História Destino!? - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Escola
Exibições 4
Palavras 709
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


👤

Capítulo 4 - O que esta acontecendo?


#Tulio On#
Não estava me sentindo bem,era um pressentimento muito ruim,está acontecendo alguma coisa.
Eu estava no banco,esperando a Gabriele,eu só vou leva-la pro cinema,ela sabe que não gosto dela,ela é louca por mim,e só sabe que eu só estou nessa por causa do suborno,ela sabe o que ninguém sabe.
-Amor,eu vou dormi na casa da Kah,pode ir - Disse ela,depois me da um daqueles beijam que incomodam minha boca.Odeio eles.
-Te amo tchau.
-Te amo tchau. - Gabriele
Saio da praça é vou pensativo pra casa,está escuro,acabo tropeçando e bato a testa em cima de um copo de açaí...Mariana ,tinha a mesma cor de colher que ela pegou,o copo ainda estava cheio derrubado no chão em pé,eu posso esta pirando mas não é possível,aconteceu alguma coisa...Calma não aconteceu nada,é loucura minha...Não não é!
Uma figura preta aparece na minha frente,não consegui ver o rosto.
Era Caio.
-E ai mano beleza? - Disse Caio
-Ah Oi,tchau tô indo pra casa - Passei reto.
-Mas já? - Disse ele.
-Sim ,Falouw - Digo
Continuei,andando,mas não tirava da cabeça ela,para túlio,nao aconteceu nada deixa de ser idiota.
Estava na frente da casa dela,e bati a porta.Ela abre,chorando um pouco,os olhos estavam vermelhos.
-O que aconteceu? - Disse olhando nos olhos dela.
-Não nada,só isso? Tchau - Disse fechando a porta.Botei o pé perguntei de novo.
-O que aconteceu?Seu açaí tava no chão - Digo.
-Um homem,um mendigo parou me pedindo dinheiro,eu ia da ai apareceu um garoto que não conhecia e começou a bater nele,ele saiu correndo para um lado e eu para o outro, só isso tchau - Disse ela tentando fechar a porta.
-Tchau não,e o garoto que bateu nele,o que aconteceu? -Impedi de fechar
-Saiu correndo pelo mato,sai daqui - Falou ela.
-Tá,boa noite.
-Boa - Falou.
Aquela noite eu não dormi nada.
Era 5:30 e eu estava me arrumando pra ir pra escola,5:50 saí de casa e tinha vários polícias na  frente da casa dela. O que está acontecendo?
Observo,vejo umas amigas delas chorando,não estou entendo nada,Gabriele chega e fala.
-Ela foi abusada,esta no hospital,ela tem problemas de saúde também.
-Nossa -Falo abaixando a cabeça.
-Nossa nada,ninguém mandou andar sozinha,bem feito - Gabriele diz.
-Feliz aniversário de namoro - Digo tentando mudar de assunto para nao brigar com ela.
-Feliz -Ela me beija e vamos a pé pra escola.
Nossa,estou abalado,mas por que me preocupo tanto? Isso pode acontecer com qualquer um.
...
Estava na sala de aula,só o Gustavo Oliveira foi pra escola,ele copiou tudo,pra depois passar pros amigos,ele disse que só veio para copiar e depois passar pra todos.
...
Toc toc,alguem bate a porta da sala e depois entra.
-É bom dia,Gustavo Oliveira,tem que ir- Diz ela diretamente pra professora.
-Pra Que? - Ele diz.
-Ma..Mariana quer todos vocês lá,o quadro de vida dela está piorando.
Gustavo arruma suas coisas rapidamente e saiu dali.
Todo mundo ficou com cara de _Meus Deus coitada_.Depois disso não consegui me concentrar em nada,levei a Gabriele no cinema e fingi que estava feliz e me importava.Eu estava na frente da casa de Gabriele e ela falou.
-Não tem ninguém em casa - Falou fitando e me beijando.
-Não melhor não - Disse
-Vamos logo antes que eu conte tudo - Falou.
-Vamos amor.
Entramos pra casa dela e subimos pro seu quarto,sim iríamos fazer sexo,estavamos sem roupa e....Os país dela chegam em casa.
-Aii sai daqui pela janela vai vai.-Ela falou com medo.
Me vestir e sai correndo,deu tudo certo e não me machuquei,graças a Deus eu nao queria fazer nada com ela.

[ 1 Semana depois ]

Ela já estava melhor já estava em casa,os amigos dela ja estavam indo pra escola,menos ela.Eu tentava esquece-la mas ela sempre invadia minha mente como uma metralhadora.
Então decidi.
-Eu vou visita-la! - Falei
-Visitar quem amor? - Gabriele
-Minha avó ela ta doente,vou indo,beijos te amo - Falei voado.

#Tulio Off#

#Gabriele On#

Sei tia,ela tá estranho desda aluna nova,o que está acontecendo? Eu vou descobrir.
-Te amo tchau - Falei me arrumando.

#Gabriele Off#

#Tulio On#

Peguei a estrada e fui andando apertando o passo,em menos de 10 minutos ja estava na frente da casa dela.
Respirei fundo,bati na porta e... Ninguém atendeu,bati na porta de novo e...


Notas Finais


•|


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...