História Destinos Cruzados - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Gaston, Luna Valente, Matteo, Nina, Personagens Originais, Simón
Tags Abuso, Âmbar, Ambar Smith Benson, Amon, Destinos, Gastina, Gastón Perida, Luna Valente, Lutteo, Matteo Balsano, Mistério, Nina Simonetti, Passados, Romance, Simbar, Simón Álvarez
Exibições 361
Palavras 601
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oláa.
BOA LEITURA!

Capítulo 2 - One - 01



...


Por favor, me deixe em paz - Dizia a garota.


Paz é algo que hoje você não vai ter, você vai ter muitas coisas menos paz - Matteo Balsano


O que eu vou ter ? - Garota


PRAZER - Matteo Balsano.


Então fui tirando rapidamente a roupa da menina, ela se contorcia de dor e de tristeza. Ela se contorceria de muitas formas essa noite se dependesse de mim.
...


A noite foi longe, muito  longa e muito boa. Deixei aquela mesma menina jogada naquele colchão na madrugada


P-por que eu ? - Ela dizia entre soluços


Eu não sei. Você apareceu no meu caminho, delícia. Agradeça á mim por ter te fazido mulher -  Matteo Balsano


Voltei para cassa totalmente bêbado,  nada me importava mais.


LUNA VALENTE

 


Entrer  tantas garotas  do mundo, por que justo eu ? Eu, uma moça virgem e inocente, pobre e adolescente tive que sofrer isso. MEU DEUS POR QUE ?


Fiquei amoada naquele lugar, me escondi dentro daquele beco que era trancado como uma vila, ninguém passava por lá, mas naquele dia alguém passou.


LUNA ??? - Simon Alvarez


Simon era meu melhor amigo, e meu pretendente. Eu há uns tempos olhava ele de maneira diferente, combinamos de deixarmos rolar, eu nunca havia nem o beijado, não queria beijar alguém que não tinha compromisso comigo.


S-S-Simon. - Luna Valente


Simon abriu o fecho do cadeado com um grampo e me tirou daquele beco e me deixou em minha casa


O que houve, amiga ? - Simon Alvárez


Simon, não me toca. Por favor - Luna Valente


Não me diga que... (Assenti) Quem fez isso,  quem foi o desgraçado que te desonrou, linda ? - Simón Alvarez


Eu não sei, eu não vi nada - Luna Valente


Eu não tinha vido nada, realmente. Não me lembro de nada, estava tão nervosa.


Luna, não. - Simón Alvarez


Eu não  presto, você não iria querer uma  garota desonrada como eu -  Luna Valente


Psiu! Você não sabe o que diz, obviamente que eu ainda te quero, Luna. Estou em choque - Simón Alvarezz


ME DEIXA, SIMON - Eu chorava muito - POR  FAVOR.


Tudo bem, eu... vou ver como está  a Dona Carolina sua mãe, fique bem. -  Simón Alvarez


POR QUE ? MEU DEUS, POR QUE ? Eu não consigo entender o que leva a um homem abusar  de uma pobre moça inocente e iingênua, EU NÃO MERECO ISSO, EU  NÃO MERECO. O Simon não  vai me querer, ele está apenas falando isso para me acalmar, mas eu sei que ele não quer casar com uma moça que já se entregou antes do casamento, ele é um rapaz direito, e eu também. Agora toda a minha corretividade foi pro brejo, graças á aquele homem. Por Que ? Por que ?

 


Dormi, enquanto pensava naquele homem e tentava me lembrar uma sequer palavra que ele havia falado, mas não conseguia, a dor era terrível.


MATTEO BALSANO


Assim que cheguei em minha casa, minha namorada Ambar me esperava em meu quarto


Até que enfim né meu amor  ? - Ambar Smith Benson


Cala a boca. - Matteo Balsano


Deitei ao seu lado e dormi, não queria fazer sexo, minha noite havia sido prazerosa o suficiente.


AMBAR SMITH BENSON


Matteo estava estranho, muito estranho. Eu já sabia, com certeza ele havia ficado com algumas garotas quela noite. Eu fazia o mesmo,  não me importa. Mantínhamos um relacionamento bem aberto.


SIMON ALVAREZ


Eu vou encontrar, eu vou encontrar esse desgraçado e quando eu o ver vou arrancar a cara dele. Ele desonrou a Luna, o amor da minha vida.


Continua...


Notas Finais


Matteo, rídiculo!
Até o prox. cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...