História Destinos Traçados


Escrita por: ~


Sinopse:
Heda Loresson é uma adolescente de 16 anos que mora com a mãe, vive trabalhando na loja de ervas e de seu jardim. Sua vida se resume a dedicar sua vida às plantas.
Érick Clark é um rapaz que vive dedicando seus dias a melhorar cada vez mais suas habilidades pessoais e, um dia, casar com a esposa perfeita.

O que o Destino pode fazer com duas vidas distintas?

Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Destinos Traçados, Érick Clark, Heda Loresson, Originais, Rina
Exibições 311
Comentários 39
Palavras 13.837
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction Destinos Traçados
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
O Encontro
4
70
1.774
 
2.
Um Reecontro?!
4
30
2.011
 
3.
O Florescer De Um Amor
2
28
1.435
 
4.
Segredos e Revelações?!
4
28
1.196
 
5.
Casos De Família
4
24
1.873
 
6.
Festival
5
24
1.670
 
7.
A Verdadeira Jóia
4
25
1.079
 
8.
Destinos Traçados
3
23
915
 
9.
Problemas Familiares
3
17
767
 
10.
Intrigas
4
21
599
 
11.
Promessas
2
21
518

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~Henti
Capítulo 11 - Promessas
Usuário: ~Henti
Usuário
Não sei se devo continuar tentado, mas vou mesmo assim, porque as esperanças sãos as últimas que morrem, sempre! Torcendo para Keila melhorar. Não sei o que realmente será de Heda sem sua querida mãe, que cada dia que se passa, mais incerta minhas previsões se tornam. Heda está cada vez mais dependente de Érick em sua vida. Hmm. Isso já esteve claro há capítulos. Mas gosto disso, é um dos casais mais fofos que já vi, claro, além de associar aos clássicos dos animes que adoro. Sobre a família Clark, que tipo de chantagem fizeram à Molly? Veremos o que o futuro lhes reserva, autora, me surpreenda.

Não sei Rina, mas parece que sua escrita também está influenciando em meus comentários, estão cada vez mais escassos, se suas ideias ainda não acabaram, as minhas já estão secando. Precisamos trocar esta fonte, hahaha. Até mais e boa escrita!
Postado por ~Orihime_kuchiki
Capítulo 11 - Promessas
Usuário: ~Orihime_kuchiki
Usuário
Uau, sou só eu, ou vcs também ficaram emocionados😭😭

Que LINDO😭😭😣😭😭
Não demora
Postado por ~Henti
Capítulo 10 - Intrigas
Usuário: ~Henti
Usuário
Oi Rina-chan!

Que horror o que aconteceu com Keila, já não basta estar doente, agora ficar praticamente em coma e observação médica? Seja forte, Heda. Pois sua mãe precisa de você mais do que nunca. Mesmo com todas as dores e dificuldade Érick sempre se mantém aliado à Heda, um rapaz admirável, mais uma vez. Sônia Clark?! Mas que...arrogante! Não deu uma primeira boa impressão - se foi essa sua intenção, autora. Não quero nem ver o pai dele, deve ser ainda pior... bendito burguês! (Estou julgando sem conhecer, legal minha falta de caráter...)

Fico por aqui. Capítulo pequeno, comentário mais ainda, hehe. Desculpa oportunista, que horror... E não se importe com capítulos entre 500~1500 palavras, porque cada capítulo tem que ter o tamanho que cada autora(o) julgar necessário! E, parabéns mais uma vez!
Postado por ~Henti
Capítulo 9 - Problemas Familiares
Usuário: ~Henti
Usuário
Acho incrível mesmo depois de tanto tempo de ''pré-namoro'' - no sentido de conhecendo - Heda ainda age como insegura diante de Érick contestando inúmeras vezes o seu verdadeiro amor. Menina, escute minhas palavras mais uma vez: ele te ama também e não há porque essa insegurança e questionamento porque todos temos a primeira vez em TUDO! Quando chegar a hora da verdade adorarei ver a atitude dela e sei que não será fácil encarar os pais de Érick, mas alguma coisa diz que Keila será espiritualmente uma peça necessária.
Molly é uma amor de pessoa. Uma garota refinada, que tem uma grande empatia por ambos. É bom ter alguém próximo da mesma idade quando precisamos. Pois os adultos às vezes são frios.
Keila precisa melhorar enquanto para no hospital. Ah, e adoraria saber mais ou menos como é sua aparência. Fiquei curioso agora, você teria alguma imagem que se espelhou, Rina? Se não tiver, tudo bem.
Finalzinho fechado com chave alívio cômica autora-sama, ahahaha!
Fico por aqui hoje! Até o próximo querida!
Postado por ~Henti
Capítulo 8 - Destinos Traçados
Usuário: ~Henti
Usuário
Olá Rina!

Dizem que gentileza gera gentileza, mas essa senhora foi um tanto antipática com sua atitude diante de Heda, tadinha, não merecia. Mas é ossos do ofício, paciência jovem padawan, não se sinta tão má por tão pouco.
Esse dialogo entre Heda e Keila sobre Amar ou não foi a parte mais interessante do capítulo porque é super interessante essa química que ocorre entre mãe e filha; nos permite conhecer mais sobre ambas, tanto no íntimo quanto o que não são de verdade. Adoro essa filosofia dos adultos mais experientes - quando são fontes confiáveis, é claro.
Já é de praxe o capítulo terminar assim, com um beijo entre eles, hehehe, seria estranho dizer justo agora que é previsível, mas em contrapartida acho tão bonito e sincero o amor, e essa tossida no final não foi coisa boa, não gosto de soar negativo. Coisas estão por vir. Aguenta coração.

Parabéns por continuar a história de forma tão simples e única!