História Destinos Cruzados - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Potter, Astoria Greengrass, Daphne Greengrass, Dominique Weasley, Draco Malfoy, Duda Dursley, Fred Weasley Ii, Gina Weasley, Harry Potter, Hugo Weasley, Lílian L. Potter, Lorcan Scamander, Lucius Malfoy, Molly Weasley II, Narcissa Black Malfoy, Personagens Originais, Rose Weasley, Roxanne Weasley, Scorpius Malfoy, Theodore Nott, Tiago S. Potter, Valter Dursley, Victoire Weasley
Exibições 19
Palavras 912
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção, Magia, Romance e Novela, Saga

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais um capítulo :D
P.S: A partir de agora vou postar todos os Domingos
Espero que gostem, isso se ainda tiver alguém por ai ;)

Capítulo 15 - Os Malfoy


Fanfic / Fanfiction Destinos Cruzados - Capítulo 15 - Os Malfoy

Desaparato  bem na entrada da Mansão Malfoy, com o Scorpius e a sua mãe que ainda me olhava estranho, estava tentando perceber qual a relação que eu tinha com o filho. Entrei na mansão e fiquei simplesmente maravilhada, nunca tinha estado em uma casa tão grande, naquele momento gostaria de ter 40 olhos para puder ver tudo com atenção, mas como iria ficar uma semana ali, eu teria muito tempo para ver tudo. Gosh, o elfo do Scorpius aparatou na sala e me levou até ao quarto onde eu iria ficar , Scorpius ia bem atrás de mim, entrei no quarto e o elfo saiu, pousei o malão no chão e olhei o Scorps

- tudo bem? - pergunto me sentando na cama e olhando ele- está muito calado

-estou bem, só fiquei preocupado com a Rose, ela ficou muito brava com a gente- diz ele se sentando do meu lado

-sim, eu sei, mais logo irei enviar uma carta para ela e explicar tudo, mas para que fique claro, a culpa foi do Potter- suspiro

-certo- diz ele me olhando- agora vamos jantar, esta na hora e meu pai não gosta quando chego tarde para jantar- diz ele se levantando da cama

-Aah, seu pai -levanto da cama 

-tenha calma, ele não vai fala nada - disse ele.

E eu  tive a sensação que ele estava mais se convencendo a ele próprio, saímos do quarto e descemos a grandes escadas da mansão em direção a sala de jantar, quando cheguei na sala quase tive um infarto, olhei em volta e ... vi uma mulher de cabelos brancos e olhos pretos sentada na mesa e eu senhor com cabelos brancos e com um olhar pouco amigável, ele se parecia com Scorpius, seria pai dele? me perguntava a mim própria, segundos de pois outro homem mas parecido com Scorp e a mãe dele entraram na sala, aquele provavelmente deveria ser o pai dele, era mais novo e tinha um rosto mais amigável, olhei com Scorpius com cara de " não vai falar nada ? " , ele pareceu entender o meu olhar, suspirou por uns segundos e disse

-Esta é a minha amiga, Claire, ela vai passar o Natal com a gente ... aqui ... em casa - disse ele olhando o pai

- Muito prazer, Claire, meu nome é Astória, este é o meu marido, Draco, aqueles são os avós do Scorpius, Lucius e Narcisa Malfoy- ela ia apresentado e eu olhava reconhecendo as pessoas de imediato

-Muito prazer - disse tímida

Sentei na mesa do lado do Scorpius e me fui servindo com comida aos poucos, estava um pouco tímida, me sentia estranha ali, fomos comendo em silêncio, odiava comer em silêncio, sentia olhares do avô do Scorp sobre mim constantemente, ele me dava medo.

- Então, Claire, nós fale um pouco sobre você, em que casa você está? - perguntou a mãe do Scorpius 

- Slytherin - respondi o mais educada que pude 

- Ótimo, nunca ouvi falar da sua família, Dursley, não é ?- perguntou o avô do Scorpius

- hãn, eu sou nascida trouxa- disse, sabia que eles não gostavam muito de nascidos trouxas, mas eles iam acabar sabendo

Parecia que tinha caído uma bomba na sala, ninguém falou mais nada, a mãe do Scor me olhava, mas no final me deu um sorriso, o pai dele estava processando a ideia, a avó dele olhava o Scorpius com cara de " vamos ter uma conversa mocinho", mas o avô dele me olhava como seu fosse uma aberração ou como se tivesse uma doença fatal, olhava o Scor, não percebia se o olhava com raiva, ódio, desgosto ou mesmo... nojo. Continuamos a comer em silêncio até ao fim do jantar

- O que vocês fazem no Natal, Claire? os touxas, me desculpe a pergunta, mas sempre tive curiosidade - perguntou o senhor Draco Malfoy para grande surpresa minha

- Nós .... han... comemos muita coisa, em minha casa nós comemos.. frango... arroz ... batatas, muitos doces, depois abrimos os presentes, também cantamos canções de natal -digo sorrindo e me lembrando

- Porque é que cantam ? - Scor  perguntou confuso

- Não sei, é uma tradição, todo o mundo faz isso ... acho eu 

- Legal !!! - disse ele animado

Todo o mundo pareceu interessado no Natal, como os trouxas faziam, me fizeram tanta pergunta que eu estava ficando sem resposta, tinha coisas que nem eu sabia o motivo, o único que não me pareceu interessado no Natal trouxa, foi o senhor Lucius, tive a sensação de que ele odiou a ideia de eu ser amiga do neto. Deitada na cama pensava em todas essas perguntas e não sei porque pensava também em Alvo e em Alice, eu tinha ciúmes mas não queria admitir, sentei na cama, peguei um pergaminho e uma pena e comecei a escrever a carta para Rose, expliquei os motivos de ter vindo para casa do Scorpius e falei também sobre o Alvo e aquilo que sentia por ele, Rose era a minha melhor amiga, ela merecia saber toda a verdade, terminei a carta me levantei e fui até a janela, chamei a minha coruja e coloquei a carta no bico dela, ela levantou voo e desapareceu entre as nuvens, voltei para a  cama e me deitei, vários pensamentos me vieram a cabeça, estranhamente em alguns deles Alvo e James, estavam lá, sabia que algo não estava batendo certo, e com esses pensamentos adormeci.

 


Notas Finais


E ai, o que acharam?
deixem os vossos comentários e opiniões :D #kiss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...