com mamãe e dona Mikoto percebi que sentia falta de algo em todos os vestidos que eu havia provado, eram todos muito bonitos, mas sentia que nenhum deles era o meu vestido de noiva. 


Dona Mikoto aproveitou para escolher um belíssimo vestido para um baile de gala que aconteceria na próxima sexta feira no qual a Uchiha's Corp estava diretamente envolvida. 


Ela sorriu me mostrando alguns vestidos tentando me convencer em escolher algo para o tal baile que aconteceria no Met me deixando um pouco receosa.


- Sakura minha flor e um baile de gala, você poderia escolher um lindo vestido também. - suspirei afinal Sasuke não havia me falado nada sobre tal evento.


- Dona Mikoto. Sasuke não me falou nada sobre isso. - ela sorriu apertando minha bochecha enquanto mostrava alguns acessórios de cabelo.


- Ele deve ter esquecido, com toda essa correria do noivado e cirurgia, ele não deve ter tido tempo de lhe dizer, mas você irá sim. Eu faço questão e um evento muito importante. - sorri acenando um ok com a mão enquanto ela conversava com a minha mãe.


 Mesmo apos uma tarde inteira adentrando lojas e mais lojas, mamãe e dona Mikoto ainda queriam me arrastar para Los para ver as flores para decoração, eu estava e um nível de cansaço acima do normal, precisava de um banho relaxante urgente, recusei o convite educadamente voltando para casa logo em seguida.


Assim que cheguei em casa me enfiei na banheira enquanto combinava uma academia com Hina e as meninas para poder dar uma desestressada. Pois eu sentia a necessidade de fofocar sobre a maldita ruiva que havia sido uma das fodas do meu noivinho pegador. 


Quando cheguei na academia Hina já corria na esteira enquanto Tema e Ten faziam aulas de Body Combat com Mai, pelo jeito Sasuke havia conseguido se livrar de Hidan de vez.


 Ino chegou logo em seguida me puxando para a aula de circuito me deixando desanimada.


- Ino circuito? Putz eu to morta. - ela sorriu acenando não me puxando para a maldita aula que era dada por um professor bem gostosinho.


- Sonha olha a bunda do Adam. Vamos fazer circuito sim, depois quero que me conte tudo sobre o mega casório da década. - sorri acenando não enquanto Ino estalava um tapa na minha bunda.


- Deus eu sou noiva, e você quer que eu fique olhando a bunda do professor? Apesar que ele e quente e gostoso. - ela sorriu acenando sim lançando uma piscadela em direção a outro homem que corria na esteira.


- Quem e aquele? - ela sorriu acenando tchauzinho para o homem da esteira me puxando em direção à aula de circuito.


- Aquele e o dono da Master Inc, dizem que ele e quente na cama. Ele e um gato não? - olhei para ver o homem que corria na esteira ouvindo algo em seu celular.


- Mmm.. Sei lá eu só tenho olhos para Sasuke, e você também deveria ter olhos somente para Sai. - ela acenou não me dando uma leve cotovelada enquanto Hina se jogava ao nosso lado com a toalha no rosto.


- Meu coração e do Sai amiga, mas meus olhos são para todos os homens bonitos que desfilam por Manhattan. - ela sorriu dando um toca aqui enquanto eu suspirava vendo Hinata acabada no chão.


- Circuito Hinatinha? - ela sorriu acenando não com o corpo todo tomado pelo suor.


- Estou morta Saky, você demorou amiga.. - suspirei lembrando da minha maratona de vitrines.


- Pois e andar caçando vestido de noiva não é dose não amiga, ainda quando se esta acompanhada de dona Mikoto e mamis. - ela acenou sim rolando com a toalha ainda no rosto.


- Vai vamos encarar um circuitinho básico, ai chegando em casa você ataca a baguete do Narutinho. - ela revirou os olhos enquanto eu e Ino gargalhávamos vendo sua reação.


- Parou Hina de santa tu não tem nadinha, você e o Naruto estão se pegando forte. Olha sua cara de inocente. - ela corou como um tomate nos fazendo gargalhar ainda mais.


- Pois eh Saky não dizem que as que tem carinha de santa são as piores. - Hina abriu a boquinha varias vezes tentando responder, mas nada saia de sua boquinha que deveria estar chupando muito picolé ultimamente.


- Vamos malhar mulherada que em Manhattan tem muita mulher gostosa de olhos nos nossos homens. Uhull. Saky eu se fosse você teria cuidado redobrado com um homem como Uchiha. - arqueei as sobrancelhas enquanto Ino sorria de canto me deixando preocupada.


- Como assim Ino? Você esta sabendo de algo que eu não estou? - ela acenou não levantando as mãos para cima correndo em direção ao Adam.


- Hina você sabe de algo que eu não sei? - ela acenou não caminhando comigo em direção à aula de circuito.


- Vamos malhar Saky, Ino e louca ela adora botar lenha na fogueira. - acenei sim admirando o belo corpo do nosso professor enquanto Hina suspirava com uma carinha exausta.


Apos 1 hora de aula de circuito e mais 45 minutos de esteira corremos para o chuveiro seguindo logo em seguida para lanchonete onde as meninas já nos aguardavam sentadas com seus lanchinhos, me joguei na cadeira pedindo um sanduiche e um suco de maracujá, precisava relaxar meu corpo estava um caco em todos os sentidos.

A falta que Sasuke me deixava bastante estressada e irritada me sentia em uma tpm constante.


- E ai Saky conte nos como estão os prepativos para o grande casório? - suspirei enquanto olhava para ino que enfiava algo em minha bolsa.


- Ah o de sempre.. Dona Mikoto e mamãe estão correndo com os preparativos.. - elas me olhavam com um olhar do tipo desembucha que você esta com cara de bunda.


- Acho que a vaca que esta organizando meu casório foi buraquinho de foda do Sasuke no passado. - elas reviraram os olhos soltando um uau baixinho.


- Calma lá Saky você acha mesmo que Uchiha iria deixar uma peguete organizar o casório dele? Ele não é tão idiota. - dei de ombros bebendo meu suco escutando Ino defender Sasuke.


- Você esta defendendo ele Ino?  Eu achei que você fosse minha amiga. - ela sorriu me apertando em seus braços beijando o topo da minha cabeça.


- Não estou defendendo, mas na boa Saky antes de você entrar na vida dele o cara deve ter fodido varias mulheres por toda Manhattan, e não estou falando só dele não, acho que tanto o Neji como o Naruto esta nessa prole de fodedores natos. - Hina e Ten cuspiram o suco batendo nos braços de Ino.


Todas nos entreolhamos e gargalhamos com as loucuras de Ino que achava Manhattan o cenário perfeito para os acontecimentos de seus livros e filmes preferidos, ela bateu na nossa mão acenando não enquanto chupava seu canudo fazendo caretas.


- Tá Saky, mas porque você esta achando que Sasuke comeu essa organizadora de eventos hein? - suspirei me lembrando o jeito irônico como ela havia falado comigo.


- Bom ela meio que insinuou.. Ela disse que Sasuke com certeza não era homem de uma mulher só.. - Hina acenou não apertando minha mão enquanto Tema olhava para seu açaí fazendo caretas.


- Na boa Saky isso e inveja, na certa ela queria estar no seu lugar casando com Uchiha, por isso que disse algo assim para deixar você irritada, pergunte para ele diretamente. - revirei os olhos enquanto Ino tossia acenando não para Hina.


- Você esta louca Hina? Acho que passado deve ficar no passado, se Saky ficar caçando pelo em ovo, ela vai acabar achando uma peruca. - arregalei os olhos escutando as meninas gargalharem me deixando ainda mais preocupada.


- Ah quer saber hoje à noite vou perguntar sim, afinal melhor tirar logo essa duvida.. - Ino suspirou me dando um tapinha no braço.


- Bom se você achar melhor faça isso então. - Tema e Ten sorriram me mostrando o convite do evento do Met.


- Então meninas vamos comprar nossos vestidos para o baile de Gala da Uchiha's corp. Amanha a gente almoça junto e depois vamos bater pernas nas lojas. - suspirei vendo a animação de Tema e das meninas para o tal evento.


- Tema como e esse evento hein? - ela sorriu me mostrando o convite animadamente.


- Eh um evento que arrecada fundos para varias obras sociais relacionados a crianças carentes. E um evento bem grande Saky, todo ano eles fazem esse baile no Met, o povo disputa a tapa os convites. Principalmente a mulherada. - arqueei as sobrancelhas querendo entender o motivo do sucesso.


- Porque a mulherada quer tanto ir nesse baile? - ela sorriu me mostrando fotos do evento do ano anterior recheada de homens ricos, jovens e bonitos.


- E o local perfeito para as caçadoras de ceos. - revirei os olhos ficando completamente boquiaberta escutando todos os bafos que Tema me contava animadamente.


- Se você visse os tipos que vinham atrás de Garra ano passado você iria rir tanto, elas disputavam quem vestia menos roupa. Era lingeries vermelhas e pretas para todos os lados, bom recomendo não entrarem nos banheiros, vocês já imaginam o que vão encontrar por lá. - acenei não enquanto Hina tapava a boca com as mãos.


- Ah e conto mais, Sasuke estava agarrado com uma loira que tinha os peitos maiores que a minha cabeça. Deus aquilo era tipo uma melancia tamanho família. - fechei os olhos tentando entender o conceito de baile de gala em minha mente enquanto Hina e Ten gargalhavam.


- Vocês estão rindo? Mas Naruto e Neji estavam acompanhados de duas piranhas que usavam calcinhas comestíveis. - me joguei no encosto da cadeira imaginando a putaria na qual eles viviam.


Naquele momento minha cabeça já latejava imaginando um maldito baile repleto de putas querendo comer meu noivo por todos os lados, ai de Sasuke se ele olhasse para alguma mulher diante de mim, eu faria questão de mandar Uchihinha para o espaço em um passeio sem volta.


 Ino sorria olhando para as fotos no celular de Tema me mostrando a loira com os peitos tamanho família me deixando aterrorizada com o tremendo mal gosto de Sasuke.


- Bom os meninos vão no jogo do Giants amanha, então podemos aproveitar e fazermos uma tarde de meninas. - todas concordamos afinal eu precisaria comprar um vestido para o tal baile mesmo.


- Ok meninas então almoçamos juntas e depois compras. - levantei as mãos para o alto em um ato de rendição dizendo logo em seguida sorrindo.


- Só vou avisando não vou usar calcinhas comestíveis e competir de quem veste menos roupa. Se vocês quiserem fazer uma competição interna entre vocês não me convidem. - todas gargalhamos nos despedindo logo em seguida.


Mais tarde em casa depois de toda confusão com o quarto alagado Sasuke estava calado rolando pelo sofá enquanto eu continuava centrada nas revistas de noivas.


 Suspirei me jogando em seu colo vendo o sorrir.


- Oi minha linda achou algum vestido interessante? - sorri beijando seus lábios enquanto ele me apertava contra seu corpo.


- Não amor.. Sasuke você comeu a Mei? - ele revirou os olhos acenando não apertando minha bochecha.


- Não misturo trabalho com sexo meu amor. - apertei seu queixo enquanto via um sorriso sem vergonha se formar no canto de seus lábios.


- Ah han. Falou o chefe que esta fodendo com a estagiaria.. Conta outra Sasuke, tsk. - ele sorriu enlaçando minha cintura rolando pelo sofá ficando por cima de mim.


- Errado.. Eu faço amor com a minha estagiaria nunca fiz sexo. - gargalhei enquanto ele brincava com suas mãos em minhas costas.


- Agora responda minha pergunta Sasuke, você fodeu com a Mei no passado? - ele sorriu mordendo meus dedos acenando não.


- Não Sakura não fodi com a Mei nunca, porque a pergunta? - eu fiz uma careta para tentar disfarçar minha inquietação.


- Ela meio que insinuou que você me trairia, então achei que você e ela tivessem tido algo. - ele deslizou seus dedos em minha coluna me fazendo relaxar.


- Olha pra mim Sakura.. Eu não fodi a Mei. E se ela esta te incomodando eu vou pedir para dona Mikoto mudar de organizadora. - suspirei enquanto ele beijava meus dedos me fazendo sentir uma idiota por acreditar na ruiva vagaba.


- Deixa Sasuke, as coisas já estão bem adiantadas não quero dar trabalho para nossas mães. - ele arqueou a sobrancelha me enchendo de cocegas.


- Certeza minha linda? Não quero ninguém incomodando minha futura esposa com mentiras estupidas. - sorri enlaçando seu pescoço mordiscando seu lábio inferior escutando o gemer baixinho.


- Certeza meu amor. Agora pegue sua futura esposa no colo e carrega a ate sua cama. - ele sorriu com aquele maldito olhar apaixonante me carregando ate o meu quarto.


- Você gosta de dar ordens Sakura? - sorri enquanto rolava pela cama sentindo seus dedos brincarem em minhas costas.


- Eu amo mandar.. Você não gosta de obedecer Sasuke? - seus olhos brilhavam a cada peça de roupa que eu despia enquanto ele olhava vidrado.


- Somente você meu amor.. Não costumo receber ordens, mas no seu caso serei bonzinho. - ele fez uma careta enquanto se jogava ao meu lado me puxando para seu colo.


- Ah vá a merda Uchiha, você ama receber ordens de mim. - comecei a rir enquanto ele me puxava com força pelo queixo me fitando de forma profunda tentando conter uma risada.


- Olha a maldita boca Sakura. Quer que eu cale ela? - sorri acenando sim sentindo sua boca se aproximar lentamente da minha.


- Mmm.. Cala então, eu quero ver como o todo poderoso senhor Uchiha faz sua estagiarinha se calar. - antes mesmo de eu pensar em qualquer coisa seus lábios já estavam colados aos meus tomando o de forma faminta e furiosa me fazendo gemer em sua boca.


Ele mergulhou sua língua em minha boca de forma voraz me fazendo ofegar em seus lábios, o corpo dele se apertou contra o meu me fazendo sentir seu membro rijo por baixo das calças.


 Sorri sentindo sua língua enlaçar na minha em movimentos sensuais lambendo e chupando minha boca com um desejo selvagem.


Joguei minha cabeça para trás sentindo seus lábios deslizarem em meu pescoço chupando e lambendo cada polegada de minha pele me deixando toda arrepiada.


 O calor se alastrava cada vez mais por todo meu corpo se acumulando entre as minhas pernas, gemi sentindo sua língua lamber minha garganta lentamente. 


- Ahn.. Sasuke assim eu vou querer você, não judia de mim meu amor. - ele sorriu mordendo meu ombro me fazendo gritar.


- Pra você aprender ser uma boa garota Sakura.. - ele sorriu pressionando seu quadris contra o meu me fazendo sentir seu comprimento duro e grosso contra minha fenda.


Ele pulou para o lado sorrindo travesso me deixando com um sabor de quero mais, Sasuke sabia jogar tão sujo quanto eu. 


Eu sentia que nosso casamento seria regada a aventuras sexuais todos os dias, afinal estamos aqui falando de um homem que me fodeu em todos os locais possíveis dentro do maldito prédio da Uchiha's Corp. 


Recentemente descobri um local no qual ainda não havíamos feito amor, eu queria muito sentir a pressão do meu Uchihinha contra a escadaria de incêndio, uma rota de fuga contra o fogo sendo usada de forma quente seria um tanto interessante e apetitoso.


Rolei pela cama caminhando em direção ao chuveiro enquanto Sasuke assistia algo em seu ipad de forma compenetrada, puxei seus pés escutando o soltar um grito estridente me fazendo gargalhar.


- Amor droga.. Quer me matar do coração? Apesar que meu coração agora e seu. - sorri acenando não enquanto corria em direção ao banheiro.


- Gritinho de menina Uchiha.. Todo medrosinho, hahaha. - fechei a porta escutando o murmurar baixinho.


Tomar banho sem Sasuke era outra coisa do qual eu tinha descobrido que não gostava muito recentemente, sentia falta se senti ló pressionando seu corpo duro e rijo atrás de mim. 


Adorava a sensação de seus lábios brincando em minha nuca ate a base da minha coluna, era uma sensação extasiante e deliciosa. Se eu pudesse dar uma nota para os banhos com Sasuke eu daria 9.9. 


Porque não um dez? 


Simples homens precisavam sentir que nos mulheres sempre precisávamos e desejávamos muito mais do que eles seriam capazes de nos oferecer era a famosa questão do desafio. 


Afinal que homem desejaria ter algo muito fácil?


 Mamãe sempre me dizia que homens precisavam ser atiçados com a curiosidade e com o desejo do que você poderia lhe oferecer de um jeito sexualmente atrativo.


Estava completamente perdida em meus devaneios quando escutei a porta ser batida então escutei do outro lado dela Uchiha gritando:


- Não ouse tocar no meu buraquinho com qualquer coisa que não seja seu dedo mocinha. - gargalhei me afundando ainda mais na banheira.


- Sakura.. Amor eu juro que se você enfiar qualquer coisa no meu buraco eu vou te foder. - gargalhei acenando não enquanto assoprava espumas para alto.


- Uchiha isso e algo que você só poderá fazer daqui 40 dias, então não me provoque com o que não poderá me dar. - escutei o gargalhar do outro lado da porta seguido de vários resmungos e batidas.


- Você e uma menina muito malvada Sakura, vou descontar tudo isso depois. esteja preparada. - acenei não enquanto me enrolava rapidamente na toalha escutando o suspirar do outro lado da porta.


- Eu sou má Uchiha e estou sempre preparada para o que você tem a me oferecer tigrão. - escutei ele gargalhar do outro lado da porta me deixando excitada.


- Mmm.. Tigresa eu amo quando você quer brincar com fogo. - abri a porta encontrando ele de frente a ela sorrindo com os braços cruzados diante de seu corpo.


- Merda.. Você pretende acabar comigo não e Sakura? - sorri puxando sua nuca apertando nossos lábios em um beijo quente e profundo.


- Sempre Uchiha. Você esta fodido comigo, eu vou domar esse senhor aqui embaixo como nenhuma outra o fez. - ele sorriu de canto olhando para sua virilha balançando a cabeça.


- Você já doma princesa. Ele e todinho seu. - sorri apertando sua ereção mergulhando na cama.


- Mmm.. Não sei não Uchiha, não estou botando muita fé nisso não. - ele acenou não se jogando na cama ao meu lado entrelaçando nossos mindinhos me fazendo gargalhar.


- Promessa de mindinho meu amor. Pode confiar. - ele me puxou aninhando sobre seu corpo beijando o topo da minha cabeça.


- Ok Sasuke vou acreditar, afinal como posso resistir a uma promessa de mindinho hein? - ele sorriu pulando da cama correndo em direção ao banheiro enquanto cantarolava Bruno Mars - Just The Way You Are me fazendo sorrir internamente.


Rolei pela cama olhando paras algumas mensagens de Ino que me perguntava sobre qual era a cor de comida mais apetitosa que eu conhecia, suspirei imaginando Sai indo mais uma vez para o pronto socorro. 


Hina me mandava fotos de qual lingerie usar para seu loirinho pervertido, optei pela foto quatro no qual estava uma lingerie rosa que deixaria caras como Naruto extasiado com a mistura refrescante de peitões saltando de um sutiã meigo e delicado. 


Ten me mandou umas fotos no qual ela pousava com uma coleirinha com dizeres Neji cravos com diamante no pescoço me fazendo gargalhar. 


Minhas amigas eram de fato todas retardadas. 


Por fim quando achei que já não havia mais nada a ser visto Tema me mandou uma foto do seu novo quarto vermelho no apartamento de Shika me fazendo arregalar os olhos enquanto olhava a maldita grade pendurado sob o teto.


Sorri quando senti o corpo de Sasuke ainda molhado pairar sobre o meu corpo roçando seus cabelos molhado em minha nuca enquanto sua boca deslizava lentamente pela minha coluna me deixando completamente eufórica.


Apertei o lençol enquanto sua língua lambia cada gotícula que ele derramava sobre meu corpo fazendo minha virilha pulsar e inchar de forma descontrolada. Seu abdome definido tocou de leve minhas costas me fazendo soltar um gemido sensual, o fazendo soltar uma risada gostosa contra minha pele.


- Deus, você e um menino muito mal Uchiha. - sua língua brincou na base da minha coluna enquanto ele mantinha seu corpo apoiado sobre suas mãos que pressionavam a cama ao lado do meu corpo.


- Eu sou um lobo muito mal meu amor. - sorri sentindo meu corpo tremer a cada toque de sua língua.


Suas mãos estalaram um tapa em meu bumbum me fazendo soltar um gritinho, ele sorriu travesso rolando para o lado oposto da cama me fitando enquanto eu fazia beicinho.


- Você e um bobo Sasuke.. Droga você me provoca e depois me deixa na vontade. - ele sorria de forma maliciosa me deixando ainda mais excitada.


- Minha noivinha e uma devassinha não? - sorri subindo em seu abdome escutando o grunhir.


- Puta merda Sakura. Não judia de mim meu amor. - sorri rebolando o quadril sobre sua ereção escutando o gemer enquanto vociferava vários palavrões me fazendo gargalhar.


- Você começou meu amor. Aprenda que seus joguinhos não funcionam comigo Uchiha. - ele mordeu seu lábio inferior me fitando com aqueles olhos em fogo.


- Deus, eu to fodido mesmo. Como posso aguentar isso? - sorri deitando sobre seu peitoral escutando o resmungar baixinho.


- Quando você estiver liberado meu amor, iremos para o paraíso inúmeras vezes, e vou lhe chupar ate deixa ló seco Sasuke. - ele acenou não rindo de forma safada.


- Isso sim que e amor hein Sakura? - sorri acenando sim enquanto desenhava um coração em seu abdome esculpido.


Sua mão pressionou firme contra minhas costas me puxando forte contra seu corpo me mantendo grudada ao seu corpo, suspirei sentindo que meu mundo todo girava em torno de Sasuke. 


Beijei seus lábios devorando cada cantinho de forma selvagem e faminta, ele rosnou puxando meus cabelos mergulhando sua língua de forma voraz chupando e lambendo como se saboreasse sua ultima refeição.


- Deus eu amo sua boca meu amor. - sorri aninhando meu rosto em seu peito sentindo suas mãos deslizarem suavemente por todo meu braço.


- Eu também amo sua boca meu amor- fechei os olhos sentindo meus olhos pesarem adormecendo rapidamente contra o corpo quente do meu homem.


Despertei escutando a voz de Sasuke ecoando pelo banheiro, ele estava cantarolando enquanto tomava seu banho, sorri enfiando minha cara no travesseiro balançando meus quadris enquanto seguia o ritmo de sua voz, me afundei no travesseiro quando percebi que ele havia ficado quieto.


 Podia sentir seus passos dentro do quarto se aproximando cada vez mais da cama, fingi que estava dormindo quando senti seus lábios estalarem um beijo em minha bunda me fazendo tremer, ele gargalhou e começou a me encher de cocegas me fazendo rolar pela cama.


- Droga Sasuke eu estava dormindo. - ele puxou meus pés me tirando da cama.


- Estava nada, eu vi você rebolando pelo espelho enquanto eu fazia minha barba. - mordi meu lábio enquanto ele tentava me tirar da cama.


- Eu estava dormindo sim seu bobo. - ele sorriu se jogando na poltrona comigo em seu colo.


- O que faremos hoje hein princesa? - sorri deslizando meu polegar em seus lábios enquanto sua mão passeava pelas minhas pernas.


- Você vai assistir ao jogo do Giants com os rapazes certo? - ele arqueou as sobrancelhas com um olhar curioso.


- Eu vou não, nos vamos meu amor. - acenei não com o dedo indicador vendo um olhar chateado se formar em seus lábios.


- Hoje vou sair para almoçar com as meninas e depois iremos na Fifth fazer compras, vou comprar um belíssimo vestido para usar na sexta. - ele suspirou pesadamente aninhando seu rosto na curvatura do meu pescoço.


- Não acho que devemos ir nesse evento minha linda, vamos curtir a sexta em casa somente eu e você hein? - acenei não enquanto suas mãos apertavam meu bumbum em movimentos suaves.


- Não.. Sua mãe disse que e um evento importante para Uchiha's Corp, e nos estaremos lá. - sorri pulando de seu colo escutando o resmungar.


- Sakura meu amor, não precisamos ir e serio.. Itachi e minha mãe podem dar conta de tudo, eu quero ficar aqui em casa com você minha linda. Vamos negociar? - acenei não correndo em direção ao banheiro.


- Sasuke não tem o que negociar nos iremos a esse evento e ponto final. - escutei ele vociferando vários palavrões saindo do quarto.

Depois de tomar meu banho demorado e me vestir fui para a sala onde Sasuke segurava uma xicara de café na mão e o celular na outra, ele falava com Shizune sobre o pessoal que viria dar um jeito no chão do quarto depois do pequeno incidente da banheira, ele sorriu fazendo sinal de vem com o dedo indicador se jogando no sofá. Rolei em seu colo tomando a xicara de sua mão.


 Apertei suas coxas escutando o gemer acenando não enquanto desligava o celular.


- Meu amor, Shizune deve ter achado que estava no celular enquanto fodia com você. - sorri beliscando sua coxa escutando o rosnar.


- Então meu amor vamos tomar café fora, e depois quero fazer algo antes de encontrar os rapazes para o jogo na Madison. - sorri puxando seu queixo vendo o beijar meus dedos.


- O que você quer fazer? - ele sorriu mordendo meu dedo indicador enquanto eu gargalhava.


- Surpresa minha linda. Agora levanta esse lindo traseiro e vamos tomar nosso café. - sorri pulando do sofá rapidamente.


Estava arrumando minha bolsa vendo Sasuke marcar algo no pequeno calendário de papel na estante da sala, me aproximei sorrateiramente para ver o que ele estava fazendo, gargalhei quando vi que ele marcava um x em vermelho a cada dia que se passava apos a cirurgia, ele me puxou contra a estante e rosnou em meu ouvido.


- Acha graça e? Eu não to vendo graça nenhuma, eu to contando os dias. - acenei não apertando seu queixo enchendo o de beijinhos.


- Amor você esta parecendo àquelas crianças que contam os dias para o natal. - ele sorriu apertando minha cintura deslizando sua língua em meu pescoço.


- Mas estou doido para receber meu presentinho, vou me lambuzar nele ate dizer chega. - revirei os olhos enquanto ele apertava a parte interna da minha coxa me fazendo gemer.


Apos tomar um maravilhoso café da manhã no River café no Brooklyn, Sasuke mão quis me dizer para onde estávamos indo logo em seguida, ele somente dizia que era uma surpresinha e nada, além disso, me deixando ainda mais ansiosa. 


Suspirei quando chegamos na Lower east side, ele sorriu me guiando ate uma casa de tatuagem revirei os olhos enquanto ele sorria de canto.


Ao adentrarmos a loja um rapaz com um corpo definido com os braços tatuados com uma imensa carpa nos cumprimentou nos guiando ate uma pequena sala onde outro rapaz também de corpo definido com piercings nos lábios estava sentado ajeitando seu equipamento de trabalho.


- Grande Uchiha. Então o que vai ser? - arqueei as sobrancelhas enquanto ele estendia um papel para o rapaz sentado.


- Bonito.. Um símbolo do infinito com uma flor de Sakura dentro. -acenei não tapando minha boca com as mãos enquanto ele sorria beijando minha testa.


- Isso mesmo Lian, quero uma tatuagem que demonstre o meu amor infinito pela minha Sakura. - Lian estendeu sua mão em minha direção me cumprimentando com um olhar solidário.


- Você e tipo milagreira ou algo assim? - gargalhei enquanto ele colocava Sasuke sentado na cadeira.


- Não por quê? - ele sorriu olhando para o outro rapaz que desenhava o desenho no ipad aperfeiçoando cada detalhe.


- Porque você fez um milagre com esse cara aqui. Nunca em minha vida imaginei esse cara apaixonado. - sorri enquanto Sasuke o fuzilava sem graça.


- Bom talvez seja algo parecido com carma mesmo.. Ele e meu carma e eu sou o dele. Sabe como e ne? - Lian sorriu arqueando a sobrancelhas fazendo sinal de toca aqui.


- Caralho você e sortudo demais hein Uchiha, além de belíssima a menina e divertida e inteligente, me diz onde acho alguém assim? - ele acenou não dando um empurrão no ombro de Lian.


- Vou contar para Lisa que você esta caçando mulher, e os moleques como estão? - Sasuke sorriu enquanto Lian mostrava fotos de dois garotinhos que tinham os olhos tão azuis como o mar.


- Estão enormes cara.. O Yugi também esta crescendo muito rápido, espero que quando tiver os meus eles demorem um pouco para crescer. - ele sorriu de forma maliciosa me fitando nos olhos.


Deus amado, diga que somente eu conheço esse lado do Uchiha, porque ele e tão fofinho que chega a me dar calafrios.. Ele escondia todo esse ladinho fofinho do mundo bancando o eu sou um filha da puta arrogante.. Às vezes acho que Sasuke e crianção.. rs.


Assim que o outro rapaz entregou o ipad com o desenho pronto Lian mostrou o para mim e Sasuke, olhei maravilhada para cada detalhe do desenho que tinha um sombreamento perfeito dando um ar real à flor de sakura.


- Então aprovado amor? - sorri acenando sim enquanto ele olhava ainda vidrado no desenho.


- Então Uchiha diga onde vai querer tatuar essa belezinha. - sorri curiosa enquanto ele me fitava arqueando as sobrancelhas.


- Pensei no pulso. - mordi meu lábio inferior enquanto olhava para o desenho.


- Então vamos começar. - sorri enquanto o outro rapaz me guiava para uma sala ao lado.


Fiquei na sala o lado olhando para os desenhos de varias tatuagens enquanto o outro rapaz estava arrumando uma bandeja com instrumentos para colocação de piercings.


- Hum você também tatua? - ele sorriu acenando sim enquanto me mostrava suas tatuagens.


- Bom essas aqui fui eu quem desenhei. - ele abriu uma pasta cheia de desenhos lindos na grande maioria de natureza, flores, animais e arvores.


- Uau são lindas. Você se chama? - ele sorriu estendendo sua mão timidamente.


- Carter.. 


- Sakura.. - ele sorriu enquanto me mostrava algumas fotografias das tatuagens que já havia feito.


- Nossa são tão bonitas.. - ele sorriu acenando um tímido sim enquanto eu escrevia algo em um pequeno papel.


- Você poderia tatuar isso em mim? - ele engoliu em seco olhando para o papel atentamente.


- Serio? Você não quer que o Lian faça? - sorri acenando não enquanto ele pegava seus instrumentos ainda receoso.


- Quero que seja uma surpresa. - ele sorriu acenando um ok com a mão.


- Aonde? - suspirei deslizando meu dedo na minha nuca.


- Na nuca.. - ele sorriu mordendo o lábio inferior acenando ok.


Assim que Carter terminou de tatuar minha pequena tatuagem ele sorriu me mostrando através do espelho seu trabalho, sorri olhando atentamente para minha mais nova tatuagem. 


- Perfeito Carter obrigada, quanto lhe devo? - ele sorriu acenando um deixa pra lá com a mão me deixando curiosa.


- Deixa essa e por conta da casa. Mas me diga o que significa o US dentro do coração. - sorri enquanto olhava meu pequeno coração com as letras US cravada dentro dela.


- Bom significa nos em todos os sentidos. - ele sorriu me olhando ainda curioso.


- Bem Uchiha Sasuke, Uchiha Sakura, Uchiha e Sakura. E por fim nos. - ele sorriu acenando não quando a porta se abriu nos dando a visão de Uchiha saindo acompanhado de Lian.


- Cuidou dela direitinho Carter? Se ela reclamar de algo para o Uchiha aqui você esta ferrado, ele te caçara ate o inferno cara. - suspirei enquanto Sasuke enlaçava minha cintura me mostrando sua tatuagem.


- Linda amor.. Perfeito como você. - ele sorriu levantando sua camisa me dando a visão de uma pequena frase acima do peito.


- Outra amor? Se empolgou foi? - ele sorriu mordendo meu lábio inferior enquanto Lian e Carter se viravam para o outro lado.


- Então o que significa essa belezinha hein? - ele sorriu me apertando em seus braços.


- E hebraico e significa Somente seu. - revirei os olhos enquanto ele colocava minha mão sobre seu coração me fazendo chorar.


- Você e mal Uchiha. Quantas vezes mais você pretende me fazer chorar? - ele sorriu enquanto tomava meus lábios em um beijo delicioso.


- Quero um beijo na nuca meu amor. - ele sorriu me virando rapidamente quando escutei o soltar uma risadinha gostosa ao pé do meu ouvido.


- Isso sou eu dentro do seu coração? - acenei sim enquanto ele arqueava a sobrancelha com um olhar curioso.


- Esse somos nos meu amor. - ele sorriu sussurrando baixinho em meu ouvido.


- Uchiha e Sakura? - suspirei acenando sim.


- Uchiha Sakura? - acenei sim.


- Deus você não existe não e Sakura, deixa te morder para ver se você e real minha linda. - dei um tapão em seu ombro escutando os rapazes gargalharem.


Os rapazes cobriram as tatuagens com ataduras nos dando instruções claras para evitar o sol, Sasuke sorria fazendo caretas enquanto Lian cobria sua tatuagem cuidadosamente, ele apertou sua mão e sussurrou algo baixinho no ouvido de Sasuke me fazendo somente captar a parte do me convida para o casório me fazendo gargalhar. 


Sasuke me puxou pela cintura apertando meu bumbum enquanto seus lábios deslizavam pela minha garganta. Lian fuzilou Sasuke dando um tapão em seu ombro.


- Uchiha quer fazer suruba vai para o hotel, aqui e uma loja de tatuagem. - ele sorriu apertando a mão de Lian e Carter estendendo um maço de dinheiro saindo comigo em seus braços.


Sasuke passou o trajeto todo ate o restaurante inconformado com o fato de não poder almoçar comigo, durante varias vezes ele tentou me convencer a esquecer o tal evento da Uchiha's Corp dando varias razões para não irmos me deixando ainda mais atiçada.


Assim que parou diante do restaurante ele segurou minha mão não querendo soltar fazendo beicinho e carinha de cachorrinho sem dono.


- Amor vamos ver jogo comigo. Eu deixo você usar meu boné do Giants. - acenei não dando uma beliscada em sua coxa escutando o gritar.


- Seja um bom menino e vá para o seu jogo enquanto eu faço compras. Vou escolher um lindo vestido para você meu amor. - ele revirou os olhos suspirando pesadamente.


- Amor e serio.. Esquece o maldito baile.. Vamos curtir a noite somente eu e você. Vamos para Hamptons. - acenei não deslizando para fora do carro escutando Sasuke resmungar sem parar.


- Bye amor.. Divirta se. - ele acenou não puxando minha mão.


- Amor onde te pego? - ele apertou minha mão beijando meus dedos me causando cocegas.


- Volto com a Ino amor. - ele fez beicinho com um olhar inconformado.


- Ok.. Fazer o que, tsk. - ele bateu as duas mãos no volante enquanto eu acenava tchau.


Apos me despedir de Sasuke adentrei o restaurante onde Tema, Ten e Hina já aguardavam beliscando os aperitivos dei um pulo quando Ino apertou meu ombro me causando calafrios com sua mão extremamente gelada.


- Deus Ino, sua mão esta um gelo. - ela sorriu dando de ombros enquanto me abraçava.


- Vamos comer e ir fazer compras. Uhull. - acenei não enquanto Ino me puxava em direção à mesa onde as meninas estavam.


Apos um almoço tranquilo no qual discutimos sobre diversos assuntos sempre focando os nossos namorados, saímos finalmente em busca dos vestidos para o grande evento.


 Ino nos guiava pela Fifth adentrando cada loja de forma empolgada, Hina procurava por algo que não realçasse seus seios, Tema e Ten sempre caçavam algo bem chamativo.


Suspirei dedilhando por uma infinidade de vestidos, meus olhos estavam tão cansados que estava começando a achar tudo muito cansativo e enjoativo, estava doida para voltar para casa e assistir a algum filme romântico sem final trágico.


- Gente e longo não? - Ino disse enquanto tirava o vestido curto da mão da Tema.


- Foda se.. Tem umas putas que aparecem usando um tecido enrolado no corpo. - revirei os olhos vendo o vestido curto e ousado de Tema.


- Mas e uma obra de caridade gente, vamos respeitar isso pelo menos ok? - Ino tentava arrancar o vestido da mão da Tema que estava irredutível.


- Ah han.. Não vou bancar a santa que não sou não Ino. Escolhe seu vestido que eu escolho o meu. E outra não tem nada de ser longo ou curto, tem que ser vestido. - revirei os olhos enquanto me jogava sobre uma poltrona vendo que já havia passado mais de 4 horas nessa caça aos vestidos.


- Esta escrito sim.. Tema escolhe um vestido bonito e chamativo você não precisa mostrar seu corpo, você não precisa apelar, tsk. - ela revirou os olhos suspirando devolvendo o vestido curto ao cabideiro.


Fiquei ali rolando na poltrona olhando para a hora no meu celular vendo que o maldito Giants haviam ganhado mais uma, Sasuke certamente estaria radiante querendo esfregar na minha cara que os nossos times iriam bater de frente logo logo. Me afundei na poltrona quando escutei Ino berrar dentro do provador.


- Saky vai logo escolhe o seu, logo estaremos indo embora e você nem escolheu nada ainda. - dei de ombro caminhando em direção a varias coleções de estilistas famosos que eram de fato um colírio para os olhos.


Suspirei a cada dedilhada, os vestidos eram todos exuberantes, lindos, luxuosos e sensuais sem serem vulgares. Peguei vários modelos indo em direção ao provador onde Hina experimentava alguns vestidos.


- Posso entrar com você? - Hina sorriu vestindo um lindo vestido rosa.


- Hina e esse seu vestido. Perfeito. - ela sorriu acenando sim enquanto rodopiava diante do espelho.


- Também acho que e esse mesmo, eu amei ele, você acha que Naruto vai gostar dele? - acenei sim enquanto ela me ajudava a experimentar os vestidos.


Hina suspirava a cada vestido que eu experimentava sem me dizer qual deles havia ficado bom, me olhei no espelho quando vi Ino empurrar um vestido com aquele sorriso maldito.


- E esse amiga, veste esse aqui. Você vai ficar perfeita nele. - Hina sorriu abrindo o vestido diante do espelho batendo palminhas me deixando apavorada.


Experimentei o vestido sob os olhares de todas as meninas que assoviam me deixando um pouco receosa, mas apos ver o vestido escolhido pelas meninas me senti um pouco mais segura em relação o vestido. 


Nunca havia ido a um baile de gala então não saberia que tipo de vestido era adequado para esse tipo de ocasião, mas tendo em visto o que Tema escolheu para vestir acreditei que se tratava de um baile como outro qualquer.


Depois de nos despedirmos Ino me levou de volta para o prédio, durante o caminho recebi uma mensagem de Sasuke avisando que ainda não tinham chegado em casa por conta do transito.


 Ino me chamou para ficar com ela ate que os meninos voltassem, não pensei duas vezes em aceitar afinal sentia falta de estar com ela a sós. 


Ficamos na sala rolando sobre o tapete assistindo uma maratona de filmes bebendo tequila e vinho enquanto comíamos chocolates, quando me dei conta já estava na minha quarta taça e já não me lembrava de nada, mentira lembrava dos shots. 


 Naquele momento somente via Ino triplicada gargalhando enquanto dançava ao som de Ariana Grande - Side To Side ft. Nicki Minaj despindo se sensualmente. 


Bati palmas no ar me jogando no sofá vendo três Uchihas me olhando com um olhar muito irado, mas eu estava no inferno mais quente que tudo, afinal estava vendo três Sasukes, isso queria dizer que eu teria três Uchihinhas para me satisfazer. 


Nota mental, nunca deixe Ino me arrastar para sua casa para uma rodada de shots, afinal eu fico bêbada rapidinho. Mas tenho três Sasuke e ninguém tasca. Hahaha.. Ai pau nosso de cada dia.. Eu preciso muito do pau nosso de cada dia.. 
 


Notas Finais


Bom esta mais um capitulo pessoal!

Espero que gostem!

Quando tiver tempo volto!

Beijoss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...