História Despacito - (Imagine Jeon Jungkook - BTS) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster
Tags Bts, Imagine, Jeon Jungkook, Rose
Visualizações 74
Palavras 709
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Hentai, Josei, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi, oi! :3
Me empolguei bastante pra trazer essa fic com o nosso Jeon, gostei muito do rumo e espero que vocês gostem também!
Boa leitura e beijo, manas. <3

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Despacito - (Imagine Jeon Jungkook - BTS) - Capítulo 1 - Prólogo

Busan, South Korea.

◈◈◈

Rosé Dulce Lee

(S/N)

 

────⊱◈◈◈⊰────

 

- Hana! Du! Hana! Du! - grito em sequência para as vinte pessoas que tinham o bom coração de vir ao estabelecimento alugado por mim para o meu passatempo. - Bom trabalho, Jae!

- Obrigado, Ró! - gritou o único adolescente dali, um doce de garoto. Sorri pra ele.

- Falta mais quanto, meu bem? - me viro pra senhora de idade, Srª Park, que tinha seus movimentos lentos mas eficaz, com tudo em cima.

- Está liberada, vovó! - pisco pra ela.

- Rosé!

Me viro vendo o Nam parado na porta e meus olhos brilham.

- Continuem, pessoal! - vou aos pulos de encontro ao meu mais querido amigo e o abraço levantando os pés pelo penhasco de diferença de tamanho - Eu sei que eu estou toda suada mas eu preciso te amaçar.

- Espero que seja muito importante...- fala fazendo uma de suas caretas mas aperta gentilmente meus ombros desnudos e me solto rindo.

- Obrigada, Nam...

- Por? - pergunta ajeitando o casaco veludo -o qual eu nunca poderia comprar mesmo trabalhando vinte e três horas por dia- e rodo os olhos abrindo os braços á minha volta.

- Por tudo isso, você sabe que sem a sua ajuda, eu nunca conseguiria ao menos cinco pessoas! - ele ri jogando a cabeça pra trás enquanto mostra suas covinhas.

- Você sabe que eu faço tudo por você, minha estrangeira favorita, não sabe? 

O Namjoon foi a primeira pessoa a me receber amigavelmente quando os comerciantes e as pessoas asiáticas olhavam torto a garota latina, com apenas o pai de nacionalidade coreana, que estava à procura de trabalho

- Eu sei, Nam...- mordo os lábios sentindo a calça leg me incomodar por conta do calor. 

- Tenho dinheiro, reputação, boa família, sou romântico pra caramba e ainda sim, não me dá uma chance...você é irreal, Rosé Lee. - confessa suspirando e ele deposita um beijo em minha testa. - Devia ir almoçar, querida.

Eu devia ser grata ao Nam, mas no fundo eu só o machucava com esse amor unilateral.

Poderia existir um nós?

- Acho que minhas pernas não aguentam até chegar em casa de tanta fome. - faço drama e rimos. 

- Coma bastante pra manter esse corpo...q-quer dizer, todos temos que manter nossos corpos, não é? - meu sorriso aumenta e assinto rindo. - Estou indo! Até mais, Lee. - diz balançando as chaves e junto as duas mãos na minha boca lhe mandando um beijo no ar.

Volto pra dentro e dou um jeito no meu pessoal.

 

────⊱◈◈◈⊰────

 

Entro na portaria e cumprimento o Sr. Seong que com a boca cheia do almoço, apenas acena com a cabeça.

Subo as escadas do apartamento numa velocidade média e avisto Hyeri na porta de casa toda produzida, como sempre.

- Graças a Deus, Rosé! - quando me vê solta o peso do peito e abro os olhos.

- É surpresa boa pra mim, mana? - pergunto e ela põe as mãos na cintura. Mesmo Hyeri sendo mais nova que eu, ela consegue ser bem mais séria.

- Acredita que a minha mãe aprontou uma pra mim? - pergunta e junto as sobrancelhas rindo do seu drama.

- Deixa de suspense, Hyeri! Conta logo de uma vez!

- O Jungkook está vindo nesse momento passar as férias aqui em casa!

Bom, não vejo problema. 

Hyeri sempre fala do Jungkook, que é muito esperto, educado, excelente nas atividades do colégio mas que é muito tímido. Ela se acha ao extremo dizendo que tem o irmão mais lindo e fofo, morro so de pensar em sua carinha de bebê e seu corpinho rechonchudo.

- E qual é o problema?

- Eu tenho que viajar daqui a algumas horas com o meu chefe, esqueceu? Só volto amanhã à noite! - lhe mando um olhar malicioso e ela me fuzila.

- Relaxa, eu tomo conta do Jungkook, até porque sempre tive jeito pra crianças. - pisco e ela desvia o olhar.

- Rosé, ele-

- Eu sou adulta, Hyeri, deixa que eu cuido do seu irmãozinho.

 

 

¹ "Não ferre com o meu amor.

Esse coração é tão frio.

Queria ter escrito como as coisas aconteceram."

- Don't (Ed Sheeran)


Notas Finais


Continua?
<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...