História Destruction Phases - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Block B
Personagens Kyung, U-Kwon, Zico
Tags Agressão, Bodyshaming, Gaslighting, Kyung, Mansplaining, Não Romantizem, Relacionamento Abusivo, Violência Doméstica, Yukwon, Zico, Zikyung
Exibições 21
Palavras 472
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - He's my boyfriend now


Jiho, depois de alguns meses, se tornou seu amante.


Os dois não tinham uma classificação exata, eles ficavam, eles se gostavam, então tudo estava correto para ambos. Kyung era o romântico da relação, então era sempre ele que tentava empurrar a palavra "namorados" para Jiho, esse que por sua vez não a aceitava muito bem, mas Kyung não o culpava de querer ir com calma, eles ainda estavam na fase de experimentar um ao outro, dizia o loiro.

Experimentar... Essa palavra fez o castanho quebrar a cabeça por alguns dias, Jiho estava apenas experimentando? Fazendo um tipo de teste? 

E talvez o que mais deixasse Kyung receoso era o fato de que o loiro fugia do assunto sexualidade. Jiho não possuía rótulos. Kyung de certa forma sabia que era especial para o outro, a forma com que ele ficava nervoso todas as vezes que se aproximavam para se beijarem, o suor escorrendo pela têmpora sempre que andavam de mãos dadas, os batimentos cardíacos disparados quando se abraçavam, todos esses fatores denuncivam os sentimentos de Jiho. Mas precisava estar mais seguro sobre aquilo, não conseguiria viver de achismos. E, por Deus, que Jiho não estivesse apenas o experimentando. 

Porém, se sentia mais confiante ao lembrar que ele havia sido a primeira vez de Jiho com outro garoto, ele não havia confessado, claro, mas Kyung sabia disso. A forma com que o primeiro momento havia sido dolorido e os milhares de pedidos de desculpas a cada gemido que soltava, o fazia ter noção de duas coisas: Primeira, apesar de doer, Jiho provavelmente era o homem mais doce com quem já havia se deitado. Segunda, apesar de carinhoso, o pobre coitado não tinha mínima ideia do que fazer com aquela parte de seu corpo. Talvez ele nem se quer tenha tocado ali em alguma das meninas com quem já havia se relacionado.

Mas Jiho era tudo menos ingênuo, e com o passar do tempo ele ficou bom naquilo. Os dois ficaram mais sedentos um pelo outro, se chupavam nos intervalos das aulas, e faziam sexo, ou faziam amor como Kyung gostava de dizer,  sempre que podiam. Naquela época do relacionamento, motéis foram os seus grandes amigos. 

Tudo estava perfeito, mas Kyung só queria escutar, uma única vez, a palavra namorado vinda daquele que dizia gostar de si, daquele que o bejava ternamente e o fazia gozar praticamente todo fim de tarde. Queria simplesmente ouvir a palavra sair dos lábios bonitos de Jiho. 

E no fim, Kyung ganhou mais que isso. Ele ganhou um Jiho ajoelhado numa cafeteria, segurando suas mãos trêmulas e o pedindo em namoro. O grande "sim" veio em meio as lágrimas, e o abraço que deram após tudo, se tornou o momento mais memorável da vida de Kyung. 


Então Jiho não era mais um simples amante, Jiho seria seu namorado a partir daquele dia.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...