História Desolation Row


Escrita por: ~


Sinopse:
BaekHyun não era a melhor das escolhas de ChanYeol, na verdade, era a pior delas e ele sabia que isso iria levá-lo diretamente à fila da desolação, no entanto, ele parecia não se importar muito.

|CHANBAEK |
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Kai, Personagens Originais, Sehun
Exibições 642
Comentários 9
Palavras 10.782
Terminada Sim

Fanfic / Fanfiction Desolation Row
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Passos na neve.
1
151
549
 
2.
Zona Restrita
1
129
1.883
 
3.
Coco com canela
1
87
864
 
4.
Jack Daniel's, tiros e socos.
1
95
2.114
 
5.
O que houve com seus dedos?
3
91
2.386
 
6.
Perdoe-me, Pai...
2
89
2.986

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~JuCor
Capítulo 5 - O que houve com seus dedos?
Usuário: ~JuCor
Usuário
Eu amooo essa fic. Não tenho palavras para o quão complexo é a relação de BH e CY. Já é a terceira vez que leio e a cada leitura, encontro novos sentimentos. Parabéns!

PS: Você poderia fazer um bônus, sério. Eu ficaria muito feliz *-*
Postado por ~Rasui_Yoon
Capítulo 6 - Perdoe-me, Pai...
Usuário: ~Rasui_Yoon
Usuário
Aí o meu coração! To olhando pra ele agora enquanto sangra fora do meu peito... (Fazendo a dramática)
Nossa que final ein, ficou maravilhoso!
Eu nunca levantei a hipótese que poderia ser algo desse tipo que atormentava o JongIn, acho que qualquer um não conseguiria aguentar de boa algo assim, de fato a culpa foi dele, mas não ela completa, não foi ele que colocou a corda no pescoço do Soo, não diretamente pelo menos kk
E entre a gente aqui, ChanBaek vai ficar junto neh? o.o kkk
Vou me iludir aqui e esperar um extra dos dois, vai que neh kkk
Nós vemos por aí, ok? Bjos de luz! ^3^
Postado por ~Rasui_Yoon
Capítulo 5 - O que houve com seus dedos?
Usuário: ~Rasui_Yoon
Usuário
Eu nunca comentei antes por não ser muito do meu feitio, mas a sua fic é muito maravilhosa e adoro como você escreve.
A relação que se passa entre eles é envolta de dúvidas e palavras mudas, principalmente de sentimentos não ditos, e não sei se sou eu que sou apaixonada por melancólica, mas algo dentro de mim prevê algo triste para o final, e isso me prende de um jeito inexplicável.
Então parabéns pela história, ela está muito boa e bem elaborada, principalmente na parte em transmitir os sentimentos conturbados entre os personagens.
Só não me faça chorar, ok? Kkkk
Até breve! Bjos! ^3^
Postado por ~Algol-
Capítulo 4 - Jack Daniel's, tiros e socos.
Usuário: ~Algol-
Usuário
Meu Deus, que bad. Que bad. Que bad. Que bad.
Eu quero matar o Baekhyun. Eu sei que ele é um fodido que precisa de terapia, mas isso? Isso????? Eu li o capítulo ontem à noite, mas precisei de um tempo para me lamentar e digerir até que eu tivesse coragem de dizer minha opinião. E minha opinião é: tô destruída. Tu não tem coração mesmo.
O Kai, meu Deus. O tadinho do Kai, logo ele! Logo ele, que é praticamente a única pessoa que o Chanyeol tem. A única de quem ele gosta sem manter um relacionamento doentio! Eu quis matar o Baek com minhas próprias mãos, e nem preciso dizer que eu soltei um grito de glória quando o Channie avançou nele. Cada bofetada, um grito de glória! Hahaha!
Mas claro que a bad me pegou de vez quando, sendo socado, o Baek deu o primeiro beijo no Channie. Tipo, o primeiro beijo. Logo o primeiro, em uma cena dessas.
Eu criei mil e uma teorias na minha cabeça, e a que mais pareceu real pra mim foi que o Baek tem um ciúmes doentio do Channie, e por isso decidiu atacar logo o Kai (porque, afinal, o Channie adora e mora com o Kai). Ele tem ciúmes e tem também inveja, porque o Channie é tão bom, é tão generoso mesmo convivendo com esse mundo podre que o rodeia. E o Baek, ele queria ser igual, e por isso tem esse ódio gigantesco. Ele sabe que ele é podre, e não queria ser assim. Ele apenas não consegue evitar, e fica mentindo pra todo mundo, especialmente pra ele mesmo.
Enfim.... Desculpa a sessão psicólogo, mas é que eu sou do tipo que fica tentando enxergar as intenções por trás dos personagens, ainda mais quando a história é em primeira pessoa, não nos deixando saber o que os outros personagens sentem/pensam. Por favor não pense que eu odeio o Baek, porque eu também vejo essa magia triste e atraente nos relacionamentos problemáticos.
Espero que eles consigam se acertar, se é que isso é possível. Amo a sua história ~<3
Beijos!
Postado por ~Algol-
Capítulo 3 - Coco com canela
Usuário: ~Algol-
Usuário
Eu amo essa fanfic. O Channie é tão romântico, eu fico triste por ele sofrer pelo Baek. O Baek faz soar como se esses momentos fossem tão "foda-se" para ele, mas o Channie continua sentindo dele um cheiro de coco com canela, querendo considerar esses momentos românticos. Eu não tenho certeza, mas... Eu acho que o Baek, mais cedo ou tarde, vai admitir que toda essa postura violenta acontece justamente porque ele quer se defender, porque não quer se entregar a outro ser humano - talvez por medo de se machucar ou algo do tipo... Tanto isso é verdade, que já foi falado pelo Channie que os xingamentos que o Baek profere na hora do sexo são justamente direcionados a ele mesmo, como em uma punição por se entregar... Só não precisava ter socado a cara do meu Channie, sabe! Não precisava. :(
Enfim, adorando como sempre. Não queria que essa história acabasse, mas vamos combinar que estou super ansiosa pra saber como isso vai se encaminhar para o fim.
Beijos!