História Despercebidos - Temporada 1 - Capítulo 12


Escrita por: ~

Visualizações 1
Palavras 7.371
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sci-Fi, Universo Alternativo
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Isolda e Tomas atravessam o portal e exploram o outro universo, enquanto a guerra tão esperada finalmente começa: o exército de Salenopolis enfrenta o grupo policial após um assassinato no rio.

A TRAJETÓRIA ATÉ AQUI (*trechos de cenas)
Musica de fundo: Livin' on the Edge - Aerosmith.

{Tomas diz a Jaqueline sobre seu emprego e vida social / Isolda e Colton falam sobre seus empregos e Christine / Tomas conversa com Flavie pela webcam e eles combinam de se encontrar em Miami / Colton dá um gato para Isolda / Tomas descobre que Flavie tem duas identidades / Pietro e sócios de Salenopolis comemoram candidatura de Katlen a presidente da republica / Isolda descreve Katlen como uma presidenta corrupta e mentirosa / Pietro e Katlen comentam o avanço de Salenopolis / Selenio conta como Salenopolis manipula a população por meio de alimentos com componentes modificadores / Christine conta a verdade sobre produto suspeito e Isolda vai denunciar / Katlen e Christine discutem no Corácio / Christine diz que Katlen está a ameaçando e precisa se esconder / Gary encontra Flavie e Tomas em aeroporto e discute com eles / Gary dá um tiro em Tomas, é preso e diz á Flavie que perseguirá ela, que foge / Isolda e Colton não acham Christine no esconderijo / Dr.Griw conta que conseguiu abrir um portal no seu porão e o gato de Isolda morreu tentando passar nele / Selenio conta sua investigação, sobre o passado de Nimácua e o portal que abriu no fundo do rio Gzunly / Gary acha Flavie e a joga no rio, e leva um tiro dela / Tomas acha apartamento de Flavie bagunçado com bilhete e Jaqueline se oferece para investigar / Isolda briga com Colton pelo gato, ele se sente culpado e se joga no portal de Dr.griw / Pietro e Jaqueline jantam juntos e discutem possivel romance / Katlen e Pietro têm rixa por causa de Jaqueline / Pietro apresenta novo produto espião de Salenopolis e ele é roubado / Gabrielle e Luan são flagrados transando do sofá de Isolda / Dona Ninguém assusta Gabrielle na cozinha / Mascarados utilizam produto roubado em Isolda e ela encontra Colton no sonho / Pietro flagra Tomas e Jaqueline se abraçando e aponta arma para os dois / Isolda decide entrar no portal para encontrar Colton / Pietro manda helicóptero jogar Tomas e Jaqueline no rio e os dois se afogam / Dona Ninguém é ressuscitada por mosca amarela que controla por aparelhos velhos e a usa para ressuscitar Gary / Tomas e Isolda se olham dentro do portal.}

Capítulo 12 - O Portal está Aberto


AGORA

Enquanto Tomas vai se afogando cada vez mais para o fundo do rio, Jaqueline nada com muita dificuldade mas consegue chegar até a margem do rio e sobe na grama. Quando ela se se recompõe de pé toda molhada, se dá de cara com seu grupo policial que desce rapidamente do carro atacando o helicóptero de Katlen com tiros dizendo que viram tudo desde o inicio e seguiu o helicóptero. Katlen desce do helicóptero séria e devagar e os três capangas que acabaram de afogar Tomas tiram o capuz que cobre o rosto, e são três dos dez sócios de Salenopolis. Pietro desce do helicóptero por ultimo e fica á frente dos seus quatro companheiros, encarando o grupo policial que está composto de quatro policiais e Jaqueline á frente de todos. 

Jaqueline começa dizendo que eles nunca esperaram tanto por esse momento e não existe mais ninguém os perseguindo além deles todo esse tempo, que investigavam tudo sobre a comunidade quando tiveram a primeira desconfiança. Pietro indaga que então Jaqueline estava se aproximando dele apenas para investigá-lo, e então diz que ela perdeu seu tempo pois ele não foi suficientemente verdadeiro para ela descobrir alguma coisa sobre ele.

Katlen abre um sorriso maldoso para Jaqueline, que continua encarando calada até que seu grupo se manifesta, dizendo que eles não precisavam desse jogo sujo para descobrir algo sobre eles. Selênio e outro policial saem do carro do grupo dos policiais dizendo que já sabem de tudo e ainda mais sobre Salenopolis e de agora em diante todos eles estão nas mãos deles. Katlen diz que se todos eles morressem ali agora, eles não conseguiriam destruir seu governo, engasga e diz que na verdade seu governo é um império, e existem centenas deles que iriam recompor a comunidade. 

O líder do grupo policial diz que agora eles resolverão esse assunto de uma vez e todos apontam a arma que seguram para o grupo oposto para duelarem. Jaqueline e Katlen são as primeiras a se enfrentar, se aproximando de cara a cara e olhos nos olhos, abaixando a arma e trocando ofensas.

A policial dá o primeiro golpe na presidenta, que cai dura e os três sócios de Salenopolis partem para brigar com os seis policiais. Após um longo tempo de briga entre os sócios e policiais e entre Jaqueline e Katlen, um dos sócios atira em um dos policiais, que cai morto e causa ainda mais revolta. Ryan, o policial que chegou depois junto com Selenio, grita para todos pararem por que ele tem algo a dizer, mas é interrompido por Pietro, que diz que ninguém vai dizer nada. Rápido, Pietro atira no peito de Ryan e os dois se encaram antes do policial cair morto no chão, e Katlen aponta a arma para a cabeça de Pietro dizendo que é tarde demais. (3min)

----toca a vinheta----

 

[Duas semanas antes...]

Enquanto Selenio narra sua investigação mostrando todas as provas para o grupo policial num lugar fechado e escuro, Ryan, um dos policiais que está no fundo da sala prestando atenção, grava tudo que está acontecendo sem ninguém perceber com uma câmera. Logo após Selênio terminar, Ryan salva o arquivo em seu computador que fica em sua cabine só para ele e envia diretamente para Katlen. Ele desliga rápido o computador e volta para a sala escura com os policiais dizendo que foi rápido ao banheiro, agindo normalmente com o grupo.

Katlen que está sozinha em sua sala da presidência, recebe o arquivo no e-mail e antes mesmo de começar a escutar, agradece a Ryan por mensagem e diz pra si mesma que agora ela poderá saber daquilo que ela sempre desconfiou que Pietro escondia dela. Até a metade da gravação que assiste ela reage normalmente, mas começa a respirar forte e ficar desesperada quando ouve que Salenopolis, o que ela pensava que era fruto das mãos e da mente de Pietro, é a Neo-Nimácua. (Sim, ela não sabia disso!) Ela respira fundo e diz que está tudo bem e não vai dizer nada a ele por enquanto, pois mesmo que ela tenha o segredo de Pietro nas mãos, ele tem o dinheiro e o poder dela nas mãos dele. (2min)

[Agora]

O grupo policial que se preparava para sair do local com o corpo dos companheiros assassinados, param para assistir o que choca a todos ali. Com a arma apontada para a cabeça de Pietro, Katlen diz que Ryan já havia contado a ela tudo sobre o passado de Salenopolis que ela não sabe, gravando a investigação que o grupo policial concluiu sobre eles. Os policiais ficam espantados com a cena que assistem por descobrirem que Ryan é um traidor, e Katlen continua dizendo que fingiu que não sabia de nada para ele esse tempo todo, mas sabia e por isso não aprovou seu ultimo projeto e mandou ele ser roubado para que não causasse mais danos á comunidade. Pietro fica desapontado e implora para ela abaixar a arma dizendo que com o tempo ela iria descobrir e ela sem ele não tem nada, e ela não consegue segurar a arma por muito tempo, a abaixando.

Ela se vira de frente aos policiais e diz que eles não tem o que brigar mais agora, mas o líder policial insiste que ela é corrupta, arrogante e maldosa igualmente a ele e seu grupo só se uniu para destruí-los. Mas diz que por hoje a batalha acabou e ele todo grupo seu grupo policial sobem no carro e saem do local, não antes de recolher o corpo de um deles que morreu. 

Katlen e Pietro decidem também ir com os sócios no helicóptero e ela diz que não tem mais nada a dizer e nem o que perdoar, concordando que eles vivem mesmo em má índole e não tem como mudarem isso. Pietro diz que Ryan fez um ótimo trabalho mas tinha que matá-lo pois já planejava isso quando mandou ele virar policial e se aliar ao grupo rebelde para passar informações dos inimigos para a comunidade. Por fim, Katlen faz uma observação importante, e diz que se eram os policiais o tempo todo, eles nunca sofreram ameaças terroristas nem de outras empresas competentes, era tudo armação para eles. (2min)

 

No outro universo...

Num campo bem grande cercado por muros de pedras que forma um quartel, Colton dá instruções a aproximadamente 100 homens e mulheres que seguem todas as regras ditas por ele. Eles ficam todos parados e concentrados, fazendo os movimentos apenas que ele dita e descreve que eles estão formando o primeiro exército da terra de Aqualumin. Após a série de exercícios terminar, dá a eles a primeira missão, que é achar e prender a cortesã louca que finge ser a princesa Selena, começando a organizá-los. (1min)

 

No nosso universo...

Katlen se despede de Píetro sem olhar no rosto dele na sala íntima e ele diz que a partir de hoje Nollan, Penelope e Simon estarão libertos do porão, mas viverão para a comunidade para o resto da vida pelos próprios talentos, assim como ela. Assim que ele sai, ela tem um ataque de raiva e começa a quebrar todos os objetos de vidro e cerâmica decoração da sala, tacando-as na parede, que se espatifam em câmera lenta. 

Pietro desce até o porão acompanhado do sócio que assassinou um dos policiais e abre a porta secreta para soltar o trio. Quando eles abrem a porta e entram, encontram o trio dormindo no chão e pálidos, e Pietro corre para conferir a pulsação, e confirma que eles estão vivos. O sócio diz que irá procurar o mordomo Frâncio no mesmo instante para interrogá-lo mas um tempo depois volta ao porão dizendo que perguntou á todos, andou por todo o Corácio e ninguém sabe dele. Pietro analisa os três e diz que eles só estão desnutridos e provavelmente desmaiaram por fome há pouco tempo, e pede água e comida pronta instantaneamente. Nollan acorda ainda um pouco tonto pensando que está morto e sem raciocinar e abrir os olhos direito, pergunta a Pietro por que seus amigos estão mortos. Ele explica que ninguém morreu e pede para ele se sentar e vai precisar dele e de seus amigos mais do que nunca, enquanto ele reclama de fome.

Pietro e Nollan acordam Penélope e Simon e os colocam no sofá enquanto o outro sócio chega com água e comida para o trio, que são interrogados sobre o mordomo Frâncio que era encarregado por trazer a alimentação á eles. Enquanto Pietro e o sócio ajudam o trio a se alimentar, Penélope explica que faz quase uma semana que ele não aparece e acabou as sobras que eles possuíam na geladeira, e não aguenta mais viver ali. Pietro diz que a partir de hoje eles viverão como ricos no Corácio e terão a vida que sempre sonharam se servirem á ele para sempre. (3min)

 

No outro universo, Isolda surge num cômodo feito de terra, aparentemente um porão, com estantes com potes de ingredientes estranhos, que começa a observar. Ela percebe que há um interruptor antigo e o aperta para acender o cômodo que estava escuro, mas ele não funciona, então ela resolve ir até um canto claro, que acha uma escada. No andar de cima, Isolda encontra e observa de longe cinco bruxas estão sentadas de mão dadas ao redor de uma mesa redonda fazendo um ritual, com objetos estranhos e velas na mesa e todas falando uma língua estranha. 

Quando elas terminam a oração, dizem para um espírito trazer uma alma inocente para purificar a casa e abrem os olhos, então Isolda resolve se esconder atrás de uma parede e ouve passos das bruxas que procuram algo andando pela casa. Isolda não consegue se esconder por muito tempo e uma bruxa a encontra agachada na despensa da cozinha, segurando seus braços e a puxando para a sala gritando para as outras bruxas que achou a alma pura e inocente que procuravam. Quando ela chega até a sala, a chefe das bruxas chega e diz que testará a alma dela perguntando aos espíritos e jogando cinzas nela. A bruxa chefe diz que o espírito das almas já comunicou que ela realmente é a alma que elas procuram para sacrificar, e Isolda se assusta e dá um grito pedindo para que ela não morra pois nem sabe o que faz no lugar. Quando as outras bruxas chegam na sala, gritam para a chefe para prendê-la, mas Isolda é mais ágil e consegue se levantar, abrir a porta e fugir da casa, e começa a correr pela floresta sem parar. (2min)

 

Tomas fica atormentado de baixo d'água e pensa que está morrendo afogado no rio, mas ao tocar em uma parede de madeira e observar várias pessoas nadando percebe que está em uma piscina. Ele está quase sem ar mas mesmo assim consegue subir até a superfície e observa que apareceu mesmo em uma piscina. O local é todo feito de madeira e pedra, com um muro alto ao redor de um terreno extenso lotado com camas de sol e pessoas de todo tipo só com a roupa intima. Ele fica atordoado e pergunta a todos que vê pela frente onde está, mas é ignorado por alguns e outros respondem irônicos que isso é apenas uma piscina pública. Quando ele sobe até a borda da piscina e senta na beira, todos olham estranho por ele ser o único que está vestido no local, até que ele percebe os olhares e tira a camisa, a amarrando na cintura, e tira a calça e o tênis. Após um tempo circulando por ali, Tomas acha uma saída do local e decide fugir dali, mas na porta é interrompido por uma moça com roupa de animal que pergunta se ele quer se recrutar ao exército do reino. 

Ele pergunta sobre o local e diz estar perdido por ali, mas ela não quer saber e diz para ele comparecer ao quartel atrás do castelo e se inscrever, mas antes pede que ele pegue sua roupa no vestuário. Antes de sair, ele vai até os cabides de madeira dentro dos pequenos cômodos de pedra e acha uma roupa qualquer feita de pano branco que parece mais um vestido e se veste com ela. (2min)

 

No nosso universo, Pietro e seu sócio sobem do porão levando junto Penélope, Nollan e Simon algemados até o estacionamento do Corácio, e os colocam em um carro com filme nos vidros, dizendo que ultimamente o local não está tão seguro e eles precisam protegê-los de lá. Numa sala escura do departamento policial, Jaqueline e Selenio enviam um áudio disfarçando a voz diretamente para Katlen, ameaçando-os. Eles dizem que toda a comunidade de Salenopolis voltará para o lugar onde já deveriam estar há muito tempo, e isso será em questão de horas. Katlen recebe a mensagem e tenta ligar para Pietro, mas ele não atende e ela fica desesperada.

Antes de sair do cômodo com Jaqueline, Selenio lembra de Gary e diz que se ele ainda estiver vivo eles dois precisam se falar urgentemente, e então os dois encontram o resto do grupo, composto com mais vinte policiais que se juntam para combater a Salenopolis e o líder diz que todos já sabem o que fazer. (2min)

 

Quando Pietro chega na sala onde está Katlen, ela diz que está recebendo várias ameaças desde que ele saiu e eles precisam fugir pois ela está insegura dessa vez depois de tanto tempo confiando nele. Pietro diz que eles não vão conseguir, mas vê que Katlen está desesperada e diz que reunirá os sócios imediatamente para eles fugirem. Ela pergunta sobre Penélope, Nollan e Simon e ele garante que eles estão em um lugar muito seguro, e pergunta quem ela mandou roubar a máquina que ele restaurou de Nimácua e reproduziu mas não deu certo, e ela diz estressada para ele esquecer aquele fracasso por que eles tem coisas mais importantes para se preocupar agora. (1min)

 

[24 horas atrás...]

Após o sócio de Salenopolis morrer após ser testado pela máquina leitora de sonhos reproduzida por Pietro, Katlen vai até a sala de contratação de funcionários de Salenopolis e dispensa pelo resto do dia a funcionária que contrata as pessoas para a empresa, dizendo que precisa de duas pessoas para fazer um serviço urgente agora. Após ela se sentar na cadeira do entrevistador, chama o próximo e Gabriella entra na sala espantada com quem fará sua entrevista de emprego. Katlen fecha os olhos e implora que ela pare com toda essa empolgação e pergunta se ela trouxe algum acompanhante. Gabriella chama Luan para entrar na sala e eles esperam apreensivos para o que a presidenta da república tem a dizer.

Katlen diz que ela precisa que eles façam um serviço urgente para ela e ela diz que se eles conseguirem, serão contratados e receberão uma grande recompensa, e ninguém saberá do serviço sujo. Ela prossegue que a empresa testou um produto diferente recentemente e foi um fracasso total e ela precisa que ele seja destruído, pois os sócios estão querendo comercializá-lo e se isso acontecer, Salenopolis irá por água abaixo. Gabriella fica espantada e pergunta o que ela tem a ver com isso tudo, mas Katlen diz que isso não interessa e Luan diz que se ela não dizer, eles não farão o serviço. Ela confessa que é uma das sócias de Salenopolis e foi essa empresa que a ajudou em sua presidência no governo, e os dois respiram fundo e diz que farão o que ela pedir. Katlen diz que se eles conseguirem cumprir as ordens terão uma grande recompensa, mas se fracassarem irão literalmente para o forninho.

Os dois colocam o macacão preto e o capuz, roubam o aparelho da sala de testes vazia com suas fórmulas e complementos e rapidamente o leva para um carro (cena mostrada no ep11) que Katlen manda ser queimado em algum lugar abandonado. A presidenta sobe rapidamente até o local onde estão os sócios e Pietro e diz que precisou ir no banheiro, pois o almoço não lhe fez bem. (2min)

[Horas depois...]

No carro, Luan diz que esse aparelho não pode ser destruído pois deve valer muito e ele fará algo com os materiais e testará o que o aparelho faz, e Gabriella diz que tem a chave de uma clínica de estética onde trabalhou e que está fechada no momento e pode ser um bom lugar para esconder. Eles invadem a sala principal da clínica, a de massagem, pois é a única que Gabriella tem a chave, e colocam o aparelho lá dizendo que começarão a testar na primeira pessoa que tentar entrar na sala. Ao Gabriella e Luan colocarem a roupa de disfarce e apagarem a luz do local, ele confirma que já aprendeu aproximadamente como o aparelho funciona ao ler as fórmulas e eles estão prontos. Isolda chega até a clínica com o assistente que trabalhou o dia todo com ela e ao bater na porta da sala de massagem é puxada e amarrada pelo casal. (1min)

 

[Agora]

Num pequeno avião particular que pousa num terreno atrás do Corácio, Pietro, Katlen e os outros nove sócios de Salenopolis sobem vestidos com uma roupa que não usam frequentemente se perguntando para onde vão e o que farão, apreensivos com as ameaças. Pietro diz que a todo momento todos devem ficar unidos pois não sabem o que podem estar armando para eles, e o avião começa a decolar. Todos ficam tensos enquanto olham a paisagem nublada de toda a cidade de Estorph do lado de fora do avião e começam a sobrevoar sobre o rio Gzunly. Katlen está estressada e pede que eles saiam de perto desse rio pois sente que nele deve haver alguma maldição e todos a repreendem, pedindo que o piloto coloque uma música alegre para diminuir a tensão.

De repente, o avião começa a sofrer turbulências e eles percebem que há dois helicópteros, um de cada direção vindo até o avião, e o piloto diz que fará de tudo para eles não serem atingidos. Quando eles percebem, o avião já está cercado por cinco helicópteros e começa a descer. Em câmera lenta, o avião fica sem saída após os helicópteros também descerem junto com ele e sofre uma colisão frontal, que fatalmente derruba o avião no rio Gzunly. (2min)

 

No outro universo...

Isolda continua correndo na floresta sem parar, sendo perseguida pelas cinco bruxas que tentaram matá-la dentro de seu casebre. Ao mesmo tempo, Tomas também corre pela floresta com um traje da idade antiga até que Izzy consegue correr o suficiente até não ver mais as bruxas, e quando se vira para frente se dá de cara com ele. (0,5min)

Isolda e Tomas se encaram por alguns segundos parados até que começam a perguntar um ao outro coisas que o outro não sabiam responder como, que lugar eles estavam, como e por que surgiram ali. Tomas começa dizendo que acabou de ser sequestrado e jogado no rio Gzunly junto com uma amiga pelo seu namorado que pensou que ela estaria o traindo com ele, mas ela sumiu e de repente ele apareceu numa piscina pública feita de pedra, o que ela fica um pouco desconfiada. Ela diz que é um pouco difícil explicar, mas ela tem quase certeza que lá é um universo paralelo e ele foi parar ali de alguma forma. Ele pergunta como ela apareceu lá e ela diz que mesmo que ele não acredite, ela passou por um portal construído por um tio cientista e decidiu ir até lá para achar seu melhor amigo que há algum tempo também atravessou o portal. 

Ele começa a rir discretamente e ela diz que já falou demais e eles precisam achar um lugar onde haja pessoas como eles, e quando eles dizem o seu nome um ao outro e vão apertar as mãos, surgem cinco soldados perguntando sobre Selena, a louca foragida. Os dois olham espantados para os soldados, até que eles percebem pelas roupas que Isolda acabou de chegar do outro universo e decidem levá-la até o castelo para se vestir adequadamente. 

Tomas fica intrigado e diz que também acabou de chegar, mas não é levado a sério pelas roupas que usa e decide seguir um percurso diferente dos soldados que guiam Isolda até o castelo, e começam a contar sobre o lugar para ela. Ele anda lentamente e cansado pela floresta até que encontra um tronco de árvore caido e decide se sentar, mas não dura muito tempo até que surge Selena sensualizando em cima do tronco (2min)

 

No nosso universo...

Jaqueline, Selenio e outros dois policiais acompanham tudo que é operado pelos outros policiais do grupo nos helicópteros por vários monitores dentro de uma sala escura do departamento policial. Após um dos helicópteros conseguir derrubar o avião que está Katlen e todos os sócios de Salenopolis, os policiais que estão vigiando pelos monitores gritam e comemoram que conseguiram vencer a guerra, e pelo telefone em viva-voz recebem a confirmação que o avião caiu no rio e afundou. Já na sala de estar secreta do departamento da polícia, o resto dos policiais chegam intactos comemorando e Selenio abre um vinho rapidamente, servindo todos os policiais e todos brindam juntos. De repente, a campainha toca e um policial pensa que é o entregador da pizza que eles pediram, mas quando abre a porta, Gary entra sério, lentamente olhando e cumprimentando a todos, e por último cumprimenta Selenio dizendo que os dois precisam conversar. (1,5min)

 

Mais tarde...

Desesperados, Gabriella, Luan e todos os outros funcionários de Salenopolis procuram Katlen, Pietro e os sócios por todo o prédio da empresa e também pelo palácio presidencial, o Corácio. Todos estão preocupados por verem a reportagem que o avião da empresa foi visto há seis horas e desapareceu misteriosamente e não conseguirem contato com nenhum deles que estavam no pequeno avião. De repente, os dois estabelecimentos começam a ser invadidos por dezenas de policias armados que ordenam que todo o local seja evacuado. (1min)

 

Armados em um espaço grande em cima de um prédio com vista para a cidade, Gary e Selênio se encaram e começam dizendo que eles precisam tirar a limpo tudo o que aconteceu ultimamente que fez eles esconderem coisas um do outro e se afastarem. Selênio diz que em sua investigação já soube de tudo sobre sua relação com o que ele dizia ser sua namorada, que é uma prostituta com várias identidades, como a principal atendida por Flavie, inventada por ele. Gary diz que Flavie foi feliz ao lado dele secretamente e fiel a ele até conhecer com Tomas, que é um grande amigo de infância de Selênio e só o colocou em problemas. Selênio defende o taxista dizendo que ele sempre foi uma boa pessoa e Gary aprisionou a garota e a forçou a fazer o que ele queria durante muito tempo, e Tomas a fez abrir os olhos para ela se libertar dele. Gary diz que Flavie foi uma traidora e Selênio também, pois ajudou a uma pessoa que ajudou a tirar o amor da sua vida dele.

Selenio acusa que Gary foi um obcecado após não aceitar que Flavie saísse da vida dele e chegou a um ponto de sequestrá-la e por um motivo que ainda não está claro, a jogou no rio. Gary insiste que Tomas é o culpado de tudo, até de seu afastamento da policia, e grita com Selenio, o acusando de ser traidor, mas ele se defende que Tomas e ele sempre foram seus melhores amigos e confiou no que achou ser certo nos dois. Gary grita com ele que Tomas nunca foi amigo dele, e pergunta onde ele está pois quer acabar com ele, e se ele não dizer, morrerá ali mesmo. Selenio implora para ele não atirar, dizendo que não sabe onde ele está e eles podem procurar com calma, mas Gary continua com a arma apontada para ele. Selenio caminha lentamente para trás de costas para se afastar de Gary que está prestes a atirar, que resolve abaixar a arma e correr em direção a ele. Selenio percebe que atrás dele não há mais chão e ele está a beira de cair, e quando olha novamente para frente, se desequilibra ao ver Gary correndo em direção a ele, e acaba caindo do prédio de dezenas de andares. Gary agacha na beira do topo do prédio e vê Selenio morto caido no chão pelo binóculo, e respira fundo. (3min)

 

No outro dia...

Em um aeroporto simples, Dr. Griw espera alguém na fila de desembarque e sorrindo, observa um avião que vem direto da Europa decolar. Quando os passageiros do avião começam a descer, no meio deles vêm em direção ao doutor um menino jovem, que o abraça forte. Grimeoder não tira o sorriso do rosto ao ver o filho, Miguel, que acaba de voltar de um intercâmbio e agora o ajudará em seu laboratório e sustentará a casa. Miguel pergunta com quem ele vive na casa e ele diz que estava sozinho desde que ele saiu, mas até pouco tempo recebia muitas visitas de Isolda e seu namorado Colton. O filho pergunta o que aconteceu com os dois mas o doutor diz que é uma longa história que eles devem resolver.

No laboratório no porão de Dr.Griw,  ele descreve novamente sua teoria para seu filho, e diz qual é a única outra maneira de se teletransportar para outro universo além de atravessar um portal. A teoria diz que qualquer pedaço de matéria pura que existir ao mesmo tempo em dois universos, quando sofre modificações em sua substância em um dos universos, qualquer corpo que estiver em contato com ele nesse universo que ele foi modificado pode ser teletransportado para o outro universo. Miguel diz que precisa que ele prove sua teoria para acreditar, pois está achando tudo uma bobagem e e pergunta o que Isolda e Colton têm a ver com isso. (3min)

 

No outro universo...

Na cachoeira que existe bem distante do castelo em Aqualumin, flutua o pequeno avião de Salenopolis que se afundou no rio Gzunly e consequentemente passou pelo portal no fundo do rio e foi parar no outro universo. Quando o avião que boia para na margem, Katlen, Pietro e os outros cinco sócios de Salenopolis saem aos poucos do avião amontoados e encharcados de água para a mata que cerca a cachoeira para se recomporem. Depois de um momento parados em pé de frente a cachoeira em que encalha o avião na margem, eles percebem que faltam quatro sócios e tentam resgatá-los voltando ao avião. A tentativa é difícil e eles afundam o avião de vez, e saem de perto da cachoeira ao saírem do veiculo afundado chorando por terem perdido quatro dos sócios e ao mesmo tempo felizes abraçando uns aos outros por terem sobrevivido. 

Eles seguem caminhando por uma estrada de terra com um matagal nas laterais comentando a incrível existência de outro universo, mas alguns ignoram e dizem que querem achar um jeito de voltar para Kulatra. Pietro diz que enquanto eles não acharem respostas se adaptarão no local e diz que eles precisam no momento achar o lugar onde ficam a população kulatriana que se transportou para lá desde que o primeiro portal foi aberto. Katlen diz desconfiada que ele precisa dizer para todos eles sobre o passado do surgimento de Salenopolis, que no caso é o ressurgimento de Nimacua. Ele começa a contar que sua família completa era dona da comunidade mas quando ela foi desmascarada teve que fugir para esse universo abrindo o portal no fundo do rio, mas antes havia passado como uma herança da família. Foi repassado para as gerações futuras tudo de mais valioso que eles produziram, que eram os procedimentos que usavam em Nimácua para a economia e para os produtos da empresa e ele teve a oportunidade de reproduzir a herança. Um dos sócios pergunta onde está a família dele, e ele diz que seus pais e seu irmão se suicidaram antes de verem Salenopolis crescer, mas sabe que seus avós e bisavós ainda podem existir nesse universo e ele está seguindo o caminho para achá-los. (2min)

 

Colton diz para um dos soldados que precisa comprar um objeto valioso para quando reencontrar o amor da sua vida, presenteá-la, pois tem um pressentimento de que logo ela aparecerá. O soldado indica onde existe uma loja desse tipo e leva Colt até lá. É um lugar simples, onde há dos mais diversos acessórios metálicos, de prata ou ouro. Ele diz que não conhece a moeda da cidade e pergunta como poderá pagar um colar feito de titânio que encontrou. O colar parecia simples mas era muito bonito por seu modelo, e então o velho vendedor diz que no lugar eles pagam as coisas diretamente com o trabalho, e esse relógio custava caçar um Nobban. O soldado que o acompanha diz que é muito caro e Colton diz que o preço valerá a pena pois sabe que o amor da sua vida se apaixonará por esse colar. (2min)

 

Ao entardecer, Joas ensina Christine a atirar com arco e flecha numa árvore marcada para treinar, e ele a elogia que ela está quase perto de chegar ao resultado ideal para caçar um Nobban.

Não muito longe dali, Pietro, Katlen e os outros sócios continuam caminhando pela estrada de terra, até que um deles vê no horizonte dois bichos correndo em direção a eles. Quando ele alerta os companheiros, eles começam a correr cada vez mais, mas os bichos parecem estar indo com mais velocidade em direção a eles, e quando chegam perto eles observam que são Neandertais, os humanos extintos há milhares de anos no outro universo, que são chamados de Nobbans pelos habitantes de Aqualumin. Os sócios fogem e os neandertais correm atrás na mesma velocidade, até que eles chegam na entrada da floresta onde se observa alguns casebres no horizonte. Correndo de longe até mais perto, Christine aponta o arco e flecha para eles e consegue atingir um neandertal, que estava mais a frente perto de derrubar o sócio que corria atrás mais devagar. 

Ela corre mais para perto deles e consegue atingir mais dois neandertais, restando apenas um deles, que cai numa armadilha e fica preso. Katlen olha para trás e percebe que os neandertais que os perseguiam morreram, pedindo que os outros sócios parem e descansem. Eles ficam todos sentados no chão da entrada da floresta ofegando de cansaço dizendo que de qualquer modo que tenham sobrevivido por não terem sido atacados, agora morrerão de asma. Christine e Joas se aproximam cada vez mais dos sócios que descansam sentados e quando chegam bem perto dizem que os dois salvaram a vida de todos eles. Katlen e Pietro levantam a cabeça e reconhecem a voz e o rosto de Christine, e os três se encaram intensamente. (3min)

 

No nosso universo...

Numa sala simples e secreta com janelas vitorianas e uma cruz na parede, Jaqueline e os outros membros do grupo policial velam tristes o corpo de Selênio, que dizem ter sido achado espatifado no meio da rua, aparentemente jogado de um prédio. Eles comentam que o principal assassino suspeito é Gary e eles precisam achá-lo o quanto antes.

Após o corpo ser enterrado, eles dizem que após o acharem e o prenderem, em seguida seguirão o plano de desmascararem Salenopolis diante de todo pais, como aconteceu com Nimacua e depois de serem perseguidos pelo ato, com todas as fórmulas que roubaram do Corácio, reproduzirão outro portal e irão fugir para o outro universo onde não serão achados. O lider do grupo ainda não concorda com a ideia e diz que está fora da proposta e prefere ir preso do que atravessar um portal para outro universo. (1min)

 

No outro universo...

Após Isolda ser colocada num quarto de hóspedes no castelo de Aqualumin pelos soldados que a acharam na floresta, eles a instruem dizendo que ela pode se informar sobre o funcionamento em qualquer lugar desde aja como uma cidadã natural, pois a cidade vive sobre os costumes da Roma antiga. Eles dizem que irão cumprir a missão proposta pelo capitão e montam na carruagem carregada por dois cavalos na frente.

Quando eles chegam na profunda floresta, acham Selena e Tomas conversando, param os cavalos e descem da carruagem, e começam a cercá-la e amarrá-la dizendo que ela já vai tarde ao manicômio. 

Tomas fica assustado com o que acontece e os soldados a desmascaram, dizendo que ela é apenas uma cortesã que ficou louca e se passa por princesa, o deixando perdido. Ele pergunta que direção fica o castelo que ela tanto descreveu a ele, e os soldados dizem que podem levá-lo também. Na carruagem, vão os três soldados na frente dirigindo o cavalo e atrás Selena toda amarrada, implorando a Tomas e aos soldados para soltá-la. Tomas tenta ajudar e os soldados dizem que ele se ajudá-la pode ser preso também, mas mesmo assim ele tenta desamarrar a cortesã. Ao chegarem no manicômio sombrio, os soldados levam Selena carregada para dentro de um túnel, e Tomas vai junto para tentar impedir. Ele acaba se perdendo dentro do túnel e para no meio e espera alguém ir buscá-lo, e logo chegam dois guardas que pensam que ele é um louco fugitivo e começam a amarrá-lo.

Isolda fica entediada andando de um lado para o outro no quarto até que abre o armário e acha algumas toalhas, e então decide tomar um banho pegando uma delas. Ao ela achar o lugar precário dos hospedes tomarem banho, ela começa a tirar a blusa em frente ao espelho para entrar no chuveiro e quando vai fechar a porta, outra pessoa abre a porta no mesmo instante. Ela resolve deixar a pessoa abrir e entrar, e quando olha para ver quem abre a porta, é Colton só com a roupa intima. Eles no mesmo instante percebem que se encontraram e se abraçam forte, comentando o quanto um desejava encontrar o outro e se beijam intensamente.  (4min)

 

[Uma semana depois...]

No nosso universo...

Cinco integrantes do grupo policial invadem o estúdio de gravação e escrita do jornal de horário nobre da emissora K7 monopolista em Kulatra, em três setores diferentes. Dois entram primeiro evacuando o local armados, e o resto entra depois de distribuindo também armados. Um deles invade a bancada do apresentador, outro fica no letreiro e outro na sala de controle que controla que vai ser exibido na televisão ao vivo.

Assim que eles assumem o controle, exibem um VT que mostram reuniões secretas de Katlen, Pietro e outros sócios em Salenopolis e o processo de criação das fórmulas dos produtos mais famosos da empresa. Eles descrevem o lado de Píetro que o pais não sabe, que primeiramente seu nome real não é Sal Pipper e tudo sobre ele ser herdeiro dos projetos de Nimácua. Também mostra como Katlen subiu á presidência com estratégias de Pietro que sempre foi seu braço direito e manipulou a população. Por fim, anunciam que mesmo que alguns não acreditem, no fundo do coração do rio Gzunly existe um portal para um universo paralelo em que vivem lá todas as pessoas que se afogaram no rio, inclusive Pietro, Katlen e os sócios de Salenopolis que foram jogados ultimamente dentro de um avião.

Outros policiais seguram uma câmera que mostra ao vivo o rio Gzunly, e no mesmo instante que o apresentador diz sobre a existência de um portal no fundo do rio, centenas de pessoas começam a se jogar na água para tentar chegar em outro universo. Quando os policiais que invadiram o estúdio da televisão saem do local, descem até o estacionamento para se encontrarem com o restante do grupo policial e eles comemoram que o resultado foi o esperado, mas se a situação ficar critica, eles precisarão criar mesmo outro portal e atravessarem para resolver o que pode acontecer no outro universo.

Jaqueline concorda dizendo que eles perderam muitos amigos, que se foram ao passarem para o outro universo, e comenta o fato deles já terem pego toda a fortuna e coisas valiosas como as fórmulas dos produtos do Corácio. Um deles diz que o palácio já não serve para nada e eles agora podem tomar posse do local, ou então, destrui-lo, e todos concordam com a segunda opção.

Enquanto grande parte da população pula no rio Gzunly para ir até o outro universo, lentamente da parte de baixo até a parte de cima, o Corácio é incendiado completamente. (4min)

 

No outro universo...

Colton acende uma fogueira para ele e Isolda se esquentarem pois vestem trapos tradicionais da cidade pois lá somente os ricos têm casacos e eles estão com frio. Ele olha para ela enquanto acende o fogo e não vê que o colar de titânio que comprou para ela cai no meio dos pedaços de lenha e o fogo começa a acender. De repente, quando ele diz que tem algo de especial para dar a ela e procura o colar em seus bolsos, começa a ventar muito forte e a fogueira se apaga, mas um instante depois que o vento para, o fogo acende novamente, só que mais forte e quente.

No nosso universo, Dona Ninguém colhe frutos num cesto confeccionado por ela com palha que armazena ao lado de sua barraca, até que começa a sentir uma dor forte no peito e reclama que deve ser seu marca-passo com defeitos. Ela fica tonta, cai no chão, e misteriosamente desaparece como uma luz que se apaga. Perto dali, Miguel, o filho de Dr.Griw observa tudo aterrorizado com o desaparecimento da idosa e lembra da teoria do pai.

Isolda e Colton se afastam da fogueira, a observando, que parece arder se ficarem muito perto, mas ela começa a se acalmar lentamente até apagar completamente. Colton diz que há algo errado com a fogueira e diz que precisa conferir, deixando ela apreensiva com medo da fogueira acender novamente. De repente, como uma luz acendendo, Dona Ninguém aparece de pé acima da fogueira olhando para o casal, deixando eles muito aterrorizados. (2min)

 

Flavie e outras sete cortesãs ficam esparramadas pela grande sala de estar do bordel, esperando que algo aconteça, e enquanto isso elas se olham no seu pequeno espelho e arrumam os cabelos. Uma delas reclama para a dona da casa que não há comida há dias no local e todas concordam estarem sentindo fome, mas são repreendidas por que sempre vivem com preguiça de irem até a venda no castelo, até que outra cortesã chega com um saco de biscoitos na mão dizendo que achou numa das caixas do sótão. No mesmo instante ela se arrepende pois todas as cortesãs correm para cima dela para pegar biscoitos, causando uma arruaça na sala. Após o saco acabar, uma das cortesãs que não havia pegado nenhum biscoito rouba os biscoitos da mão de Flavie violentamente até que as duas começam a brigar. Enquanto elas puxam o cabelo uma da outra e se xingam, se esquecem dos biscoitos e as outras cortesãs pegam e comem os biscoitos delas. 

A dona do bordel se cansa de tentar separar a briga até que grita bem alto, assustando todas elas, que não aguenta mais ver confusão, e expulsa Flavie e a outra cortesã do bordel, dizendo para elas brigarem em outra casa. Enquanto a cortesã se recusa a ir, Flavie diz que vai embora no mesmo instante e sai da casa batendo os pés em direção ao jardim. Quando ela vai até o fundo da casa para olhar as flores do jardim, se dá de cara com Tomas, e eles não acreditam ao verem um ao outro. Quando cai a ficha, os dois se abraçam forte e eles perguntam como veio parar no lugar, e os dois respondem que é uma longa história para eles contarem depois. Ela diz o que acaba de acontecer, que foi expulsa da casa onde estava morando, e ele diz que descumpriu uma lei local e foi condenado a cuidar por um tempo dos jardins mais belos da região. (3min)

 

Dentro da pobre casa de Joas, Pietro, Katlen e outros cinco sócios escutam o dono da casa e Christine falarem sobre o lugar e ela diz que ali eles não são nada pois perderam todo o poder e riqueza que possuíam em Kullatra, e agora trabalharão para sobreviver pois a família real manda na riqueza do lugar. Pietro diz que o que eles não sabem é que a família real provavelmente é a sua família, a que colonizou esse outro universo, e diz que eles são fortes o suficiente e não precisam de inimigos para sobreviver e se reerguer ali. Joas diz que já que ele e Christine já proporcionaram toda ajuda que podiam a eles, diz para eles se virarem em Aqualumin e no dia seguinte mesmo o casal apenas os guiariam até o castelo. Christine diz que acredita de verdade que eles possam se dar bem e se fortaleçam novamente, e Katlen oferece que se ela e Joas acreditam que eles possam ficar ricos novamente eles todos ali precisam se unir. (1min)

 

Musica de fundo - Talk me down (Troye Sivan)

Numa noite muito estrelada, Tomas leva Flavie até os fundos da floresta, não muito longe do bordel, e apresenta a ela sua pequena casa que ele mesmo montou na semana em que habitou na cidade, que é toda feita de madeira e palha. Ela reclama de fome, e ele mostra que mais cedo fez uma sopa, mas estava sem apetite, mas adoraria servir para os dois. Antes de ele servir a sopa nos pratos postos na mesa, ela diz que está com fome em outro sentido, e começa a tirar a roupa e beijá-lo.

Enquanto isso, Isolda com um avental de pena azul sai do quarto onde deita tranquilamente Dona Ninguém, e os dois caminham pelos corredores do que aparentemente é o hospital de Aqualumin dizendo confiantes que a idosa ficará bem. Quando eles saem para o lado de fora, sobem uma escada externa de pedra e entram num cômodo redondo de pedra com uma cama forrada com pele de urso e várias almofadas de pena. Assim que ele fecha a porta de madeira do quarto, deixando apenas a pequena janela aberta, um começa a tirar a roupa do outro, ela está com o uniforme de enfermeira e ele com o uniforme de soldado antigo. Ao mesmo tempo, Flavie e Tomas também tiram a roupa um do outro deitados num sofá de pena em sua pequena casa e os dois casais têm a sua primeira vez. (2,5min)

 

Semanas depois...

No amanhecer, na sala de jantar da família real no castelo de Aqualumin ficam reunidos o imperador Teobaldo, a rainha, duas filhas e dois filhos do casal real com seus esposos e filhos, e do outro lado da mesa Pietro e Katlen.

Teobaldo comenta que ficou muito feliz de ver seu neto Pietro ali o apresentando á família e diz que se lembra muito bem de seu rosto, que parece ser o mesmo de trinta anos atrás quando metade da família teve que partir para esse universo. Pietro agradece e diz que mesmo que eles não acreditem, ele e Katlen conseguiram reerguer a comunidade trinta anos depois, mas foram descobertos novamente e por isso vieram parar ali. Katlen comenta o fato de eles terem os outros cinco sócios que são um exército para eles, mesmo que outros cinco que eles tinham não tenham sobrevivido desde que eles foram obrigados a vir para esse universo.

Pietro diz que pode explicar passo a passo os critérios de alistamento para escolher novos soldados e líderes de Salenopolis, a NeoNimacua, e eles perderam três grandes soldados no outro universo, que são Penélope, Nollan e Simon. O imperador Teobaldo pergunta se ele não esqueceu de um passo importante, que são os soldados perfeitos que estavam sendo vigiados e testados antes mesmo de nascerem, e Pietro diz que esses foram um sucesso e por sorte conseguiu trazê-los antes para esse universo.

Katlen, Pietro e os sócios observam com binóculos potentes numa das torres de vigia, dizendo que os soldados perfeitos que os aguardem, e que eles já estão um passo á frente de conquistar o reino. Dentro do binóculo, são observados Isolda e Tomas. (2,5min)

 

----CONGELA EM ISOLDA E TOMAS SENDO OBSERVADOS DE LUGARES DIFERENTES----


Notas Finais


Até a próxima temporada!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...