História Destinos Cruzados - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Gaston, Luna Valente, Matteo, Nina, Personagens Originais, Simón
Tags Abuso, Âmbar, Ambar Smith Benson, Amon, Destinos, Gastina, Gastón Perida, Luna Valente, Lutteo, Matteo Balsano, Mistério, Nina Simonetti, Passados, Romance, Simbar, Simón Álvarez
Exibições 112
Palavras 1.334
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi Pessoal
Me desculpa pela demora
Bom capitulo.

Capítulo 18 - False Romanticism


Eu já tentei o plano A
E o plano de amar você falhou
Agora eu vou tentar o plano B
...Eu vou te esquecer

Lucas Lucco - Plano B

 

 

Eu estava presa numa situação tão dificil, aliás, nem eu mesma sabia de quem eu estava a fim.


Nina - Éee... Eu não sei. Eu, eu não tô a fim de ninguém


Xavi - Sério mesmo ?


Nina - Sim, confia.


Xavi - Tudo bem.


Fui para minha casa e Xavi foi para a sua falar com seus pais. Eu estava tão feliz por ele estar lá :)


LUNA VALENTE


No outro dia, fui trabalhar normalmente e falei com Matteo, até que dividi meus pensamentos sobre a minha irmã com ele.


Luna - Matteo.


Matteo - O que foi ?


Luna - Eu descobri uma coisa tão maravilhosa


Matteo - O que ?


Luna - Eu tenho uma irmã


Matteo - O QUE ? - Ele se engasgou com a maçã que estava comendo - Peraí, mas ela é desaparecida ?


Luna - Mais ou menos! É assim, eu achei um envelope com varias coisas, um desenho com uma medalhinha e nessa medalhinha tinha duas partes, um sol e a lua, e dentro desse envelope tinha a parte de Lua, que é a minha, que é essa aqui - Mostrei o colar para ele - Então, aonde está a parte do Sol ?


 Matteo - Ora, com a Sol... Luna, você tem uma irmã chamada Sol ?


Luna - Sim, é isso. E minha mãe ela tava com tudo aquilo antes de morrer falando para eu nao desistir dos meus sonhos, que ia ter que batalhar muito, que o mistério é grande. Essas coisas. Mas tem uma que me impressionou, que foi : O Sol sempre volta a Surgir, e a Lua sempre volta a Brilhar. O Sol sempre volta a surgir ? Então, quer dizer que a qualquer momento, a minha irmã Sol pode voltar ?


Matteo - Isso, Luna. Que bom que você finalmente entendeu isso


Luna - É, só falta uma coisa. Eu achar a Sol, vai ser muito dificil acha-la.


Matteo - Conta comigo pra qualquer coisa, ok ?


Luna - Tudo bem.


Dei um selinho rápido em Matteo e voltei para a minha sala. Que bom poder dividir isso com o meu namorado!


MATTEO BALSANO


Uma irmã ? Isso mudava todos os meus planos. De vingança contra a Luna, e tudo mais. Porém... Se Luna tem uma irmã, essa irmã pode ser a verdadeira filha do caso de meu pai, não, acho melhor eu esquecer isso e pensar que tudo aquilo foi loucura da idiota da Carolina. Falando sobre ela, me senti tão feliz ao ve-la morta, naquele caixão, sendo enterrada, sua cara de idiota safada exposta pálida por ser um defundo, eu estava tão feliz, de uma parte do meu plano estar sendo concretizado mesmo sem eu nem mecher meus pauzinhos. Mas tudo bem, o plano ainda não terminou.

Se a vagabunda não está viva para ver o sofrimento da filha, não é por isso que eu vou deixar de fazer minha vingança com Luna. Eu quero ve-la sofrer, porque eu odeio Luna. Porque ela merece todo o mal. Ela é filha do caso do meu pai com aquela desgraçada. Carolina já pagou com a vida, Louis também, Não sei se vou ter coragem de fazer Luna pagar pela vida, porque apesar de tudo eu acho que a amo, sinto algo por ela, algo inexplicável, tento negar para mim mesmo, porém eu sinto, então não mataria Luna, mas existia mals que eram pior do que a morte. E eu testaria esses mals em Luna.
Hoje eu comecaria todos os meus planos. Que os jogos começem!


Eu chamaria Luna hoje para sair, dizendo que queria sua recuperação e que era para ela espaerar um pouco a cabeça devido á tudo o que aconteceu, ela vai sair e então eu vou beija-la, e beija-la, e beija-la com mais intensidade, até que quase transarei com ela, mas ainda não. Pois vou falar que não quero que a minha primeira vez com ela seja assim, e tudo mais. Ótimo jeito de conquistar as mulheres, isso é facil, muy facil.
Depois de todo o expediente e de várias e várias reuniões sobre vários casos de advocacias, fui embora da empresa e Luna também. Então, a convidei diretamente para sair comigo para uma pizzaria, algo bem discreto e informal.


Matteo - Quem é ? - Tapei seus olhos com as minhas mãos


Luna - Hum... Deixa eu adivinhar. É um mauricinho, muito convencido, muito chato, muito rico, muito chique e esperto, e muito, muito, muito gato, muito gostoso também.


Matteo - Hum, acha mesmo que eu sou tudo isso


Luna - Sim, você é muito mais que isso. Você é a pessoa que me mostrou o que é amor verdadeiro


Matteo - Eu mudei Luna, eu mudei por você.


Dei um beijo nela e então fiz o convite


Matteo - Amor, por que não vamos agora jantar numa pizzaria aqui perto ?


Luna - Pizzaria, qual ?


Matteo - Pode ser a do Luigi´s


Luna - Legal, amo essa. Vamos agora mesmo ?


Matteo - Sim.


Então Luna pegou sua bolsa e fomos direto pra pizzaria. Pedimos uma Coca, eu pedi uma pizza metade queijo, metade atum. Já que eu era um grande fã de queijo, e Luna de Atum. Comemos e depois de tudo, conversamos mais um pouco.


Luna - Se lembra do nosso primeiro encontro ?


Matteo - Como eu ia esquecer, meu amor ?


Luna - Eu fiquei patinando e você ficou que nem um bobo lá me olhando


Matteo - Ah, não foi bem assim menina delivery.


Luna - Foi sim, mauricinho.


Matteo - Mas você que inventou o pretesto do sorvete na minha boca só pra me beijar, né ?


Luna - Ah, vai dizer que não gostou.


Matteo - Não, foi péssimo!


Luna - Sério ?


Matteo - Já beijei melhores


Luna - Matteo...


Matteo - Eu tô brincando. Você é a única que me importa, sabe disso


Luna - Eu ? Eu não sei de nada, queria uma prova do seu amor com muito gosto de queijo e atum


Matteo - Ah, é - sorri - você quer uma prova ? Então toma a sua prova.


Dei um beijo bem forte nela, era um beijo rápido e intensificante, ela puxava meu cabelo e eu agarrava sua cintura, estavamos intensificando o beijo quanto eu mesmo parei, seguindo o meu plano, e disse :


Matteo - Não, Luna. Assim não. Não quero que seja assim, nem aqui, nem agora. Estamos comecando a namorar agora, e eu não quero que seja agora. Quero que seja especial, e que você se sinta pronta


Luna - M-Matteo, isso é serio ?


Matteo - Sim, ah e me perdooe pela aquela vez que fui na sua casa e te agarrei que nem um maluco. É que eu estava nervoso, me perdooa.
Luna - Tudo bem, Matteo. Esse seu ato agora, compensou todas as suas burradas. Você quer que a nossa noite de amor seja especial, seja algo unico e não esquecido em um piscar de olhos. E quer que eu esteja preparada, o que eu não estou. Obrigada Matteo, por ser quem você é.
Matteo - Ah, Luna. Eu te amo tanto.
Luna - Eu também.
Dei um beijo nela e me senti com uma sensação tão estranha, no meio daquele beijo eu senti uma corrente, sim eu senti uma corrente elétrica que eletrizava as nossas línguas, os nosso corações, as nossas almas e os nossos pensamentos, algo tão forte que não me fazia querer parar e só me fazia desejar mais, algo que me deixava tão nervoso, confuso, e parecendo um inciante mas ao mesmo tempo algo que me deixava tão feliz e... tão leve. Algo parecido com isso que as pessoas tanto sentem, acho que eu sei o que é isso que eu estou sentindo. Acho que senti algo como... o amor!
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...