História Destiny? No, this is reality - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias James Rodríguez
Personagens James Rodríguez
Tags Cristiano Ronaldo, Daniela Ospina, Felipe Augusto, Gareth Bale, Isco, Marcelo Vieira, Sergio Ramos
Exibições 24
Palavras 1.536
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Messy Head


Fanfic / Fanfiction Destiny? No, this is reality - Capítulo 16 - Messy Head

 Felipe Augusto P.o.v
 
Estava em uma cafeteria, tinha mentido sobre ir à casa do Isco,ele até me convidou, mas resolvi parar aqui para tomar um capuccino e pensar sobre o quão idiota eu sou por amar a Bia.
 Depois de uma hora lá,ouvi meu celular vibrar, Jade estava me ligando, sabia que não adiantava ignorar, atendi.

" Jade: Isco me disse que por acaso você não está na casa dele, o que está acontecendo ein? Não sei onde a Jade se meteu, Luíza disse que ela passou lá,mas saiu sem avisar pra onde.- Ela suspirou.- vocês brigaram?Seja lá o que for, é bom que os dois estejam no restaurante às oito, vocês sabem como o pai de vocês está animado pra isso, é importante pra ele. Esteja lá ok?- Ela desligou"
 Foi a conversa de telefone mais estranha da minha vida, eu não falei absolutamente nada, nem "alô".
 Levantei da cadeira, paguei a
 conta, já eram 18:40, resolvi ir para casa me arrumar.
 Parei o carro na porta de casa, orei para que não tivesse ninguém na sala, assim eu conseguiria ir direto para o meu quarto, parece que finalmente ouviram minhas preces, não tinha ninguém no meu caminho, fui direto para o meu quarto e entrei  no banho.
 
 Beatriz Lima P.o.v

 Luíza foi tranquila comigo, ela sabia que eu não estava a vontade para contar sobre o acontecido, era incrível, parecia que nós três,eu, Lu e Jade, somos amigas à anos.
 Depois que coloquei minhas roupas no quarto dela, disse que sairia,eu precisava resolver minhas coisas com o James, ou então ia parecer que eu não estava ligando, mas eu ESTAVA! Estava ligando MUITO.
 Peguei o carro da Lu emprestado, já que o meu estava com a Jade e fui para a casa do James.
 Parei o carro quando cheguei lá, desci e toquei a campainha, Dani me atendeu, a aparência dela era de cansada.
 Eu: Oi amiga.- Forcei um sorriso,segurando minhas lágrimas, ela me abraçou forte.- Como a Salo tá!?- Me soltei dela secando os olhos.
 Dani: Ela tá melhor, a febre baixou, já comeu um lanchinho, tá descansando lá encima com o James agora.- Ela me puxou para dentro.- Sobe lá, vocês têm muito o que conversar.- Respirei fundo, escutei um latido e logo Dylan,o lindo cachorro do James, pulou em mim.
 Eu: Oi amigão!- Acaricei o pelo dele.
 Dani: O Dylan e a Salo te amam!- Sorri- Para de enrolar e sobe!- Respirei fundo e subi as escadas, em direção ao quarto da Salomé.
 Bati fraco na porta, eu estava nervosa.
 James: Entra!- Ouvi ele dizer de dentro do quarto.- Ela não quer dormir Dani!- James estava de costas para porta, sentado na cama e olhando a Salo deitada, a pequena me viu e sorriu fraquinho.
 Salomé: Titia!- A voz dela tava fraquinha, a coitada tava tão cansadinha. James virou meio assustado, sua cara era de raiva, tristeza e desprezo, me senti horrível.
 Eu: Oi minha princesa.- Cautelosamente me sentei ao lado dela, no oposto ao que James estava.- Um passarinho verde me contou que você tá doente.- Fiz biquinho.
 Salomé: Eu to melhor Titia.- Fiz carinho no cabelo dela.- Mas o papai disse que eu preciso dormir, mas eu não tô conseguindo.
 Eu: A Titia vai ajudar.- Deitei na cama, colocando ela encima de mim, James levantou se sentando na poltrona.- Que tal a gente inventar uma história?- Ela assentiu , eu fazia carinho em seu cabelo,enquanto a pequena se aninhava no meu pescoço.
 Salomé: Era uma vez uma princesinha.- Começou a história.
 Eu: Chamada Salomé.A princesinha Salomé, vivia em um lindo castelo.
 Salomé: Onde morava a rainha mamãe, o rei papai, o príncipe Dylan e a outra rainha Titia Bia.- Sorri e ela continuou.
 Eu: Eles eram muito felizes morando nesse castelo, e a princesinha Salomé era uma menina, inteligente, doce e muito corajosa.
 Salomé: Até que um dia, o Rei papai desapareceu, porque umas bruxas muito más pegaram ele.
 Eu: E então a Rainha Tia Bia, a Rainha mamãe, o corajoso príncipe Dylan e a linda princesinha Salomé foram resgatar o Rei papai das bruxas.
 Salomé: E então eles foram para a casa das bruxas, o Rei papai estava preso, então, a Rainha Titia Bia e a princesinha Salomé soltaram ele, o Rei papai deu um abraço na princesa Salomé e um beijo na Rainha Titia Bia.- James estava corado, assim como eu.
 Eu:  E então eles precisavam fugir das bruxas más, mas precisavam ir muito rápido, então, quando ninguém mais esperava, a princesinha Salomé subiu no príncipe Dylan, que se transformou em um cavalo muito rápido e muito grande, todos subiram nele e saíram de lá.- Ela sorriu empolgada.
 Salomé: Quando chegaram no castelo, o Rei papai e a Rainha Titia Bia, fizeram um baile de casamento,se casaram e todos eles viveram felizes para sempre.- terminou bocejando.- Foi a melhor história Titia.- Eu cobri ela melhor com o cobertor, em cinco segundos ela já estava mole, tinha adormecido profundamente.
 Tirei ela de cima de mim, arrumei ela na cama e por fim, dei um beijo no rosto dela.
 Eu: Acho que precisamos conversar.- Disse para o homem que olhava as próprias mãos, ele ainda sem me encarar, se levantou,presumi que devia acompanhá -lo, assim fiz, entramos no quarto dele. Ele se sentou na cama e eu fiquei em pé em sua frente. 
 Eu: Olha, me perdoa pela noite passada, eu...- Ele me interrompeu.
 James: Você não precisa se desculpar!
 Eu: É claro que eu preciso James!
 James: Não, não precisa! Você não é minha namorada, e não vai ser!- A minha garganta embargou.
 Eu: Eu quero ser sua namorada James, quero mesmo, eu to gostando sério de você! E ontem à noite eu não faço ideia do que passou pela minha cabeça, eu fiquei muito bêbada, eu esperava isso, só não esperava magoar você, não esperava ser tão idiota.Minha vida tá uma bagunça, minha cabeça tá uma bagunça, eu não quero perder você por um erro bobo.- Senti seus ombros relaxarem.
 James: Uma semana, começando agora, uma semana namorando, se der certo, a gente se junta de vez, trato feito?- Ele levantou uma sobrancelha.
 Eu: Claro que sim.- Pulei no colo dele, entrelaçando as pernas em seu quadril e dando um selinho nele.- Vai ser a melhor semana da sua vida, você não vai se arrepender! - Deitamos na cama abraçados.- Vou fazer tudo o que você quiser!- Ele virou ficando por cima de mim.
 James: Tudo? Tudo mesmo?- Começou a beijar meu pescoço.- Olha que eu gosto que me mimem.- Continuou beijando meu pescoço.
 Eu: Eu preciso ir!- Disse sentando na cama.
 James: Por que?
 Eu: Meu pai vai apresentar a namorada dele pra gente, acho que eu já deveria estar em casa...Que horas são?
 James: 19:45.- Meu olho arregalou. 
 Eu: Meu deus! Preciso ir.- Dei um selinho nele e sai correndo.- Tchau Dani!- Gritei saindo da casa e entrando no meu carro.
 
 Jade Tavares P.o.v

 Eu e Felipe estávamos no restaurante, junto com o Seu Pedro e a Dona Helena, que era uma moça bem bonita e muito simpática.
 Pedro: E onde está a Bia?- Disse meio chateado.
 Eu: Ela estava na Luíza e saiu sem avisar pra onde, acho que ela acabou se atrasando, quando vocês passaram pra nos buscar,ela ainda não tinha chegado.- Ele assentiu.
 Felipe: Ela só pensa nela mesma, não sei porquê estamos tão surpresos.- O seu Pedro ia falar alguma coisa, mas vimos a Bia passar na porta do restaurante, ela estava linda.
 Bia: Desculpa pela demora papai,a Salo tava doente e eu fui cuidar um pouco dela, acabei perdendo a hora.- Beijou o rosto dele.- Muito prazer Helena.- A cumprimentou.
 Helena: O prazer é todo meu.- Bia se sentou ao meu lado e sussurrou um "tenho tanta coisa pra te contar".

 Beatriz Lima P.o.v

 Pai:Vamos pedir a comida então?- A garçonete veio e meu pai quase caiu pra trás, seu olho estava arregalado, olhei para a garçonete e então percebi o motivo do susto. Diana Alves Lima, mais conhecida como mulher cujo o ventre me produziu por nove meses, meu pai falou que tinha encontrado ela aqui em Madrid, mas hoje foi lei de Murphy.
 Diana: Meu deus!- Colocou a mão na boca.- Você está tão linda.- Seus olhos encheram de lágrimas.- Eu não esperava te encontrar tão cedo.
 Eu: Tão cedo?- Ri irônica. 
 Um menino de uns nove anos,lindo, se aproximou.
 Menino: Mamãe, a Laura e eu estamos com fome!- Quase infartei, ela tinha outro filho?
 Diana: Tom, vai pedir para a Mônica, já falei pra não vir falar com a mamãe enquanto ela tá no trabalho.- Ele assentiu e saiu.
 Felipe: Você tem mais um filho?
 Diana: Eu tenho mais quatro, a Mônica, Laura,o Miguel e o tom.- Minha cara queimou.
 Pai: E não tem a possibilidade de, você sabe, algum deles ser meu..?- Eu travei o queixo.
 Diana: Não, a Mônica é a mais velha e tem 17 anos, eu namorei o pai dos três, mas eu terminei depois que o tom nasceu.
 Eu: Típico, bom, eu não sei mais o que eu to fazendo aqui.- Peguei minha bolsa e levantei.- Ótimo trabalho pai!- Falei irônica e com muita raiva e sai de lá.
 Felipe: Bia, espera!


Notas Finais


Tenso....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...