História DESIRE | Incesto | Jimin [BTS] - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Desire, Hentai, Incesto, Jimin, Parkjimin
Visualizações 621
Palavras 1.373
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 23 - Jimin's birthday


Fanfic / Fanfiction DESIRE | Incesto | Jimin [BTS] - Capítulo 23 - Jimin's birthday

Acordei tarde, almocei com meus pais e appa me levou no mercado para comprar bebidas, buscar o bolo e salgadinhos. Depois que tomei banho e me vesti para esperar meus amigos, ví uma caixinha em minha cama.

- Appa, que isso?

- Isso o quê? Ah! Presente meu, de sua omma e Daidai para você.

Abri e dentro estava um lindo Iphone 7 Plus preto fosco. O que eu queria! Abracei appa como agradecimento e logo a campainha tocou. Eram meus amigos. Ficamos conversando e comendo salgadinhos, configurei o novo Iphone e logo a porta da sala abriu. Elsa veio correndo de coleira para a sala, Taehyung a apertou, logo depois Yoongi, Namjoon, Hoseok e por último Jin. A peguei tirando a coleira e fui para a cozinha, omma estava de pé na frente de Daidai e quando percebi ela estava chorando enquanto bebia um copo d'agua.

- Diana! O que foi? - Coloquei a mão em seu ombro.

- Tudo.

- Filho, deixa ela... - Omma pediu.

- Não, omma. Tudo bem. - Ela avisou e veio me abraçar. - Feliz aniversário, oppa!

- Obrigado, pequena. Quer vir assistir filme conosco?

- Quero.

Ela levantou, molhou o rosto na pia e fui de costas contra seu corpo para que ela subisse. Pulou em minhas costas, segurei em baixo de seus joelhos e fui pulando para a sala, a fazendo rir.

- Daidai!! - Taehyung exclamou quando a viu. Todos levantaram e a abraçaram.

[...]

Ela estava deitada no sofá, coberta com uma manta fofinha e vendo o filme quietinha, um filme de comédia, todos riam e ela calada.

- Dai, tudo bem? - Sentei na pontinha do sofá e coloquei a mão em seu quadril.

- Não...

- Quer conversar?

- Depois, você agora deve aproveitar seu aniversário.

- Vou buscar o bolo então e você vai dormir. Ok?

- Obrigada.

Fui pegar o bolo com as velas e cantamos o parabéns. Ela ficou abraçada em Omma e depois foi pro banheiro. Assim que saiu, já tinha alguns amigos bêbados.

- Tranca a porta, ok? - Dei um beijo em sua testa e afaguei seus cabelos. Ela foi se deitar e continuei aproveitando com meus amigos.

Dormimos às seis da manhã depois de matar duas garrafas de champanhe, comemos uma caixa e meia de salgados e o bolo.

[...]

- Quem vai ser o corajoso? - Perguntou Hoseok.

- Devia ser você. Vocês são melhores amigos. - Taehyung avisou.

- Eu não. Eu não quero estragar a amizade sabe? - Hobi se defendeu.

- Cara, eu não vou me atrever. - Jin avisou.

- Nem eu. Valorizo minha vida, tá ligado? - Namjoon avisou.

- Jimin, a casa é sua, faça as honras. - Tae sugeriu com um sorriso na cara.

- Ah, seu safado. Eu ainda quero ver a minha carta da faculdade chegar. - Protestei.

Minha irmã apareceu na sala de calça moletom, o meu casaco que estava enorme nela e usando meia com chinelo. Ela não 'tá nada bem, com certeza.

- Dianaa! Bom dia! - Taehyung falou sorridente assim que viu ela.

- Boa tarde, Taehyung. - Ela falou indiferente e foi para o quarto.

- Eu já volto, gente. - Falei levantando do colchão que estava no chão.

Fui atrás de Diana, ela estava na cama com o computador e vendo série. Sentei na frente do aparelho.

- Eu estou tentando ver série, caso não tenha percebido.

- Eu percebi... - A encarei por um tempo. - Vai, eu te conheço bem. O que está acontecendo?

- Não aconteceu nada.

- Você não usa meia com chinelo por nada. O que houve?

- Nada.

- Bom, se não quer falar... Tem um desafio para você.

- O que você quer?

- Se acordar Yoongi e ele não ficar bravo... Eu faço o que você quiser, até mesmo lavar louça no seu dia.

- Sem ele ficar bravo?

- Isso aí. - Ela levantou da cama e foi andando para a sala. - Essa é a Diana que eu conheço. - Falei baixinho.

Cheguei na sala e Taehyung estava abraçando ela, vai entender ele...

Diana falou com todos alí e se ajoelhou do lado do sofá, onde Yoongi dormia.

- Yoonie. - Chamou com voz doce e fazendo carinho no rosto dele. O pálido abriu um olhou e sorriu de lábios quando a viu.

- Dai... Me deixa dormir. - Murmurou.

- Ah, Yoonie... Certeza que não quer acordar? Eu estava pensando em ficar aqui na sala com vocês.

- Hum... Você não me compra assim... - Cruzou os braços se ajeitando no sofá para dormir mais.

- Poxa, Suga-ah! Nem se pedir comida?

- Nem se pedir comida. Agora me deixa dormir. - Ele pediu calmo e Diana fez algo que chocou a todos. Ela simplesmente deitou em cima dele e deu um beijo em sua bochecha.

- Yoongi- ah! Eu disse que vou ficar na sala.

- Você já tirou meu sono, agora sai de cima pelo amor de Deus! - Ele foi a empurrando e sentou no sofá. Olhou para nós e fechou a cara. - Jogo baixo o de vocês! Espera só quando eu voltar do banheiro.

- Vai lavar essa cara, Min Yoongi! - Hoseok avisou. O pálido levantou e foi pro banheiro.

- Jimin, eu quero que lave minha louça e cuide de Elsa para mim por um mês. - Passou por nós, segurei seu braço a impedindo de continuar andando.

- Eu já cuido dela por você; sempre! Só que eu acho que você disse que ia ficar na sala.

- Era o combinado, ele acordar sem ficar bravo. Agora vou voltar a ver minha série.

- Qual é, Diana? Eu sei que tem algo acontecendo. - Falei ainda segurando o braço dela.

Taehyung veio para perto fazendo sinais, mas não entendi nada.

- Jimin, solta. Eu só estou cansada. - Seus olhos estavam doidos para soltar as lágrimas e eu sabia disso.

- Dai, olha pra mim. - Taehyung pediu calmamente e ela o atendeu. - Eu já estou sabendo. - Na hora ela abraçou meu amigo. - Pode chorar, não tem problema.

"O meu amigo sabe e eu não?" - Pensei .

Eles andaram pro sofá e sentaram, Tae ficou afagando os cabelos de Dai enquanto ela o abraçava. Eu não conseguia entender nada, estava parado os encarando e a cara que ele fez para mim me deu a entender "Deixa quieto."

Yoongi saiu do banheiro e assim que viu a situação foi para perto, todos estavam preocupados com Diana.

- O que foi, ruiva? - Ele perguntou.

- Eu só estou triste.

- Posso falar, Dai? Estão todos preocupados. - Ela assentiu a pergunta de Taehyung afundando o rosto no peito dele. - Jungkook me mandou mensagem todo chateado de madrugada, eles brigaram...

Do nada todos estavam falando ao mesmo tempo e mal se entendia o que cada um dizia, mas era para confortá-la. Assim como meus amigos - que estavam abaixados na frente do sofá - fiquei perto e segurando sua mão.

- Dai, faz parte essas briguinhas. Logo vocês voltam. - Namjoon avisou.

- Sim, ele está certo. - Yoongi falou.

- Você é muito especial, Diana-ah! - Taehyung falou.

- E tem a Davina também. Eu gostei muito dela e infelizmente foi embora.

- Ô, meu Deus! Taehyung me dá minha irmã. - Pedi manhoso e Diana veio me abraçar. A peguei no colo feito criança e afaguei seus cabelos. - Eu estou aqui com você e estamos todos ao seu lado, huh?

Ela apenas assentiu com a cabeça e apertou mais meu pescoço. Todos estavam preocupados com Diana, ela é muito especial.

- Por que não vemos algum filme divertido? Um jogo quem sabe? - Jin sugeriu.

- Também acho, a gente podia jogar um jogo. O que acha? O PlayStation 'tá aí só esperando alguém usá-lo. - Falei.

Rapidamente ela soltou de mim e fui ligar o aparelho, coloquei algo que todos pudessem jogar. Era o jogo de dança que ela gosta. Conseguimos arrancar altas risadas dela e todos nos divertimos muito. Eu acho esse joguinho meio roubado, eu e Hoseok somos os melhores na dança em nosso grupo e quem ganhou foi o Yoongi. Cada gritinho dele e pose faziam Diana sorrir e isso era o melhor prêmio para nós. Na hora deles irem embora, Dai se despediu de cada um, todos a abraçaram fortemente, ela é como se fosse a irmã mais nova de todos.

O pior de tudo é que, ela está triste por Jungkook e Davina, e tem uma notícia que só vai piorar tudo.


Notas Finais


Acabou Daikook... Será que voltam ou o Jimin vai ter sua chance? Quero saber o que vcs querem! O final já está pronto mas pode mudar huehuehue


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...