História Desejo&Segredos! - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alycia Debnam-Carey, Eliza Taylor-Cotter, The 100
Personagens Alycia Debnam-Carey, Bellamy Blake, Eliza Taylor-Cotter, Lexa, Personagens Originais, Roan
Tags Clexa
Exibições 49
Palavras 1.511
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Crossover, Esporte, Festa, Luta, Mistério, Orange, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Amor


Fanfic / Fanfiction Desejo&Segredos! - Capítulo 13 - Amor

NO DIA SEGUINTE NA MATA

Alycia leva Eliza para conhecer o local que achou na mata,  estavam empolgada as duas corriam com crianças. Eliza não comenta nada só observa Alycia guiá-la entra as árvores e folhagens. Então Alycia para em um lugar, arrasta um tronco e abre uma porta a adentra, acende a luz e Eliza a acompanha, o lugar se encontrava organizado, com algumas de coisas de Alycia. A cama estava feita, uma mesa com televisor que mostrava filmagem de uma sala. Alycia abre uma porta, e Eliza vê que é a mesma da filmagem.

Eliza entra na sala e a senta na cadeira que estava naquela sala, observa o ambiente e depois começa a seduzir, abrindo as pernas e chamando Alycia,que estava ajustando as câmeras,ela  vai em direção a Eliza e se apóia na cadeira e a beija. Eliza levantada cadeira ainda estava se beijando, tira a blusa de Alycia e faz sinal para ela sentar.

- O que você vai fazer comigo? Alycia viu Eliza com uma corda na mão tenta se levantar mais Eliza a empurra novamente para cadeira.                                                                                

-Calada! Eliza bota um pé no meio das pernas de Alycia e chuta a cadeira que se arrasta um pouco.

Eliza vai atrás da cadeira, amarra as mãos da mesma e distribui alguns beijos no pescoço de Aycia.

-Eliza!Alycia fala com tom de desconfiança.

-Calada! Eliza sobe em cima de Alycia da um beijo, segura o seu rosto e o joga para o lado.

Eliza levanta e amarra as pernas de Alycia nos da cadeira. Alycia tenta falar algo mais é impedida por um pano em sua boca. Eliza vai atrás de Alycia e sussurra em seu ouvido.

-Você não vai fazer nada. Eliza confere a amarração das mãos da um apertão em Alycia que geme de dor.

-N.....f...a...z....i...sso....Alycia falar mais sua boca estava tampada,tenta se mexer para  sair.

Eliza senta em sua frente,ajoelha,troca de olhares, começando a chorar, Alycia nega a essa cena  de Eliza chorando e começa se balançar mais havia também lagrimas em seus olhos.

-Me escuta Alycia! Eliza chama sua atenção.

-Eu te amo, não vou deixar você ser presa. Eliza fica sentada na frente de Alycia.

 -Você vai ficar aqui até eles conseguir prender todo mundo. Entendido eu preciso de você do meu lado. Você é uma pessoa muito especial Alycia. Eliza fala, beija a testa de Alycia que se balança tentando afastar.

-Eu sou uma agente do FBI infiltrada meu nome não é Eliza, tenho 23 anos e eu usei você para prender as pessoas envolvidas com lutas clandestinas, eu tentei não me envolver com você. Mais foi impossível, eu entrei no vôlei, pois queria saber mais sobre sua vida e isso acabou nos aproximando e me fez enxergar algo melhor em você. Não como aquela idiota que gosta de fazer os outros sangrarem. Eliza vai em direção a porta.

-Eu tenho ir, confie em mim. Eliza fecha a porta.

Beautiful War – King of Lions

Eliza entra com o FBI e CIA na arena. Ela vai em direção em Roan e as pessoas que estavam na área vip.

Roan e Ontari,passaram por Eliza em direção ao camburão.

-Cadê o seu amorzinho, loira? Ontari pergunta e cospe na cara de Eliza.

Roan olha atravessado para Eliza e mantém até entrar no carro.

-Ricky. Eliza se surpreende  e sai correndo em direção a ele  que balança a cabeça com gesto de reprovação  quando entra no carro.

-Protege a Aly! Ricky grita e a porta se fecha.

Então Eliza olha para o lado.

-Boa garota conseguiu o melhor evento para a apreensão dos pilantras. Pena que quem deu este prestigio  a nós não veio para lutar. Comandante bate nas costas de Eliza

Então o pessoal da um grito para Eliza que trabalha com ela.

-WANHEDA!!!!!

Eliza vai com o pessoal até a casa de Alycia,para continuar as investigações.

PDV Eliza

O meu pessoal arromba a porta da casa de Alycia, eu corro para pegar Jacke.Eles passam a noite na floresta atrás de pistas dela,mais eu fiz tudo para não acharem rastros dela,Alycia não sabia,mais eu já tinha achado aquele local alguns meses atrás mais decidi não intervir nos planos de Alycia.Eu sabia que tinha que desaparecer com Alycia, se não quisesse que fosse presa esse local foi um benção.

Eles acabaram a investigação quando não encontraram nenhuma dela, Alycia estava mais de 12 horas naquele lugar estava preocupada, mais estava esperando ser dispensada. Essa era a minha ultima missão, eu estou saindo da corporação. Vou me casar com uma Aly e ir embora desse país.

PDV Alycia

Esta luz não para de piscar, mais eu sei que estou mais de 12 horas aqui seminua, com fome, sede e uma vontade imensa de arrebentar a cara de Eliza, como ela pode ter feito isso comigo. Ela me usou para se infiltrar naquelas lutas. O que pode piorar além dessa fraqueza que estou sentindo, porque ela me deixou aqui e dizer que me ama. Qual é o seu plano daquela louca.

Então como tudo estava a mil maravilhas, começo a escutar as vozes novamente.

-Alycia,eu falei que você tinha que acreditar que Eliza era a chave. Raven aparece estava diferente não estava com aquela aparência ruim, estava linda e perfeita com uma luz. Me fez até esquecer a minha situação.

-Estamos ao seu lado prima, ela vem te salvar. Você vai para minha casa no Brasil é um lugar maravilhoso. Eliza já sabe de tudo, antes daquele incidente, eu entrei em contado com sua namorada e pedi para te ajudar. Finn estava igual Raven feliz e iluminado.

Eles reverenciaram com as mãos juntas e desapareceram. Estavam bem, eu fiquei com um sentimento de bem-estar e paz ao vê-los assim.

Então a porta se abre e a luz para de piscar. Jacke aparece e pula em meu colo, Eliza entra pela porta trazendo com ela água e comida, relaxei em vê-la do que a falta de me hidratar e de comer algo.Não sei porque mais meu coração acelerou muito.

Eliza estava acabada, com expressão de que estava exausta e chorando.

-Aly esta acordada, trouxe algumas coisas para você, se alimentar. Eliza estava um pouco receio.

Ela olhou em meus olhos, suspirou como fosse um alívio e tirou amordaça da minha boca. Fez expressão de que esperava uma reação agressiva ou de raiva da minha parte. Mais não estava mais com esse sentimento, não mais.

-Obrigado! Só consegui falar isso depois comecei a chorar.

Ela secou as minhas lagrimas e me estendeu um copo d’ água. Eu estava com sede muita sede.

-Eliza pode me soltar, por favor, estou com muita dor. Pedi a ela, meu corpo todo estava dolorido. Não tinha força para reagir, mais não queria eu só queria seus braços, seu colo, nenhuma explicação.

Eliza me soltou e eu a abracei com as forças que me restavam, me apaguei.

Quando de por mim estava entrando em uma arena mais o local era diferente, pois apocalíptico, aquele cenário dos meus sonhos novamente a minha roupa era preta e de guerra, Eli...Clarke estava me olhando perto de uns caras grades com tatuagens e marcas no rosto,eles berravam Heda.Surge então o Roan na minha frente com uma lança,eu olho para Clarke que acena que tem duas espadas em minha costas.

Roan tinha tatuagens e uma marca estava sujo. Lutamos em um momento achei que ia perder mais aqueles olhos azuis me deram força, segurei aquela lamina com minha mão e mostrei a ele com quem tinha se metido.

Sinto tudo girar Clarke corre em minha direção, eu começo a sentir pingos em meu rosto. Eliza estava tentando me puxar para fora daquele local, eu tomo consciência e seguro as escadas, tento subir, estava ainda fraca mais consegui.

Eliza me abraça me chama de Lexa e eu olho sério para ela. Não sabia se estava sonhando aonde estava.

-Alycia morreu. Agora você é Lexa Woods, de nacionalidade brasileira e casada com Clarke Griffin.Eliza que dizer Clarke me beija,vamos até minha casa que estava de pernas para o ar,pegamos alguns pertences.

*****************************************************************************

2 Meses depois

Então estava eu, Clarke e nosso cãozinho em frente ao mar, nossa casa, nossa vida o lugar é lindo a cidade é pequena a população é amigável, Florianópolis é encantadora.

Transformei-me, aprendi a aceitar os meus erros e fazer a coisa certa. O passado já foi, com ele eu aprendi e tive experiências.Mais eu hoje vivo o presente e cuido dele e zelando quem esta vivendo comigo para o futuro esse Criador que reserva.

Ver Clarke brincar com Jacke é tão lindo. Somos felizes, acabei descobrindo que falar com os espíritos não é tão ruim.

Mudei meus hábitos e despertei minha consciência, procura ser uma pessoa centrada e dar valor a mim e aquém eu amo Clarke é uma esposa maravilhosa. Estamos estudando, jogamos vôlei mais na esportiva.

Então a coisa mais linda aparece na minha frente.

-Já parou de meditar Amor! Clarke me da um beijo e sai correndo.

- Agora sim! Levanto-me e saio correndo atrás dela e a pego no colo.

THE END



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...