História Destruidora de corações - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Regina Mills (Rainha Malvada)
Tags Swan Queen, Swanqueen
Visualizações 483
Palavras 1.143
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drabble, Drama (Tragédia), Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


olaaaar, meus anjinhos então aqui vai mas um cap bem eu não sei escrever hot :/ mas enfim ai vai mais um cap fresquinho.

Capítulo 9 - Mi amor


Fanfic / Fanfiction Destruidora de corações - Capítulo 9 - Mi amor

                                                                       Regina Mills P.O.V

 

Emma beijava meu pescoço e depois de um tempo senti que a parte de cima do meu biquíni sair me fazendo arrepiar, ela jogou a peça para a borda da lagoa e tocou em meus seios me fazendo gemer baixinho.

Ela passou os beijos para a região dos meus seios, me fazendo gemer, eu puxava delicadamente seus cabelos e a mesma gemia contra meu seio, depois de um tempo Emma voltou a me beijar e logo depois a mesma me colocou sentada na borda da lagoa e passou os beijos para minhas coxas me fazendo arfar cada vez mas.

- Ei vamos casal, vai chover e o almoço já está pronto. – a voz de Graham nos assustou e logo Emma saiu da água e me ajudou a levantar, coloquei rapidamente o biquíni e comecei a colocar a roupa quando a mesma apareceu. – achamos que vocês iriam virar peixe porque... – disse rindo.

Pronto Graham deu o recado agora vaza. – disse Emma grossa e logo Graham fez sinal de rendição indo embora.

- Não precisava ser tão rude. – disse assim que terminei de me arrumar.

- Ele nos atrapalhou. – disse. –Então precisava sim.

- Tudo bem Emma não precisa me tratar assim. – disse já que a mesma estava toda fofa e agora voltou a ser rude.

Sai andando sem espera-la e ouvi seus gritos e passos ao meu lado, ela segurou firme em minha mão, entrelaçando a mesma e beijou minha bochecha.

- Me desculpa, eu só queria que tivesse dado certo.

- Tudo bem eu entendo, mas vamos continuar isso. – disse e não sei como tive essa coragem, mas.

- Eu gostei disso. – respondeu sorrindo e me abraçou por trás e voltamos a andar

Fomos assim até a casa e assim que chegamos todos comemoraram afinal Mary não os deixou comer até que chegássemos, almoçamos e logo depois eu e Emma subimos para tomar banho, eu entrei primeiro mas me surpreendi quando Emma me prendeu na parede e beijou meu pescoço.

- Emma... – tentei a repreender mas a mesma me calou em um beijo.

- Você disse que seria minha, só estou a fazendo minha, mi amor. – disse em meu ouvido.

Eu não consegui falar mais nada, Emma rapidamente levou as mãos ao meu pescoço fazendo assim nossos lábios se unirem  pude sentir aqueles lábios quentes e finos sobre os os meus, o beijo continha tanta paixão algo que nunca senti antes, enquanto ainda se beijavam, Emma desceu suas mãos por meus braços e as fixou em minha cintura, o beijo se intensificava a cada vez mais, ambas queriam, mais mas logo se afastaram pela falta de ar, tanto eu quanto Emma estávamos ofegantes, a forma como ela respirava pesado me excitava seus braços fortes, sua postura o modo como estava, quando Emma abriu seus olhos para minha surpresa a mesma me jogou contra a cama me pondo sentada na mesma, eu prontamente me encaixei entre suas penas voltando a beija-la , mas não demorou muito para que Emma descesse seus beijos para meu pescoço ainda coberto pelo fino pano, Emma levo suas mãos a meus ombros descendo a alça de minha blusa cuidadosamente, ao terminar de retirar minha blusa, seus lábios foram de encontro ao meu ombro foi descendo para meu colo até chegar em meus seios, contornou a parte do biquíni com os dedos , a mesma fui subindo as mãos até encontrarem o laço do biquíni desfazendo o mesmo e o jogando pelo quarto a mesma encheu as mãos em meus pequenos seios, respirei fundo sentindo a sensação de suas mãos quentes e pesadas, logo inclinei meu corpo segurando firme o lençol branquinho,  enquanto isso a língua de Emma contornava meus mamilos e não demorou muito para que eu sentisse a mesma os sugando de modo feroz e voraz,  levei minhas mãos até ao emaranhado dos cabelos loiros de Emma, preopinando ainda mais contra meus seios, segurei em seu cabelo com mais força os puxando fazendo alguns fios escapulirem de minha mãos,  já dando indícios de que queria algo mais, algo mais que até então eu desconhecia,  Emma grunhiu baixinho com tal ato meu seus lábios desceram para minha barriga até chegar ao cós de meu shorts, logo a mesma ergueu o tronco, levantando-se e me fez deitar de sobre a cama me pondo com as pernas flexionadas e bem abertas, logo a mesma agarrou com voracidade meus shorts o puxando e o jogando longe. Olhando-me de modo provocativo, Emma pois as mãos em meus joelhos e escorregou lentamente pelas minhas coxas até que chegassem a minha intimidade ainda coberta pelo biquíni, nós gememos juntas no momento em que Emma apertou minha intimidade sentindo assim o quanto excitada eu estava , mas que rapidamente a mesma retirou a última peça me deixando nua em sua frente, a loirinha curvou-se beijando a parte interna de minhas coxas, e foi assim distribuindo beijos por toda aquela região estava sendo uma tarefa árdua controlar os gemidos, os lábios de Emma tocaram em minha púbis, uma mordida foi deixada no locar, sua língua desceu e foi direto ao encontro do meu clitóris, Emma me chupava e lambia e fazia questão de manter seu olhar fixo ao meu enquanto lambia o pequeno nervo rígido, sem nem mesmo notar fui descendo uma de minhas mãos ao meu seio tocando-me e a outra mão desci ao encontro da minha vulva estimulando-me,  logo em seguida Emma retirou a boca de meu ponto pulsante e me penetrou lentamente, fazendo movimentos circulares, em meu interior, em seguida outro dedo acompanhou o primeiro, seus dedos entravam e saiam de mim com facilidade, cada vez mais meu peito se enchia de ar, as estocadas começaram a ficar mais aceleradas e profundas, o gemido foi inevitável, sentia meu corpo queimar de paixão e para piorar Emma voltou a chupar meu clitóris e dar estocadas simultaneamente, já havia perdido o total controle de meu corpo, e cada vez mais sentia o tão famoso orgasmo mais próximo, arqueei minha coluna e cerrei meus olho, o gozo chegou e foi logo sugado por Emma, naquele momento fui levada ao céu.

 

Emma P.O.V

Eu me sentia tão realizada, não entendo o porque, mas acho que estou sentindo algo diferente por Regina, acho que passei a ver ela de outro jeito, ele é surpreendente, não imaginava que ela seria tão maravilhosa assim.

Acho que ela está aos poucos me ganhando depois de tanto anos tentando evitar este sentimento, e olha que isto é apenas o começo.

 

Narrativa P.O.V

Mau sabiam que elas duas ainda tinha muitas coisas para passar, teriam muito empecilhos durante a caminhada, para que finalmente pudessem ser felizes, tudo poderia mudar a partir de agora, afinal Emma estava se apaixonando e Regina voltando a se encantar, mas não seria fácil, afinal Sharon e Lady ainda existem e não será tudo tão fácil assim.

 


Notas Finais


grupo para se quiserem saber mais sobre a ff, saber sobre att ou ff que estão por vir
https://chat.whatsapp.com/5ajzlL03dy7KsoQkYWQ01L


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...