História Destinos Laçados (KakaSaku) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Kakashi Hatake, Sakura Haruno
Visualizações 32
Palavras 2.060
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ohayou minna!
bem vindos a mais um capitulo!
nesse capitulo terá hentai kakasaku hahahahaha
Boa Leitura!

Capítulo 2 - Delirio


Fanfic / Fanfiction Destinos Laçados (KakaSaku) - Capítulo 2 - Delirio

Não conseguia parar de admirar seu belo rosto, enquanto á levava para conhecer os príncipes e os seus parentes, Sakura não sabia oque fazer naquele momento, seus dedos estavam gelados e kakashi sentia sua sensação de nervosidade o fazendo soltar um sorriso de canto, percebendo isso Sakura decide disfarçar.

- Quantos anos tem, Sakura? - perguntou o grisalho repentinamente despertando Sakura de seus pensamentos.

- Vinte. - responde com sua voz doce e delicada que agradava Kakashi.

- Me chamo Hatake Kakashi, me desculpe por não ter me apresentado antes. - reclama com si mesmo o Hatake.

- Não precisa se desculpar. - responde com delicadeza.

kakashi e Sakura foram ate á sacada do palácio desistindo da ideia de apresenta-la para os seus amigos, á única coisa que ele queria agora era ficar sozinho com á sua nova escrava, sua beleza era incomparável com as que já viu, nunca tinha visto uma beleza maior que aquela, era mais que perfeita e seus olhos eram como á luz que iluminava seus pensamentos, seus cabelos longos e rosados dançanvam junto com o vento agressivo e acentuado, os olhos de Kakashi não paravam de encara-la com encanto e seus lábios que estavam cobertos pela mascara estavam abertos mesmo não dando para perceber, Sakura vira seu rosto para encara-lo.

- Poque usa essa máscara? - perguntou com curiosidade.

- Porque sim, eu sempre usei ela desde criança e nunca resolverei remove-la. - responde com sua voz abafada pela máscara.

- E porque sisma tanto em não remove-la? - pergunta novamente, Kakashi não se irritaria com suas perguntas, gostava de escutar sua voz doce e delicada.

- Flor, porque não mudamos de assunto? que tal falarmos de você? - perguntou Kakashi.

- Desde á minha adolescência eu morava sozinha, nunca soube sobre os meus pais e nunca conheci os meus familiares ou parente meu, eu morava com uma mulher que me criou desde quando eu era criança e de repente ela morreu, então dali em diante eu comecei á morar sozinha e viver uma vida solitária, os homens do vilarejo que eu morava ninguém me interessava, eram ambiciosos e só enxergavam á beleza e eu não o quis. - Kakashi ficou pasmo com o passado da Haruno, não imaginária que a mulher mais linda que já viu em toda a sua vida teria um passado tão triste.

Apos ouvir aquelas palavras que carregavam mágoas e sofrimento, não sabia oque falar.

- Eu sinto muito. - lamenta o grisalho.

- Não se lamente, você não tem culpa de nada. - Sakura abaixa sua cabeça resultando estar triste.

- Mais eu não quero que uma mulher tão linda fique triste. - Kakashi levanta seu queixo e acaricia seu rosto.

- Perdão, eu não irei mais decepcioná-lo...

- Shhh... - Kakashi coloca as mãos no lábios de Sakura e tira sua máscara lentamente, o grisalho não sabia oque estava fazendo e mesmo assim quis tirar á sua máscara, ela era á primeira mulher que poderá ver o rosto o rei.

Apos tirar sua máscara Sakura fica atônita e surpeendida, ele foi o homem mais bonito que já viu em toda sua vida e não havia porque negar, seus lábios se aproximam e suas respiração estavam arfadas, quando finalmente seus lábios se tocam em um estalo sensual, Kakashi aprofunda mais o beijo á puxando para si e a agarrando pela cintura, ele pede passagem e ela concede, os lábios de Sakura tinha aroma de cerejas e o grisalho se deliciava com esse sabor, os dois se afastam apenas por falta de ar.

- K-Kakashi-sama, eu preciso ir. - Sakura se desfaz do agarrado de Kakashi e decide sair dali, mais é impedida pois é puxada com delicadeza.

- Mais já? fique mais um pouco, você é minha escrava e não pode sair desse jeito. - reclama o Hatake trazendo-a para si.

- Perdão mais eu preciso dormir estou cansada, com licença. - Sakura sai dali o mais rápido possível tentando disfarçar á sua nervosidade.

Sakura passava pelos corredores com seus pensamentos bagunçados ela decide dormir, mais não consegui nem fechar seus olhos direito, uma mulher passa por si e para em sua frente.

- Sakura, não é? - uma mulher de cabelos roxeados e olhos caramelados pergunta o seu nome.

- Sim. - responde Sakura com insignificância.

- Me chamo Konan, sou a escrava do príncipe Naruto. - disse á roxeada com um tom de inveja. - tem sorte de ser escrava do rei Kakashi, quem não queria ter como dono um homem daquele?

- Eu não queria ser escrava, diferente de você que não se valoriza como mulher. - retroca Sakura

- E oque pensa em fazer? devia se reconsiderar oque é agora e não reclamar, acha que irá fugir e voltar á viver uma vida normal? não! - dizia a roxeada em tom de deboche.

- Qual é á noção de tudo isso?, porque quis saber meu nome e ainda mais me desvalorizar como mulher, cuide de sua vida que eu sei muito bem cuidar da minha! - Sakura sai dali dando passos firmes e apressados.

 

Kakashi sai da sacada repousando em seu trono e bebericando seu vinho em seu cálice, um de seus convidados se aproxima de si, aparentava ser um rei.

- Kakashi, oque achou da escrava que te prenteei? nunca vi uma mais bela. - seu Tio pega o cálice que estava na mesinha de vidro perto do trono, ele se serve com o vinho e o saboreia.

- Pela primeira vez me agradou, nunca sabia que eu seria presenteado assim. - agradece o rei colocando o cálice em cima da mesa de vidro.

- Sabia que não iria se decepcionar, quando o assunto é sobre escravas sua expressão muda rapidamente. - dizia seu Tio convecido.

- Hum.

 

"Seus cabelos estavam molhados de suor e seu corpo correspondia ao desespero, ela corria o mais rápido possível mais isso não adiantou de nenhum jeito, sua respiração irregular trazia desconforto á si e sua vista desfocada e embaçada pelas lagrimas, a escuridão a invadia como uma enxurrada de horrores fazendo seus gritos ecoares pelos cantos indecifráveis, estava sozinha e não havia ninguém para ajuda-la.

- Socorro! alguém me ajuda! SOCORRO! 

Sua vista embaçada á impedia de continuar e suas mãos não sentiam mais, estava sozinha e não havia ninguém para ajuda-la... ninguém."

Num impulso desesperado Sakura salta da cama com sua respiração ofegante, seus olhos estavam marejados e seus seu corpo estava suado.

Sua mente estava bagunçada e seus cabelos estavam grudados em sua testa resultando que o nervosismo á invadisse num impulso assustador,ela se levanta da cama e percebe que estava de com apenas um roupa intima, mais mesmo assim não aguentava ficar mais um minuto naquele quarto, o piso do palácio estava frio causando arrepios em seus corpo, uma sensação esquisita a invade e ao olhar para trás ela se depara com um homem que aparentava ser de outro reino, por nunca ser visto, ela á encara de cima a baixo e começava a admira-la.

- Oque uma mulher tão linda faz sozinha no palácio uma hora dessas? - perguntou com sarcasmo.

- Eu não consegui dormir então, eu decidi vim aqui relaxar um pouco. - responde no mesmo tom só que com sua voz doce.

- Você é á nova escrava do rei? Sakura, esse é o seu nome, me chamo Naruto. - se apresentou educadamente enquanto Sakura o encarou sem nenhum interesse.

- Sim eu sou...

- Sakura. - uma voz meio abafada ecoa sua mente  e ao olhar para trás do loiro ele vê o grisalho se aproximando mais de si - Venha comigo, com licença Naruto.

Naruto assentiu e Sakura seguiu o seu "dono".

Ao chegarem em um jardim que havia várias árvores com flores de cerejeiras Sakura se encantou com a beleza que elas possuía.

- São lindas. - elogia Sakura tocando em uma flor que ainda não havia brotado.

- Sim, são muito lindas, mais diante de toda essa beleza só existe uma mais bela, e essa é você. - Kakashi pega uma flor de "Sakura" e coloca ao lado de seu cabelo.

- Arigato. - agradece á Haruno corada.

- Como pode ser tão linda? - o grisalho retira sua máscara á rasgando desesperado, ela a agarra tomando seus lábios como se eles o pertececem á muito tempo, ela retribuí carinhosamente cedendo á passagem - Sakura, durma comigo hoje.

- K-Kakashi-sama, eu não estou preparada ainda...

- Eu imploro, já faz pouco tempo que nós nos conhecemos e você deve me servir, uma noite... - Kakashi beija o pescoço de Sakura fazendo soltar um leve gemido - É minha escrava.

- Com licença, Kakashi-sama! - Sakura empurra o grisalho e corre para o quarto que já tinha lhe preparado, ao adentrar no quarto ela tranca á porta rapidamente e se joga na cama - Oque é isso que eu estou sentindo?

 

Não adiantava ele correr atras dela, mais aquela sensação obsessiva falava mais alto que ele, parecia que ela encantou seus sentimentos , ele estava encantado por ela e por esse motivo sua mente estava confusa, como aquela mulher consegui bagunçar seus sentimentos de uma maneira tão absurda? como aquela mulher consegui encanta-lo sem ele ao menos perceber?

- Como aquela mulher pode mexer tanto com os meus sentimentos? - o rei andava de um lado para o outro com seus nervosismo aumentando cada vez mais - Eu não vou dormir desse jeito, eu preciso tê-la!

Kakashi corre pelos corredores ate á porta do quarto de Sakura, ele bate em um tomdesesperado.

- Sakura abre essa porta, agora! é minha escrava e deve me obedecer! - Apos alguns minutos batendo naquela porta e ordenando para que abrisse á porta, finalmente um barulho de fechadura surge, e ao perceber que Sakura estava apenas de roupa intima ele não espera mais e a empurra ate á cama, não esquecendo de fechar á porta para que ninguém os interrompa.

- Mais oque está fazen...

Kakashi começa á dar chupões no pescoço de Sakura a deixando nervosa, ela não conseguia se debater, o desejo crescia em si como fogo em lenha, ele rasgava sua roupa dando para mostrar seus seios grandes e encantadores, sem pensar duas vezes ele os abocanha fazendo levar a Haruno aos suspiros de prazer, enquanto ele saboreava seus seios ele rasgava o resto da roupa, ficando totalmente nua ela decide se proteger com o lençól mais ele impede, sua mão ate á sua intimidade que já estava molhado, ele enfia á mão massageando seu clitoris lentamente fazendo a rosada revirar os olhos de prazer, Kakashi começa á massagear mais rápido fazendo com que osgemidos de Sakura aumentasse mais e gozando em sua mão, ele leva seus dedos ate á boca e saboreia - é deliciosa. - Sakura se ajoelha diante de Kakashi retirando sua roupa definitivamente mostrando seu membro ereto e pulsante, Sakura o abocanha enquanto Kakashi se segurava para não gemer diante dela, mais era impossível, ele solta um gemido abafado - isso, continua! - pede entre os gemidos abafados, Kakashi coloca suas mãos nos cabelos de Sakura pedindo por mais, ela acelera os movimentos fazendo com oque um liquido enchesse sua boca, ela engoliu com satisfação enquanto Kakashi á pegou novamente e ficou por cima da mesma, ele coloca seu membro na entrada de Sakura e sua boceta estava molhada fazendo escorregar, era á primeira vez de da rosada e ele queria ser carinhoso, ele enfiou aos poucos sentindo algo apertado - é apertada - murmura enquanto enfiava seu membro, ate que ele consegue enfia por inteiro e toda a dor que Sakura sentiu foi se transformando em prazer, seu hímem foi rompido e á rosada entrelaça suas pernas na cintura de kakashi dando sinal para que continua-se, ele concedeu o seu pedido e começou á dar estocadas lentas - mais rápido! - pede Sakura entre os gemidos, ele aumenta as estocadas sem pensar duas vezes, os gemidos de Sakura o enlouquecia á dar estocadas mais fortes e foi isso que ele fez, Sakura sente um liquido quente á preencher por completo resultando que Kakashi gozou dentro de si, e depois de alguns minutos ela mesmo goza fazendo o membro de Kakashi sair lentamente, ele se deita ao seu lado e coloca sua cabeça  em seu pescoço para que eles dormissem.

- Boa noite rosada...


Notas Finais


Então oque acharam?
esse Kakashi é um caso serio einh! hahahaha

ATE O PRÓXIMO!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...