História Destino ou Acaso? - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 14
Palavras 1.480
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - "Amor"


Fanfic / Fanfiction Destino ou Acaso? - Capítulo 18 - "Amor"

~*~ Camilla P.O.V’s ~*~

 

O programa estava ocorrendo de forma calma, a única coisa que me incomodava era o fato de que a mulher a qual apresentava o programa observava o Jimin de forma estranha, parecia um predador atrás de sua presa, o que me fez achar um pouco estranho...? Pois é, ao meu ver aquilo era ridículo, e não estou falando isso porque estou com ciúmes, pois não tenho ciúmes.

- Então, como todos já sabem, o Suga e a Camilla começaram a namorar a um tempo, já estão namorando a quanto tempo? – A pergunta da mulher foi direcionada ao Suga, logo um sorriso brota em seus lábios me fazendo revirar os olhos com ânsia de vomito.

- Sim, o nosso relacionamento está indo muito bem. – Falou Suga com um sorriso no rosto olhando para mim, me fazendo apenas retribuir o sorriso um pouco envergonhada.

- Isso é bom! Como vocês ficam em frente aos outros membros? – Perguntou ainda com o sorriso no rosto me fazendo querer jogá-la no fundo do Rio São Francisco junto com um balde de merda.

- Não temos tanta intimidade, respeitamos os hyungs. – Suga falou dando mas um sorriso.

- Oh, que legal, mas e você? Não responde? Sempre é calada assim? – A moça perguntou chegando mais próxima a mim, eu queria vomitar ali mesmo com o seu perfume enjoativo.

- Só quando não estou me sentindo bem ou quando não gosto de alguém. – Falei sem expressão de modo frio fazendo a La segurar a risada junto a Taehyung e o Suga, Namjoon me encarou surpreso junto com o Jungkook, e o Jin me deu uma tapa me fazendo rir.

- Aigoo, só estou com um pouco de fome, só isso!  - Falei dando um sorriso mentindo na cara dura.

- A gente mandou você comer direito... – Jungkook fez bico me fazendo sorrir.

- Miane... – Falei de forma fofa sorrindo o vendo assentir com um sorriso no rosto.

 

¨~*~¨ Quebra do Tempo ¨~*~¨

 

Assim que chegamos em casa eu me joguei no sofá resmungando e choramingando.

-  O que foi aquilo, Camilla?! – La se sentou ao meu lado com um sorriso no rosto. – Aderi!! – Falou a mesma rindo.

- Aigoo, não fui com a cara dela!! Eu tenho um sentimento ruim dela!! Como se ela tive-se dito que Funk é melhor que K-pop!! – Falei com um bico em meus lábios um tanto quanto infantil.

- Aish, sinto pena dela! – Falou La me fazendo revirar os olhos.

- Não sinta nada por ela!! Ela parece ser idiota!! – Falei de braços cruzados.

- Eu achei ela legal! – Aquilo foi o ponto final para os meus limites sumirem.

- Você não devia ter dito iss... – Interrompi Lavínia.

- Legal?! Legal?! Meu CU é legal!! O que importa é que eu não gostei da vagabunda e ponto final!! – Falei me levantando rapidamente indo em direção as escadas.

- Isso tudo é ciúmes de mim?! – Jimin perguntou me fazendo virar drasticamente.

- Vai. Se. FUDER!! – Gritei mostrando em minhas duas mãos com apenas os dedos do meio amostra.

 

~*~ Lavínia P.O.V’s ~*~

 

- Eu falei que não era pra falar aquilo... – Falei calmamente me esparramando no sofá. Todos no local estavam com os olhos arregalados surpreso pelo comportamento da Milla.

- Isso... – Namjoon começou a falar e eu revirei os olhos

- “Isso” significa que ela ta putassa e que vai matar qualquer um que aparecer a sua frente, e vai com toda certeza decapitar Jimin se o ver... – Minha voz saia calma o que surpreendeu todos no local me fazendo dar de ombros. – Que foi?

- Como você pode estar calma?! – A pergunta do Jin foi direcionada a mim com um olhar ameaçador.

- Eu vivi com essa menina a muito tempo, sem contar que eu fico com ela quando está na TPM, ou seja; Isso é o mínimo que ela faz quando brava... E nem um terço meu também... – Falei pensativa. – A gente é muito bultaoreune...

 

¨~*~¨ Quebra do Tempo. Uma Semana Depois ¨~*~¨

 

 

~*~ Camilla P.O.V’s ~*~

 

Cansada... É assim que eu me sinto, não agüento mais nada, minhas forças foram embora, tanto mentalmente quanto fisicamente, eu não aguento mais, simplesmente não aguento... Desculpe BTS, desculpe Yoongi, desculpe PD-nim, desculpe a Big Hit toda... Mais não vou continuar com essa farsa...

Caminhei em direção para fora, minha cabeça estava por mil, assim que cheguei na sala e encontrei Yoongi o puxei pelo pulso em direção a um mini terraço que tinha e nos tranquei ali e o mesmo me olhou confuso.

- O que foi? – O mesmo me perguntou confuso, eu só o olhei com lagrimas em meus olhos o olhando como se pedi-se piedade, o mesmo apenas arregalou os olhos e me puxou para um abraço que não foi retribuído.

Eu apenas deixei que as lagrimas sair sem qualquer êxito, eu apenas chorava em seus braços enquanto o mesmo acariciava a minha cabeça com cuidado me passando nesse simples ato proteção e calmaria, já sem forças o abracei mais forte ainda chorando.

- Eu não quero mais fazer isso Yoongi... – Falei agora retribuindo o abraçando me agarrando no mesmo o forçando a não olhar em meu rosto. – Eu não aguento...

- O que aconteceu...? Você não estava assim antes... – O mesmo falava preocupado e logo se sentou na cadeira que tinha ali e e botou em seu colo em um ato de conforto e proteção para me acalmar.

- Na madrugada do dia do programa... – Solucei o fazendo assentir com a cabeça. – Eu encontrei Jimin na cozinha e simplesmente não agüentei, Yoongi... – O contei do inicio ao fim o que aconteceu, Yoongi ouvia tudo completamente atento e quando eu cheguei ao final o mesmo me olhou com olhos que pediram perdão e apenas me fez apoiar a minha cabeça em seu ombro me deixando chorar à-vontade sem qualquer êxito.

Minha respiração já estava descompensada e minha garganta doía por causa dos sons de choro que eu soltava, após eu contar tudo nenhum dos dois falaram mais nada, apenas um reconfortou o outro.

- Então... – O mesmo começou fazendo a minha atenção ser direcionada a ele. – Terá mais um programa da qui a dois dias, nós poderíamos contar tudo... – Desapoiei minha cabeça de seu ombro olhando para o mesmo e assenti com a cabeça.

- Yoongi, você já foi muito próximo do Jimin? – Puxei o assunto ao qual eu queria chegar, o mesmo apenas assentiu com a cabeça um pouco confuso, eu suponho. – Então... Se você o pergunta-se algo... Ele responderia...? – Perguntei brincando com os seus dedos ainda começando a parar os soluços que foram causados por causa do choro.

- Você quer descobrir as saídas dele a noite, não é? – O mesmo foi direto e sem enrolar.

O Jimin tinha começado a sair de noite e só voltava tarde, o que fez a minha situação piorar e em minha cabeça passar mil coisas. Eu não agüentava mais e já tentei falar com ele, mas o mesmo passou a mim ignorar novamente e as minhas condições foram de mal a pior, Yoongi observou tudo o que se passava em mim igual a Jungkook, Lavínia não agüentava mais e me forçou a desabafar com a mesma. E isso só foi um dos motivos para mim não agüentar mais, Jimin passou a sorrir para o telefone a cada 5 segundos... E se você acha que eu fiquei bem... Achou errado...

Por causa desses acontecimentos o meu auto-estima abaixou muito e a minha anemia só cresceu mais, eu desmaiei umas 2 vezes e isso só foi um dos motivos que fiquei sem celular ou qualquer outra coisa, os meninos fazem de tudo para me fazer comer, e o Jimin – que antes se importava ao meu ver. – nunca mais olhou na minha cara.

- Milla, não queira saber sobre o que ele faz... – Yoongi falou me apertando em seus braços.

- É o que eu imagino...? – As palavras saíram de minha boca sem eu mesma perceber, a tristeza e o cansaço eram notáveis em minha voz.

- Provavelmente... – Falou de forma baixa me fazendo apertá-lo em meus braços. – Que tal irmos lanchar? – Ele perguntou de forma doce, o que não acontece com freqüência.

- Uhum... Até você quer me encher de comida... – Sussurrei a ultima parte o vendo rir.

- Vamos...

O mesmo  me levou para a cozinha e fez um lanche comigo, aquilo estava engraçado já que ele quase se queimou fritando o hambúrguer me fazendo rir.

Logo um tempo passa e começamos a comer o lanche enquanto assistíamos The Avengers, e claro, que eu tava gritando pelo Thor com toda as forças fazendo o Yoongi rir algumas vezes.

- Sim, já cheguei em casa! – Jimin chegou entrando no telefone com um sorriso no rosto. – Sim, amor, tchau.

Um tiro...

 

Um tiro em meu peito...

 

Foi isso que senti...

 

E foi ai que comecei a odiar essa palavra...

 

Amor


Notas Finais


Erros? Ignorem.

Até maiiis!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...