História Destino traçado - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Vhope
Visualizações 75
Palavras 1.249
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi,e não. Eu não morri.

Boa leitura.

Capítulo 6 - Virginity


Fanfic / Fanfiction Destino traçado - Capítulo 6 - Virginity


 Jungkook on


Seis dias se passaram e eu não tirei aquele ômega -o qual eu descobrir que se chama Jimin- da minha cabeça,quando menos espero,já me pego pensando nele. 

As vezes eu vivo me perguntando; será que ele tem namorada? Será que ele tem filho?(se bem que ele é muito novo pra ter filho né? ) será que ele anda se alimentando bem? Porque pelo oque eu vi das duas vezes que encontrei ele,ele estava um tanto abaixo do peso..  Será que ele me odeia por eu ter dito coisas idiotas pra ele? Se bem que eu SÓ faço merda mesmo mas não quero que ele me odeie por isso,aquilo só foi uma bobagem né?E eu não deveria estar pensando nele também não é ? Porque ele é  só um desconhecido qualquer.


MAS ENTÃO PORQUE ELE NÃO SAÍ DA MINHA CABEÇA? POHA!!

Mas talvez o Taehyung hyung saiba o nome da pizzaria onde ele trabalha,porque no dia que o tal Jimin veio entregar aquela maldita pizza,foi o Taehyung que ligou pra pizzaria..

Então não tem problema eu ir pedir desculpa né? 

Espera..

Porque eu pediria desculpa se a culpa é  dele? Há quer saber?eu não vou atrás dele coisa nenhuma!

-Taehyung? -chamei e recebi um "Uhm" em resposta. -Vou sair pra beber,você quer vir comigo? 

〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰〰

Park Jimin ON

As vezes eu me pergunto que merda eu fiz de tão ruim,pra o universo querer foder tanto com a minha pessoa..

Quando encontrei Yoongi,eu realmente pensei que ficaria feliz em vê-lo mas a única coisa que fiquei foi arrependido.

Sim. Arrependido. Arrependido de não ter ligado para eles todos os dias,arrependido de ter cortado todos os laços que eu tinha com eles. No fundo eu sabia que poderia ter dado um jeito de falar com eles todos os dias e saber se eles estavam bem ou felizes, poder perguntar como tinha sido o dia deles e etc.

Mas eu preferi não manter uma aproximação,pensei que eles sofreriam mais. Descobri que eu estava enganado.

Completamente enganado..

Fui tirado dos meus pensamentos por Hana,que balançava de leve o meu ombro tentando me acordar,mas eu já estava acordado.. o problema é que eu queria continuar dormindo,para não ter que ir trabalhar.

-Jimin acorde.. -chamou mais uma vez,com a voz baixa e doce de sempre. -Há quer saber?não precisa acordar,não quero que você vá. -resmungou baixinho para que eu não podesse ouvir.

Eu queria ficar aqui na casa da minha amiga e poder receber mais carinho dela,porém não quero ser um fardo. Hana tem seu marido e sempre que dá,ela me arrasta pra cá. Eu sei que ela gosta muito de mim-porque se não gostasse ela já teria me abandonado como todo mundo- e sei também que Jin gosta de mim e não se importa de me deixar ficar aqui mas mesmo assim,hana     tem seus deveres de esposa  e ainda ter que ir trabalhar e ir a universidade,não deve ser fácil..então prefiro não ser um incômodo.

-eu também não queria ir trabalhar,mas infelizmente preciso. -Falei me levantando e recebendo um careta da nona por eu ter escutado o resmungo dela enquanto "dormia".

〰〰〰〰〰〰〰〰〰

Depois de ter jantado na casa de Hana,eu acabei me atrasando pois eu deveria estar na pizzaria as 5:30 e já é 6:09,mas valeu a pena porque pelo menos hoje,eu não irei passar fome ou ficar tonto enquanto dirijo aquela motoquinha vermelha ridícula.

entrei pelos fundos em silêncio,torcendo para que o gordo idiot.. gerente,não me veja e não faça nada comigo. Posso parecer corajoso mas não se engane,eu não sou. Não sou forte e nem sei me defender.

-Atrasado Park? Aposto que estava dando para todos os homens dessa cidade.. -acabei travando onde eu estava,eu não sei oque fazer.

Tenho duas opções:

Um-Correr pelas portas dos fundos e não voltar nunca mais.

Dois-ficar e torcer para que ele não me bata ou brigue comigo. -Mas talvez ele não me bata,já que tem funcionários por perto-.

E acreditem,eu tentei correr mais minhas pernas não  me obedeceram,então só me restou ficar e ouvir ele gritar comigo e me humilhar mais uma vez.

-Você não passa de um brinquedo sexual Park Jimin,então eu também posso me divertir com você não é? 

Minhas pernas vacilaram,minha voz não saia a neuhm custo,tentei gritar com todas as minhas forças mas nada saiu. Olhei ao redor tentando achar alguém pra pedir socorro,mas não havia ninguém. 

Já era de se esperar,ele não falaria essas coisas pra mim se nós não estivéssemos a sós. E para o meu completo desespero,ele se aproximou e me puxou pelo braço até um beco atrás da pizzaria.

-P-para, me larga! -consegui gritar mas me arrependi logo depois, pôs acabei recebendo um soco na minha cara. 

-Fique calado,ninguém vai vir te ajudar e vai ser rápido. 

A essa altura eu já desisti de pedir ajuda ou de tentar bater nele,ninguém passaria por esse beco a esse horário,e ele é alto e bem mais forte que eu. Eu estou completamente em choque, eu não consigo ouvir nada ao meu redor ou os palavrões que ele estava resmungando,a única coisa que consigo pensar é nos momentos bons que tive com Hana e se Yoongi e Hoseok ficariam tristes se eu morresse. Senti meu corpo ser jogado contra uma lata de lixo,eu teria caído de cara no chão se não tivesse me apoiado na parede,ele se aproximou de mim e apertou minha bunda.

Agora a única coisa que eu penso é em como eu estou sentindo nojo,nojo desse velho que está prestes a me violentar e nojo de mim por não poder fazer nada,e eu sei que poderia me debater e tentar gritar por ajuda,mas no que adiantaria?eu sei que esse é meu fim,só estou aceitando ele de  uma forma silenciosa.. Talvez eu esteja sendo um pouco exagerado,mas pensem comigo; se vocês fossem estrupar alguém,vocês o deixariam viver? Provavelmente depois você seria preso pois a vítima entraria em contato com a polícia e eu tenho certeza que ele não irá me deixar viver pra depois ser preso.

Senti minha blusa ser tirada com rapidez e logo minha calça velha ser puxada pra baixo junto com a minha cueca box-que por incrível que pareça,ganhei de Hana no Natal.. até nesses momentos ela vem em minha mente com memórias felizes- senti seu membro duro encostar na minha bunda.

A única coisa que consegui fazer foi continuar chorando em silêncio e sussurrar "piedade" antes de sentir meu interior sendo rasgado ao meio. O primeiro soluço saiu,depois o segundo e depois acabei perdendo a conta.

-P-para por favor,está doendo. -pedi e não obtive resposta alguma,ele continuou enfiando em mim sem piedade e gemendo ao resmungar palavrões de baixo calão.

As mãos imundas dele seguravam minha cintura como apoio para pegar impulso para sua estocadas violentas e fundas,o que me causava mais dor,porém ele não parecia ligar.So me restava fechar os olhos e esperar que ele terminasse logo o serviço..foram vários minutos sendo rasgado ao meio,e isso me pareceu mais uma eternidade,senti uma coisa quente me preencher e logo o membro dele sair de dentro de mim.

Ele levantou suas calças como se nada tivesse acontecido e voltou para pizzaria.Eu fiquei lá escorado na parede estático,me apoiando para não despencar no chão,o que não adiantou muito ja que quando eu acabei de subir minha calça eu acabei não sentindo minhas pernas e caindo logo em seguida.

Não sei o que fazer,e nem o que pensar,me sinto violentado e imundo,tanto por fora quanto por dentro.Eu so queria que ele tivesse me matado logo de uma vez.

Os meus soluços e minhas lagrimas só aumentaram quando eu tentei levantar e não consegui,e aqui estou eu,jogado em um beco escuro depois de ter perdido minha virgindade da pior maneira possível. 





Notas Finais


Está muito ruim?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...