História Destiny Told Me - Capítulo 31


Escrita por: ~ e ~Vanmiliky

Postado
Categorias Demi Lovato, Fifth Harmony, Selena Gomez
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Selena Gomez
Tags Camren, Camren G!p, Norminah, Semi, Trolly, Vercy G!p
Exibições 360
Palavras 1.281
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OOOOOOOOOOI GOSTOSOS E GOSTOSAS!

Demorei né? Me perdoem. Acabei me atarefando de algumas coisas.

Sem mais delongas, vamos ao capítulo.

Segurem os coletes, meus amores :3

Espero que gostem!

NOTAS FINAIS.

Capítulo 31 - Angel


Fanfic / Fanfiction Destiny Told Me - Capítulo 31 - Angel

Agonia, desespero e tristeza. O ar estava pesado, vários rostos contorcidos, confusos e até com medo. É interessante como a vida passa rapidamente por seus olhos sem você perceber. A morte, fria e torturante é a pior parte. Você nunca sabe quando ela virá, mas sabe que ela existe. 

As meninas tinham chegado em sua casa, todas correndo pela vida de suas amigas e seus amores. Lauren e Demetria estavam agindo no automático. Tudo que pediam à elas, se completavam. Allyson no quarto de cima, arrumou um colchão ao chão e com a ajuda das meninas, colocou Selena e Camila lado a lado. Em pouco tempo, o colchão começou a ficar vermelho pelo excesso de sangue.

Estávamos ficando sem tempo.

Na sala, estavam todos andando de um lado para o outro, sem saber o que fazer ou agir. Keana andava com Ethan pra lá e pra cá. O pequeno não cessava o choro por nenhum segundo. Chegava estava roxo de tanto chorar grudado no pescoço de Keana. Parecia que ele sentia que algo estava errado.

Sem saber o que fazer, Keana subiu as escadas para o segundo andar e bateu na porta do quarto de Camila. Onde todas estavam. Assim que abriram a porta, o olhar de Lauren caiu sobre Keana e Ethan. Ela deu um meio sorriso, e se levantou de perto de Camila para pegá-lo do colo de Keana. Logo que ele se acomodou ao pescoço de Lauren, o choro foi cedendo aos poucos. Parece que ele só precisava dela.

Keana fechou a porta e se dirigiu à sala ficando junta de Cecily.

Vero estava no quarto de cima, igualmente segurando fortemente a mão de Lucy. Que quando soube da noticia, começou a chorar e pedir para que Veronica à levasse até Camila. Mas estava muito machucada pra isso. E por conta de uma proibição de Allyson, ela teve que se manter deitada em repouso, sem mais nem menos.

Troy estava devastado. Em tão pouco tempo criou um carinho pelas meninas, e estava chateado ao ponto de pensar que se ele tivesse chegado mais cedo, nada disso teria acontecido. Mas não era bem culpa dele. Ele se sentia feliz por um lado, por ter conseguido chegar antes de algo pior acontecer, não que isso seja bom.

Avril segurava um pano seu pescoço, e estava encostada na parede próxima de Troy. A mordida de Camila, ao inicio pareceu não ser forte ao ponto de não se curar. Mas, ela se enganou. A ferida não se fechou e nem parou de doer. Ally colocou um curativo e algo mal-cheiroso em seu pescoço e a mandou segurar fortemente por alguns minutos. A explicação dela para aquela mordida que não se curava era que "Híbridos tinham a mordida mais cruel existente. Algo que não se cura na hora. Algo de um Alfa. Já que Camila não era bem apenas uma hibrida."

Sinceramente, ela não entendeu nada.

Todos ali tinham esperança, que tudo daria certo. Mesmo aquelas pessoas que não conheciam muito alguma delas. Uma coisa era certa, ninguém queria o mal de ninguém.

-----------------------

Pov Lauren

Automático. Era como eu estava agindo, no automático. Não queria acreditar ou presenciar tudo o que estava acontecendo. Quem poderia imaginar que tudo isso aconteceria de um dia pro outro, sem uma explicação concreta sobre. É assustador.

O amor da minha vida se encontrava totalmente ensanguentada em um colchão ao lado de uma grande amiga. Que sempre se manteve ao meu lado e fazia de tudo para me ajudar. Agora as posições se inverteram e eu não sabia o que fazer.

Ethan estava totalmente grudado em mim. Sentia sua respiração cortada em meu pescoço, enquanto ele ainda chorava baixinho. Eu não sabia o que fazer com ele, eu não sabia resolver a situação. Eu era totalmente inútil ali. Mas não iria sair do lado de minha Camz por nenhum momento, nem que me tirassem a força.

Demetria estava encostada na parede, com a cabeça baixa e a blusa com um pouco de sangue. Ela estava sofrendo tanto quanto eu.

Allyson trabalhava arduamente passando seus remédios pelos cortes e machucados no corpo de ambas. Tentando parar a hemorragia que estava completamente alagando o chão.

Meu corpo doía. Meu lobo estava enfurecido e machucado. Sentia uma sede imensa de vingança e sangue. Nada em mim funcionava. Tudo que eu queria, era matar os responsáveis por machucar Camila.

- Droga! - Disse Allyson, de repente.

Levantei o rosto rapidamente a olhando. Ela parecia pensar em algo. Seus olhos estavam inundados de lágrimas.

- Lauren, terá que levar Ethan daqui. Não tem outro jeito, se não usar meu poder. - Disse ela calmamente tirando sua jaqueta. - Se eu não fizer isso, ambas morreram.

Trinquei o maxilar. Apertei Ethan um pouco demais, já que ele resmungou e se mexeu desconfortavelmente em meu colo.

- Ele vai começar a chorar, se eu deixa-lo com alguém. - Disse – E não vou deixar Camila sozinha. 

- Pois bem. Se mantenham em uma distancia considerável – Disse ela.

Demetria se levantou e se colocou ao meu lado. Ela olhava tudo atentamente.

Ally se colocou no meio de Camila e Selena, e cada mão no peito delas. Suas asas surgiram e seus olhos se tornaram brancos. A aura de poder era imensa. Algo parecido com uma luz saia de suas mãos em direção as meninas.

Ethan tinha tirado o rosto de meu pescoço, e parecia observar tudo atentamente. Como se entendesse, e talvez fosse verdade.

Suas mãozinhas se levantaram em direção à Allyson. O poder estava incrivelmente forte, mas não parecia o afetar.

Ethan começou a querer se jogar do meu colo, e o segurei fortemente para que não caísse.

- Ei amigo, o que foi? - Disse, tentando acalma-lo.

Ele começou a chorar, querendo que o soltasse. Eu não sabia se poderia fazer isso. Já que o certo, era se manter longe de Allyson enquanto ela usava seu poder. Mas não tinha escolha, ele parecia desesperado.

Cuidadosamente, comecei a andar para o lado de Ally. Demetria ficou em alerta, já que era uma loucura eu fazer aquilo. Me agachei ao lado de Camila, e soltei Ethan ao lado de seu corpo. Internamente, eu implorava para que ele não fizesse um movimento brusco perto de Ally. Sua concentração era imensa, e um deslize poderia acarretar em más consequências.

Ethan tinha dificuldade de subir em Camila e suspirou frustrado, ele então começou a se arrastar até Allyson. Eu não conseguia me mexer, apenas sabia observar. Então, quando percebi, Ethan tinha se jogado, literalmente no colo de Allyson. Meu coração foi à boca, meus olhos arregalados e meu corpo congelado.

Ally, olhou para baixo com seus olhos totalmente brancos, e encarou fixamente Ethan tentando se arrumar em seu colo. Quando ele conseguiu, ele agarrou o dedo de cada mão de Ally. E se manteve ali.

Eu não sabia como agir, apenas fiquei congelada olhando a cena.

Até que algo fora dos padrões começou a acontecer. Tinham asas, além das asas de Allyson. Ethan tinha pequenas asas em suas costas. Porém, não eram totalmente brancas, eram ambas as cores. Uma preta e uma branca.

Eu estava totalmente embasbacada com aquela cena. Demetria também estava de olhos arregalados. O poder que antes não estava tão forte, pela interrupção de Ethan. Triplicou o tamanho. A Luz até então apenas concentrada nos peitos de Camila e Selena, agora estavam em seus corpos inteiros.

Mas que porra?!

Selena começou abrir seus olhos, logo seguida de Camila.

Está dando certo!

Parece que meu homenzinho está crescendo. Encarei Ethan e Allyson. Os dois estavam com sorrisos em seus lábios e lágrimas nos olhos.

Parece que Ethan, não é bem mais uma criança. Ele é um anjo.


Notas Finais


Oi? Todo mundo bem?

Eu acho que não ficou muito bom, mas espero que tenham gostado.

Até breve.

Comentem muuuuitooooo!

Beijos da Tia Evy, Van e Gi :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...