História Destiny - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Personagens Originais
Visualizações 52
Palavras 3.150
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


As outras imagens que não estão com nome é na balada.
Boa leitura ❤

Capítulo 10 - 10


Fanfic / Fanfiction Destiny - Capítulo 10 - 10

1 semana depois 

Já havia passado 1 semana, bem hoje eu e Justin vamos para o Japão, ele me convenceu tanto que eu acabei aceitando, já falei com Emma, ela queria ir mas expliquei que ela não podia, enfim eu já estava a caminho da casa de Justin, eu fui no meu carro.

Ao chegar na casa dele estacionei meu carro e desci do mesmo, abri o porta malas e peguei a minha mala, fui caminhando até a porta da casa dele, o seu motorista pegou minha mala e colocou dentro do carro, eu bati na porta e o mesmo me mandou entrar, eu obedeci e ao entrar vi uma mulher e um homem.

Mia!- Justin diz vindo na minha direção.

Oi Justin-eu falo 

Que bom que chegou, esse daqui é meu empresário Scooter Braun- ele diz e eu comprimento ele.- É essa aqui é  a mulher da minha vida, minha mãe Pattie- ele diz 

Eu dei um abraço nela, ela é tão doce e simpática.

Vocês dois estão juntos ?- ela pergunta.

Não, Pattie somos apenas amigos- eu digo 

Ah- ela diz 

Vamos Mia?- Justin pergunta

Sim- eu respondo.

Me despedi de Scooter e Pattie e entrei no carro que nos esperava, fomos para o aeroporto, charmoso no mesmo e fomos em direção a nave Bieber, adentramos no mesmo e eu sentei na poltrona da janela. A viagem iria ser longa.

9 horas de viagem.

Passamos 9 horas nas nuvens, eu e Justin brincamos no avião, quando o avião pousou em território japonês, eu respirei aliviada, não aguentava mais ficar voando, descemos do mesmo, e entramos em outro carro que nos esperava, nossa como é rápido.

Paramos em um hotel, entramos no mesmo, Justin pediu uma suíte grande, eu olhei para ele e pensei " Porque não pediu dois quarto ?" Enfim, entramos na enorme suíte tinha dois quartos, ainda bem, eu coloquei minha mala ao lado da cama do meu quarto e me joguei na mesma.

O que você tá fazendo ?- Justin pergunta

Relaxando- Eu respondo

Ele sorri, nossa já está escurecendo aqui, eu iria enlouquecer no fuso horário em dois dias.

Olha daqui a pouco nós vamos para o estádio-ele diz

Já? - eu pergunto 

Sim , sabe que horas já são?- ele pergunta 

Eu balanço a cabeça negando.

Sete e vinte da noite- ele diz 

Eu arregalei os olhos e disse.

Uau- eu digo 

Bem então é melhor eu ir me arrumar logo, abri minha mala e peguei um vestido preto (capa)  ele é tão lindo, na parte da barriga tem um tule transparente com uma fita preta no meio, tem um decotão , peguei um salto preto, e disse a Bieber que iria tomar banho.

Ao sair do banho fui trocar de roupa, vesti minhas roupas íntimas e em seguida o vestido, calcei meu salto e fui ajeitar o cabelo, deixei ele solto, fiz uma make leve, passei hidratante e em seguida meu perfume, fui para a sala, Justin já estava pronto, ele estava tão lindo, tão cheiroso, PARA MIA.

Vamos? - ele perguntou. 

Sim- eu respondo.

Adentramos no carro e fomos para o estádio.

Olha  você fica na área que você quiser- Justin diz.

Tá -eu respondo

Descemos do carro e entramos no Bkstg, Justin me apresentou para seus dançarinos, e quando eu vi a mulher ruiva da música No Pressure eu surtei, seu nome é Aubree.

Cara eu virei sua fã- eu digo a ela 

Ela sorriu e me abraçou, tirei algumas fotos com o team Bieber, em seguida fui para o camarim de Justin. Sentei numa cadeira que tinha, e ele estava trocando a camisa, ele tirou a mesma na minha frente, eu estava com o celular na mão postando a foto, olhei para ele por cima do celular e mordi meu lábio, tirei meus pensamentos sujos da cabeça  e continuei  no meu Instagram, ele vestiu um short amarelo com o nome Tuor em cima e em baixo Bieber, e um moletom da nova Merch, ele foi se preparar com a equipe, eu assisti todo o show do palco, ele não entrou com aquela  caixa de vidro, enfim.

o show estava bom, numa música Life is Worth Living alguns fãs levantaram rosas, eu achei tão lindo,  em The Feeling,Justin resolveu seduzir as fãs, ele colocou a mão em seu peitoral e fio descendo até seu membro, e apertou o mesmo, as meninas gritavam e eu fiquei de boquiaberta, nossa Bieber, me lembrei que hoje estava fazendo 1 mês que eu e Justin tínhamos nos conhecido.

o show acabou umas 9 horas, ele se despediu colocar sorry, e em seguida foi para o camarim, eu fui até ele.

Hoje a gente tá fazendo 1 mês de amizade- ele diz

Sim- eu digo 

Olha, eu costumo fazer um pós show, isso significa Balada, tá afim ?-ele pergunta

Vamos comemorar- eu digo e ele da um sorriso 

Ele trocou a camisa, e fomos para balada.

Chegando na mesma, Justin foi para o local onde o Dj fica, nós ficamos no espaço, Estava lá com a gente Martin Garix ele é tão fofo. Tinha já umas meninas de olho no Justin, não sei porque  mas me deu ciúme, peguei um copo e Martin colocou tequila dentro do mesmo, eu não queria ficar totalmente bêbada,. Descemos para a pista, bem uns 10 seguranças fizeram uma roda grande e ficamos nela, por que iria ser um tumulto, tocava músicas do Justin, e depois começou às músicas agitadas, Justin dançava e eu também, já havíamos tomado duas garrafas de tequila, ele e Martin estavam olhando para uma dançarina da boate, eles apontavam para ela e vi Martin apontar para Justin e o mesmo fez " OH MEU DEUS " eu estava curiosa e com ciumes, porque ? Dei um goleiro na minha tequila e Justin saiu e foi pegar a garota, Martin ficou comigo.

Martin, olha eu vou aqui no banheiro- eu digo em seu ouvido 

Tá de boa, ei cuidado- ele diz 

Eu assento com a cabeça e saio da roda, entro no banheiro e começo a me olhar no espelho, ajeitei meu decote e o cabelo e voltei, quando voltei Justin já estava lá, começou a tocar várias músicas um Remix, Justin veio em minha direção e disse.

Você tá bem ?- ele pergunta 

Sim- eu respondo

Mentira- ele diz

Sério- eu digo 

Prova- ele diz

Ele entrega seu copo cheio em minha direção mas eu recuso e pego a garrafa, viro a mesma na boca, aí desceu queimando, escorreu pela lateral da minha boca e caiu em meus seios, eu tirei a mesma da boca e Martin estava olhando para mim impressionado, eu limpei a lateral da mina boca, e olhei para Justin, que o mesmo estava olhando para mim com os olhos espremidos.

Viu que eu tô bem - eu digo ele sorri

Uma garota estava indo em direção a Justin, eu fiz uma cara feia para ela e a mesma deu meia volta, tocou um funk brasileiro, e todo mundo estava " O QUE É ISSO ?" eu já sabia, pois já tinha visto uns vídeos de garotas brasileiras dançando, eu me aproximei dos meninos.

Eu já ouvi falar, isso é funk brasileiro- eu digo

Eles continuam sem entender

Eu comecei a fazer o quadradinho, e a requebrar minha cintura. Olhei para Justin e o chamei para dançar, eu quero provoca-lo, não  sei por que, não estou bêbada.

Olha fica parado aqui e só olha eu dançar,pega na minha cintura e segue-eu digo 

Ele assente a cabeça, eu comecei a rebolar lentamente, quebrei o meu quadril, logo depois fiz o quadradinho , em seguida eu encostei meu corpo em Justin e fui descendo, desci até o chão, ao subir senti a ereção do Justin, dei um sorriso e continuei a dançar, ao terminar a dança eu olhei pra ele, que estava impressionado , eu acho. Martin olhava para Justin.

Mia eu também não sei dançar funk brasileiro- Martin fala e eu sorri.

Justin abaixou o fogo depois da dança, ele não foi mais atrás de garotas, e ele não parava de me olhar, começou Work, eu adoro essa música.

Eu resolvi e desci até o chão, uma dançarina me chamou para subir, para dançar com elas, eu quero me divertir, um cara me ajudou a subir, todos estavam olhando para mim, eu descia até o chão, e rebolava meu enorme bumbum, eu me virei para Justin e Martin que estavam olhando para mim, eu peguei o copo de Justin e comecei a seduzi-lo bebia a tequila com sensualidade, dei um sorrisinho, virei para o público de novo e fiz aquele passo da Rihanna, que ela rebola a bunda, só que minha bunda estava virada para o lado de Justin. Quando a música acabou todos gritaram, eu desci para onde estava, Justin me olhava com desejo.

Toma aqui seu copo- eu digo entregando para Justin.

Ele apenas pegou o mesmo da minha mão, eu não estava bêbada, não mesmo não sei porque estava agindo daquela maneira com Justin, ele quer me fazer acreditar no amor novamente e acho que está conseguindo. Mia o que é que deu em você?  Meu Deus estou surtando, será que estou me apaixonando por Justin Bieber?  Eu bebi o último gole do meu copo, e voltei a dançar, eu cheguei em Justin e o abracei.

Mia tá tudo bem ?-ele pergunta

Sim-eu respondo 

O que foi então? - ele pergunta novamente.

Eu gosto de você Justin muito- eu digo

Você tá bêbada? - ela pergunta

Não-_ eu respondo

Ele me olha e da um sorriso, e me abraça novamente. Ficamos ali até as duas e meia da manhã, saímos da boate e fomos para o hotel.

Chegando lá eu entrei no meu quarto e Justin foi para o dele, eu fiquei pensando em Justin o tempo todo, mas em seguida dormi.

Ontem tinha sido o último show da turnê dele, eu acordei tomei um banho e vesti uma camisola de seda curta, fui até a porta do quarto de Justin, escutei o barulho do chuveiro ser desligado, eu bati na porta e o mesmo mandou entrar, eu entrei e fechei a porta.

Bom dia- eu digo 

Bom dia Mia_ ele diz

Eu se sento na cama dele e o mesmo sai do banheiro apenas de cueca, eu fechei os olhos e respirei fundo.

Você pode vesti uma roupa- eu digo

Você que está no meu quarto-_ ele diz

Eu bufei, ele se senta do meu lado e pega seu celular.

Estou falando com uma garota, ela estava na balada ontem- ele diz

Problema é seu- eu digo 

O que eu disse

Como assim?- ele pergunta

Não sei_ eu respondo.

Eu deixo uma lágrima escorrer, o que tá acontecendo comigo ?

Você tá bem Mia?_ ele pergunta

Não, Justin não  estou - eu digo e lágrimas descem.

Por que não?- ele pergunta confuso.

Porque eu estou com saudade da Emma- eu digo

Ah,calma nós vamos embora hoje - ele diz e me abraça.

Não era isso que eu queria dizer.

Okay,- eu digo e Justin da um beijo em minha cabeça.

Vamos almoçar - ele diz.

Ele se levanta e fica de frente para mim, apenas de cueca, eu dei um sorriso e me levantei, fui trocar de roupa, vesti um Short curto de cintura alta, um cropped apertado e uma blusa de manga comprida em cima do cropped aberta , calcei um tênis da Adidas, e peguei meu celular.

Fui para sala e Justin estava logo atrás de mim, fomos para um restaurante japonês. Comemos e nós estávamos passeando, quando eu toco no braço de Justin e paro.

O que foi menina ?- ele pergunta

Eu esqueci-_ eu digo

De que ?- ele pergunta.

Droga- eu digo 

Mia o que foi ?- ele pergunta.

Justin eu esqueci que daqui a dois dias é o aniversário da Emma, que dia é hoje ?-_ eu pergunto 

Hoje é quinta- ele diz.

Droga, assim que eu chegar tenho que ir no shopping comprar algo para ela- eu digo 

Como você esquece o aniversário da sua irmã- ele diz 

Eu tô com você- eu digo 

Por que eu falei isso ?acho que Justin não entendeu, ainda bem, ele parou em um parque, onde tinha fãs, ele sentou na grama e elas em seguida, que cena linda, eles conversavam normal e muito calmas.

Ela é sua namorada Justin? - uma fã pergunta 

Não, apenas minha amiga- ele diz 

Vocês faria um lindo casal-_ a mesma diz 

Eu fiquei vermelha na hora, ele olhou para mim e eu fiz o mesmo.

Eu vi as fotos e vídeos de vocês na balada- outra fã diz eu já estava parecendo um pimentão.

Mia você tá bem ?-Justin pergunta 

Sim, porque ?_ eu pergunto 

Você tá mais vermelha que um pimentão- ele diz e as fãs riem.

Justin olhou a hora e se levantou.

Bom pessoal tenho que ir agora- ele diz e elas ficam tristes. Tchau amo vocês- ele completa elas sorriem.

Nossa isso foi lindo- eu digo 

Eu amo minhas fãs_ ele diz.

Eu sorri.

....

Canadá, Toronto.

Chegamos em Toronto, respirei aliviada ao pisar em solo canadense, eu e Justin fomos para o shopping, entramos numa loja de brinquedos, Emma ama as princesas da Disney, a sua preferida é a Ariel, ela tem várias bonecas da Disney que eu me lembre para completar a coleção,ela precisa da Aurora, Bela , Elsa e a Jasmine, Justin estava comigo, eu peguei a Bela, é tão fofa, as bonecas são grandes não são tipo barbie,  Justin disse que ia levar a Aurora.

Eu paguei a minha boneca e Justin a dele, embrulhamos com um papel de unicórnio, e fomos andando.

Vamos tomar um sorvete- Justin diz 

Eu nem respondi e o mesmo foi me puxando, eu pedi um de chocolate e Justin também, em seguida fomos para casa, quer dizer eu para a minha e ele para a dele.

Cheguei em casa e Emma pula nos meus braços, Emily faz o mesmo. Eu beijo as duas e entrego o presente de Emma.

Mia entrega esse convite para o Justin, por favor- ela diz me entregando a caixinha.

Entrego sim Emma- eu digo.

Vou falar com minha mãe, dou um abraço na mesma, que me  chama para conversar, eu a chamo para meu quarto, fecho a porta e sento na cama.

Filha seu pai ligou- ela diz 

Eu arregalei os olhos.

Como assim?- eu pergunto 

Ele disse que quer que você seja independente, que seja feliz, então ele te deixou isso aqui.- ela diz.

Ele veio aqui?- eu pergunto 

Não, mandou um rapaz te entregar - ela diz me entregando uma carta.

Eu não abro a mesma ali, quero abriria depois.

Okay,  obrigada- eu digo 

Mas então Emma me mostrou suas fotos com Justin, vocês estão bem íntimos não? - ela pergunta 

Ele é meu melhor amigo agora mãe- eu digo 

E aquela moça, Inie? - ela pergunta.

Esqueci de ligar para ela hoje, droga peguei meu celular e liguei, bem ela disse que estava indo normal e que não tinha advogado, bem é claro que eu vou falar com Frédéric, eu desliguei e voltei a conversar com minha mãe, eu precisava desabafar com alguém.

Eu e ele nos beijamos mãe- eu digo 

Então vocês estão juntos? - ela pergunta 

Não eu falei que era melhor deixar na amizade- eu digo 

Mas você acha que fez a coisa certa ?- ela pergunta 

Não mãe, depois do beijo eu não consigo mais tirar ele da cabeça, eu gosto dele como um irmão, mas acho esse sentimento está mudando- eu digo 

Fale a verdade para ele Mia, antes que seja tarde de mais - ela diz.

Eu sei mãe, mas tenho medo de estragar toda a nossa amizade_- eu digo 

Se ele gosta de você nada vai fazer estragar a amizade de vocês- ela diz 

Tudo bem mãe, obrigada.- eu respondo e dou um abraço nela.

Nós saímos do quarto e fomos jantar, eu estava curiosa para saber o que meu pai havia deixado para mim, sentei na mesa ao lado Emma, e minha mãe colocou o bacalhau na mesa, eu dei um sorriso e coloquei um pedaço no meu prato.

Mia, Justin vai vim hoje aqui?- Emma pergunta 

Provavelmente não Emma, ele está cansado da viagem- eu digo 

Quando eu digo isso uma pessoa bate na porta, eu vou até a mesma e vejo que era Justin.

Emma, é  para você- eu digo.

A loirinha corre até a porta e se joga nos braços de Justin, ele pega a mesma no colo e da um forte abraço, ele entra em casa e me dá um abraço.

Oh Oi Justin, quer jantar?- minha mãe pergunta.

Não, obrigado senhora Benson- ele diz.

Eu já tinha terminado de comer, disse a Justin que iria tomar um banho.

Eu subi para meu quarto e entrei no banheiro.

Ao sair vesti um short moletom curto, e uma blusa com a bandeira do Canadá, desci as escadas e fui até Justin, ele estava no jardim com Emma. Eu fui até lá e sentei na cadeira e fiquei observando eles, Justin é tão carinhoso. Minha mãe aparece na porta.

Emma querida, deixe sua irmã conversar com o Justin, venha vamos arrumar mais coisas do seu aniversário, Emma se despede de Justin e entra com minha mãe, eu chamo ele para um lugar que eu amo ficar, ele fica perto da piscina, só que lá trás. Eu estava com a carta que meu pai deixou para mim, eu e ele nos sentamos na grama .

Meu pai deixou algo para mim- eu digo 

E o que é? - ele pergunta 

Não sei, vamos abrir ?- eu pergunto 

Vamos- ele diz 

Eu pego a carta e abro, tinha uma chave e estava escrito o seguinte

Olá minha amada filha, gostaria de te entregar esta carta pessoalmente mas não posso, aí tem uma chave de uma casa que eu mandei fazer aí em Toronto, ela já está pronta e é sua, aí segue o endereço.

Rua  Spadina Avenue 

N° 567

Esse é meu outro presente para você filha, está na sua conta.

Com todo amor seu Pai.

Eu chorei e olhei para Justin.

Justin! Eu tenho minha própria casa- eu digo e me jogo em cima de Justin.

Literalmente eu estava deitada Emma cima dele, nós ficamos sérios e eu olhei nos seus olhos caramelados, tentei beija-lo, mas consegui me conter, eu tenho que falar a verdade.

Desculpa- eu digo.

Vejo as luzes da casa se  apagar.

Acho que já vão dormir- eu digo 

Você também vai ?- ele pergunta.

Não-eu respondo.

Justin desculpa,por ter dançado daquela maneira com você tá- eu digo envergonhada.

Tudo bem, eu até gostei- ele diz e eu dou um tapa em seu ombro.

Mia, você gosta de mim? - ele pergunta 

Olha aí Mia a grande oportunidade de falar o que você realmente sente.

Claro_ eu respondo 

Que bom- ele diz 

Mas e você, você gosta de mim?- eu pergunto 

Não- ele diz sério meu coração pulou.- eu te adoro,te amo- ele completa.

Também te amo Bieber- eu digo olhando para ele. 

É muito bom você ter outra irmã para conversar, a Jazmyn é muito pequena- ele diz.

Aquela palavra irmã, puts.

Quantos anos ela tem? _ eu pergunto 

9- ele diz.

Ele se deita na grama e eu fico olhando para ele como uma criança olha para um pedaço de doce.

Ficamos ali conversando bastante. Mas chegou a hora dele ir, acompanhei ele até a saída e quando ele ia embora, eu o abracei forte ele dei um beijo na sua bochecha, esperei o carro dele ir embora e entrei em casa, me deitei na cama e dormi.







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...