História Destiny - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Demi Lovato, Fifth Harmony, Iggy Azalea, Jessie J, Justin Bieber, Kylie Jenner, Miley Cyrus, Nick Jonas, One Direction, Shawn Mendes, Wilmer Valderrama
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Iggy Azalea, Jessie J, Justin Bieber, Kylie Jenner, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Miley Cyrus, Niall Horan, Nick Jonas, Normani Hamilton, Personagens Originais, Shawn Mendes, Wilmer Valderrama
Tags Camren, Dilmer, Larry, Norminah, Vercy
Exibições 203
Palavras 1.932
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hallo anjos

Esse capítulo é onde começa tudo. Digamos que a Lo é bem corajosa mas ao mesmo tempo é medrosa kkk

Boa leitura!

Capítulo 9 - Kiss on the rain


Fanfic / Fanfiction Destiny - Capítulo 9 - Kiss on the rain

Pov Lauren

Quando olho para o lado vejo a latina toda molhada parada em frente à uma empresa de publicidade que eu julgo ser a empresa que ela trabalha. Eu buzino mas ela não escuta então resolvo ir lá pra saber o porque de ela estar aqui.

- ei, o que você está fazendo aqui? - eu perguntei assim que me aproximei dela

- Lauren? - ela disse confusa

- a própria - eu disse - agora me fala o que tá fazendo aqui toda molhada nesse frio?


- eh... meu carro quebrou, o mecânico só chega em duas horas e eu estou sem bateria - ela disse e levantou o celular

O sinal tinha aberto e os carros que estavam atrás do meu começaram a buzinar.

- vem eu te levo - eu disse

- não precisa eu vou esperar o mecânico - ela disse

- Camila para de ser teimosa e vem comigo, se você ficar aqui você vai ficar doente - eu disse olhando pra roupa dela - toma - eu disse tirando minha já jaqueta de couro

- não precisa eu vou ficar bem - ela disse e eu coloquei a jaqueta nos ombros dela

- claro que precisa - eu disse

- você vai ficar com frio e você precisa ir, só falta eles passarem por cima do seu carro - ela disse dando uma risada baixa enquanto apontava para os carros parados por causa do meu

- ninguém passa por cima do meu bebê - eu disse fingindo que estava brava e a latina riu o que me fez sorrir - vamos?

- eu já falei que vou esperar - ela disse. Pessoa mais teimosa que essa latina não existe

- você vai ficar doente, está muito frio - eu disse - vamos logo eu não vou te deixar aqui

- obrigado pela preocupação Lauren - ela disse, eu a olhei surpresa pela educação comigo e ela revirou os olhos - vai pra casa eu vou ficar bem

- eu vou ficar aqui então - eu disse

- para de ser teimosa, vai pra casa - ela disse me empurrando em direção ao carro mas eu nem me movi

- você é a rainha de teimosia aqui - eu disse e ela bufou

- vai logo pra casa - ela disse e eu neguei

- se você quer que eu vá você vai ter que ir comigo - eu disse

- porque? - ela perguntou

- ehh... porque... porque eu quero - eu disse

- que pena porque que eu não sou o tipo de pessoa que faz tudo o que você quer só porque você é uma cantora famosa - ela disse e eu revirei os olhos

- você é muito chata sabia? - eu perguntei e ela não disse nada - bom se você não vai por bem vai por mal mesmo - eu disse e coloquei ela sobre os meus ombros

- Lauren me solta - ela disse batendo nas minhas costas - eu posso te denunciar por sequestro - ela disse e eu ri

- acho que eles não vão acreditar quando você falar que a sequestradora te deixou na porta da sua casa - eu disse andando até o carro e ela continuava me batendo - dá pra parar de bater? Você está machucando as minhas costas

- me solta que eu paro - ela disse e eu abri a porta do passageiro

- pronto agora entra aí - eu disse colocando ela no chão

- eu não vou entrar - ela disse batendo o pé no chão

- VAMOS LOGO A GENTE NÃO TEM O DIA TODO PRA FICAR AQUI, SAI DA FRENTE - um homem gritou

- DESCULPE MINHA NAMORADA NÃO QUER ENTRAR NO CARRO - eu gritei e a latina me olhou incrédula

- EU NÃO SOU NAMORADA DELA - ela gritou

- EU NÃO QUERO SABER SE VOCÊS NAMORAM OU NÃO EU SÓ QUERO QUE VOCÊS TIREM ESSE CARRO DO CAMINHO - uma mulher gritou

- ME DÁ UM MINUTO - eu gritei - vai Camila entra no carro

- eu já disse não - ela disse

- a gente já está super molhada, você prefere ficar doente do que ir para casa? - eu perguntei - e eu já disse que não saio daqui sem você, eles vão matar a gente se esse carro não sair do caminho e eu sou muito jovem pra morrer, muita gente vai ficar triste com a minha morte e vai ser culpa sua, fora que você vai morrer também

- você se acha muito - ela disse

- porque? - eu perguntei

- muita gente vai ficar triste com a minha morte - ela disse me imitando

- eu estava falando da minha família e dos meus amigos - eu disse - claro que eu penso nos meus fãs também mas agora não vem ao caso quem vai sentir minha falta porque eu não vou morrer

- então já pode ir - ela disse

- então entra - eu disse e as buzinas começaram denovo

- não - ela disse e cruzou os braços em baixo dos seios

- eu faço o que você quiser se você entrar nesse carro - eu disse e ela entrou - aproveitadora - eu disse dei a volta no carro e entrei no mesmo


- FINALMENTE - alguém gritou

Liguei o carro e segui o caminho pra minha casa.

- porque você não queria me deixar lá? - ela perguntou baixo

- não sei - eu disse e ela olhou pra mim - é sério eu só queria que você viesse comigo mas não sei porque - olhei pra ela, ela é realmente muito linda e molhada ela só fica mais linda, imagina ela molhada sem... - oh latina perfeita - eu sussurrei

- que? - ela perguntou. O que eu tenho a perder se eu falar pra ela? Talvez meus dentes mas valhe a pena arriscar

- você é linda - eu disse e corei. Porque diabos eu corei? - desculpa é q-que e-eu estava olhando p-pra você e... esquece - porque eu estou gaguejando? que merda

- obrigado - ela disse e corou também - você também é linda - ela disse e virou o rosto em direção a janela

- obrigado - eu disse

O resto do caminho foi em silêncio absoluto o único barulho era o da chuva que ainda era forte. Parei o carro na frente da casa dela e só então ela se virou pra mim.

- obrigado pela carona - ela disse e abriu a porta do carro - até mais - ela disse, saiu e fechou a porta

- não acredito nisso - eu disse e sai do carro - CAMILA ESPERA AÍ - eu gritei por causa da chuva e ela parou, me olhou e eu fui até ela - me desculpa mas eu tenho que fazer isso - eu disse e não dei tempo de ela falar nada

Eu selei nossos lábios, coloquei meus braços envolta da cintura dela e a puxei pra mim fazendo nossos corpos se colidirem, ela tentava me empurrar mas acabou desistindo, era só um roçar de lábios mas eu logo pedi passagem com a língua e por incrível que pareça ela cedeu e começou a corresponder o beijo, as mãos dela foram para o meu pescoço e uma delas revezava entre arranhar minha nuca e puxar meu cabelo, separamos o beijo quando o ar começou a fazer falta e eu colei nossas testas, mas logo o contato foi desfeito por ela que logo se afastou e eu senti uma ardência do lado direito do meu rosto.

- NUNCA MAIS ME BEIJA - ela gritou e saiu andando pra dentro da casa

- droga Lauren - eu disse baixo pra mim mesma - pelo menos o tapa valeu a pena depois desse beijo - eu disse com a mão nos lábios. Voltei pro carro e entrei na garagem de casa ainda pensando no beijo da latina

- por que você está toda molhada e sem a jaqueta que você estava quando saiu daqui? - Mani disse assim que eu entrei em casa e eu me assustei

- porra Mani, assim você me mata - eu disse e ela riu - a DJ tá aí?

- não - ela disse - me responde o que eu te perguntei

- eu tive que dar uma carona pra uma pessoa e dei minha jaqueta pra ela porque ela estava mais molhada que eu - eu disse

- e posso saber quem é ela? - ela perguntou

- a latina esquentadinha - eu disse

- e o que você fez pra ela te dar um tapa? - ela perguntou e eu olhei confusa pra ela. Ela me puxou até um espelho e mostrou o lado do meu rosto que estava vermelho

- ehh... eu beijei ela - eu disse e ela me olhou surpresa - pelo menos depois disso o tapa valheu a pena

- vai tomar um banho e depois você desce aqui e me conta essa história direito - ela disse me empurrando em direção as escadas - eu vou fazer um chocolate quente pra você

Eu tomei um banho quente e depois de colocar uma roupa confortável eu desci e contei pra Mani o que aconteceu enquanto tomávamos chocolate quente.

- olha eu tenho uma dica e um aviso pra você - ela disse - a dica é que é bom você falar com ela

- ela não vai querer falar comigo - eu disse

- mas você vai ter que pelo menos tentar - ela disse séria - e o aviso é que se ela contou pras meninas é melhor você ir lá quando a DJ não estiver

- porque? - eu perguntei

- pelo que a DJ me falou ela é super protetora com a Mila e se ela souber que você beijou o "bebê" dela - ela disse fazendo aspas com os dedos - a força ela vai te matar

- mas a Camila correspondeu - eu disse

- mas pelo que você me disse no começo foi a força e na hora da Camila contar a DJ nem vai deixar ela terminar - ela disse e nós ouvimos um barulho de alguém espancando a porta

- eu vou pro meu quarto, não deixa ela chegar lá - eu disse me levantando

- e como você quer que eu faça isso? - ela perguntou

- sei lá acalma ela - eu disse e subi correndo

- você me paga Jauregay - ela disse e foi até a porta

Me tranquei no meu quarto e minutos depois tinha alguém batendo na porta.

- quem é? - perguntei com um pouco de medo

- Dinah - ela disse - abre a porta Lauren

- pra que? Eu não quero morrer - eu disse

- eu não vou te matar, abre logo essa porta - ela disse

- cadê a Mani? - perguntei

- palmito abre a porta ela não vai te matar - Mani disse

- traidora - eu disse assim que abri a porta

- eu só quero saber o porque - Dinah disse

- porque se beija uma pessoa Jane? - eu perguntei e ela me fuzilou com o olhar - tá, sei lá deu vontade, eu fui lá e beijei ela - eu disse como se fosse óbvio - mas não vem não que apesar do tapa ela correspondeu o beijo

- se eu fosse você não ia falar com ela agora, dá um tempo pra ela - ela disse e eu assenti - eu já vou indo, dessa vez eu deixei passar mas se você beijar ela a força denovo eu te mato Jauregui - ela disse e eu engoli a seco - Tchau Manibear - ela disse e deu um selinho na minha amiga - tchau leite em pó

A Mani desceu junto com ela pra leva-la até a porta e eu fechei a porta do meu quarto novamente, me joguei na cama e fiquei pensando na latina.

Notas Finais


Nada a comentar kkk
O que acham que a Camz vai fazer quando a Lo for falar com ela?

Kisses, Bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...