História Destiny??? - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Lesbicas, Orange, Romance
Visualizações 18
Palavras 1.101
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Orange, Romance e Novela, Suspense, Visual Novel, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Myka é uma fofa


Fanfic / Fanfiction Destiny??? - Capítulo 4 - Myka é uma fofa

 POV Bianca

Chego em casa exausta, ao passar pela sala tenho que me desviar das latas de cerveja, no sofá da sala, meu pai roncava ainda com uma garrafa de vodka em uma das mãos, sua boca aberta exalava puro álcool, na TV estava passando um desses programas de auditório que passam nos canais abertos, havia louça suja pela sala, mas eu estava cansada demais pra lavar.

Subo as escadas, a cliente do meu irmão mais velho não era nada silenciosa.

_GEME MAIS BAIXO!_ Grito pra eles dando dois socos na porta, o que é inútil, já que a gritaria continuou.

No quarto ao lado, pude ver meu irmão mais novo tentando estudar, pergunto se ele havia comido, já sabendo a resposta, entrego uma sacola com um hambúrguer e uma coca, que ele aceita e logo devora.

Passo para o meu quarto, tranco a porta e ponho os fones de ouvido no máximo, “lar doce lar”, me pergunto como tudo ficou tão diferente depois da morte da minha mãe, meu pai é mecânico, agora dificilmente abre a oficina, e com o que ganha só quer saber de se embebedar, meu irmão mais velho largou a escola antes de terminar o ensino médio e agora vive se vendendo pra manter o vício das drogas, às vezes, ele ajuda a colocar comida pra dentro de casa, eu tenho um emprego de merda pra me manter e manter meu irmão de 13 anos, já que meu pai esqueceu que tem filhos.

O som de Fuck perfect é interrompido por uma chamada de Mykaela.

_Dorme comigo hoje? _ Ela diz mesmo antes de eu dizer alô.

_Mas que proposta suspeita rs _Brinco com ela.

_Na verdade é uma proposta irrecusável, te concedo esse privilégio rs.

_Eu adoraria...mas estou tão cansada pra ir...

_Olha pela porra da janela Bob Esponja...

 

Mykaela sorria pra mim, ela veio na moto do pai dela, uma Kawasaki Ninja, a menina se acha, mas é gostosa mesmo, Myka é loira de olhos azuis, tem um corpo perfeito, sempre me senti o patinho feio do lado dela, nos conhecemos desde sempre, uma amizade improvável entre a menina rica e a bolsista, ela sempre me protegeu das zoações e nunca me tratou diferente, porque ela é assim.

_E aí? Vai ficar só me admirando? _ Ela ri e me oferece um capacete, eu me troco e em pouco tempo estamos indo para a casa do Lucas, ela precisava buscar o notebook dela.

 

 

 

POV Mykaela

 

É estranho pensar tanto assim na melhor amiga? É estranho acelerar acima do permitido só pra ela me abraçar mais apertado? Pois é isso que estou fazendo agora, provavelmente ela vá me matar depois. Desacelero quando vejo o letreiro nada discreto da ALL GEEK, loja do amigo Lucas que vendia várias coisas nerds, acessórios pra cosplay e prestava assistência técnica consertando notebooks e celulares.

_Fala minhas deusas! _Lucas estava com sua típica camisa preta de alguma banda obscura e jeans surrado, ele até que é bem gatinho, moreno alto, a gente quase teve um rolo, mas foi na época em que dei o selinho na Bianca e algo mexeu comigo. Na verdade ele repetiu uma vez de propósito, não queria se formar, mas nunca comentou o porque de repetir seu último ano.

_E então meu amigo mais lindo do mundo, consertou o meu not?

_Sim, mas amanhã você não me escapa, passa aqui depois da escola.

_Humm... Acho que perdi alguma coisa aqui. _Bianca zoa e automaticamente sinto a necessidade de me explicar.

_Eu só vou ser modelo para um cosplay, nada demais... _ Lucas me lança um olhar revelando que percebeu tudo e ri. Conversamos mais um pouco e vamos pra minha casa, cabeça perdida em pensamentos.

POV Bianca

 

Estou deitada na cama da Mykaela, não consigo me concentrar na conversa, porque não paro de pensar na Rafaela, de como ela foi legal comigo na lanchonete mais cedo, estou pensando em contar pra ela sobre aquela noite de sábado, de que fui eu quem salvou ela do assalto e como eu fui parar na delegacia por isso. Não sei porque, mas me incomoda bastante ver ela com a Bruna.

_Bianca? _ Me deparo com Mykaela, um pouco perto demais.

_O-oquê? _ Esquece...É só que você parecia um pouco perdida.

_Nao é nada, só besteira do trabalho, e você o que tanto mexe nesse notebook?

_Baixando um video pornô pra gente ver _Por um momento faço uma cara de boba mas com a risada dela jogo um travesseiro na cara dela _ Ah é assim é? Prepare-se.

Começamos uma mini guerra de travesseiro que passou pra uma lutinha que terminou com a gente abraçada uma do lado da outra na cama, rindo como bobas quando escutamos o som do final do donwload, Myka tinha baixado Warcraft – O primeiro contato de dois mundos, eu tava super afim de ver esse filme, é bem legal a gente curtir as mesmas coisas, é como se ela sempre lê-se minha mente. Myka vai na cozinha pegar pipoca e nos sentamos debaixo do cobertor, juntinhas assistindo o filme, no final olho pra Myka que estava deitada na minhas coxas, ela me dá um sorriso com língua, nunca tinha reparado mas a Myka é uma fofa, ela me puxa pra cama onde acabamos dormindo abraçadas, a última coisa que me lembro é do cheiro agradável do shampoo que ela usa.

 

POV Bruna

 

Deixo a cadela da Diretora Carmen no chão, descabelada com a bunda vermelha com as marcas da minha mão nela, saio da escola com um sorriso sádico no rosto, demonstrando minha alegria de ter uma serva obediente, pois, a partir de amanhã mudarei oficialmente de turma, vou pra sala da Rafaela, essa garota vai ser minha de qualquer jeito.

Na manhã seguinte acordo com disposição total, levanto e olho pela janela um sol lindo brilhando, na cama a empregada da casa nua dormindo com um sorriso no rosto, acordo ela e mando sair já daqui, imagina se meus pais flagram uma cena dessas. Tomo banho e me arrumo pro colégio, chego na escola, dou uma passadinha na sala da diretora pegar a confirmação de mudança de turma, ao entrar na sala toda a turma me olha surpresa, inclusive Rafaela.

_Bem, a partir de hoje estarei nessa turma, conto com a ajuda de todos.

Depois de uma breve apresentação vou me sentar do lado da Rafa que me recebe com um sorriso perfeito daquela boca carnuda.

_Por que mudou de turma?

_Não sei, a Diretora achou melhor me transferir, vai entender né– falo com um ar de dúvida, mas com um sorriso por dentro.  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...