História Destino - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cristiano Ronaldo, David Luiz
Personagens Cristiano Ronaldo, David Luiz, Personagens Originais
Exibições 36
Palavras 1.272
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Esporte, Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Iai gente como vão?
Prontos pra mais um capítulo?
Espero que gostem
❤❤❤

Capítulo 3 - Júnior


Fanfic / Fanfiction Destino - Capítulo 3 - Júnior

Na terça-feira acordei as 07:00, levantei e fui direto pro banheiro onde fiz minhas hegienes, fui no closet e me arrumei para o jogo- que seria 10:00- vestir uma calça jeans, uma camisa azul escuro com um pequeno símbolo do Paris no peito e calcei um sapato branco e vermelho, passei a escova no cabelo deixando solto, coloquei alguns acessórios, dei a última olhada no espelho, peguei alguns pertences e coloquei na bolsa, arrumei a cama e sair descendo pro andar de baixo indo pra cozinha onde o meu pai estava 

Eu:bom dia pai-beijei sua bochecha

Nasser:bom dia filha-beijou minha bochecha

Sentei e me servi... Quando terminamos escovamos nossos dentes, pegamos nossas coisas e as chaves dos nossos carros, fomos pra garagem e entramos nos carros

Nasser:eu vou na frente tá?-colocou o cinto que fiz o mesmo 

Eu:tudo bem-liguei o som e ele riu

O meu pai deu a partida no seu carro na frente e eu fui logo atrás... Chegamos era 07:56, estacionados os carros, peguei minha bolsa e descemos, travamos os carros, demos "bom dia" pros seguranças que responderam e entramos 

Nasser:vou pra minha sala tá? Já já eu volto-assenti e ele beijou minha bochecha saindo pra sala 

Fui até o campo onde encontrei o Zlatan sentado no gramado, estranhei e fui até ele sentando do seu lado 

Eu:posso saber o que houve meu amigo?-falei e ele levantou a cabeça olhando pra frente

Zlatan: descobrir que ela me traiu -falou baixo 

Eu:ela? A Helena?-perguntei sem entender

Zlatan:é, ela me traiu com um tal de Renan, ela falou que tá grávida e que eles querem viver juntos-falou triste e eu não pude acreditar

Eu:não acredito! Aquele desgraçado!-expressei com ódio e ele me olhou sem entender- esse tal de Renan só pode ser o meu ex namorado, ele terminou comigo falando que me trai a 3 meses e que a garota tá grávida e que querem viver juntos-falei com ódio- mas você e a Helena?-olhei pra ele 

Zlatan:estamos separados, ontem mesmo pedi o divórcio, os meninos ficarão comigo.

Eu:por que com você?

Zlatan:ela falou que é melhor pois não quer muita criança dentro da casa. Você sabe como Helena é com crianças-rimos 

Eu:a bruxa da branca de neve-rimos- como sou a primeira que descobrir a traição-nos olhamos e eu bati de leve em sua costas- bem-vindo ao mundo dos cornos -rimos 

Zlatan:só você mesmo pra mim animar -rimos e nos abraçamos 

Eu:você não vai mudar daqui não né?-ele negou com a cabeça

Zlatan:irei renovar com o time e permanecerei aqui até a aposentadoria-sorrimos 

Eu:que bom-rimos 

Zlatan:e como anda o português?-perguntou serio e eu ri 

Eu:acho que bem, ele irá no jogo com o filho-ele revirou os olhos e eu ri 

Zlatan: vou marcar 3 vezes hoje para mostrar que sou melhor que ele -falou e eu gargalhei 

Eu:vem vamos!-levantei e dei a mão pra ele fazer o mesmo quando vi o Cavani chegar com outros jogadores 

           10:00 am 

O apito acabou de soar e o jogo começou, como estou? Fisicamente e psicologicamente bem, estou na beira do gramado com o meu assistente do lado, o jogo está até o momento bem pros dois lados

Rodríguez:vamos trocar alguém?

Eu:no momento não.-ele assentiu

O Marquinhos tava disputando uma bola com o Billy Ketkeophomphone-do time do Angers- até o Billy chutar o tornozelo do Marquinhos que fez o mesmo cair no chão gritando de dor, o jogo foi parado e o árbitro mandou a equipe médica entrar

Eu:prepara o Maxwell!-ele assentiu e saiu até o Maxwell

Trazeram o Marquinhos até o lado que estávamos e colocaram a maca no chão, o árbitro acompanhou como outros jogadores e eu conversei com ele que chorava

Eu:você aguenta pisar no chão?

Marquinhos: não-chorou mais

Eu:fica calmo, o Maxwell vai entrar, vocês cuidam dele nestante estarei la-falei com a equipe médica que assentiu 

O Marquinhos me abraçou e logo levaram ele pro vestiário, os jogadores voltaram pro campo e o Rodríguez me olhou e eu confirmei com a cabeça

Árbitro: quem entra?

Eu: Maxwell-ele assentiu e entrou dentro do campo indo até o Billy dando um cartão vermelho, os jogadores do Angers reclamou com o árbitro que não mundou de opinião, o Billy saiu de campo e o árbitro apitou iniciando novamente o jogo

Maxwell:vou fazer o meu melhor tá?-falou pra mim 

Eu:eu sei que vai!-sorrimos

Sua entrada foi permitida e o mesmo entrou indo logo pra sua posição....

                    (...)

O primeiro tempo terminou 1 a 0 pro Paris com o gol marcado pelo Zlatan, todos saímos pro vestiário, entramos e encontramos o Marquinhos chorando com um gelo amarrado no tornozelo, me aproximei 

Marquinhos:me ajuda Nanda? Tá doendo demais!-me pediu chorando muito e eu acariciei seus cabelos

Eu:temos 20 minutos, meninos podem ir se arrumarem enquanto cuido dele e depois podem falar com ele -todos assentira saindo pros banheiros 

Peguei o material e desamarrei o pano com o gelo e vi o tornozelo muito inchado

Eu:eu vou tocar se doer fala!-ele assentiu 

Comecei a tocar e ele em todas reclamava, virei pros outros fisioterapeutas e suspirei

Eu:pede pra preparar a ambulância-eles assentiram saindo 

Marquinhos: como assim ambulancia?-ele me olhou e eu olhei pra ele 

Eu:provavelmente quebrou o tornozelo-falei triste 

Marquinhos: demora quanto tempo pra recuperar?

Eu:6 a 12 semanas. 

Conversei um pouco mais com o Marquinhos até os meninos saírem falaram um pouco com ele e depois o Marquinhos foi levado pra ambulância que saiu do estádio pro hospital, voltamos pro campo e tive uma conversa rápida com os jogadores que depois entraram no campo... 

                       (...) 

O jogo terminou com o placar de 4 a 0 com mais 2 gols do Zlatan e um gol do Thiago, depois que cumprimentamos os jogadores do Angers saímos pro vestiário, eles foram se arrumar e eu fiquei sentada em um sofá que tinha do lado de fora do vestiário até aparecer o Cristiano junto com um menino bem lindinho do seu lado, levantei sorrindo e fui até eles 

Cristiano:oi-sorrimos e ele beijou minha mão 

Eu: oi-sorrimos

Cristiano:Nanda esse é o meu filho Júnior e Júnior essa é minha amiga Nanda-sorri e o menino veio até a mim 

Júnior:você é linda titia-sorri e me abaixei pra ficar do seu tamanho

Eu:e você é o mais lindo do mundo!-abracei ele 

Júnior:mas todos falam que é o papá -levantei com ele no meu colo

Eu: porque não te conhece pessoalmente-pisquei pra ele e rimos

Júnior:aqui tem algum brinquedo?

Eu:não, tem bola quer?-nos três rimos 

Júnior: não, e na sua casa?

Eu:tem um pula-pula e uma sala de jogos, quer ir lá?-ele assentiu animado o que fez eu e o Cristiano ri- vem comigo falar com o meu pai meu amor?-beijei a bochecha do pequeno

Júnior:tá bom titia-sorriu

Eu:vai vim Cris?-ele negou com a cabeça- seu pai é chato Júnior-falei pro garoto e rimos

O Cristiano se jogou no sofá e eu fui com o Júnior no colo até o meu pai 

Nasser:oi filha-beijo minha bochecha- oi menino bonito-sorriu pro Junior que ficou envergonhado

Eu:pai esse é o Júnior e Júnior esse é o meu pai Nasser-balancei ele no colo incentivando o mesmo a falar 

Júnior:oi seu Nasser-sorriu tímido

Nasser:oi pequeno Júnior-sorriu

Eu:fala pra ele o que queremos fazer Júnior?-o pequeno assentiu animado 

Júnior:queremos ir pra casa da titia Nanda pra brincar no pula-pula e nos jogos, deixa titio?-ri junto com o meu pai 

Nasser:tudo bem, deixo sim-o Júnior comemorou e eu fiz ri junto com o meu pai 

Nos despedimos do meu pai e saímos encontrando o Cristiano que levantou vindo até a nós

Cristiano: iai?

Júnior:ele deixou-coloquei ele em pé no chão

Eu:você pesa em pequeno?-todos rimos 

Fomos até o estacionamento do sub-solo onde o meu carro estava, abrir a porta de trás e o Júnior entrou, coloquei o seu cinto e fechei a porta, entrei no lado do motorista e o Cristiano no lado do passageiro, colocamos os cintos e dei partida pra minha casa...




Notas Finais


Iai o que acharam?
Preciso saber da opinião de vocês
Para ou Continua?
Beijoos 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...