História Destiny (Part 2) - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson
Personagens Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson
Tags Joshifer
Exibições 29
Palavras 1.231
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 39 - Epílogo


CINCO ANOS DEPOIS

Agitação na casa dos Lawrence. Minha antiga casa, era ano novo, final de ano era sempre assim. Ainda mais quando se tinha crianças.

Os anos me ensinaram que você tem que ter tudo preparado, para qualquer emergência. Ainda mais quando se tinha um rylan em casa.

Nunca pensei que meu filho fosse se tornar bagunceiro igual ao tio. Mais Michelle me alertou. Mesmo assim meu garotinho ainda era meu orgulho, apesar de me fazer certas raivas as vezes. Ele era o menino mais doce que existia.

Rosie já era um amorzinho, apesar de ser a mimadinha do Josh, claro filha mulher sempre era. Eu tirava por mim.

Ajudei minha mãe com a comida, cheguei cedo da rua com os presentes. Tinha mais sobrinhos que irmãos.

Carson teve meu sobrinho no começo de novembro, hoje já com seus quatro aninhos George era a coisa mais fofa, igual theo quando tinha a idade dele.

Meus meninos formaram um clubinho, do qual meninas não entravam. Era assim que meus irmãos faziam comigo quando eu era menor. Rosie pelo contrário nem ligava.

O grande interesse dela era assisti, ficava na frente da TV estudando cada cena de novelas e filmes.

Eu e Josh achávamos a mesma coisa. Mais uma Lawrence atriz futuramente. Ela participou num filme comigo, mais não quis deixar que o sucesso subisse, logo ela que era bem novinha.

_ quanto mais pequenos, mais eles ficam em cima.

Dizia Carson. Theo passava pela mesma coisa. Todos os meus sobrinhos passava, por serem meus parentes. Nunca pensei que seria tão famosa assim .

Mais o desejo de Josh foi forte o suficiente para se realizar rápido e com grande magnitude. Ainda bem que ele nunca jogou na loteria.

Já tínhamos dinheiro demais. É fama demais também.

_ acha que esses doces vão dar, sabe como David é com açúcar.

Disse Elly erguendo a bandeja. Minha mãe deu pra fazer tudo que cada um gostava. Até minha pizza de calabresa ela fez claro sem muita gordura, não podia perder esse corpinho.

_ vai sim. Duvido que sobre esses meninos têm uma fome.

Começamos a rir e Ben entrou na cozinha com seu mais novo nos ombro, Jake havia puxado meu irmão, quando ele chegou logo depois de g foi uma surpresa David tinha um ano, não pensávamos que Elly tivesse grávida. As cegonhas nos adoravam demais.

Eu fechei minha fábrica, continuava mantendo minha promessa de ter só meu casal barulho. Josh concordava éramos felizes com nossos bebês sapecas.

Josh entrou com uma cerveja na mão, aquele olhar pervetido de sempre já até conhecia, chamei ele com o dedo e ele me abraço pela cintura.

Nosso fogo continuava o mesmo, os anos pareciam ter fortalecido nosso romance, nunca brigamos. Nunca houve nada difícil que não conseguiremos resolver.

_ sentiu minha falta foi.

_ sempre sinto, adivinha Connor ta nos chamando pra assistir um filme depois da queima de fotos, eu disse que ia falar com você.

_ mais você sabe que ficamos em família depois.

_ ah amor já estamos em família, vai ser divertido as crianças vão estar dormindo mesmo.

Sorri já imaginando o que teria nesse cinema tardio.

_ está bem, mais quero bastante pipoca.

_ podi deixar linda....

_ mamaerrr...

Rylan entrou correndo na cozinha, quase que esbarra em Elly e derruba a bandeja de doces.

_ rylan Joseph o que está aprontando menino.

Briguei mais ele se agarrou a mim querendo se esconder, assim que olhei pra ele ouvi os passos risonhos da minha Rosinha.

Rosie vinha correndo com a vassourinha que minha mãe deu a ela no dia das bruxas. Aí meu deus.

_ vou quebrar sua cabeça cabeção...

Josh ao invés de brigar começo a rir. Esses dois Viviam assim. Em pé de querra, mais depois tavam se amando pedindo desculpas um pro outro.

_ eita que essa é braba igual a mãe.

Zombou Ben rindo. Minha mãe ficou olhando pra neta com aquele sorriso é estendeu os bracinhos pra ela.

_ o que ele fez pra você lindinha.

_ ele quebrou minha casinha de bonecas vovó.

Disse ela toda dengosa, essa encantava a todos. Bastava ela sorrir. Tinha a mesma façanha do pai. O mesmo charme e beleza. Eu podia com isso...

_ brigando numa hora dessas que feio, porque quebrou a casinha de bonecas da sua irmã rylan..

_ ela que começo mamãe...

_ vamos peçam desculpas os dois. Não quero brigas ou vão ficar de castigo.

Rylan fez minha famosa tromba mais mesmo assim foi até a irmã e pediu desculpas, Rosie largou a vassourinha e abraçou ele.

_ culpa sua...

Culpei Josh. Ele riu e roubou um beijo meu. Sempre me ganhando com seu charme.

...................................................

Me aninhei mais no colo de meu marido e ficamos olhando os fogos queimar no céu dando início ao ano novo.

_ fez seu pedido?

Pergunto ele beijando meu rosto, sorri e olhei pra ele.

_ pedi que agente continue assim, que nada mude e dure pra sempre. E você pediu o que?

_ que você me ame eternamente.

_ isso é impossível.

_ porque?

_ impossível te amar mais do que eu já te amo agora.

Josh sorriu ficando com as bochechas vermelhas, melhor momento. Era ver ele assim.

....................................................

O filme foi divertido, mais longo demais, eram três da manhã quando terminou. Amy foi de escada com Connor. Até sabia o que eles iam aprontar.

_ aposto que vão se comer no vão da escada.

Gritou Josh pro irmão. Connor mostrou o dedo do meio pra ele. Esses dois haviam dado certo, nunca pensei mais tudo era possível.

_ deixa os dois aproveitar amor.

_ nos também vamos quando chegarmos em casa.

O elevador chegou e entramos. Um certo frio na espinha percorreu a minha é olhei para fora do elevador antes da portar fechar.

Foi como um fleche back, já estive aqui agarrei o braço de Josh com força e ele reclamou.

_ aí jenn...o que foi?

_ agente tem que sair....

_ calma já vamos descer o que foi?

_ esse elevador foi o mesmo em que nos conhecemos...

Disse rápido demais o elevador parece que nos reconheceu e parou no alto. Me agarrei a Josh olhando os andares que ainda faltava para descer.

_ que coisa não...

Josh riu apertando os botões. O treco parou sem abrir e nem se mexer. Olhei para Josh com medo, da última vez ele não caiu mais o que garantia agora.

_ olha nos aqui de novo. De volta aos velhos tempos.

Disse ele se aproximando e me abraçando.

_ calma amor não vai acontecer nada, estou aqui...

_ odeio elevadores.

_ eu até tô aprendendo a gostar agora. Tive uma ideia maluca.

_ não nem vem...

Ele segurou meu rosto e sorriu, coisas pervertidas se passavam pela sua cabeça.

Josh tirou meu casaco e eu fiquei olhando ele tirar a camisa. Seu peito nu brilhava por causa da luz, a tatuagem me chamava, como eu a amava.

_ devemos curtir o momento, foi aqui que tudo começou.

_ deve ser aqui que tem que terminar.

Josh riu e acabei rindo junto já perdendo mais o medo, eu estava com ele, nada ia me acontecer enquanto estivermos juntos.

_ então me deixa ser seu herói de novo.

_ nem devia pergunta.

Me joguei em seu colo Josh me prensou contra a parede de metal e me beijou, ardente e selvagem.

Me livrei das calças minhas e a dele, estávamos nus dentro de um elevador fazendo amor selvagem.

Um desejo que era difícil de controlar. Que nem devia ser controlado. Foi nessa lata de sardinha tudo começo, o destino nos uniu aqui. É novamente estava nos unindo aqui.

Éramos pervetidos e sem um pingo de juízo, mais e daí a vida era uma grande aventura que você só vivia uma única vez.... estávamos fazendo isso...

Vivendo....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...