História Despedida - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Sasuke Uchiha
Tags Narusasu, Naruto, Sasuke, Sasunaru
Visualizações 95
Palavras 331
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Yaoi

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Despedida - Capítulo 1 - Capítulo Único

Eu realmente não gostaria que você fosse embora. Mudar de país, comandar as empresas e se casar com uma mulher que sua família escolheu pelo bem do dinheiro me parece angustiante. E é.

Te chamei de covarde e sabe-se lá o quê mais. Mas se quer saber, eu não o culpo. Talvez nós dois não passássemos de uma fase.

Mais que rival, mais que melhor amigo. Teme, coisas clichês sempre foram motivos do revirar dos seus olhos, tô certo? Hah...

Preste atenção no que eu digo: eu estou de pé na sua varanda, estou gritando! E tenho uma garrafa de vinho. Não vou sair daqui até que você desça.

Vamos celebrar sua partida. É algo ruim, mas estaremos fazendo algo que estamos acostumados: rir dos momentos ruins.

Seu telefone está tocando e como bem te conheço, você hesita em atendê-lo. É claro que você sabe que quem está telefonando sou eu e não quer descer porque sabe que, assim como eu, pode chorar. Os Uchihas tem a péssima mania de achar que chorar não pega bem.

– Dobe – você finalmente desceu e tinha uma expressão triste. Não era uma expressão indiferente como sempre, era triste.

– Teme. – Eu lhe sorri de maneira divertida.

Silêncio. Sempre fui barulhento, odiava silêncios.

– Nós não somos uma fase. – ele disse firme.- nunca fomos.

– ...Nos não somos uma fase. – Eu concordei sorrindo e me aproximando.- nunca fomos.

– ...Vê se dá bola pra Hyuuga. Ela gosta de você.

– ...

– Eu não gosto muito de mulher mesmo...

– Quer parar? – lhe dei um tapa no ombro, o comentário dele nos fez rir.- Eu quero uma última lembrança com você, imbecil.

Nós rimos. E depois nos beijamos.

Eu tive tudo, e então quase tudo de você. Um tanto, e então nada de você. Lidar com preconceitos e incertezas nunca foi o nosso forte, mas quem se importa?

Eu estou com você, mesmo que por uma última vez. Isso é o mais importante.

Se um eu te amo não for apropriado,

te sinto.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...