História Desired Loves - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2PM, Big Bang, Got7, HyunA, Jay Park
Personagens BamBam, Chansung, D-Lite (Daesung), G-Dragon, HyunA, Jackson, Jay Park, JB, JR, Junho, Junsu, Mark, Nichkhun, Seungri, T.O.P, Taecyeon, Taeyang, Wooyoung, Youngjae, Yugyeom
Tags 2pm, Bigbang, Got7, Hentai, Kpop, Romance
Exibições 6
Palavras 2.246
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIII Gentee, bom eu sei que demorei mais é que tava cheia de provas do colégio, mais ai está um capitulo grandinho e muito bom na minha opinião, espero que gostem...

Capítulo 3 - LOVE COLLAPSE


Fanfic / Fanfiction Desired Loves - Capítulo 3 - LOVE COLLAPSE

Sammy POV on:

Acordo com muita dor de cabeça acho que bebi muito ontem, me sento na cama e logo vejo que a mesma não é a minha, então começo me recordar dos acontecimentos da noite passada, quase sem acreditar levanto-me e pego meu telefone que estava em cima de uma mesinha próxima a cama e vejo cinco chamadas perdidas da minha mãe, bom ela é minha mãe fica falando para me divertir mais deve ficar super preocupada eu acho. Olho para a porta do quarto e um ser magnifico estava olhando para mim com um sorriso encantador nos lábios, foi quando percebi que estava pelada...

-O que está olhando seu tarado???-Joguei uma almofada que estava no chão em sua direção e o mesmo tentou se esquivar dando risada, então me cobri com o lençol da cama.

-Porque está com tanta vergonha se ontem a noite eu já vi tudo e fizemos muitas coisas juntos??- O mesmo ia chegando mais perto a cada palavra e me puxando para mais perto selou nossos lábios.- Você é linda! – Quando sussurrou  essas palavras em meu ouvido  meu coração estava mais que acelerado, como uma criatura dessas podia ser tão romântica e ao mesmo tempo com uma cara tão safada, nunca estive com um asiático antes e o jeito que ele falava cada palavra me deixava ainda mais encantada.

-Aa bom eu me chamo Sammy prazer...-falo sem jeito pois não lembrava direito de ter me apresentado.

-hahaha aa bom eu sei disso...- Falou num tom de ironia que até me fez ficar um pouco irritada.

-Bom é que eu não lembro direito do seu...- abaixo a cabeça preocupada se isso era bom ou ruim não lembrar o nome de um homem que você transou na noite passada.

- Meu nome é Park Jaebeom, mais como morei muito tempo nos Estados Unidos todos me chamam de Jay Park, podemos falar mais disso no café da manhã que preparei para nós dois, o qual eu vim te chamar antes de ser atacado por uma almofada.

-A que bom estou morrendo de fome, vou apenas colocar minha roupa ai podemos conversar um pouco mais dai, okay?- Falei quase expulsando o mesmo de seu próprio quarto...

Coloquei minha roupa ou melhor as partes que achava por aí, peguei meu celular e tentei não me perder por aquele apartamento enorme, até que me deparei com uma mesa farta de comida, estava com tanta fome que me sentei e fiquei pensando o que comer primeiro, quando percebi que Jay Park não estava ali, fiquei me perguntado aonde o mesmo poderia estar pensei em procurar mais com tanta comida na minha frente comecei a comer...

-Nossa eu preparo uma mesa cheia de comida e você nem para me esperar que feio...- quando para pra olhar quase me engasgo com o pão de queijo que estava comento, também não é pra menos ele estava apenas com uma toalha enrolada na cintura o que me fez quase morrer...

-Ai meu deus você não está só de toalha aqui né?- perguntei com a boca muito aberta que poderia até entra uma mosca dentro, então o mesmo se aproximo de mim e ficando com seu rosto bem perto do meu.

- Se estiver lhe incomodando eu tiro, -Falou com um sorriso muito safado que eu não sabia se eu batia nele ou falava pra ele tirar.

-aa.. então.. senta vem comer comigo!-Tentei mudar de assunto.

-Ta bom! Que tal fazermos perguntas um para o outro você começa. -Se sentou na cadeira e pegando um pão falou.

-Ok! Você é de que descendência asiática? Desde quando te vi quis saber.

-Sou coreano, mais ultimamente estou ficando mais na china por trabalho. Bom você já está preste a se formar não é mesmo, o que pretende fazer depois da formatura? –perguntou observando alguma coisa no celular.

-A sim pretendo estudar e morar no Canadá, é um lugar que gosto muito. –Estava tão curiosa que perguntei logo. –Você ontem me disse que estava aqui por negócios com o pai da minha amiga, mais você trabalha com o que?

-Engraçado não, você não lembrava do meu nome mais isso você lembrou... Bom eu apenas trabalho na empresa do pai da sua amiga é mais voltado para Market, sou do setor administrativo, lido com finanças etc. -Alguma coisa me deixou pensativa parecia que o mesmo estava escondendo algo de mim, mais não queria o pressionar mais. –Bom acho que você tem que ir agora, tenho trabalho para fazer e acho que sua mãe deve estar preocupada...

-A okay! Verdade ela deve estar pirada comigo.

 

Ao chegar em casa percebo que a mesma estava vazia então fui direto para meu quarto, peguei uma roupa qualquer em meu guarda roupa e tomei um banho, não parava um minuto de pensar no jeito que Jay Park respondeu minha última pergunta, parecia inseguro tinha recebido algo no celular que o deixou muito estranho, logo sai de meus pensamentos com minha mãe gritando na porta...

-Vamos logo com esse banho não é você quem paga água e luz, e nós ainda temos algo pra conversar.- Meus Deus do jeito que ela falou parecia que aquele era meu último banho antes de morrer.

 -Ta ta já to saindo. – Falei não demonstrando interesse nenhum mais no fundo estava até preocupada com o que ela tinha pra me falar.

Minutos depois...

E lá estava eu sentada no sofá com minha mãe sentada em minha frete, como se fosse um interrogatório, esperando apenas a hora certa de me fazer as mais loucas perguntas...

- Bom... o Que você quer?- Falei tentando fazer com que isso acabasse de uma vez.

-Conta  tudo a Rose falou que você saiu com um homem no meio da festa. –Pra variar, acho que esse foi o único momento que ela me viu na festa, que puta nem pra falar que eu posei lá.

-E o que que tem você mesmo me disse pra aproveitar. – Falei a encarando.

-Eu apenas quero saber como foi? Quem é ele? Quantos anos ele tem? Se ele é gostoso? –Com a maior cara de pau ela me pergunta isso.

-Ai meu Deus eu não vou falar os detalhes pra você, e se ele é gosto isso é óbvio! –E quase que gritando respondi.

-A porque não? Se você quiser te conto como foi com o seu pai.

-Não obrigada, não quero saber disso apenas vou responder algumas ok. Bom o nome dele é  Park Jaebeom, mais prefere ser chamado de Jay Park e como percebeu o nome dele é diferente pra caralho até porque ele é asiático ou melhor dizendo Coreano, e ele tem 29 anos sei que ele é muito velho pra mim mais fazer o que é isso posso ir agora senhorita?

-Que velho nada ele é experiente é até bom pra você que não sabe fazer muitas coisas, mais é verdade que dizem que asiático tem pinto pequeno?

-Mãe não ele não tinha pinto pequeno, e acho melhor pararmos com esses assuntos por favor.- Me levantei e nem deixei minha mãe fazer mais perguntas tinha até medo do que poderia ser a próxima pergunta, fui direto para meu quarto entrei em um site da universidade que pretendia estudar no Canadá, sempre achei lá um lugar incrível, receberia a carta de aprovação segunda-feira, estou ansiosa, e o bom é que tenho mais uma semana pra aproveitar aqui ou melhor com o Jay Park.

Me joguei na cama e logo meu celular tocou, era uma mensagem do Jay me convidando pra ir no cinema ainda hoje, e é claro que respondi que sim, o dia parecia que nunca passava, o almoço com minha mãe foi um silencio só, foi bem engraçado até ver que a mesma estava curiosa mais sabia que se perguntasse eu não a responderia, chegando a hora marcada para o encontro, comecei a me arrumar coloquei uma blusa preta e uma sai rodada vermelha e meu coturno preto, estava um pouco nervosa não era todo dia que saia para um encontro. Era 19:00 h e já estávamos na frente do cinema, Jay estava com uma blusa marrom, uma calça também marrom mais em um tom mais claro com uma botina escura  e um boné vermelho, estávamos comprando os ingressos.

-Você está bonita! – O mesmo falou em meu ouvido enquanto tentava escolher qualquer filme.

-OH obrigada! E você é sempre estiloso assim? – Me virei para ele então perguntei.

-Claro... Mas eu sei que você prefere sem roupas não é mesmo. – Sussurrou em meu ouvido me fazendo arrepiar.  

-Moço vamos assistir aquele filme ali obrigada! – falei para o moço que estava vendendo os ingressos, então peguei na mão de Jay e fomos comprar pipoca antes que o filme começasse.

-Qual filme você pegou? Aposto que é romance. –Falou enquanto eu roubava a carteira dele para pagar a pipoca.

- Pois você se enganou porque o filme que eu escolhi é de terror/ ação! –com a boca já cheia de pipoca respondi, arrancando um sorriso bobo de seu rosto. -Você é muito fofo quando não é safado sabia.

-E quem disse que eu sou safado? –deu uma piscada de olho enquanto pegava minha mão e entrelaçava nossos dedos.

Estávamos assistindo o filme que por sinal nem era tão bom, quando percebo Jay mexendo no celular, olhei o nome do contato estava escrito Chefão, não pude ler a mensagem pois logo ele desligou o celular, não quis fazer um questionário para ele pois o mesmo parecia angustiado com a mensagem...

-Que tal sairmos daqui e irmos para meu AP? –falou em meu ouvido e eu apenas concordei com a cabeça.

Ao chegar em seu apartamento sentei no sofá e o mesmo sentou ao meu lado, mas não demorou muito e me puxar para sentar em seu colo e começou me beijar intensamente, apertando minha bunda e passando sua mão por minhas cochas, depositando beijos em meu pescoço fui tirando sua blusa rapidamente e passando a mão por seu abdômen definido o beijei mordendo levemente seu lábio, mais logo fomos interrompidos pelo telefone que começou a tocar, pedi para não atender mais o mesmo falou que era importante então atendeu e falando em uma língua que eu não entendia nada continuei o que estava fazendo mesmo recebendo olhares para parar por enquanto, sai de seu  colo e comecei a dançar uma dança sexy fazendo com que prestasse muita atenção em mim, lentamente fui tirando minha blusa fazendo com que meu sutiã preto com renda e dois lacinhos rosa ficasse a amostra, ele continuava a falar no celular mais dessa vez estava atento para o que eu estava fazendo e mordendo o lábio inferior deu um sorriso de canto bem safado que só ele sabe dar, então tirei lentamente minha saia e jogando bem longe fiquei apenas de calcinha e sutiã cheguei mais perto dele e falei em seu ouvido...

-- O resto você tem que tirar...- abafando o telefone puxou-me pelo pescoço e falou em meu ouvido...

-Sammy Sammy com você quero fazer muitas coisas não apenas tirar sua roupa. -Então desligou o celular e o jogou longe.

-Sabia que sua voz estava muito sexy quando você estava falando aquele idioma? –Com minhas mãos em suas cochas perto de seu membro já ereto Sussurrei em seu ouvido, me jogou no sofá, então ficou de pé e tirando a sinta que segurava sua calça estava com um olhar safado.

Tirou sua cinta e pediu para me virar de costas para ele ajoelhada no sofá, então eu fiz, despejando beijos pelo meu ombro direito com a cinta bateu levemente em minha bunda o que me deu um pouco de prazer e dor ao mesmo tempo, perguntei o que ele estava fazendo mais o mesmo mandou que me calasse se não me bateria de novo, com minhas mãos para trás amarrou e me deixando de quatro, tirou sua calça juntamente com a cueca azul marinha que é minha cor favorita, mostrando seu membro ereto chegou mais perto de mim puxou meu cabelo e falou para que eu não falasse nada apenas quando ele ordenasse, e colocando seu membro em meu  ânus  fez com que eu soltasse um grito o mesmo deu risada então me relembrou o que tinha falado anteriormente com um tapa em mina bunda um tapa que deixou sua mão desenhada, dando estocadas lentas me fazendo ficar cada vez mais excitada e soltando  gemidos baixos tirou seu membro de dentro de mim desamarrando minhas mãos falou em meu ouvido que agora era minha vez, tirei meu sutiã que o mesmo ainda não tinha tirado ordenei que se sentasse no sofá dei um leve tapa em seu rosto por ter me batido antes o que por incrível que pareça fez ele sorrir, sentei em seu membro e com movimentos leves descia e subia por eles arrancando gemidos de Jay, o mesmo apertava minhas cochas e bunda então com a mão em minha cintura deitou-me no sofá e em cima de mim encaixou seu corpo no meu e com estocadas mais fortes me fazia soltar gemidos mais altos, com meus braços em volta dele o aranhava deixando marcas de minhas unhas e chegamos ao nosso colapso em que gozamos juntos.

-Eu te amo tanto princesa...-Em minha mente achei que eu diria essa frase primeiro mais foi ele e isso foi muito fofo.

-Que fofo! Eu também te amo meu príncipe.

E com isso o mesmo me pegou no seu colo e me levou até sua cama aonde dormimos abraçados.

 


Notas Finais


Bom espero comentários de vocês e espero muito mesmo que tenham gostados, se gostaram divulgam pras amigas bjão.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...