História Destiny - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2PM
Personagens Chansung, Junho, Nichkhun, Taecyeon, Wooyoung
Tags 2pm, Kpop, Lemon, Musica, Romance, Yaoi
Visualizações 330
Palavras 2.114
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura, pessoal. ^_^

Capítulo 2 - Ciúme


*Telefone toca*

– Alô? – NichKhun atende o celular.

– Cara, vocês vão vir ou não? – Era Junsu

– Hãn? – Khun não lembrava que tinham marcado a reunião hoje.

– Quem é, Khun? – Perguntei, meio sonolento.

– É o Junsu, ele disse a gente ta atrasado pra reunião.

– Puta merda! Vou me trocar e a gente já sai.

– Eu ouvi bem? – Respondeu Junsu – Vocês dois estavam... dormindo juntos?

– Er... Bem...

– Cara, tu finalmente conseguiu, hein. Pensei que nunca ia falar! Tão namorando então?

– Acho que sim... Mas, tenho que desligar, ou quer que eu me atrase mais?

– Ta, ta... Depois tu me conta tudo.

Depois de me arrumar voltei pro quarto e vi NichKhun se levantando da cama. Estava tão lindo, só de cueca Box. Seu corpo era perfeito, bem malhado, um peitoral delicioso. Eu ainda não acredito que aquele corpo é só meu!

– Já está pronto? – Perguntou Nichkhun

– Estou sim. Apresse-se, Khun, você nem se vestiu ainda. – Posso até ter falado isso, mas na verdade eu não queria que ele se vestisse, era tão gostoso olhá-lo assim.

– Você quer mesmo que eu me vista? – Fez beiço. – Eu não queria que você se vestisse tão rápido...

– Não é que eu queira... Mas é que a gente já tinha combinado com o pessoal e pode ser alguma coisa importante...

– Tá bem! Mas... essa camisa não fica muito bem em você, sabe... Usa essa!

Ele pegou uma camisa qualquer do guarda-roupa dele colocou em cima da estante que estava do meu lado e começou a tirar a minha camiseta lentamente, aproveitando pra passar a mão em meu corpo.

– Khun... Não faz isso comigo... – Falei meio sem forças

Ele então me beijou docemente do meu pescoço até meus lábios.

– Tudo bem. Temos muito tempo pra nos divertir ainda – Piscou – Mas coloca a minha camisa, assim você não se esquece de mim – Sorriu

– Você e seus truques

Ri e vesti sua camisa. Ficou um pouco larga, mas ele tinha razão, com ela eu jamais esqueceria dele, pois seu cheiro estava impregnado nela.

Ele se vestiu e saímos.

***

Chegamos na casa de Junsu, estavam todos lá nos esperando para começar a reunião. No fim nós nos atrasamos 1 hora e todos nos olhavam com uma cara de malícia, imaginando o motivo do atraso. Junsu já deveria ter contado a novidade.

– O casalzinho finalmente chegou – Taec falou

– Vai começar... – Falou o Khun, após soltar um suspiro – Mas eles não vão acabar com o meu bom humor! – Ele piscou pra mim e me puxou pela mão até o sofá, pra que sentássemos juntos.

– Enfim, sobre o que é essa reunião? – Perguntei, antes que mais alguém aparecesse com alguma gracinha.

Junsu e Junho se olharam para decidir quem começaria a falar.

– Vocês já perceberam como nós estamos muito parados ultimamente, não é mesmo? – Começou Junho – E isso é muito ruim! Assim Junsu e eu decidimos que a partir de amanhã a gente vai ensaiar todo dia, sem falta!

Todos se olharam, confusos

– Eu entendo que a gente não tenha ensaiado e nem feito shows nessas ultimas semanas, mas todos os dias não é um tanto exagerado? – Perguntou Taec.

– Na verdade não – Continuou Junsu – Não é exatamente esse o motivo...

Olhei para NichKhun com uma cara de desentendido e ele deu de ombros.

Junsu e Junho completaram:

– A gente quis dizer que precisamos ensaiar porque nós vamos participar de um tipo de audição, para abrir o show da banda A.N.JELL! Ou seja, precisamos estar preparados para arrebentar, ouviram? Com isso ensaiaremos todos os dias, tirando nos fins de semana...

– Por que aos sábados vamos tocar em um novo bar aqui da cidade que é bem movimentado.

Nós todos ficamos boquiabertos. A.N.JELL era uma das bandas mais famosas da Coreia e, se a gente conseguisse esse show, a nossa carreira com certeza tinha tudo para decolar! Depois de processar a notícia todos se olharam e finalmente concordaram com a proposta, animados.

As coisas estavam realmente dando certo pra mim. Primeiro descobri que o homem que eu sempre amei também me ama e agora... isso? Se não é sorte eu não sei o que significa!

– Quando a gente começa com os ensaios, então? – Taec perguntou bem animado.

– Nós já vamos começar os ensaios amanhã, já que sábado já iremos começar a tocar no bar. – Respondeu Junho

– Que horas então?

– Eu e Junho pensamos que poderia ser às 19 horas, alguém contra?

Todos concordaram. Depois da reunião nós saímos para comer em uma lanchonete. Eu e Khun acabamos nem almoçando no final e eu estava morto de fome! Imagino que ele também...

***

Depois de comer, Khun me levou até em casa, de mãos dadas. Isso me deixava um pouco sem graça, mas eu fiquei feliz por ele não ter vergonha da nossa relação.

– Kh-Khun...

– Hm? – Ele me olhou, com uma cara de dúvida.

– É que... Ah! Deixa, não tem importância...

– Fale, Woo! – Ele apertou a minha mão com mais força – Você pode me falar qualquer coisa.

– Ah... É só uma dúvida minha... – Eu fiquei meio sem graça de perguntar isso, mas era realmente um pouco estranho – Se você é...era... sei lá... hetero! Como você pode... gostar de... mim?

Ele parou e olhou pra mim.

– Eu nunca fui hetero! – Sorriu

–Mas... Você vivia me pedindo dicas para se confessar para a garota que você gosta...va!? Você mesmo falava que era uma garota, e não um garoto...

– Woo... Na verdade essa garota era você! Como eu não tinha coragem de me confessar diretamente, eu... bem, falava indiretamente. Quando você me perguntava como ela era eu sempre descrevia você, mas você nunca percebia... Eu... Eu resolvi me confessar hoje, mas não sabia direito como fazer isso. Quando você se machucou, então eu acabei me aproveitando da situação...

– Aquilo me deixou muito sem graça – Emburrei-me, embora eu tivesse adorado.

– Me desculpe! Mas se eu não tivesse feito aquilo, não sei se eu teria conseguido...

–Tudo bem. Eu meio que... gostei também... – corei – Bem... Chegamos.

Me dirigi rapidamente para a portaria do meu apartamento, quando ele me segurou no pulso e me puxou pra perto.

– Já está querendo fugir de mim? – Fez biquinho – Eu pensei que você tivesse dito que me amava...

– Ah... não é isso – Eu ainda estava vermelho de vergonha e não queria que ele me visse assim.

– Oh! Você está vermelho! Isso é por minha causa? – Deu um sorriso largo, ele realmente adorou isso – Quer que eu... suba com você?

– Eu... – Fiquei ainda mais vermelho. Poxa, ele tinha mesmo que dizer essas coisas?

– Brincadeirinha – Piscou – Eu ia adorar mas tenho que terminar umas coisas pra amanhã. Mas da próxima vez, sim, eu vou!

– Quem disse que eu queria? – Emburrei-me. – Eu não falei nada. Agora com licença que eu tenho que subir... – Aquele... ARG, ainda fica brincando comigo!!

– E o meu beijo?

Ele me segurou e me puxou pra perto de novo, só que dessa vez ele apenas me beijou apaixonadamente. Acho que o beijo durou uns quatro minutos, mas pareciam horas. Khun beijava tão bem, o seu calor me deixava tão seguro, aquecido. Seu toque arrepiava meu corpo, fazia com que eu me sentisse no paraíso. Eu realmente queria que ele fosse meu para sempre!

Após nossos lábios se distanciarem lentamente nos encaramos por mais alguns segundos. Era como se nenhum dos dois acreditasse que aquele momento realmente era real. Era realmente difícil tirar meus olhos dele e voltar pra casa. Era difícil ter que me separar dele. Por que ele tinha que ir pra casa hoje? Por que ele não fica comigo? ARG.

– Acho que... é melhor eu ir. Se eu ficar mais tempo vai ser difícil de eu voltar pra casa depois... – Idiota, apenas fique! Pensei. – Eu realmente queria ficar com você hoje, Woo...

Suspirei.

–Ta bem... Eu entendo Khun – tentei sorrir

Ele riu

– Você é tão óbvio, Wooyoung! Sorrisos forçados não combinam com você.

– Idiota – Resmunguei

Ele me deu mais um beijo, que dessa vez foi mais curto, se despediu e foi embora. Eu fiquei olhando ele por mais um tempinho e então entrei em casa. Eu ainda precisava colocar o meu pensamento em ordem!

***

A semana passou sem muitas novidades, ensaiamos todos os dias, Khun veio aqui em casa na maior parte deles. Foi uma semana ótima e, hoje, é o nosso primeiro show no novo bar. Quando chegamos lá ele já estava cheio. Nós nos apresentamos para o dono do bar e fomos arrumar as coisas para o show.

– Nossa! Cara! Aquelas garotas tão te comendo com os olhos. – Comentei com o Taec, mas não era exagero.

Havia umas garotas em uma mesa com um olhar faminto sobre ele. Pudera, não posso negar que Taec tem um corpo invejável que deixa qualquer um louco. Ainda mais com a camiseta que ele estava usando, era branca e bem justa, o que marcava muito bem o seu abdômen definido.

– Ah! É verdade... Aquilo ta começando a me incomodar. Odeio pessoas assim, ainda mais mulheres! – Taec é gay e odiava quando alguém o olhava desse jeito. Ele se sentia como um pedaço de comida e não como uma pessoa.

– Quer que eu dê um toque nelas? – Sugeri

– Você vai dizer o que? Que eu sou gay? Deixa pra lá... Se elas continuarem eu mesmovou dar um jeito nisso.

– Ta bem então...

Tudo já estava pronto e começamos o show. Todos estavam animados e gostando da música, isso nos animou ainda mais.

Depois do show eu percebi que havia um cara em uma mesa que não tirava seus olhos de mim. Seu rosto era familiar. Ele era lindo, realmente muito lindo mesmo e eu não conseguia desviar o olhar dele também. Como eu poderia não reconhecer o dono de tanta beleza?

Nichkhun limpou a garganta, chamando a minha atenção. Ele estava com uma cara de brabo, me fitou e depois deu uma olhada para o outro cara.

– O que você está fazendo? – Falou irritado – Que merda, Woo! Eu tava falando contigo e tu só olhava praquele idiota!

– Ah... Desculpa, eu... só acho que o conheço de algum lugar.

– Ah, sim. Aquela velha desculpa. Vai usar isso pra falar com ele também?

– Para com isso Khun... Por que você está falando assim comigo? Não me conhece? Ou você está... com ciúmes?

– Porra, Woo! Claro que eu to com ciúmes! Aquele cara não tira os olhos de ti desde o show. Porra e tu ainda fica dando bola. Quer que eu faça o que?

Eu ri

– Você fica tão fofo quando está com ciúmes, Khun.

– Cala a boca! – Ele olhou pro cara de novo, ele estava vindo em nossa direção e, quando estava quase chegando na nossa mesa, Khun me puxou e me beijou. Aquele beijo foi diferente... Não era como os outros... Enquanto ele me beijava, ele encarava o outro cara, que ao assistir a cena desviou-se para o banheiro.

– Pronto! Agora ele já se deu conta que você tem dono!

– Nossa, Khun. To me sentindo um objeto agora! Affe... Que infantilidade.

– Você preferia o que? Que eu desse um soco na cara dele? Posso fazer isso agora se quiser!

Ele preparou para levantar, mas eu o segurei.

– Cala a boca, Khun! Tu não é mais criança pra agir assim.

– Então para tu de dar bola praquele idiota! Porra, se fosse eu que tivesse olhando pra outro cara enquanto estivesse contigo tu gostarias? Não! Merda! Então deixa eu proteger o que é meu!

Suspirei.

Na verdade ele estava certo, mas... de alguma forma eu não queria que aquele cara me visse beijando Khun. Não sei o por quê, eu apenas não queria.

***

Cheguei em casa e tomei um banho. Acabei vindo sozinho pois Junsu queria acertar algumas coisas com Nichkhun e eu estava cansado demais pra esperar.

Ainda me perguntava quem era aquele cara... Era realmente familiar... Mas quem...?

Resolvi esfriar a cabeça e tentar dormir. Quem sabe no dia seguinte eu lembraria, não é mesmo? Ou então esqueceria desse assunto, que era uma opção ainda melhor!

Mas foi aí então que eu tive aquele sonho novamente...


Notas Finais


Se gostou ou até se não gostou de algo deixe uma review. Assim vou saber no que melhorar. hihi
Beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...