História Despedida - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Animais Fantásticos e Onde Habitam, Harry Potter
Personagens Newton Scamander, Porpetina "Tina" Goldstein
Tags Animais Fantásticos, Harry Potter, Newt Scamander, Newtina, Onde Habitam, Tina Goldstein
Exibições 202
Palavras 669
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Crossover, Fantasia, Ficção, Magia, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi!

Quando cheguei em casa depois de assistir "Animais Fantásticos e Onde Habitam" fiz duas coisas: Primeiro, passei umas boas horas abraçada com meu livro de AFEOH e segundo, prometi que iria escrever uma fanfic sobre o Newt Scamander pelo menos uma vez na vida.

Então eu escrevi uma sobre o Newt e a Tina, casal que mal conheço mas já considero pacas. Se vc não viu o filme inevitavelmente vai encontrar alguns spoilers aqui (inclusive até nesta pequena nota).

Boa leitura se decidir-se por ler.

=***

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Despedida - Capítulo 1 - Capítulo Único

Tina olhou para Newt Scamander e pegou-se refletindo sobre os acasos da vida. Ela nunca se vira apaixonada por um homem, namorando alguém ou coisa parecida. Tina acreditava que sua vida seria dedicada ao trabalho e a cuidar de sua irmã.

 

De repente um britânico esquisito com uma maleta cheia de animais exóticos surgiu do nada e embaralhou sua mente de uma forma tal que ela não mais se reconhecia. Newt era diferente de todos os homens de sua vida. Ele era gentil, calmo, amoroso e meigo. Muito diferente dela também, que era dura, nervosa e complicada.

 

Newt, por sua vez, acreditou que jamais iria encontrar alguém que gostasse dele. Sempre fora o garoto estranho, interessado por bichos e que não sabia se relacionar com as pessoas. Já fora explorado e mal tratado por tanta gente que era difícil para ele confiar em alguém. Tina Goldstein fora incrivelmente grossa com ele quando se conheceram, era estranho que tivesse gostado dela. Mas talvez tenha gostado justamente por isso, as outras pessoas sempre foram gentis e depois maliciosas. Tina era honesta.

 

-Foi bom conhecê-lo, Newt.- ela disse quando chegou a hora de se despedirem.

 

Newt assentiu daquele jeito esquisito e nervoso que só ele tinha.

 

-Sim, sim... foi um prazer.- ele olhou para o navio e de volta para ela.- Eu vou... é...

 

-Vou ficar de olho no livro.- Tina disse, interrompendo-o.- “Animais Fantásticos & Onde Habitam”, não é isso?

 

Newt sorriu timidamente.

 

-Sim, mas talvez eu mude. Não sei. Posso mandar uma cópia para você. Quando estiver pronto, isto é.

 

-Ah... me mandar?

 

-Sim, por uma coruja. Ou por correio trouxa.- acrescentou depressa, lembrando-se das leis rígidas dos bruxos americanos.

 

-Gostaria disso. Se você não se importar, é claro.

 

-Não me importo. Não me incomodo, quero dizer.

 

As pessoas começaram a embarcar no navio. Tina sentiu seus olhos queimarem, logo ela que nunca chorou em público. Newt mexeu sua mão na alça da maleta, nervoso.

 

-Acho que é isso, então. Mande um abraço para Queenie.

 

-Vou mandar.

 

Ele virou-se. Tina não conseguiu mais segurar as lágrimas quando viu suas costas, de repente Newt voltou.

 

-Eu vou escrever para você. Cartas.- assegurou, então viu seu rosto.- Você está chorando!- exclamou surpreso.

 

-Ah... é só... a maresia...- Tina enxugou as lágrimas com sua luva.

 

-Hum...- ele olhou para os lados, sem jeito.- Eu posso... trazer o livro pessoalmente, se preferir.

 

-Eu prefiro.- disse, dando um fraco sorriso.

 

-É difícil achar alguém.- Newt enrubesceu.- Que goste de animais selvagens.- acrescentou.

 

-Sim.

 

Os dois se olharam tristonhos. Newt era o único que ainda não havia embarcado.

 

-Bom, adeus, então.- disse finalmente.

 

-Não se esqueça de mim!- pediu Tina antes que pudesse se refrear.

 

Newt sorriu.

 

-Não poderia.

 

-Eu não...- ela evitou seus olhos.- … não me importava muito com animais... ou com nada. Até você chegar.

 

Scamander sentiu que ia começar a chorar também.

 

-Eu não gostava da América, até conhecer você.- confessou.

 

Tina ficou sem ar.

 

-Não vá!- disse, sem se importar mais com nada.- Fique aqui comigo.

 

Newt olhou para sua maleta.

 

-Eu adoraria, mas não posso. Tenho que terminar meu livro. É importante.

 

Tina assentiu. Sabia que era. Viu como todos tratavam os animais de forma cruel e impiedosa, Newt Scamander traria luz para o trato das criaturas mágicas. Gostaria que ele fosse egoísta e jogasse tudo para o alto, mas então não seria o Newt que ela amava.

 

Ele colocou a maleta no chão. Tina arregalou os olhos surpresa, mas não teve tempo de questionar nada. Newt segurou seu rosto e lhe deu um beijo nos lábios.

 

-Eu vou voltar logo. Prometo.- disse por fim.

 

Tina lhe deu outro beijo e só o soltou quando lembrou-se que havia uma maleta cheia de animais estranhos largada no chão e não estava disposta a passar por aquela confusão de novo.

 

-Até breve então.- ela disse.

 

-Até.- respondeu com um sorriso.

 

Newt apanhou sua maleta e subiu as escadas até o navio. Tina ficou sozinha, mas pela primeira vez não se sentia solitária.  


Notas Finais


Como veem, foi uma releitura da despedida deles pq EU QUERIA UM BEIJO. Enfim... espero que tenham gostado.

=***


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...