História Desventuras de um amor - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, V
Tags Bts, Jimin, Park Jimin, Taehyung
Visualizações 24
Palavras 1.304
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oizinho, o capítulo de hoje veio cedo pois eu tive um tempo livre na escola hahah
Espero que gostem
Boa leitura <3

Capítulo 7 - O que você está fazendo aqui????


Fanfic / Fanfiction Desventuras de um amor - Capítulo 7 - O que você está fazendo aqui????


~Sonho da S/N~
Jimin e eu estamos deitados bem juntinhos, de repente ele se levanta me deixando confusa.
- Onde vai? — Ele não me responde.
- Vai sair? — Ele começa a se vestir, ele vai embora.
- Jimin não pode me deixar aqui — Ele me encara e pega suas coisas.
- Eu estou atrasado, se eu não for agora perderei meu voo — Começo a chorar.
- Viajar? Vai para onde? — Ele pega sua camisa e vem até mim.
- S/N eu sei que isso tudo foi muito bom mas, eu tenho que voltar pra Seul hoje, se eu ficar meu pai me mata. — Ele segura o choro.
- Como assim? — Me levanto e o abraço.
- S/N me dói ter de deixa-la, mas eu preciso ir — Ele limpa uma lágrima em seu rosto.
- Jimin você é a melhor coisa que me aconteceu —  Ele me beija, um beijo calmo e com gosto de despedida.
- Eu jamais vou me perdoar por ter que deixar você, a garota que eu amei à primeira vista.
-Por favor não vai embora — Ele se levanta e vai até a porta.
- Por favor não me deixa para trás — Eu o abraço, ele me faz solta-lo e se vai.
- JIMIN NÃO ME DEIXA — Eu choro caída no chão, sinto como se meu mundo tivesse virado de ponta cabeça
~ Sonho da S/N OFF~
Eu tive o mesmo pesadelo de novo, acordo e vejo que Tae me olha confuso, acho que devo ter dito algo ou devo te-lo assustado. Ele tenta me acalmar, me faz um chá de camomila e conversamos.
Eu quase engasgo com meu chá quando ele menciona o nome Jimin, sinto meu corpo todo tremer, eu estou nervosa, sinto raiva e medo ao mesmo tempo. Tae percebe meu desconforto ao falar disso e não insiste para que eu fale dele, mas é quando eu não aguento e acabo contando.
 - Park Jimin é o pai do meu filho — Tae arregala os olhos e eu me desfaço em lágrimas.
Ele se levanta, vem até mim, me abraça e diz que vai tudo ficar bem. Ele me abraça por um longo tempo, eu não consigo parar de chorar, sinto como se todo o peso que eu vinha carregando nas costas sozinha tivesse acabado, ele não para de dizer que vai tudo ficar bem e eu só consigo chorar.


~POV Taehyung~
Ela não para de chorar, me sinto angustiado por vê-la assim, me afasto dela, a encaro e limpo suas lágrimas.
- S/N, eu quero que saiba que pode contar comigo para tudo que precisar, eu sei que não me conhece direito mas, eu estou disposto a te ajudar — Ela olha para o chão e dá um sorriso fraco.
- Muito obrigada Tae, mas eu não sei como pode me ajudar nessa situação — S/N já sofreu demais, sinto isso em sua voz.
- S/N, eu me sinto mal por não poder ter estado do seu lado e te protegendo nesses momentos difíceis que passou, mas me deixe fazer algo — É a primeira vez que ela me olha francamente nos olhos.
- Tae, se eu não sei o que fazer como você saberia? — Ela ainda duvida de mim.
- Confie em mim, a gente vai resolver tudo. Você precisa confiar em mim mas primeiro pare de chorar, me dói te ver assim — Ela concorda em silêncio e percebo que seu rosto está vermelho.
- Me desculpe por tudo isso — Ela me encara e vejo que está se esforçando para não chorar.
- Não se preocupe com isso, vamos dormir porque está tarde — Dou o meu melhor sorriso na tentativa de anima-la. Ela dá um meio sorriso, concorda em silêncio e se deita.
Me ajeito ao seu lado, ela usa de novo meu braço como travesseiro e eu deixo ela se cobrir com meu casaco. A princípio não consigo dormir, o sono demora a chegar e quando chega eu já estou exausto.
~POV Taehyung OFF~


Sinto uma claridade forte em meu rosto, quando acordo percebo que já amanheceu e isso significa que o  restaurante já abriu. Taehyung dorme um sono pesado, me levanto, vou até a porta e percebo que ela está trancada.
Procuro por todos os lugares, como não encontro vou até Taehyung, não quero acorda-lo então começo a procurar em seus bolsos pela chave. Ele se mexe, e eu me seguro para não rir da situação, finalmente acho a chave, ela está no bolso de trás da calça dele e quando quase consigo pega-la, ele me assusta ao acordar e segurar minha mão.
- AAAH — Eu grito e caio no chão.
- Bom dia pra você também mocinha — Eu me levanto.
- Me desculpe. Eu queria ir embora mas, a chave da sala está no seu bolso e eu tentei pega-la — Me curvo ao falar.
- Ah tudo bem, deixa só eu por meus sapatos e dai nós saímos, ok? — Ele diz se levantando e eu apenas concordo com a cabeça.
Ele termina de se arrumar, nós dois vamos até a porta, ele a destranca  e assim que a abrimos damos de cara com Jin.
- AAAAH — Todos se assustam e gritam.
- Eu ouvi um grito, vim ver o que estava acontecendo e não consegui abrir a porta. Me desculpem por atrapalha-los — Jin tem um sorriso malicioso no rosto, ele deve pensar que dormimos juntos.
- Aish, quer nos matar do coração — Taehyung diz para Jin
-Onde você estava ontem Kim Seokjin? Te mandei milhares de mensagens, liguei duzentas vezes e deixei vários recados — Tae parecia realmente bravo.
- Me desculpe eu esqueci meu celular na cozinha do restaurante, mas por que está tão bravo comigo? — Jin estava realmente confuso com o que estava acontecendo.
- Ontem, eu e S/N estávamos na minha sala conversando, quando tentamos ir embora você havia nos trancado aqui dentro. Daí eu te liguei mil vezes e por fim tivemos que dormir naquele maldito sofá pequeno — Tae cuspia as palavras em cima de Jin.
- Me desculpe Tae e S/N de coração, eu não queria ter feito isso — Jin parecia estar realmente  arrependido.
- Está tudo bem, agora já foi e não tem motivo para ficarmos brigando — Digo indo abraçar Jin que pareceu aliviado com a minha fala.
- Eu fiquei bravo sim, mas como S/N disse  já passou né? — Tae diz e vai até Jin o abraçando brevemente.
-  Agora vão para casa tomar um banho, descansar e assim que voltarem eu terei uma surpresa para os dois — Jin diz sorridente 
O caminho até o apartamento dele pareceu eterno por causa do silêncio constrangedor que se fez presente, assim que chegamos ele desce rapidamente e abre a porta do carro para eu descer. 
- Agora pode descer, senhorita — Ache fofo, talvez ele esteja tentando me ajudar a melhorar de algum jeito.
- Muito obrigada pela gentileza, rapaz — Ele se curva e vamos para o seu apartamento.
 Quando  chegamos ele vai até o banheiro tomar banho e eu o espero sentada na sala.
- S/N, EU ESQUECI A TOALHA, PODE PEGAR UMA NO MEU QUARTO? — Ele grita de dentro do banheiro.
- TÁ BEM — Eu grito enquanto vou até seu quarto.
Procuro por toalhas no armário, nas gavetas e quando estou quase desistindo acho uma perdida em meio à uma pilha de roupas.


~POV Taehyung~
Aish, será que ela me ouviu? Ela não respondeu, deve ter adormecido ou deve estar no seu quarto. Resolvo sair de fininho no banheiro, percebo que a tv da sala está ligada, me alivio pois assim ela não me verá.
Entro no meu quarto e fecho a porta, assim que me viro dou de cara com S/N, ela estava com uma toalha na mão.
- AAAAAAAAAAH S/N, O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO AQUI??! — Ela está paralisada. Meu Deus eu to pelado na frente dela, P-E-L-A-D-O!
~POV Taehyung OFF~


Notas Finais


AAAAAAAAAAAH esse final <3
Obrigada a você que leu e chegou até aqui, saiba que já gosto de você haha
Por hoje é só, até a próxima xuxuzinhos que eu amo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...