História Desire -MITW - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias TazerCraft
Personagens Mike, Pac, Personagens Originais
Tags Cellps, Daddykink, Mike, Mitw, Pac, Pkxinim, Yaoi
Exibições 451
Palavras 1.152
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora




Chegaaaay

Capítulo 4 - Is it desire?


Fanfic / Fanfiction Desire -MITW - Capítulo 4 - Is it desire?


  Eu e Tarik levantamos rápido do sofá e fomos em direção a cozinha morrendo de medo... O que será que elas querem?
Quando chegamos lá elas estavam com uma expressão séria, que daria medo em qualquer um

-Sentem aí -diz a mãe do Tarik apontando para as cadeiras

  Eu e Tarik sentamos nas cadeiras que ficam em frente a elas e começamos a encara-las

-Nos precisamos conversar sobre uma coisa muito séria com vocês dois.

-Vocês sabem que já são garotos crescidos e precisam de responsabilidade, nos vamos ficar muito tempo longe de casa....

- NOS NÃO QUEREMOS SABER, ME OUVIRAM? Não queremos saber de homem nenhum dentro dessa casa, HOMEM NENHUM!

-Se a gente chegar e ver alguma coisa fora do lugar, ou alguma bagunça... A coisa vai ficar seria, ok? -a mãe do Pac diz com uma voz que chega a dar medo
 
   Eu e Pac nos olhamos por um tempo, nos segurando para não rir

-Ok, a gente jura que vamos nos comportar! -diz Pac com a voz de uma criancinha

-E tem mais, vão ter que falar por skype com nos duas todo dia! A gente tem que ver a carinha de vocês dois pra saber se ta tudo certo... -diz minha mãe

-Okay gente, nos não vamos botar fogo na casa! Não vamos trazer ninguém pra cá e muito menos fazer uma festa, ok? -digo

-Nos vamos fazer a mala e iremos sair amanhã, ok?

-Vocês tem certeza que vão ficar bem aqui? -pergunta minha mãe preocupada

-Calma gente, não é o fim do mundo! Vocês só vão viajar, não vai acontecer nada de mais aqui dentro dessa casa -Tarik fala e lança um sorriso malicioso pra mim

por que tô achando que ele vai querer meu corpo nu?
Não seria novidade depois daquilo que aconteceu no banheiro...

-Okay então, podem ir agora - diz minha tia com a voz calma

-Vamos lá no quarto jogar, Mike? -pergunta Tarik levantando as sombrancelhas

-V-vamos, Pac...

   Pac agarra minha mão e começa a subir as escadas, quase me fazendo meter a cara no chão

-Você sabe que a gente não vai jogar né, Mikinho? -ele diz terminando de subir as escadas e ainda me puxando

-M-mas elas estão aqui, a gente não pode fazer nada suspeito! Se alguma delas quiser entrar no quarto a gente se ferra, ok?

-Ah Mikeeeeeeeee -ele fala com a voz manhosa, chegando perto de mim e me prensando na parede -você consegue resistir a mim? Eu sei que você não consegue, Mike...

-Não, Tarik! Agora não, você vai ter que se controlar. Não vamos fazer nada enquanto elas estiverem dentro dessa casa, me ouviu? -digo afastando ele e entrando no quarto

Me jogo na cama e pego meu notebook, abrindo o facebook e fazendo vários nada por lá. Tarik chega e deita do meu lado, colocando a cabeça no meu ombro e observando o que eu estava fazendo

-Voce tem tanta vadia nesse facebook -ele bufa e fala -você conversa com muitas?

-Ta com ciuminho, é? Não Tarik, são apenas otárias iludidas que acham que um dia vão poder ter minhas nudes, ou que um dia vão poder ficar comigo...

-CIUME? NÃO? Eu não tenho ciúmes Mike, você é apenas meu priminho

-Ah ta

   Depois disso ficamos em silêncio, contínuo mexendo no notebook até que me da um sono extremo. Desligo o notebook e quando olho pro lado Tarik está dormindo em meu ombro
Me arrumo na cama e deito a cabeça dele em meu peito, ele me abraça e acabamos dormindo ali mesmo.

     [...]

  Começo a ouvir alguém falando baixo perto de nós dois, não abro o olho e fico apenas escutando

-Eles estão tão fofos assim, Ivone! Se não fossem primos iriam ficar tão lindos como namorados não é? -diz alguém que suponho ser minha mãe

-Eles são tão próximos né? São praticamente irmãos! Agora vamos parar de falar no ouvido dos coitados e vamos lá pra cozinha, depois eles comem...

  Depois disso só ouvi passos em direção a porta e ela se fechando... Começo a rir descontroladamente e acabo acordando o Pac

-Ai Mike, caralho o que ta acontecendo aí?

-V-você não ouviu? "São praticamente irmãos" -digo rindo e imitando a voz da minha tia

-QUE? ELAS VIRAM A GENTE DORMINDO ABRAÇADOS?

-Calma Pacson! Elas não desconfiaram de nada, falaram até que se a gente não fosse primo daríamos um belo casal... Inocentes né?

-So me deixa dormir, ok? Eu tô morto de sono... -ele fala e deita a cabeça novamente em meu peito

-Naaaaaao Pac! Vamos fazer alguma coisa legal

-Alguma coisa legal? -ele levanta a cabeça e me olha com um sorriso malicioso

-Não, Pac. O que acha de a gente sair pra algum lugar? Tipo um cinema, aí depois a gente vai comer alguma coisa...

-Ah, eu prefiria a outra coisa né... Mas vamos sim!

-Ok, eu vou tomar banho e depois você vai, ta? -ele ia falar alguma coisa mas logo corto ele com um beijo lento, peço passagem e ele cede, começando um beijo apaixonado e calmo. Que logo foi ficando mais cheio de desejo e caloroso, logo paro pois sabia que do jeito que Tarik Pacagnan é, e se depender dele eu já estaria na cama fodendo ele...

Levanto e vou em direção a minha mala, pego minhas roupas e entro no banheiro,me despindo e entrando no box. Ligo o chuveiro e a água quente começa a cair por todo o meu corpo me dando uma sensação relaxante

  Começo a pensar em tudo que tem acontecido desses dias pra cá, antes eu e Tarik éramos só primos e agora somos primos que se pegam escondidos das mães... Eu não sei o que estou sentindo por ele

Oh Tarik... Isso é desejo? Ou é amor verdadeiro que eu estou sentindo por você?

Passo sabonete em meu corpo e lavo meu cabelo. Termino de tomar meu banho e coloco minhas roupas, arrumo meu cabelo em um topete e passo perfume...

-VAI LOGO MIKE! PARECE ATÉ QUE MORREU AÍ -Tarik grita do outro lado da porta

-Cala essa boca, fi! Não me quer bonitão pra você? -falo e ele fica quieito

  Dou risada e abro a porta do banheiro, me deparando com um Tarik vermelho de raiva parado em frente a porta com a toalha em suas mãos

-Finalmente né? PUTA QUE ME PARIU DE QUATRO EM UMA BANHEIRA, MIKE! VOCÊ DEMOROU MUITO NESSE.... -interrompo empurrando ele na parede fazendo ele bater as costas e começo a beija-lo de uma maneira louca. Começo a tirar a camiseta dele e empurrar ele para o banheiro, quando chego lá paro o beijo e começo a chupar o pescoço, desabotoando a calça e descendo a mesma junto com a cueca

-Pronto Tarik, agora vai lá e toma a porcaria do seu banho, oxi! -falo parando de beijar seu pescoço e saindo do banheiro



    como esse garoto consegue mexer tanto assim comigo?


Notas Finais


Ficou meio pequeno né -q

Alô, preciso de comentários!

Amo responder vocês :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...