História Destinos escondidos - Capítulo 60


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Norminah
Exibições 610
Palavras 1.424
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi mores, voltei, espero que gostem!!

Capítulo 60 - Miami


 Pov Lauren

"Sejam bem-vindos a Miami." 

O piloto avisou e Lucy segurou minha mão.

- Estamos em casa laur. - Disse sorrindo e eu retribui.

Saímos do avião e assim que pisamos no aeroporto em si vi uma linda mulher, com cor de pele mais linda ainda e com um sorriso mais maravilhoso do que da última vez que vi ... era a mani.

Corri e pulei em seu colo a apertando com todas as forças que eu podia e sendo retribuída da mesma forma, ela ficou me rodando no ar até que dinah estragou.

- Também existo. - Desci do colo da mani, dei dedo a dinah e segurei no rosto de normani, ficamos nos olhando nos olhos e senti como se ela pudesse ler minha alma.

- Você está tão linda quanto antes minha mani. - Eu disse e ela abriu o sorriso mais lindo.

- Você também minha branquela. - Nos abraçamos novamente e depois a deixei para que ela e dinah se cumprimentassem com um beijo, elas são tão lindas.

Quando dinah a soltou lucy a abraçou e taylor agiu como eu, pulou no seu colo e se aconchegou ali.

No caminho para a casa da Dinah me perdi nos pensamentos olhando aquela cidade que eu senti tanto a falta, está tudo como antes só que com alguns prédios antes, e meus amigos? Como será que estão? E keana? Que saudade sinto dela.

Fui acordada por lucy me chamando.

- Para de dormir acordada, chegamos. - Ela disse e então reconheci minha outra casa.

Descemos e já fui recebida por os chaveiros agarrados na minha perna, Regina e seth, os irmãos da dinah. Os carreguei e ficamos brincando um pouco antes e depois entramos e fui cumprimentar tia hansen que eu morria de saudades.

- Lauren, você está uma linda mulher, menina. - Disse e me abraçou apertado fazendo o mesmo com lucy e tay.

Depois dos abraços, subimos para o quarto de dinah e sorri grande por estar ali novamente; me joguei na cama como de costume enquanto as meninas sentavam espalhadas pelo quarto.

- Folgada como sempre né branquela? - Dinah perguntou se deitando ao meu lado.

- Sempre! - Eu disse e a abracei ali mesmo. - Como está a preparação para amanhã? - Perguntei já que já estava escurecendo e a festa será amanhã de tarde.

- Tudo tranquilo. George vai trazer as bebidas com keana e vero, ally vai trazer comida, mila vai trazer besteiras, mani vai levar a barriga. - Disse e levou um tapa. - E eu vou arrumar tudo. - Ela disse e eu assenti, estou bem ansiosa para rever todos juntos. - A quanto tempo não fica bêbada laur? - Perguntou e dei risada.

- A um bom tempo. - Disse e ela me olhou com um sorriso sapeca.

- Amanhã então vamos matar a saudade. - Mani disse e comemoramos.

Ficamos aproveitando a tarde e matando as saudades de todas as formas possíveis e nesse meio tempo elas me atualizaram sobre tudo o que estava acontecendo por aqui.

- Ai, tomara que o namorado da camila não venha. Não vou muito com ele. - Dinah disse.

- Por quê? - Perguntei.

- Não sei, meu santo não bate com o dele mas a mila não sabe disso... aliás, só vocês sabem.

- Para de implicar com o garoto dih, ele não fez nada de errado ainda. - Mani disse e eu dei risada.

- Exatamente, ainda. 

Conversa vai, conversa vem, fomos dormir 2 horas e acordei 10:00. Como só eu tinha acordado fiz questão de dar parabéns a dinah como nos velhos tempos... desci e enchi um balde com água gelada, subi de volta ao quarto lentamente, acordei as meninas que ficaram apenas me encarando e despejei todo o líquido em cima de Dinah que pulou na mesma hora e acabou caindo da cama.

- FELIZ ANIVERSÁRIO! - Gritamos enquanto ela nos encarava assustada.

- LAUREN EU VOU TE MATAR! - Ela disse e me escondi atrás de mani que se acabava de rir. - QUE CARALHO, EU TÔ TODA MOLHADA. - Ela dizia enquanto eu dava risadas e me olhou com um sorriso de canto.

- Não dinah! NÃO - Eu gritei quando ela me abraçou encharcada.

- Obrigada laurenzo. - Disse dando risada e me entreguei a abraçando forte. 

Depois das brincadeiras e de ter limpado o quarto, fomos tomar banho e comer. Mas como dinah é uma caixinha de surpresas, ela convidou alguns amigos a mais em cima da hora o que resultou em termos que ir comprar mais bebidas e algumas comidas.

 

13:00

Estamos voltando do mercado com várias bebidas e assim que chegamos as meninas já estavam arrumando a área externa da casa: colocando algumas cadeiras, mesas e nossas bebidas com algumas besteiras enquanto ally não chegava.

Ficamos sentadas na beira da piscina quando vi ally entrar pelo pequeno portão que ligava a casa até ali e me levantei correndo para abraçá-la.

Assim que nos soltamos olhei para o lado e vi meu melhor amigo me encarando.

- Já me esqueceu? - George perguntou e eu pulei em seus braços que eu tanto sinto falta.

Ficamos conversando e já comendo algumas besteiras enquanto o pessoal começava a chegar e dinah ia os cumprimentar.
Por volta das 16:00 Keana e vero chegaram já que elas não tinham vindo com geo, ficamos grudadas por um bom tempo e até agora não nos afastamos. 

Estamos eu, keh, vero, tay, lucy, mani e ally sentadas numa mesa mais afastada bebendo e conversando já que o sol já sumiu enquanto outras pessoas estão dançando, bebendo e se divertindo com dinah.

- Cadê a mila? Será que não vêm? - Ally perguntou e eu também estava estranhando sua demora.

- Ela disse que chegaria umas 18:30. - Mani terminou de falar e Lucy que estava do meu lado apontou para o portão, todas olharam mas como eu estava olhando a paisagem não havia percebido até que keana me cutucou. Ela estava linda, um vestido preto até acima dos joelhos, os cabelos soltos e um salto bege mas ao seu lado estava um garoto bem bonito por sinal que deduzi ser o seu namorado.

- Droga, ele veio. - Disse dinah que se aproximou sem eu ver. - Vou lá falar com eles, vem comigo norma. - Ela pediu e mani foi abraçada com ela.

Me perdi olhando para camila, ela estava tão mulher... tão diferente. Enquanto ela conversava com dinah que  nem cumprimentou o garoto ao seu lado, rodou os olhos pela festa a procura de alguém pelo o que parecia e nossos olhares se bateram, se encontraram e se perderam.

Ficamos nos fitando um bom tempo, ela estava assustada, deduzi que dinah havia acabado de te contar que eu estou aqui... O menino me apresentado por auto como Christopher a puxou para a mesa de bebidas.

- Laur, ta tudo bem? - George perguntou. Eu suspirei.

- Vai ficar geo. - Eles voltaram a conversa para me fazer voltar a realidade já que viram que vê-la me afetou, e como afetou... uma mistura de sentimentos que nem eu sei descrever o que são.

Me levantei um tempo depois para pegar uma bebida e vi camila indo cumprimentar todo mundo da mesa, fiquei receosa em voltar pra lá mas dinah estava me encarando e chamando com a mão, não tive saída.

Fui lentamente, conversando com algumas pessoas que passavam por mim pelo caminho e cheguei neles que conversavam animados. Fui para o lado de keana e lucy e me recostei na meia grade, ora ou outra ela me olhava mas eu desviava e voltava a conversar com as meninas.

Passadas algumas horas resolvi ir ao banheiro, cheguei lá e tinha um casal bem na porta então fui ao banheiro do quarto de Dinah e quando saí que estava descendo as escadas acabei ouvindo:

- Me larga garoto! - Reconheci aquela voz e me aproximei.

- Não gatinha, eu sei que você quer, vem cá me da um beijo. - O garoto dizia e eu vi a cena que eu mais abomino entre diversas.

- Eu não vou ficar com você. - Camila dizia assustada enquanto o empurrava.

- Vai sim, eu vi você me olhar, você vai me beijar, mulher foi feita pra isso. - Ele disse e meu sangue ferveu ao ver ele indo para cima dela de novo enquanto a mesma tentava empurrá-lo e pelo o que conheço dos semblantes dela, estava prestes a chorar.

- Larga ela agora!


Notas Finais


E ai? O que acharam?? Por favor me digam!
Se cuidem e obrigada por tudo!
<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...