História Destiny??? - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Lesbicas, Orange, Romance
Exibições 15
Palavras 1.109
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Orange, Romance e Novela, Suspense, Visual Novel, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Cadelinha masoquista


Fanfic / Fanfiction Destiny??? - Capítulo 3 - Cadelinha masoquista

 POV Mykaela

 

Quinto tempo, aula chatíssima do professor de química, Sergio, gordo bigode horrível aff... pior que sempre pego ele olhando pros meus peitos de um jeito safado, ele é de longe o pior professor desse ano, nem pra ser um bofe lindo... compensaria pela matéria chata. Me deito no braço da cadeira e fico olhando pra Bianca, ao olhar pra boca dela me lembro do evento do ano passado, eu tava fazendo cosplay de Kaneki com uma plaquinha anunciando selinho por 1 real, a máscara dele foi perfeita pra fazer essa brincadeira, só não esperava receber um selinho dela, mesmo ela não sabendo que era eu, desde aquele dia não esqueço esse selinho.

Do nada meu celular começa a vibrar com as notificações do YouTube, me fazendo dar um pequeno pulo da cadeira, era de um vídeo do canal do Lucas, o “Baka Power”, dou uma olhada no titulo do vídeo, “Dormammur, eu vim Barganhar!!! As frases de 2016”.... quando penso em assistir o professor olha pra mim, me faço de sonsa e volto a deitar fingindo prestar atenção, entro no face e vejo o Lucas online, não resisto e mexo com ele.

_Lucas, eu vim barganhar... arruma meu note, ele tá com um probleminha :)

_Sai dai... toda vez que você diz que e só um probleminha eu sempre tenho que desmontar ele, dessa vez não. =P

_Ai não seja mauT_T

_Ok vamos barganhar, eu conserto mas você vai te que ser minha modelo no cosplay que to fabricando topa??

_Ai... cadê as amizades hein?... Mas qual cosplay é??

_É de um filme, mas só falarei isso é pegar ou largar...

_Só porque to precisando, fechado.

_Blz, traz ele depois da aula que dou uma olha....

Fecho a conversa e volto a prestar atenção no final da aula, torcendo para o sinal tocar e essa tortura acabar.

 

 

POV Bianca

 

Aula chata a do professor Sergio, porém por pior que seja ainda prefiro que o sinal não toque, ninguém merece ter que ir trabalhar depois da aula no Burguer Queen. Tenho que pegar 5 busão pra ir pra lá SQN. De todos os lugares, pra quê fazer uma lanchonete do outro lado da rua de uma escola? O sinal toca e vejo todos saindo quando Myka vem e me dá um abraço, comigo ainda sentada.

_Já vai trabalhar, senhorita calça quadrada...???

_Já, senhorita sem noção – dou um leve soco no braço dela pela palhaçada da piada – Vai comer por lá?

_Mais tarde, vou em casa pegar meu note e levar pro Lucas arrumar, aquele traíra nem pra repetir um ano pra gente estudar junto.

_Ele até demorou pra se formar, contando o fato dele ser tão esperto.

_Verdade, me pergunto como alguém tímido como ele pode ter tantos inscritos no canal dele??

_O que uma mascara não faz My, bem to indo, bye maluca.

_Sayonara, Chapinha.

Me seguro pra não dar mais um soco na Myka e sigo meu caminho passando pelo grupinho da Bruna que tava falando com a garota nova, acelero o passo, passo por eles indo pro portão da escola, respiro fundo, atravesso a rua e entro no Burguer Queen e o seu famoso hambúrguer de Siri ou só queen burguer mesmo, se até o rei demônio trabalhou no Wac Donald por que uma mortal não poderia? Lá vamos nós colocar o uniforme...

 

POV Rafaela

 

Saindo da aula acabo encontrando novamente o Edu e a Bruna, que acabam me parando e me chamando pra comer alguma coisa, mas pelos olhares da Bruna pra cima de mim o que ela queria comer não seria servido em um menu, acabo aceitando e nos encaminhamos pra lanchonete em frente da escola, que conveniente um lanche num lugar com tantos jovens, ao entrar sentamos numa mesa perto da janela, Edu de um lado eu e Bruna do outro logo uma garota veio nos atender.

_O que vão querer? - perguntou a garota que nos atende, e logo a reconheço sendo a garota que derrubei o caderno, ela até que é bonitinha.

_Queremos 3 Hambúrgueres e 3 cocas e 3 fritas, anda logo Bob Esponja – Falou o Edu tirando sarro dela.

_E não esqueça o molho secreto do Siri Cascudo – Completou Bruna, não falo nada, simplesmente dou um sorriso amarelo enquanto ela volta pra cozinha.

Edu e Bruna conversam tirando sarro da garota enquanto Bruna passa o braço pelo meus ombros mexendo em meus cabelos, dou corda acariciando suas coxas enquanto a garota nos traz a comida, Edu ao pegar os pedidos, de propósito derruba seu copo de refrigerante.

_QUAL É BOB ESPONJA? Sujando o chão assim, vai pegar o pano e vem limpar e me traz outra coca, ANDA SUA LESADA!

_Foi Você que derrubou, vou limpar mas não vai ganhar coca de graça.

_COMO É SUA IDIOTA? NÃO ME FERRA! O CLIENTE TEM SEMPRE RAZÃO! OU VOCÊ QUER QUE EU CHAME O GERENTE?

_Chama ate o papa se quiser o Mané.

_COMO É SUA VADIA? – quando Edu se levanta me canso de escutar, pego meu copo de coca e dou pra ele parar com aquele circo todo.

_Até animais são mais educados que você, pode ficar com minha coca, to indo fui – saio dando uma piscada pra garota, deixando eles ali, quando vejo o gerente indo em direção a mesa junto com 2 garotos, já do lado de fora só ouço Edu gritar.

 

POV Bruna

 

Vejo Edu sendo levado pra fora quase que carregado pelo gerente que era o dobro do tamanho dele, saio rindo da cena não imaginei que iria ver o Edu numa situação assim já na rua me despeço dele que vai soltando fogo pela boca pra casa dele, parece que nem sempre o cliente tem razão...

Saio comendo minhas fritas, caminhando pra escola novamente, sabendo que todos já haviam saído e me dirijo a sala da diretora Carmem, da minha bolsa tiro um controle e do lado de fora da sala dela aperto o botão ligar, mesmo de fora escuto o gemido dela, sinal de que meu brinquedinho estava no lugar certo.

_Nada mal... Vejo que minha cadela cumpriu bem a ordem que lhe passei essa manhã – Puxo seu queixo com uma das mãos dando um beijo molhado na boca dela – Como se diz depois de uma recompensa dessas hein cadela?

_Obrigada mestra.

_Tire sua roupa ajoelha e vem me chupar como eu lhe ensinei – Enquanto ela se despia me sento em sua cadeira e mexo em seu computador procurando informação sobre Rafaela, a garota me interessou, sinto que meu harém de putas irá ganhar carne nova, sorrio com a ideia e gemo com a língua quente e molhada da diretora massageando meu clitóris...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...