História Destino - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Descendentes
Tags Descendentes
Visualizações 37
Palavras 919
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi bebês
Dexculpa pela demora
Quero seguir logo com essa fic, então talvez poste com mais frequência

Capítulo 5 - Alta.


Narradora Point Of View

Após Carlos e Mal sairem da escola, Doug passa a noite em claro no hospital esperando amanhecer pra ver Evie, quem passava pensava que eles eram namorados ou algo do tipo, ele queria que fosse, mas ainda não tinham nada.

(...)

Depois de um longo tempo esperando, (o que horas no caso pareciam uma eternidade) amanhece e Doug recebe a notícia que Evie acordou... Ele não havia comigo muito bem noite passada por isso estava meio zonzo, tenta colocar seu melhor sorriso no rosto e entra sem expressar pressa no quarto em que estava Evie. 

-Oi. - Diz sorrindo vendo a mesma, se aproxima da maca e ajoelha para ficar numa altura em que conseguisse olhar para o seu rosto. - Ficamos preocupados com você. - Ele diz alisando seu braço. 

-Desculpa. - Ela diz meio grogue, e tenta sorrir abrindo os olhos. Doug dá uma risadinha e responde:

-Não precisa se desculpar... Apenas comer normalmente, não importa o seu peso, você sempre será linda. - Diz sincero. - Não exagera. - Ela ri o fazendo sorrir, mas são interrompidos pela infermeira. - O médico vem daqui a pouco pra lhe dar alta, senhorita Evie. Deseja alguma coisa? - Diz a enfermeira num tom doce. 

- Não... Tá tudo bem, obrigada. - Evie responde sorrindo com o olhar ainda meio sonolento, a enfermeira assente e se retira nos deixando a sós no quarto novamente. - Bom... Você precisa descansar, daqui a pouco o médico chega pra te dar alta. - Doug diz e se levanta, dirigindo-se até a mesma e lhe dando um beijo na testa. - Até daqui a pouco. -Ele se vira pra sair da sala mas é puxado por Evie, desde quando ela tinha essa força toda? - Obrigada, Doug. - A de cabelos azuis o solta e sorri, ele retribui e se retira da sala indo  direção à lanchonete do hospital. Nem se comparava com a comida de Auradon, mas se não comesse algo, acabaria na mesma situação de Evie. 

Mal Point Of View

Acordo ainda bem cansada, as lembranças do que aconteceu ontem vem chegando à minha cabeça me fazendo sentir uma grande dor, me levanto ainda meio grogue com a roupa de ontem e me dirijo à cozinha parecendo uma bêbada, mas não me importo. Chego lá enxergando tudo embaçado, parecia estar de ressaca sem nem ter bebido álcool. Peguei com dificuldade a caixa de primeiros socorros por causa da minha altura. Me apoio no balcão e coloco dipirona com água no copo. Antes de beber, sinto minhas pernas tremerem e minha visão escurecer, mas antes de cair no chão sinto as mãos de alguém me segurando pela cintura. 

-Mal... Tudo bem? - Ouço uma voz doce e calma, depois de um tempo tentando processar o que havia acontecido me ligp que era Lonnie. Me viro pro balcão rapidamente e tomo a dipirona com água em um gole só, voltando a olhá-la no mesmo minuto. - É... Na... Sim! Tudo ótimo, por que não estaria? - Digo forçando uma risada e desviando o olhar, ela apenas suspira e pergunta :

-Onde estão o Doug e a Evie? Não os vejo desde ontem à noite. - Assim que Lonnie acaba de dizer eu me lembro que tinha que ir ao hospital pra ver a Evie, levo minha mão até a testa dando um tapa alí. 

- Evie passou mal e foi pro hospital, e eu estava indo pra lá agora! - Forço um sorriso e tento sair da cozinha em passos largos, mas antes de passar pela porta, ela coloca a mão sobre meu ombro. - Posso ir com você? - Ela diz me fazendo suspirar, me viro para a mesma e reviro os olhos. - Suspiro e ela comemora, nós saímos da cozinha e vamos com a Limousine até o hospital, já que era o único meio rápido de locomoção. 

Evie Point of View 

Depois do médico vir e me examinar pra ver se já podia levar alta, Doug me leva de volta pra Auradon Prep( Mal e Lonnie estavam vindo, mas avisamos-nas que já estavamos chegando em A.P., então não chegamos à nos encontrar.) nós não falamos muita coisa durante o percurso, o que me deixava um pouco desconfortável. 

- Você vai ter que marcar uma consulta no nutricionista... - Ele me olha - Eu te levo, se quiser. - Diz seguido de um sorriso, seu rosto estava péssimo, mas ainda o deixava bonito, como pode? Estava com olheiras e pálido, não deve ter dormido essa noite. - Se não for incômodo... Pode ser... - Sorrio e paro em frente ao meu quarto. 

-Nunca, senhorita - Nós rimos e ele beija minha mão, como forma de despedida. - Até. - Ele sorri e eu me despeço entrando no quarto, dando de cara com Mal, Lonnie e Carlos. Que foi o primeiro a vir até mim e me abraçar 

- Evie... - Ele diz suspirando aliviado. - Nos assustou, pensamos que algo de pior havia acontecido. - Se afasta e sorri eu ando em direção a Mal dando uma abraço nela. 

- Eu fiquei com saudade de você. - Ela tinha sentimentos, por mais que não expresse isso. - Não faz mais isso. - Ela também se afasta e sorri alisando meu braço, eu ando até minha cama e me jogo na mesma, fazendo todos gargalharem. - Gente... - Bocejo. - Eu falo mais com vocês depois, eu tô morta de sono. - Eles riem novamente e eu me deito normalmente, adormecendo em poucos instantes. 



Notas Finais


Oi bbs
O próximo capítulo vai ser mais Malen 🌞
Espero que tenham gostado
XOXO 💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...