História Destinos diferentes, Corações iguais. (EM REVISÃO) - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias João Guilherme Ávila, Larissa Manoela, Originais
Personagens João Guilherme Ávila, Larissa Manoela
Exibições 182
Palavras 2.408
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Escolar, Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


MUITAS EMOÇÕES NESSE CAPÍTULO.

Boa leitura minhas lindas ♡

Capítulo 29 - Não precisa dizer nada..


Fanfic / Fanfiction Destinos diferentes, Corações iguais. (EM REVISÃO) - Capítulo 29 - Não precisa dizer nada..

                                          9 de Maio 

                               São Paulo 

                             GILBERTO ON 

  Desliguei o telefone, estava em meu escritório com meu amigo Miguel. 

Eu: Ela está lá, Miguel - disse furioso - 

Miguel: Mas como ? Ela não teria condições de entra naquela faculdade - perguntou sem entender - 

Eu: Ela é uma bolsista, e pior está junto com a Larissa, moram na mesma casa - bati na mesa de raiva - 

Miguel: Ela nunca descobriram nada, acalme - se, as chances disso acontecer são mínimas 

Eu: Larissa não é idiota, uma hora elas descubriram 

Miguel: Então pensaremos em algo

Me tranquilizou, elas não podem saber, Silvana me mataria se soubesse. Droga, preciso pensa em algo. 

Eu: Ja sei - peguei meu celular e disquei um número - 

Miguel: O que fará ? 

Eu: Você já vai saber - sorrir, no segundo toque a pessoa atendeu - Alô 

Xxx: Olá Gilberto, quanto tempo  

Eu: Preciso de mais um serviço seu 

Xxx: A seu dispor, querido

Eu: Quero que você vigie minha filha, e me mantenha informado de tudo

Xxx: A pirralha não ta na Inglaterra ? 

Eu: Sim!  

Xxx: Como faremos então ? 

Expliquei tudo a ela e Miguel ouvia atentamente meu plano. 

                                          LARI ON

Era 8h:20m, e acabei de sair de mais uma aula, começava a ficar puxado e meu foco era total. 

João: Corre Larissa - me puxou pelo braço assim que sair da sala e fui obrigada a corre até uma multidão de alunos - 

Eu: O que é isso ?? 

João: Vem - me puxou e foi passando pedindo licença e abrindo caminho pela multidão, e então chegou ao papel colado em uma espécie de quadro de madeira com outros recados - Aqui, a lista de pessoas para peças - falou finalmente - 

Eu: Veio ver se você passou ? - perguntei inocente - 

João: Não cabeça de vento, vim ver se Você passou - eu o olhei sem entender e depois ele caçou meu nome na lista - Aqui está: Larissa Manoela Taques de Elias Santo - respirou fundo - Teu nome é grande viu. 

Eu: Agora diga: Reprovada - disse confiante, a Katherine foi bem melhor que eu - 

João: Aprovada - disse, arregalei os olhos e fui confirma isso - 

Eu: Fui aprovada - disse em choque - Não acredito, eu fui aprovada - disse em pura felicidade - e você ? - olhei para o papel e no cargo de Romeu estava um tal de Christian, quem e esse ser - Desculpa, você tá como substituto - falei triste - 

João: Tudo bem - disse e sorriu fraco - Pelo menos você passou - disse e me abraçou, saimos daquele monte de gente e quando chegamos do lado de fora ele me abraçou novamente me girando no ar e então quando me pós no chão nossos rostos estavam próximos, ele foi se aproximando e quando fechei os olhos... - 

Lara e Matheus: PARABÉNS LARISSA - riram, eu e João os olhamos, com olhares mortais e eles apenas riram - 

Lara: Agora é sério, parabéns amiga, você merecia esse papel 

Matt: Verdade, essa peça vai ser um sucesso com você protagonizando 

Eu: Obrigada - sorrir - 

João: Eu também agradeço, qualquer dia desses eu atrapalho o foda de vocês - falou com uma voz nada boa -

Matt: Calma meu caro, foi só um beijo - ironizou -

João: huum rum sei 

Eles sairam e João sorriu pra mim, quando foi me beija novamente, mais um ser do além brota e nos atrapalha. 

Luiz: Licença - se meteu entre a gente, me tirando dos braços do João e me abraçando apertado e me suspendendo, deu um gritinho e rir - Parabéns amor, você merece muito 

Eu: Obrigada loirinho - disse feliz, João estava de cara fechada e de braços cruzados - Ele vai te mata - rir - 

Luiz: Vai nada, ele me ama - João ergueu as sobrancelhas como quem diz " Você ta brincando ne ?" - Ne Jojo ? 

João: Amo meu caralho - disse grosso - 

Luiz: Aii seu grosso, Larissa nunca mais te deu não foi ? - dei um tapa em seu braço - Aii, é alguma mentira, homem só fica assim quando ta sem sexo 

Eu: Verdade - tive que concorda - 

João: Vaza, antes que eu te enforque 

Luiz: Pago pra ver - riu, João me entregou a mochila e Luiz correu. João atrás dele, e eu rindo feito uma doida no meio do Jardim, quando vi os dois estavam caidos no chão, João o tinha derrubado e agora ambos riam enquanto João batia em Luiz, era uma brincadeira deles, se amam - 

Eu: Crianças - rir, logo João estava próximo a mim de novo - Pronto ?  

João: Agora ninguém nos atrapalha - me abraçou novamente, e quando foi me beija - 

Ayla: Larii para.... - João se revolto e deu ataque - 

João: Aaaah não, chega ne ?? Paro - disse e Ayla fez cara de desentendida - Chega deixa eu da um beijo nela por favor, a terceira pessoa já, acabou. Depois você fala com ela - a puxou a empurrando pra longe - Tchau 

Eu: O que foi isso ? 

João: Esses povo que me incomoda - me puxou e me aguarrou ali mesmo, me tirando um beijo de perde o fôlego - Aiii finalmente - disse depois que acabou e eu rir - 

Eu: Seu doido - o impurrei, depois trocamos um selinho e lhe entreguei sua mochila e depois cada um seguiu seu caminho - 

Ao chega em casa Ayla já veio me parabenizar e comenta sobre a "cena" do João, ela acabou contando tudo e fazendo Lara rir descontroladamente. Subi e tomei um banho GELADO, o calor estava muito hoje, vestir um short jeans de lavagem clara, e uma resgata branca folgada, com um tope branco da mesma cor. Calcei um sapato bege, fiz um rabo de cavalo folgado e um óculos de sol. 

Sair de casa e como não tinha mais aula fiquei sentada em baixo de uma árvore na área de lazer dos alunos, estava com fones de ouvido, estava nas nuvens.  

                       Algum tempo depois

Já estava quase na hora do almoço e eu continuava sentada em baixo da árvore, meus pensamentos chegaram em todos os cantos, sentir saudades dos meus pais, dos meus amigos, do Carlos, da Fabi, da Carla e do Jorge.  

Um menino, alto, pele clara, olhos azuis vibrantes, e cabelos loiros, um verdadeiro galã, se aproximou. 

Xxx: Olá, você é a Larissa Manoela, certo ? 

Eu: Sim e você é.. ??

Xxx: Christian 

Eu: Aaah, você e o Romeu na peça! - afirmei -

Chris: Isso - riu - 

Eu: Muito prazer Christian - disse me levantando e pegando em sua mão - 

Chris: O prazer é todo meu - sorriu e seu sorriso é lindo - 

Começamos uma ótima conversa e fomos andando até o refeitório da universidade, ao chega lá peguei uma pizza, um suco de uva e uma maçã, ele pegou também uma pizza e uma coca cola. Nos sentamos em uma mesa próxima e continuamos a conversa, até uma menina, morena, cabelos negros, olhos verdes, ela era baixinha porém tinha um belo corpo. 

Xxx: Chris por que não me chamou ? - falou manhosa - 

Chris: Desculpe, esqueci - ele disse e ela se sentou e me encarou com aquelas duas esferas verdes, ele percebeu e nos apresentou - Larissa essa é a Bianca, minha irmã, e Bianca essa é a Larissa, a menina que vai fazer a peça comigo 

Bianca: Olá, muito prazer - disse com seus dentes extremamente brancos, se eu tivesse esses dentes nunca pararia de sorrir - 

Eu: O prazer é meu - sorrir tbm - 

Terminei de comer e os deixe a sós. 

Nossa, como nunca os vi aqui na universidade, belezas assim não passam despercebido. - pensei - 

Fui para casa e passei a tarde com as meninas, a noite, eu e as meninas junto com os meninos saimos e fomos para área de lazer dos alunos. João com seu violão e a Ayla com uma cesta com água e algumas coisas de comer, eu e Luiz foramos um pano no chão, Lara e Matheus botaram uma luzes ao lado. 

                                          JOÃO ON 

Todos nos sentamos no pano e eu toquei algumas melodias, eles se balançavam conforme a melodia. 

Então olhei para o casal a minha direita, e para Larii a minha esquerda e ela olhava pro violão e sorria, Ayla estava perdida em pensamentos e Luiz a olhava.  

Eu: Vamos canta uma que todo mundo conhece ? - perguntei tirando todos de seus mundos - 

Lara: Claro, toca aii cunha - disse animada, sorrir e comecei a tocar. - 

Matheus: Deixa eu te falar do meu amor

Nesse momento

Vem sentar mais perto aqui de mim

Ayla: Quantas vezes a gente nem precisou falar nada

Pra gente se entender

Pouco a pouco, todo tempo que nós temos

É tão pouco tempo pra gente

Se namorar

Luiz: Se namorar (Lara: se namorar), se namorar (Lara: se namorar)

Se namorar ( Lara: se namorar), se namorar ( Lara: se namorar)

Se namorar ( Lara: se namorar), se namorar ( Lara: se namorar)

Se namorar ( Lara: se namorar), se namorar ( Lara: se namorar)

Larii: Deixa eu te falar do meu amor

Nesse momento

Vem sentar mais perto aqui de mim

Lara: Minha pele arrepia quando minha retina encontra a sua

Não posso negar

Pouco a pouco, todo tempo que nós temos

É tão pouco tempo pra gente

Se namorar

Matheus: Se namorar ( Ayla: se namorar), se namorar ( Ayla: se namorar)

Se namorar ( Ayla: se namorar), se namorar ( Ayla: se namorar)

Se namorar ( Ayla: se namorar), se namorar ( Ayla: se namorar)

Se namorar ( Ayla: se namorar), se namorar ( Ayla: se namorar)

Eu: Já contei todos os nossos beijos

Somam mais de mil e trezentos só nessa semana

Sei exatamente todo dia, cada hora

Quantos meses a gente se ama

Pouco a pouco, todo tempo que nós temos

É tão pouco tempo pra gente

Se namorar

Luiz: Se namorar ( Lara: se namorar), se namorar

Se namorar ( Lara: se namorar), se namorar

Se namorar ( Lara: se namorar), se namorar

Se namorar ( Lara: se namorar), ah ah 

Eu: Deixa eu te falar do meu amor

Nesse momento

Vem sentar mais perto aqui

Ao termina todos aplaudiram, e rimos entre nós. 

Eu: Larii você tem uma voz maravilhosa,  não sabia que cantava ou que sua voz era tão linda - falei sem me aguenta - 

Lara: Verdade, fiquei de boca aberta 

Larii: Aii, obrigada - sorriu envergonhada - Eu sou compositora e cantora secreta 

Matt: Sério ?  

Ayla: Canta um trecho da sua música pra gente 

Larii: Não sei se é uma boa idéia 

Eu: É ótima a idéia,  toma - a entreguei o violão - Sabe toca ne ? 

Larii: Claro 

Eu: Ótimo. 

Ela suspirou e olhou as cordas do violão antes de começar,  uma melodia fraca mas bonita, meio... triste. 

Larii: Desde quando te encontrei

Já não pude te esquecer

Foi bom sonhar com você

Eu queria te falar

Que é tão lindo acordar

Se eu sonhar com você


Com você também senti

Que alguma coisa aqui dentro

Começou a mudar em mim

Só você me faz pensar

Em amor, em amar


É tão puro e frágil o meu coração

Nem ao menos sei o que é paixão

Quero aprender com você

Quando eu sei que vou te encontrar

Imagino o que vem me falar

Pra namorar com você

Eu estava completamente sem ar, como pode ser tão perfeita,  essa menina tem tudo, é bonita,  canta bem, compõe bem, toca bem, e atua maravilhosamente bem. Ninguém é tão perfeito assim. 

Todos tinham aplaudido,  e eu continuava besta sem reação nenhuma. 

Larii: Não gostou ? - perguntou receosa -

Eu: Eu adorei - disse pasmo - Tem certeza que você não é um robo ? - todos riram - 

Larii: Tenho - riu fraco - 

Ayla: Com tantos talentos a pessoa até duvida 

Luiz: Verdade, mas é minha amiga, claro que ela teria talentos de sobra 

Eu: Vocês andam muito amiguinhos agora ne ? 

Matt: Ciúmes amigo ? - riiu - 

Eu: Não, claro que não 

Luiz: Então não fale nada, se você não é namorado, não te devo satisfação - todos me zuaram - 

Larii: Sem brigas, ne meninos ? 

Eu e Luiz: CLARO 

Nossa noite continuou, conversamos, beijamos,  uns seguraram vela, e comemos. Estava levando a Larii pra casa com o pessoal e quando chegou perto pedir para os outros irem e ela ficar a sós comigo.  

Larii: O que foi ? - perguntou sorridente - 

Eu: Sabe é que eu estou gostando muito de você,  e você é incrível - ela riu - Todos os momentos que já tivemos foram marcantes para mim, acho que já não te considero uma amiga, ou uma ficante. Larissa, eu te amo - ela ficou muda e seu rosto mudou de expressão - Desculpa se estou indo rápido demais,  eu não aguento mais ver você perdo de outros meninos, do Luiz, que me tira do sério,  eu a quero só pra mim, sou egoísta com isso. 

Larii: Eu não.... - a cortei - 

Eu: Não precisa dizer nada, sei que fui exagerado, e que você não deve querer mais que um simples ficar comigo,  eu não deveria fala nada disso - ela segurou minha mão - 

Larii: João, deixa eu termina, eu não sei o que te fala, mas eu tenho certeza de uma coisa 

Eu: O que ? - olhei em seus olhos que brilhavam junto com a luz da lua - 

Larii: Eu tenho certeza que te amo, e que você foi um dos poucos que me proporcionou momentos maravilhosos. Você é único.  

Fiquei contente em ouvir aquilo. 

Eu: Então acho que é o momento certo pra isso - me ajoelhei a sua frente e ela levou as mãos ao rosto - Larissa Manoela, você aceita namora comigo ? - tirei uma caixinha da bermuda e abrir a sua frente - 

Larii: Siiim, siim e siim eu aceito - pulou em mim e acabamos caidos na grama - Eu te amo João Guilherme - me beijou, tinha mais amor nesse beijo do que em simples gestos que faziamos um para o outro, depois que acabamos eu coloquei a aliança em seu dedo anelar e ela pos no meu,  entrelaçamos nossos dedos e a levei em casa, trocando um beijo na porta da mesma - 

Eu: Boa noite linda 

Larii: Boa noite amor - meu coração bateu mais forte, primeira vez que ela me chama de amor, me chama com eu realmente sendo seu amor, sendo seu namorado,  não me segurei e a beijei novamente e depois fui radiante para casa - 


Notas Finais


Músicas do capitulo: Se Namorar - Ivo Mozart & Com Você - Larissa Manoela..

E aii o que acharam ? Querem uma segunda Temporada ???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...