História Destined to love you II - Capítulo 56


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Exibições 8
Palavras 398
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Policial, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 56 - Chefinha


             POV GLEY 

Se passou algumas semanas depois da morte do chefe e eu deixei o pessoal descansar...

Hoje eu ia pro galpão, hoje ia ser meu primeiro dia como chefe, eu nem sabia o que fazer.

- Deixar eu ir com vc amor. Lari diz pulando no meu colo.

- Amor melhor vc ficar aqui. Digo colocando a blusa.

- Mais eu não quero ficar sozinha. Ela diz fazendo bico. 

- Ta bom, mais é pra fica quietinha viu?. Digo.

- Ta bom. Ela diz sorrindo.

Peguei a chave do carro e a arma e coloquei na cintura, nunca se sabe né..

Fui pra garagem e vi meu bebê.. Tava lindo como sempre, sim era o carro.

Entrei nele e logo em seguida Larissa entrou. 

- Amor não tem piranha la não né?. Ela diz.

- Não amor, la só tem umas garotas maravilhosas que trabalham pra mim. Digo.

 - É o que Gleyce? Ela diz olhando pra mim.

- To brincando... Ai porra. Digo e logo em seguida sinto meu braço arder

- Idiota, se continuar com essas gracinhas vai apanhar na cara. Ela diz.

- Ciumenta. Digo dando risada.

Saimos, e alguns minutos depois chegamos no galpão.. 

Entrei com a Larissa grudada em mim, e eu tava dando risada.

- Amor me solta. Digo dando risada.

- Não. Ela diz se pendurando no meu pescoço. 

Impossivel não amar essa criança.

Ninguem tinha chegado ainda então fui pra minha sala.

Entrei e tava do jeito que o chefe deixou. 

Sentei na cadeira confortavel e apoiei meus braços na mesa.

Olhei pra Larissa e ela tava parada na minha frente.

- Que foi? Digo.

- Nada não chefinha. Ela diz rindo.

- Chefinha? Digo.

- Uhum, tem uma vaga pra mim?. Ela diz apoiando seus braços na mesa.

- Uhum, tem sim.. Digo.

- O que tenho que fazer?. Ela diz puxando a gola da minha blusa fazendo que nossos rostos se aproximassem.

- Me dar muitos e muitos beijos. Digo mordendo seu labio e em seguida o puxando.

- Só isso?. Ela diz me dando um beijo no pescoço. 

- Faz o que vc quiser. Digo levantando e agarrando ela.

- Uii, tudo o que eu quiser?. Ela diz mordendo o labio.

- Tudinho. Ia selar nossos labios até que o telefone tocou.

- Telefone tocando amorzinho. Ela diz dando risada.

Filha da mãe.. 

- Ai q droga. Digo indo até a mesa e atendendo o telefone.

Eu: Alô?

Maria: Chefinha estão todos aqui em baixo esperando pra reunião. 

Eu: Tudo bem estou descendo.

Eu nem sabia o que falar.... 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...