História Desenrolando sentimentos, dores e emo" kim taehyung" (vkook) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Drama, Lemon, Revelaçoes, Romance, Vkook, Yaoi
Exibições 54
Palavras 2.287
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem. Desculpa pelos erros de ortografia que deve ter .. I am sorry.

Capítulo 1 - Você era muito malvado me ignorando hyung..


Fanfic / Fanfiction Desenrolando sentimentos, dores e emo" kim taehyung" (vkook) - Capítulo 1 - Você era muito malvado me ignorando hyung..

(​jungkook)

 Meu nome é jungkook, eu tenho 17 anos moro com minha mãe e agora com meu irmão, meu irmão é tahyung ele tem 20 anos, é gerente em uma loja de instrumentos musicais e faz curso técnico também, vai fazer um ano que estamos morando juntos novamente.

Novamente ?por que ?, bom porque minha mãe e meu pai se separaram e fizeram um acordo de que eu ficaria com minha mãe e taehyung com meu pai, so que meu pai veve viajando por conta do trabalho taehyung faz curso e trabalho então meu pai mandou ele voltar a morar com nós de novo, minha mãe ficou muito feliz em velo-lo novamente e da ideia dele morar com nosco de novo, ela sentia muita falta dele desde que ele foi morar com meu pai.

Antes quando meu pai e minha mãe ainda eram casados eu e taehyung eramos inseparáveis sempre estavamos juntos eu o chamava de meu hyung e ele me chamava de coelhinho as vezes davamos selinhos, trocavamos carinhos um com o outro davamos uns amassos quando ficavamos sozinhos em casa, quando ele foi embora fiquei triste ele também não queria ir no começo mesmo longe falavamos um com o outro pelo telefone ou mensagens, depois de um tempo isso mudou as conversas ficavam vazias até que paramos de nos falar ele ligava e quando eu atendia ele apenas dizia que queria falar com a nossa mãe, ele não perguntava por mim, dizia para minha mãe que tava feliz morando com meu pai que tinha amigos e que a escola era legal, e eu fazia uma pergunta a mim mesmo ' ele havia se esquecido de mim?'.

Faziam 6 anos que eu não o via ou falava com ele confesso que quando soube que ele viria morar com nosco novamente fiquei feliz e curioso para saber como ele tava e o quanto eu queria abraça-lo e dizer o quanto eu havia sentido sua falta, talvez tudo pudesse voltar ao normal igual a quando éramos crianças, talvez ele não havia esquecido de mim, eram muitas coisas que eu pensava, eu sonhava com a volta dele, sonhava com os lábios dele tocando os meus novamente. Mas não foi isso que aconteceu, ele havia mesmo mudado , claro que seu físico estava uaww... Bem melhor estava lindo muito lindo sua voz estava muito grossa, seu sorriso ainda era o mesmo "quadrado" , e como eu havia sentido falta deste sorriso, mais não só seu físico mudou ele também na verdade tudo mudou, ele chegou abraçou minha mãe bejou e quando ele veio falar comigo, ele apenas apertou minha mão e disse olá.

ele realmente era malvado comigo.

E então ele ia conversar com nossa mãe, não faz  ideia de o quão triste fiquei, ele me ignorava direto, não falava comigo, me evitava, quando falavamos era poucas palavras como recados que minha mãe mandou eu dar a ele ou que ele tinha que dar a mim, ele fez muitos amigos ia em varias festas e sempre chagava bebado e trazia algum "amigo" dele levava esse "amigo" ou "amiga" para o quarto dele e eu só ouvia gemidos gritos forte e varios sons ele gemia dizendo " AHH MIA PRA MIM MIA MEU GATINHO AHH".     " HOJE VOU FAZER VOCÊ RUCHIR COMO UM LEÃO DE TÃO FORTE QUE IREII TE FODER...",  " AHHH GEME PRA MIM MEU TIGRE GEME...", são coisas desse tipo as vezes fico curioso e vou ao quarto dele abro a porta de vagar e olho para dentro e vejo ele sentado com alguém, em pé com alguém, em cima da cama com alguém, ou em cima da cômoda com alguém, eu olhava para o rosto dessas pessoas e via lagrimas, via elas gritando, arranhando ele de dor ou prazer, meu irmão era violento em questão a isso, era um sádico malvado.

Mas bem que eu queria esse sádico malvado para mim 

minha mãe não via porque ela é medica e trabalha a noite no hospital e chegava de manhã. De manhã taehyung levava seus " amigos" no colo até o carro onde ele levava eles até suas casas, pois é, eles não conseguiam andar depois das noites que tinham com ele e ainda saiam sorrindo e alegres com ele, alguns ligavam para casa querendo falar com ele e ele apenas dizia para dizer que ele não estava ou que estava ocupado, realmente eu não entendia como ele consegue não se apaixonar por nenhum e apenas fingir que nunca rolou nada, malvado, eu tinha inveja dessas pessoa pois mesmo ele não se apaixonando por eles ou amando eles, eles podiam passar uma noite com ele e conseguir senti-lo eu queria isso também, mais não era possível ele não me via eu era invisível, mesmo ele não me tocando ou me dando atenção eu observava ele atentamente eu queria ele só pra mim mais não podia.

Eu não podia simplismente dizer isso a ele, a uma pessoa que nem me olha nos olhos sequer, ele poderia me achar estranho e não me querer, eu tinha ciúmes toda vez que ele trazia essas pessoas aqui eu queria ser elas, eu ia ate ocorredor a noite, proximo ao quarto dele ouvindo os gemidos e gritos que me ecitavam e me masturbava lá mesmo, imaginando ser eu lá com ele.

De manhã minha mãe via seus amigos e perguntava o porque de eles não conseguirem andar e estarem doloridos, e ele simplesmente dizia a mesma desculpa de sempre. " A... Eu trouxe ele para cá pois ele bebeu muito na festa e não conseguia andar então pensei em deixa-lo aqui no meu quarto então fomos ao porão pegar um coxão extra e ele caiu das escadas do porão mãe". Não sei como ela conseguia acreditar nisso, " caiu na escada do porão"  ata (ELES CAIAM NO PAU DELE ISSO SIM) e do jeito que ele mente muito mal Ele diria que foi um acidente.

Mas hoje estou aqui na sala jogando, e o taehyung? , ah deve estar em alguma festa por ai, e ja são 11:45 da noite, acho melhor eu ir dormir, desligo o jogo e vou ao meu quarto deito na cama e durmo..

Mas logo acordo olho o relogio proximo a minha cama e são 02:01 da manhã, não consigo durmir pois estou com fome, deve ser por que não jantei, desço a escada vou até a cozinha sem ascender a luz pois acabei de acordar se eu ascender a luz vou ficar cego. Logo para e penso, estranho não ouso gemidos ou gritos vindo do quarto de taehyung. É talvez ele não tenha chegado ainda, abro a geladeira pego a caixinha de leite coloco em um potinho para poder comer um pouco de sucrilhos, então fecho a geladeira vou até o balcão onde fica o mocroondas e vou abrindo a porta do microondas quando sinto uma mão sugurar minha mão que estava no microondas, logo me assusto e dou um grito baixo.

Olho para traz e vejo taehyung rindo, me olhando e eu  olho pra ele com uma cara brava pelo susto que ele havia me dado, ignoro ele e ponho meu leite dentro do microondas,  para esquentar, fico esperando o microondas, quando sinto taehyung me abraçar por traz colocando as mãos ao redor da minha cintura. Eu fico suepresso pelo ato inesperado dele, oque está acontecendo com ele?, ele riu pra mim?, e agora esta me abraçando?, (MEU DEUS, OQUE TA ACONTECENDO HOJE?), (OQUE DEU NO TAEHYUNG?).

-Oque ta fazendo? cade,você não trouxe nenhum de seus animaizinhos hoje, cadê seu leão, tigres e Seus gatos?- eu disse meio sarcástico.( PERA OQUE EU DISSE? PORQUE EU FALEI ISSO? OQUE TA DANDO EM MIM? CIÚMES? AHH QUE COISA O QUE ELE VAI PENSAR?.

- para que eu iria trazer eles aqui? Se eu tenho um coelhinho bem aqui na minha frente?- Ele disse colocando a cabeça em meu pescoço 

morri é isso mesmo que ele disse?, eu devo ta sonhando, coelhinho? Sera que ele esta se referindo a mim? Ao apelido de quando éramos crianças? Por que ele usou isso agora?

Soltei as mãos dele de mim e o afastei, olhando para ele confuso, ele me olhava profundamente se aproximava de mim, e eu estava olhando para seu rosto ja que estavamos um de frente para o outro.

- voce deve estar bêbado, por que não vai para seu quarto taehyung?- eu disse à ele, era a unica coisa que pensei em dizer.

- humm.....eu pareço estar bêbado para você coelhinho?, estou bêbado de desejo e tesão por você meu coelinho, Taehyung é? Quando eu estiver te fudendo me chame de hyung entendido?- ele dizia bem perto de mim e as ultimas palavras ele sussurrou em meu ouvido, logo mordeu o lóbulo de minha orelha, desceu para meu pescoço beijando e mordendo me fazendo arrepiar, arfar e dar alguns gemidos baixos, ele lambia meu pescoço dava chupões cada vez mais fortes.

 -ta..e..hyung..o..que..você..tá..fazendo?..- digo gemendo.

- eu não aguento mais jungkook, ja estou no limite, não vou mais me segurar, hoje eu quero te fuder ate você não poder andar mais.- disse me olhando nos olhos e depois iniciou um beijo feroz e necessitado, ele pediu passagem com a lingua e eu cedi, tava tão bom poder sentir aquela boca de novo, eu queria muito isso eu estava maluco já, não importava mais nada.

Ele apertava minha coxa, colocava a mão por baixo da minha blusa e arranhava minha barriga, me colocou no colo com as pernas ao redor da cintura dele, e me levava para o quarto, não paramos o beijo, entramos no meu quarto ja que o dele ficava depois do meu e chegar lá iria demorar demais, me jogou na cama subiu em cima de mim, tirou minha blusa e minha calça, me deixando apenas com uma box preta com um volume bem visível, ele beijou minha boca, desceu para me torax, para minha barriga mordendo, chupando, lambendo, ate chegar na minha box, eu arfava a cada beijo e lambida que ele me dava, mordia levemente meu membro por cima da box apertava com as mãos, aquilo me matava, como taehyung era provocador,eu não aguentava mais.

- ta..ee...por..favor..- disse gemendo e arfando, logo ele obedeceu, tirou minha box, e meu membro saltou para fora, ele pegou meu membro abocanhou, e lambia minha glande depois colocou tudo na boca e fazia movimentos de vai e vem rapidos e apressados ele passava os dentes levemente me fazendo gemer, logo eu iria chegar no meu limite.

- tae...eu..vou..aahh- logo ele acelerou os movimentos me fazendo gozar dentro de sua boca, ele enguliu tudo depois me beijou, me fazendo sentir meu próprio gosto. Tirei sua blusa mordendo e lambendo seu pescoço, peguei no seu membro por dentro da calça e masturbava o mesmo, depois tirei sua calça e sua box deixando ele nu, na minha frente.

- ei coelhinho, chupa.-  disse mandando, pegando meus cabelos e levando ao seu membro, assim eu fiz,

chupava seu membro rapidamente, ele jogava sua cabeça para traz arfando, aquilo me deixava satisfeito, quando ele estava perto de chegar ao limite, agarrou meu cabelos enfiando seu membro em minha boca rapidamente, ele fodia a minha boca e eu olhava para ele, enquanto ele gemia, logo ele gozou em minha cara e eu limpava e engolia seu líquido olhando para ele de uma forma sexy, o mesmo me olhou e sorriu maliciosamente.

- ei coelhinho vira.- ele me ordenou, me virei e fiquei de quatro pra ele, o mesmo beijava minhas costas e  lambia, e então de surpressa ele me penetrou com força, eu gritei de dor, ele ficou parado beijando meu pescoço, me acustumei com a dor e Comecei a rebolar pedindo para ele começar,e  assim ele fez ele fazia movimentos lentos e deu um tapa em minha bunda, me fazendo gemer.

-geme pro seu hyung geme.- me deu outro tapa mais forte.

- ahhh...tae..i..sso..doi..-digo com dificuldade

-é pra doer mesmo meu coelhinho, pera você disse tae?.  E então ele me deu outro tapa muito mais forte.

- eu disse pra me chamar de hyung...andaa digaa..hyung...gemee..pro seu hyung. Ele aumentou a velocidade acertando meu ponto sensível, eu gritei altoo,  pois ele acertava lá varias vezes me fazendo enlouquecer.

- ahhhh....hyungg...maiiss...maiss..rapido..voce...fode..tão..gostoso..ahhh...aahh..HYUNG...- eu digo ja louco de prazer.

Ele retira seu membro de mim, e eu olho para ele em reprovação, então ele senta e me manda sentar em seu colo, assim eu faço, começo a cavalgar em seu membro e pular, ele agarra forte minha bunda me dando tapas e mais tapas que obviamente ficariam roxos, ele prenciona minha cintura com mais força, me estocando com muita força.

-ahh coelho, você é tão bom, ahhh você e tão gostozinho, ahh PUTA QUE PARIU QUE GOSTOSO.- ele dizia se levantando comigo em seu colo e ficando de pé, e estocando cada vez mais forte, eu ja estava chegando no meu  limite.

- ahhh..hyung..não..aguento..mais..euu..ahhhhh- digo gemendo.

-AH HYUNGGGGG...- digo gemendo alto, logo que taehyung me preenche com seu sêmen no meu interior na minha bunda e costas, ele me leva para cama me deita me cobre e se deita também me colocando em seu peito. Eu tinha muitas perguntas para lhe fazer, mais eu iria deixar para mais tarde agora eu só quero aproveitar esse momento com meu hyung.

- ei hyung..você foi muito malvado me ignorando.- digo fechando os olhos de tanto sono.

- desculpa meu coelhinho não farei isso de novo, e fiz aquilo por que..- ele me olhou e eu ja estava durmindo, então ele apenas me deu um selinho carinhoso e calmo e foi durmir..

por que sera que ele me ignorava?, depois terei essas perguntas respondidas, agora vou apenas durmir com meu hyung..

 

 

 

 

 


Notas Finais


Posso continuar??? Continuaçao ou não?
Espero que tenham gostado e minha primeira vez escrevendo uma fanfic lemon.
Beijoss😘😘
Ah me desculpa pelos erros de ortografia, eu escrevo pelo celular então fica difícil na hora de revisar...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...