História Destino - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Norminah, Romance
Exibições 56
Palavras 1.570
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Orange, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Reencontro


Fanfic / Fanfiction Destino - Capítulo 1 - Reencontro

O voo estava atrasado. Lauren olhava para os olhares perdidos das pessoas no aeroporto se perguntando se a decisão que havia tomado dias mais cedo era a melhor coisa a se fazer. Certo que ela sentia saudades dos seus amigos e de alguns familiares, mas, as coisas que poderiam acontecer com essa decisão eram desconhecidas para ela. Oito anos antes ela havia partido de Miami para Londres com a intenção de nunca mais voltar. Morava na Alemanha há três anos e agora, depois do pedido quase irrecusável dos seus chefes na universidade, estava voltando para sua antiga cidade. Desde que havia decidido aceitar essa volta, suas lembranças se tornavam cada vez mais presentes e isso a deixava angustiada. Mas no momento ela só estava preocupada com a festa de Dinah, uma de suas melhores amigas. Ela ia acabar chegando atrasada no aniversário e sua intenção era fazer uma surpresa. Ninguém sabia que ela voltaria agora.

Quase cortara totalmente o contato com suas amigas. Falava muito pouco com elas uma ou duas vezes ao longo do ano, somente para se certificar de que estavam todos bem. Havia se exilado do mundo e não achava que ia voltar assim tão facilmente. Mas a vida sempre gera surpresas que não estamos preparados para encarar. Uma voz no auto falante disse:

Voo 734 para Miami, última chamada.

Lauren se deu conta de que era finalmente a chamada de seu voo e partiu para o destino que a aguardava.

Miami era realmente um poço onde as lembranças saiam sem parar. Tudo trazia uma memória nova, as ruas, as arvores, as pessoas... Lauren chegou ao hotel por volta das 21:40 da noite. A reserva já havia sido feita então ela só colocou as malas no quarto e desceu para ir em direção a festa de Dinah. Um carro alugado fazia parte do pacote de reserva, Lauren agradeceu por isso, já que demoraria ainda menos para chegar até à festa.

Ela ia reconhecendo os lugares aos poucos na medida em que enfrentava o trânsito um pouco congestionado. Ao chegar em seu antigo bairro, era possível ouvir a música ao longe. A rua em que Dinah ainda morava estava repleta de carros, o que obrigou Lauren a estacionar um pouco distante. Ela pegou seu celular, a carteira, as chaves e o cigarro e desceu em direção a enorme mansão onde piscavam milhares de luzes. Apesar de ser ainda jovem, no auge de seus 26 anos, Lauren se sentia ainda mais velha do que normalmente se sentia em meio a tantas pessoas jovens. Ela ministrava aulas na universidade para alunos com mais ou menos sua idade, e isso fazia com que ela se sentisse cada vez mais distante da sua juventude. Estava vestida com uma calça jeans preta, uma camisa social branca, e um casaco preto abotoado por cima. Apesar da noite quente que fazia em Miami, não havia tido tempo de trocar de roupas nem nada do tipo. Ela morou muito tempo em lugares frios, adorava o frio. Mas agora havia se dado conta de que tudo na sua vida estava prestes a mudar, principalmente, ao que parecia, o seu guarda roupas. Seus longos cabelos pretos estavam amarrados em um coque frouxo. A leve maquiagem apenas marcava seus olhos.

O grande portão da mansão foi aberto após Lauren explicar que era uma surpresa para que os seguranças deixassem ela passar sem precisar ser anunciada. No jardim haviam pelo umas setenta pessoas dançando e bebendo. Ao longe, Lauren viu um rosto conhecido que sentia muita falta.

Ally dançava com Troy distraidamente quando avistou Lauren. Seus olhos não acreditaram no que estavam vendo até a morena sorrir. A baixinha correu em direção a outra e a abraçou de maneira forte, demonstrando toda a saudade que havia em seu peito.

- Lauren!! – Exclamou. Já havia muitas lágrimas em seus olhos.  – Eu não acredito que você está aqui de verdade.  – A abraçou novamente.  

- Pode acreditar, Ally. Estou aqui mesmo. Voltei para finalmente ficar.  – Lauren sorria enquanto afagava a cabeça da baixinha.

- Ally, tudo bem aí?  - Troy perguntou de maneira desajeitada. Havia ficado preocupado com a reação de sua namorada.

- Ah, Troy. Essa é a Lauren. Aquela de quem eu já tinha te falado. Lauren, esse é o Troy, meu lindo namorado. - falou sorrindo.  

Lauren e Troy apertaram as mãos e sorriram um para o outro enquanto a baixinha tentava se recompor.

- Onde está a Dj?  - Lauren perguntou.

 

Ally a guiou para dentro da mansão sendo seguida por Troy. Foram atualizando Lauren rapidamente sobre o que estava acontecendo em Miami. Lauren descobriu que Dinah e Mani haviam se casado um ano antes no Brasil. Ficou um pouco triste por não ter participado desse momento mas sabia que não tinha como ser de outra forma. Descobriu também que Troy era um empresário conhecido e que Ally havia aberto uma clínica veterinária. Algo com que sonhava desde adolescente.

- A cozinha se transformou no bar, então, imagino que as meninas devam estar lá.  – Ally falou.  – Ah, olha elas ali.

 

O choque nas expressões de Dinah e Normani fizeram Lauren se perguntar se havia feito bem em tentar fazer uma surpresa. Mas poucos segundos depois elas foram em direção aos braços de Lauren do mesmo modo que Ally havia feito há pouco tempo. Ficaram abraçadas por alguns minutos. Das quatro, Lauren era a única que não tinha lágrimas nos olhos, porque mesmo apesar de amar todas elas incondicionalmente, não se permitia chorar na frente de ninguém desde muito tempo. Ela achava que as surpresas dos reencontros haviam acabado até que ouviu uma voz que há muito tempo deixara de ouvir em seus pensamentos. Uma voz que ainda fazia sua cabeça rodopiar.

- Meninas?  - Camila olhava sem entender a cena à sua frente até o grupo de garotas virar-se. O tempo congelou ligeiramente. Havia acontecido mais uma vez. Lauren e Camila estavam dentro da bolha que envolvia somente as duas. Isso havia acontecido tantas vezes que não era mais possível contar. Após intermináveis segundos de olhares fixos uma na outra, Dinah resolveu quebrar o contato.

- Mila, olha só quem veio nos visitar.  – Falou sorrindo. O tom de sua voz deixou claro que o ocorrido havia passado de maneira despercebida por todos os presentes.  – Foi uma surpresa! Não é maravilhoso?  - Perguntou. Camila sorriu e confirmou com a cabeça enquanto o coração de Lauren errava uma batida. O sorriso da latina sempre provocava isso. Se abraçaram e foi a vez de Camila ficar momentaneamente desestabilizada. O abraço forte e o aroma amadeirado que o corpo de Lauren exalava fizeram Camila lembrar-se de tantos momentos bons quanto conseguia.

- Oi, Lolo.

 - Oi, Camz.

Foram as únicas palavras que precisavam ser ditas no momento.

 

 - Vamos para um lugar mais calmo. Você precisa nos responder algumas coisas, Lauren. – Mani falou e olhou brava para Lauren.

 

Se encaminharam até uma parte do jardim que não havia muita gente, sentaram-se em alguns bancos com bebidas na mão. Lauren viu que ela e Camila eram as únicas que não bebiam até que reparou finalmente em um rapaz que estava acompanhando Camila.

 

- Ah, Lo. Esse é meu namorado, Shawn. – Camila falou quando percebeu Lauren olhando.

- Noivo, meu amor.  – O rapaz respondeu indo apertar sua mão e Lauren pode perceber Dinah revirar os olhos. – Finalmente estou conhecendo a famosa Lauren – ele continuou e Lauren não gostou do seu tom.  – Fortinha você, né?  - Ele falou massageando a mão. Ela somente tentou dar um sorriso simpático.  

- Bom, quanto tempo você vai poder ficar, Lo? – Mani perguntou para acabar o clima estranho que havia ficado.

- Então – Lauren hesitou um pouco. – A ideia é que eu fique para sempre. Quer dizer, a universidade de Miami me quer aqui como efetiva. – Coçou a nuca como costumava fazer quando estava nervosa.

- Não acredito que vamos tê-la novamente, Lauren! –  Disse Ally sendo seguida pelas outras, até mesmo por Camila.

- É, parece que sim. – Respondeu sorrindo, sentindo que finalmente estava feliz por estar ali.   

- Você é professora da universidade?  - Troy perguntou parecendo surpreso. – Não é muito nova para isso?

- Ela é nova, mas a palmito sempre foi nerd, Troy. – Dinah falou com provocação e foi repreendida por Mani.

 

Continuaram a conversar um pouco mais, Lauren respondia as perguntas e elas tentavam matar a saudade do tempo da escola. Lauren percebeu que aparentemente Camila tinha uma expressão preocupada, mas não conseguia imaginar o motivo disso. Mesmo que o namorado dela estivesse um pouco sério agora.

 

- Vocês se incomodam que eu fume? – Perguntou e percebeu o olhar de Camila queimando sobre ela, então completou – Essa foi uma pergunta para todos exceto para você, Cabello. – Sorriu. Camila a olhou irritada, ela acendeu o cigarro e se afastou um pouco.

- Vocês não vão brigar, né Mila?  - Dinah perguntou depois de um tempo quando viu Shawn se afastar de todos. Camila estava com os olhos em Lauren que fumava enquanto conversava com duas mulheres da festa.

- A Lauren é adulta agora. Faz o que quer. Não vou implicar com ela. – Falou e viu as meninas sorrirem. Olhou para Troy sem entender e ele deu de ombros.

- Qual a graça? - Perguntou irritada.

- A Dinah tava falando do Shawn. – Ally respondeu e Camila ficou vermelha.

- Ah, ele já foi embora. – Respondeu e tirou os olhos de Lauren. – Vai precisar fazer uma viagem.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...