História Destiny 》Niall Horan 《 - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Fanfiction, Hot, Niall Horan, One Direction, Romance, Selena Gomez, Sexo
Exibições 114
Palavras 2.106
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HEEEY! DESCULPEM A DEMORA, DESTINERS!!!! AMO VOCÊS E FIZ UM CAPÍTULO GIGANTE!


Espero que gostem!


Ps: Desculpem os erros, acabei de escrever o capítulo e ainda não revisei.

Capítulo 4 - 04: Reencontro.


Fanfic / Fanfiction Destiny 》Niall Horan 《 - Capítulo 4 - 04: Reencontro.

~ 15 dias depois ~

- Terceira Pessoa -

Estava tudo pronto, todos os mínimos detalhes ajustados e um plano B, caso o A não desse certo.

A casa fora vendida em um leilão, um homem rico a comprou por 12 mil libras com a intenção de derrubá-la e construir algum novo estabelecimento no terreno.
As irmãs Brooke já se encontravam mais consoladas com a morte da mãe,  porém, a dor nunca deixará de ser sentida por aquelas duas garotas.

Elas já haviam pego o avião para Dublin e acabavam de desembarcar do trem para Mullingar, onde Niall morava junto de sua mãe.

- O banheiro feminino, por favor. - Diana questionou uma senhora com o uniforme de segurança.

- Segue a linha azul até o final e, chegando lá, você vai ver a placa indicando os toalhetes. - Disse séria, nunca olhando para o rosto da morena mais baixa.

- Obrigada! - Agradeceu, virando-se para sua irmã - Vamos?

- Tem certeza que o Niall vai nos encontrar no banheiro feminino? - Perguntou, um pouco receosa pelo local de encontro. Diana assentiu, não percebendo a insegurança da outra - Esse garoto sempre foi estranho. - Sussurrou para si mesma.

Malu estava nervosa. Ela encontraria Zayn hoje, sabia que não seria fácil voltar a ter toda a intimidade que tinham quando crianças, porém não deixaria de tentar.

As duas garotas andaram por exatos 15 minutos, arrastando suas malas de rodinhas e seguindo a risca azul que havia no chão, até que finalmente encontraram a grande placa indicativa.

Nada de Niall em frente ao banheiro.

- Cadê ele? - Malu olhou envolta, olhos atentos na multidão de pessoas que circulavam pelo local.

- Eu não s... - Diana foi interrompida por um grito.

- Diana!? - A voz rouca, muito conhecida por ela, chamou e a morena se virou instintivamente.

- Niall! - Exclamou, deixando um grande sorriso se formar aos poucos em seu rosto coberto por pintinhas claras.

Lá estava ele, no meio de todos aqueles outros corpos em movimento, cerca de cinco metros de distância de Diana.

- Não vai me cumprimentar? - Perguntou com um sorriso de lado, o coração acelerado do rapaz e o suor das mãos entregavam o quão nervoso ele estava.

Numa fração de segundos Diana correu até Niall, os longos cabelos negros pulando em suas costas e a mala abandonada ao lado da irmã mais velha. Lágrimas escapavam de seus olhos, um misto de saudade, felicidade e nervosismo queimava seu peito e acelerava seus batimentos cardíacos.

Os corpos se chocaram com força, braços enrolados no pescoço do rapaz, apertando-o como se não houvesse amanhã. Os longos braços de Horan circularam a cintura de Brooke, pressionando-a contra si.
Seus corações batiam juntos, numa sintonia só. As lágrimas um do outro molhavam suas camisetas, mas eles pareciam não ligar para nada (Nem para as pessoas que assistiam a cena curiosos com a história do "casal").

Por mais que o loiro tivera prometido pra si mesmo que não choraria, ele estava o fazendo.

- Babe... - Horan sussurrou ao ouvido da garota, arrepiando-a - Como eu senti sua falta. - Declarou, afrouxando o abraço para olhá-la nos olhos.

- Eu nem acredito que você está mesmo aqui... - Falou baixo, olhando-o nos olhos.

- Estás tão... Linda. - Murmurou,  apertando-a contra si.

As bochechas gordas da menina cobertas por sardas tomou um tom avermelhado, deixando-a violentamente corada. Era incrível como Diana conseguia ser timida perto de Horan.

- Eu ainda estou aqui! - Malu anunciou mal humorada quando se aproximava de sua irmã e o rapaz loiro - Vamos para o carro? - Questionou, empurrando a mala preta de rodinhas para perto da outra.

- Claro que sim! - Niall sorriu para a loira, se aproximando e pegando as malas de sua mão.

Diana olhou envolta procurando por um topete negro, mas não achou nada além de pessoas apressadas.

- Niall... - Chamou baixo, ainda confusa por não encontrar o rapaz de traços exóticos - O Zayn não veio? - Malu a olhou na hora em que o nome de seu melhor amigo foi citado.

Ambas encararam o rapaz de olhos cor de mar, esperando pacientemente por uma resposta. Quer dizer, Diana espera paciente, já Malu o fuzilava com seus olhos verdes.

- Sobre isso... - Disse sem graça, coçando a parte de trás do pescoço - Vamos para o carro. - Niall mudou de assunto, arrastando as malas rápidamente e não dando tempo para nenhum protesto da parte das garotas.

As duas se olharam, intrigados com o mistério de Horan. A mais nova deu de ombros, voltando a olhar para frente e saltitar animada ao lado do mais alto. Malu respirou fundo, sentindo-se incomodada pela saudade que apertava seu peito.

Finalmente saíram do terminal e chegaram ao carro, o clima frio e nublado dava uma aparência medonha às ruas de Mullingar. Tudo muito quieto na pequena cidade pacata, como de costume.

- Eu vou guardar as bagagens no porta malas, vocês podem ir entrando. - Avisou, sorrindo para as irmãs Brooke e dando a volta no automóvel.

- Okay... - Diana sorriu abertamente, esquecendo parcialmente a tristeza que a corroia pela morte da mãe.

- Eu só quero chegar l...-  Malu dizia enquanto abria a porta, mas foi interrompida por um grito animado e quase afeminado - ZAYN! - Berrou quando viu o moreno pular do carro.

- Surpresa! - Disse alto, o sorriso quase rasgando o rosto - Porra, você está gostosa! - Abraçou o pequeno corpo de Malu, a garota ria abafado no peito do maior.

E Diana? Bom, ela assistia a cena sorridente, feliz pelo mal humor da irmã ter evaporado assim que viu Zayn. Aquele rapaz moreno fazia bem à sua irmã mais velha.

- Ana! - Gritou quando, finalmente, reparou na outra - Que saudade! - A garota gargalhou quando foi puxada para um abraço desajeitado - Você não cresceu nada, anã.

- Cala a boca, Zack! - Socou o braço do pobre rapaz, que gemeu e fez uma careta como resposta.

- EI! Só eu posso chamar ele assim! - Malu protestou brincalhona, rindo e abraçando seu melhor amigo - Mais alguém vai sair desse carro ou a gente já pode entrar? - Brincou, fazendo os outros rirem.

Niall bateu a porta do porta malas e caminhou até Diana, sorrindo meigo para a morena.

...

- Amanhã o Louis, Harry, Liam e Rai vão vir aqui. - Niall disse - Então, vão dormir porque vamos acordar cedo.

Zayn, Malu e Diana assentiram. Malik dormiria na casa dos Horan's hoje, vocês sabem, para matar a saudade da mais velha irmã Brooke.

- Boa noite, tia Maura. - Diana beijou a bochecha da senhora, fazendo-a rir baixinho - Boa noite, tio Bob. - Sorriu para o homem, voltando a ficar ao lado de sua irmã.

- Boa noite, Mãe. Boa noite, Pai. - Niall disse, abraçando sua mãe e acenando para seu progenitor.

Zayn e Malu também se despediram, e os quatro subiram as escadas para os quartos. Antes que Diana pudesse entrar no quarto que dividira com sua irmã, foi interrompida.

- Ana... - A mais velha chamou - Podemos conversar?

- Claro, M. - Sorriu, se distanciando dos garotos junto da outra.

A loira estava nervosa, realmente nervosa. As bochechas vermelhas e as mãos sendo apertadas nervosamente, os pés balançando e o coração acelerado. Por que ela estava tão timida? 

- Você sabe que... - As palavras fugiram dos seus lábios, tornando o vermelho de seu rosto ainda mais forte - Você sabe que Zayn e eu não nos vemos pessoalmente há muito tempo, não sabe? - Começou, respirando fundo e fechando os olhos antes de continuar - Queremos um tempo à sós pra matar a saudade e, você sabe, amanhã nossos amigos vão vir aqui e não terá como ficarmos sozinhos... Será que... Você...

- Quer que eu saia do quarto pra vocês dormirem juntos? - Presumiu, interrompendo a mais velha - Tudo bem. Eu durmo com o Niall.

O sorriso de Malu rasgou suas bochechas, ela abraçou sua irmã caçula, agradecendo com um beijo na bochecha. A loira saltitou até Malik, abraçando-o de lado.

E enquanto Diana assistia Zayn abraço com Malu, conversando animadamente com Niall, sua ficha caiu. Essa noite ela dividiria a cama com seu melhor amigo.

- Estou fodida. - Murmurou para si mesma, se amaldiçoando por ter concordado com aquela loucura.

Diana Brooke.

- Certo. Uhn... Você quer que lado da cama? - Perguntou tímido, as bochechas coradas fortemente.

- O quê? Como assim? - Questionei, confusa. Por que isso importava?

- Ah, desculpe! Eu sou um babaca! Só estava tentando ser educado e...

- Esquerdo. - Interrompi, percebendo o quando nervoso ele estava.

Niall era tão adorável! Porra, que garoto fofo!

- Quê? - Franziu o cenho, me olhando como se eu fosse um alien de quatro cabeças.

Tão fofo e tão... lerdo!

- Quero o lado esquerdo da cama, Niall! - Ri, apertando suas bochechas e tentando fingir estar confiante.

Horan riu adorávelmente, ficando mais vermelho pelo constrangimento. Adorável! Os lábios dele estavam comprimidos numa linha perfeita, os olhos azuis mais claros do que nunca e os fios tingidos de loiro numa completa desordem. Droga, ele era tão... Fofo!

- Vou me trocar. - Avisei, pegando algum pijama de frio na mochila e caminhando até o banheiro do quarto.

Tranquei a porta e deixei as roupas sobre o vaso, fitando meu próprio reflexo no espelho.

Eu estava nervosa por dormir ao lado de Niall, mas feliz por poder estar tão próxima dele. Seria bom ficar em seus braços durante a noite, pelo menos era um consolo para os demônios que me atormentavam na escuridão.

- Vai ficar tudo bem! - Sussurrei, lavando o rosto e apoiando as mãos na pia - Só uma noite. Nada mais. - Repeti, como se fosse um mantra.

Por que eu estava nervosa? Era só o Niall ali! Não devia ficar assim.

Eu estava me olhando no espelho, observando cada mínimo detalhe do meu rosto.

- O que eu tenho de mais? - Pergunto para mim mesma.

Minhas bochechas estavam vermelhas e tinham grandes olheiras em baixo dos meus olhos, havia uma aparência cansada, como sempre.

Suspiro pesadamente e passo as mãos pelo rosto, subindo-as até o cabelo e prendendo-o em um coque amarrado pelos fios.

Três batidas na porta são ouvidas e meu peito gela.

- Morreu aí, foi? - A voz de Horan soa do outro lado.

Gargalho brevemente, negando e esquecendo meus pensamentos passados. Niall me faria esquecer tudo, eu tinha certeza.

- Um minuto! - Peço, começando a me vestir e fazer minha higiene às pressas.

Seguro a maçaneta dourada e gelada, girando-a com insegurança e ficando frente ao loiro.

- Err... Oi. - Sorrio.

Desvio de seu corpo, colocando a roupa no cesto ao lado da porta e caminhando lentamente até a cama. Me aconchego em baixo dos cobertores macios e quentes, era  extremamente confortável.

Inspiro fundo, sentindo o cheiro de Niall impregnado nos tecidos. Era delicioso o maravilhoso aroma amadeirado, doce e másculo, tudo ao mesmo tempo, numa sintonia incrível. Fecho os olhos e me encolho ainda mais na cama de casal, respirando o máximo que podia para me deliciar mais com o cheiro alucinante.

Porém, todos meus pensamentos foram interrompidos quando senti a cama afundar, indicando que Horan havia deitado. Meu coração acelerou instantaneamente.

- Boa noite, Dils. - Murmurou rouco, se aproximando de mim e me puxando para ele.

Oh... Droga!

Abri os olhos lentamente, vendo-o sorrir moleque enquanto me arrastava ainda mais para os seus braços.

- Não quero que passe frio, melhor amiga. - Disse num tom sapeca.

Senti meu sangue ferver nas minhas veias e se acumular no meu rosto, porra! Eu devia estar parecendo um pimentão!

Fechei os olhos mais uma vez, tentando me deixar alheia dos braços fortes de Niall ao meu redor, mas era quase impossível, era bom demais para ser esquecido!

- Você lembra... - A voz grossa de Horan soou sonolenta, me causando arrepios - Que eu te pedi em namoro? - Rio baixo de um jeito nostálgico, como se revivesse o momento em sua mente.

- Lembro. - Falei baixinho, temendo qual seria sua próxima frase.

- Eu realmente levei aquilo a sério. - Disse como se não fosse nada - Boa noite, Dils.

O que? Como assim? Porra! CARALHO! Niall, você não pode falar uma coisa dessas e depois fingir que não disse nada demais! Filho da mãe! Me explica isso direito!

Meu coração acelerou ainda mais, o que ele quis dizer com isso? Merda.


Notas Finais


HEEEEEYOOO!

De novo: me desculpem pela demora.

Gente, eu tô tão SJCJAICNAICNSJCNSKNCKSJX com esse capítulo. Entenderam? Kkkkkkk enfim, NIANA É MUITO ❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤🌈🌈 Zalu é muito fofo também!

O que acharam? Favoritem e COMENTEM BASTANTE pelo amor de larry! Capítulo que vem vai ser muito amrzinho também, posto semana que vem. RIMOU! KKKKK Desculpem, eu tenho problemas.

Ah, e eu demorei para atualizar porque fui viajar.

Vou atualizar Destiny uma vez por semana, todos os sábados. Felizes com a notícia??????? Kkkk

ANYWAY.... Espero que tenham gostado! Comentem bastante pela titia Margs (eu).

BEIJOOOOOOS NA BUNDA, all the love, Larry is real, amo vocês e até sábado!!!!! (não esse, o outro)

VOCÊS SÃO INCRÍVEIS, DESTINERS ♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡




- Margs.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...