História Destinos Cruzados - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Kanato Sakamaki, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz"
Exibições 139
Palavras 2.274
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Visual Novel

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ooooi ppovooo
Mais um personagem novo para Laito brigar kkkkkk
Enfim espero que gostem.
Boa leitura

Capítulo 6 - Mais um Rival? / Mudanças de Kayami


Fanfic / Fanfiction Destinos Cruzados - Capítulo 6 - Mais um Rival? / Mudanças de Kayami

££ Laito ££

Acordei abraçado em um travesseiro, olhei rápido pelo quarto e nem um sinal da minha gatinha, suspirei fundo e me levantei indo tomar um banho.
Enquanto deixei as águas geladas caírem sobre meu corpo, veio lembranças de ontem a noite, principalmente a parte do corpo dela sendo tocado por mim, sorri ao perceber que as curvas dela são bem definidas e seus peitos são fardos..JA TO PENSANDO NISSO?
Peguei a toalha e enrolei sobre o meu corpo, e fui até meu quarto pra pegar minhas roupas, o dia esta ensolarado demais, nem parece que ontem choveu.
Olhando minhas roupas, optei por uma regata azul e uma bermuda branca.
Os coloquei e fui até a cozinha, pra tomar café.

¥¥ Kayami ¥¥

Tive que me levantar antes do Laito, vai que quando ele acordar e me olhar começa a rir? Sem essa possibilidade, e nesse tempo todo o evitando, fiquei lendo livro na biblioteca e tomei meu cafe.
Fui ao banheiro e fiz minha higiene matinal, lavei meus cabelos que estavam sujos por conta do sangue, vesti as roupas que eu já tinha separado, é um vestido rosa claro, com bordas de flores da mesma cor, a minha costas ficam a mostra pelo modelo do vestido, é um tomara que caía bem fofo ao meu ponto.
Prendo a metade do meu cabelo num rabo de cavalo, deixando a outra solta, ponho um laço preto no topo do meu penteado e uma pequna rosa na lateral direita.
Passo um gloss e delineador.
Depois que sai do banheiro, fui ao meu " quarto " e dobrei as roupas de cama, que o Sr.Pervetido fez o favor de deixar desarrumada, dobrei as roupas que tinha no chão, percebendo que as minhas também estavam entre as dele, PERA ELE ME TROCOU?  Ai..meu deus..
Minhas mãos começaram a tremer e eu as peguei rápido levando ao cesto de roupas.
Quando acabei, fui pra sala onde todos estavam conversando animadamente, Yui está deitada sobre o colo de Laito, me senti incomodada e tentei desviar o olhar, se eu soubesse que ela ficaria deitada encima dele eu nem tinha acordado hoje. - Voce ta mais linda hoje - Reiji apareceu atras de mim e me deu um beijo na bochecha, me fazendo corar.

££ Laito ££

Quando vi Reiji beijando a bochecha da Kayami, rapidamente botei a Yui no sofá e fui falar com ela. - T..o bem, obrigada Reiji - ela conversava com ele, mas depois que percebeu minha presença deu um "Bom dia" e saiu andando até a porta.

- Aonde voce vai? - o pé do saco, Reiji. Foi atras dela, a pegando pelo braço, meu sangue ferveu e eu tive que me conter pra não voar no pescoço dele. - Vou junto com você. - AI SENHOR, ME SEGURA.

- Vou ir na praia, esse tempo esta bom né? - ela sorriu e olhou pra mim - Quer vim junto Laito?

- Quero.- digo ríspido, dando um pequeno empurrão nele, e pego na mão de Kayami, a puxando pra fora de casa, andamos rápido até o portão. - Que história é essa? - digo ainda mais frio.

- Q..ue história? - ela engoliu seco e se encolheu na parede do portão, botei meu braço apoiado na mesma parede, nossos corpos estavam próximos um do outro.

- Desde de quando você e Reiji tem amizade? - eu me aproximei - EU AUTORIZEI?

- L..aito, cal..ma - Ela começou a se encolher ainda mais e eu fiquei ainda mais irritado, peguei na cintura dela a pondo pra cima. - S..omos só am..igos.

- Amigos? Pra que você quer amigos? - Eu olhei sério pra ela, deixando minha voz grave - Você ja tem a mim, nao precisa de amigos.

- Laito, ciumento?  Essa é nova. - Olhei para o lado e vi meus cinco irmaos vindo ate nossa direção, ótimo agora todo mundo vai pra praia? - Ta com ciúmes do que maninho?

-  Não to com ciúmes, só estamos tendo uma conversa - Antes de liberar minha escravinha, eu dou um beijo na bochecha dela e saio andando.

¥¥ Kayami ¥¥

Eu ainda estava parada, quando Reiji pegou na minha mao, graças a Deus Laito estava la na frente com Shuu e os dois estavam escutando música. - Ele te machucou? - Reiji pergunta ainda segurando minha mão.

- Não, ele nao me machucaria. - eu puxei minha mão e sorri - temos que ir, todos já estão lá na frente.

- Podemos ir devagar, a caminhada vai demorar até a praia. - ele insistiu.

- Eu não gosto de andar devagar.

- Mas voce ta comigo, qual o problema? - ele sorriu se aproximando de mim, em passos curtos eu comecei a andar pra tras, tentando evitar qualquer contato.
Nessa hora meu celular apitou, agradeci os céus por isso, Reiji olhou para minha bolsa e sorriu - pode ver, depois conversamos. - ele saiu andando na frente, suspirei aliviada, abri minha bolsa e peguei meu celular.

@@ Mensagem @@

[ 09h12 AM ] Luccan : Aonde voce ta? Voltei de viagem e não te encontrei na casa da sua vó, voce ta louca?  Quero saber onde está.

[ 09h12 AM ] Kayami : To morando com um amigo meu, minha mae me deu pra ele, aqui é até legal, queria poder te ver, to indo para a praia, sabe aquela que ficavamos brincando? Então. 
                                        - Visto

[ 09h13 AM ] Luccan : Entendi, tenho que sair agora, Até ^^

Eu sorri, Luccan é meu melhor amigo desde que eu tinha 5 anos, ele me conhece muito melhor que eu mesma, sempre fomos bons amigos, infelizmente tivemos que nos separar quando a mãe dele se mudou pra Paris, Luccan é humano mas isso não impede o fato dele sempre ter me protegido, por isso eu amo esse garoto, sempre comigo mesmo na distância.
Sai correndo quando percebi que estava muito lá atras, fiquei caminhando só um pouco atras deles, não queria que Reiji ou Laito começassem uma briga ou Subaru ficar me irritando.
Sao 09h20 e exatamente agora chegamos na praia, eu agradeci os céus por estar sã e salva ao ponto de chegar na praia bem.
Os irmãos ficaram sentados um pouco afastado das barracas que vendias produtos, tinha mais colegias na praia, aposto que estão de férias.
Tirei meu vestido com cuidado, ficando apenas de biquíni, ele é azul claro e marinho, com uma âncora na divisória dos meus seios, quem me deu foi Luccan de presente antes de viajar.
Fui até onde os irmãos estavam e botei minhas coisas, Laito me encarava sério, assim como todos os outros irmãos, tinha uns garotos me olhando mais nao me importei.
Andei só um pouco até o mar, ate que senti minha cintura ser entrelaçada por braços fortes, virei rápido pra encarar a pessoa, ate que vi...era Luccan.
Eu o abracei forte e dei um beijo na sua bochecha, ele me pegou no colo fazendo minhas pernas ficarem entrelaçadas na sua cintura, meus peitos estavam contraídos no seu peitoral, levemente fiquei corada. - não cresceu nem um pouco. - a voz de Luccan, estava ainda mais grave, fazendo ficar sexy.

££ Laito ££

Eu estava vendo Kayami caminhar até o mar, seu corpo com a maior certeza é pra fazer qualquer garota ficar com inveja e todo homem deseja-la somente pra sí, comecei a ficar incomodado ao perceber a quantidade de olhares que ela estava chamando somente pra si mesma.- Que corpao.- Ayato comentou sorrindo. - acho que vamos virar bons amigos agora. - ele continuou.

- Amigos como voce ela nao precisa.- Reiji rebateu.- Mantenha a distância.

- Ela nao precisa de nenhum dos dois, entao que tem que manter distância sao voces.- tirei os fones, e encarei os dois que ainda estavam olhando pra mim.

- Gente, olha aquele cara ali.- Yui apontou - Parece que ele ta indo na direção da Kaya. - todos nós olhamos para o garoto que ia em direção a gatinha.

- O que ele quer? - Subaru olhou fixamente.

- Talvez o número dela.- Shuu deu de ombros, rindo. - vai que consegue.
O garoto se aproximou dela e a abraçou pela cintura, me levantei rápido e quando ia dar um passo, vi Kayami pulando no seu colo - eles parecem ser íntimos. - eu cerrei o maxilar quando Shuu pronunciou o íntimos.
- pera, ta vindo mais um na direção dela.

¥¥ Kayami ¥¥

Eu continuava no seu colo, quando vi Shumo se aproximando, era o irmão mais velho de Luccan, decidi rapidamente e fui na direção dele, o abraçando - como vai pequena?  - ele bagunçou meu cabelo.

- Eu? To bem e voce? - sorri. - Como voces vieram parar aqui? - perguntei ainda animada, mas a mao do ruivo  me puxou, me fazendo ficar colada no corpo dele.-  L..aito.

- Nem vou perguntar quem sao eles, quero apenas que voce ponha o vestido, vamos voltar agora pra casa! - a voz do ruivo estava autoritária, ele olhava fixamente para Luccan, seus olhos estavam assustadores.

- Ela vai ficar aqui. - Luccan me puxou, fazendo ficar ao lado dele. - Ela nao vai sair daqui, pode ir embora se quiser.- ele mantinha a mesma leveza na voz como sempre, acho que isso vai irritar o Laito.

- Como é? Voce ta louco! - Laito deu dois passos na frente do Luccan, eu sabia que ia bater nele, entao eu tive a melhor ideia de me pôr no meio dos dois.

- Não vou ir pra casa.- engoli seco - e nem você Laito, estamos aqui pra curti, então por favor, sem brigas. - suspirei fundo e prendi meu cabelo. - To indo mergulhar, podem ficar ai se vocês quiserem.

Sai do meio deles, entrando no mar, a água estava quente ate, mergulhei fundo, tentando esquecer das brigas, dos beijos, de tudo!  Não quero me estressar em um dia que tirei pra descansar.

££ Laito ££

- Quem é voce? - Perguntei logo quando vi ela se afastando, Kayami parecia estar com raiva.

- Sou o melhor amigo dela. - a voz dele é grave, ele parecia estar preocupado olhando pro mar.

- Parece que você quer algo a mais né . - comentei.

- tem razão. - ele virou pra mim. - eu quero, não fiquei 4 anos longe dela por nada, sabe como é difícil só poder ouvir ela por ligações e sempre ouvir ela chorando porque esta com saudades?  - ele continuava falando baixo.  -  eu voltei por ela.

- Ah que merda, caralho eu vou ter quantas rivais? - fechei o punho. - deveria ter ficado exatamente onde voce estava.

- Não preciso que voce diga quantas pessoas a querem, eu a conheço bem, sei o que fazer pra conseguir seu amor.- ele virou as costas - tenha cuidado, nessa disputa eu estou na frente. - ele saiu andando com o outro garoto, me deixando parado sem saber dar uma resposta, se fosse resolver seria com os punhos. - Ah meu nome é Luccan. - ele gritou já distante.

Kayami saiu irritada do mar, passou por mim ignorando minha existência, eu a segurei pelo braço. - Laito..solta. - a voz dela estava tremula, eu a abracei mesmo ignorando ela bolada.

- O que tenho que fazer pra voce me perdoar?  - eu a abracei mais forte.-  por favor, me perdoa?

- Nao quero mais você fazendo essas coisas. - ela parecia estar chorando. - eu te perdoo.

¥¥ Kayami ¥¥

Eu o abracei ainda mais forte, mesmo chorando eu conseguia ouvir as pessoas falando algo ao nosso redor. - Vem. - ele me puxou até os Sakamki, e pegou meu vestido. - veste. - eu assim fiz, mesmo com o corpo todo molhado, botei.

- Vamos embora? - Yui pergunta e ja ia se levantando quando o Laito a parou.

- Vou levar ela no shopping, ja chamei um táxi, xau a vocês. - eu fiquei boquiaberta mas mesmo assim andei atras do Laito, entrei no táxi e fiquei o encarando serio. - Que foi?

- O que voce quer comigo? - perguntei com uma sobrancelha arqueada.

- Vou gastar meu money com a minha gatinha. - ele sorriu - roupas, acessórios, salão, voce vai gastar tudo hoje ta? - ele beijou minha bochecha e botou seu óculos escuro, olhando para fora do táxi.

££ Laito ££

Entramos no shopping, deixei a Kayami andar na minha frente, tinha tantos garotos a olhando que fui obrigado a andar ao lado dela.
Entramos em tantas lojas de roupas e eu mesmo comprei as roupas e acessórios para ela, se nao Kayami iria comprar tudo fofo.
Enquanto isso a felina estava no salão, ela falou que queria mudar a cor do seu cabelo, e tals.
Fiquei esperando 1h, até que senti uma maos envolvendo meus olhos - cheguei! - eu virei e a vi, precisei piscar 3 vezes pra não cair morto, ela estava incrivelmente linda! Muito mais que ja era, maldita hora que mandei ela ir pro salão.

- T..a l.inda.- PERA EU GAGUEJEI?

- Obrigada. - ela sorri, e na hora que eu estava indo a beijar, Reiji a puxou e a beijou, eu fiquei imóvel, O QUE ELE TA FAZENDO AQUI?
Minha consciência voltou em si, quando vi Kayami se debatendo,  tentando sair dali.
Luccan apareceu e puxou a Kayami que parecia estar traumatizada, Reiji tinha apertado tao forte que tinha marca das maos dele, nela.

- O que fazemos com ele? - Luccan transmitia raiva nos olhos, eu sai do paralisia e andei em direçao ao Reiji, decidido acabar com ele.


Notas Finais


Luccan : QUERO ELE MORTO.
Laito : concordamos com algo.
Kayami : ....
Laito : O que foi amor?
Luccan : Ta chamando quem de amor Laito?
Kayami: Ai meu deus...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...