História Desventuras de um amor - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, V
Tags Bts, Jimin, Jin, Kook, Park Jimin, Taehyung
Visualizações 42
Palavras 1.129
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha eu aqui haha xuxuzinhos hoje foi meio corrido, to mega atolada de coisas do colégio, pra melhorar tenho prova de Matemática amanhã e por isso o capítulo de hoje não ta 100% bom.
Juro que o próximo vai estar melhor, espero que gostem.
Boa leitura xuxuzinhos <3

Capítulo 8 - Um bom amigo


Fanfic / Fanfiction Desventuras de um amor - Capítulo 8 - Um bom amigo


Eu não consigo me mover, eu fico paralisada ao ver Kim Taehyung em minha frente, totalmente PELADO!!!!. Seu corpo é a coisa mais linda que eu já vi, seu abdômen levemente definido é de dar inveja, fico vermelha ao perceber que o pequeno Taehyung, que de pequeno não tem nada, me encara.
Tae corre em minha direção, pega a toalha das minhas mãos e cobre meu rosto com ela.
- S/N, pelo amor de Deus fica com isso na cabeça — Sua voz é de desespero.
- Ta bem — Escuto ele andando pelo quarto, acho que deve estar procurando algo.
Se passam cerca de uns 5 minutos, ele vem até mim, tira a toalha da minha cabeça e para a  minha sorte, ou não, ele agora está vestido.
- Me desculpe S/N, eu achei que não tivesse me ouvido pedir a toalha, como a TV da sala estava ligada achei que estava lá, vim pro meu quarto e fiz você me ver daquele jeito — Ele se curva ao falar.
- Tu..tu..tudo bem, eu não vi nada demais — Seu rosto transparece alívio.
- Ah mas, mesmo assim me desculpe — Ele diz meio corado e eu sorrio envergonhada.
Saio, vou até meu quarto e fecho a porta, assim que a fecho me jogo na cama e não paro de rir baixinho por estar morrendo de vergonha. 
A imagem de Kim Taehyung completamente nu não sai da minha cabeça, sinto meu rosto corar, sinto um frio na barriga, eu não sei o porquê de tudo isso, acho que deve ser porque eu não pude deixar de olhar para a sua intimidade. Eu tento afastar esses pensamentos doidos da cabeça pois tenho que tomar um banho e ir trabalhar. 
Separo uma roupa, pego duas toalhas e vou tomar banho. A água fria esfria meu corpo quente depois do fogo que Tae provocou em mim, lavo meus cabelos, meu rosto e depois deixo-a escorrer em minhas costas para me acalmar.
O vestido vermelho curto que escolhi não me deixa bonita pois engordei desde a última vez que o usei, procuro nas minhas coisas e não acho nenhum que eu goste. Por fim eu o visto mesmo assim, acompanhado de um coletinho jeans que disfarça minha barriguinha de 3 meses e meu all star preto de cano médio.
Faço uma maquiagem leve, apenas rímel e um batom rosa claro, pego minha bolsa, saio do quarto e vou até a sala à procura de Tae para sairmos.


~POV Taehyung ~
Eu estava tão nervoso e envergonhado que só consegui pedir desculpas me curvando e olhando para o chão, ela parecia extremamente tímida perante a situação, mas por sorte ela não viu nada, pelo menos foi o que ela disse.
Como Jin disse que ia nos preparar uma surpresa, assim que S/N sai do meu quarto eu procuro algo melhor para vestir. Procuro entre minhas roupas, visto um moletom preto, minha calça preta rasgada nos joelhos, um tênis preto, coloco meu relógio favorito e uns anéis. Tento dar um jeito no meu cabelo, mas como ele insiste em não ficar bom eu sou obrigado a usar um boné, pego meu boné cinza escuro e o uso com a aba para trás. 
Me olho no espelho, gosto do que vejo, me sinto bonito, passo meu perfume favorito e vou para a sala esperar S/N. Ela demora um pouco, quando ela aparece na sala eu a encaro descaradamente, ela está linda.
- Ficou bom? — Ela me pergunta enquanto dá uma volta para que eu possa ver seu look.
- Você está linda —  Ela sorri e põe uma mecha dos seus cabelos castanhos e ondulados atrás da orelha.
- Sério? Eu não gostei desse vestido — Ela ajeita seu colete enquanto fala.
- Sério e eu não entendo como consegue não gostar desse vestido, ele ficou lindo em você — Seu rosto fica corado.
- É melhor nós irmos ou o Jin vai achar que demos um bolo nele — Ela diz e eu  só consigo pensar em como ela está linda.
- Então vamos senhorita — Faço uma reverência para ela ir na frente, tranco a porta, pegamos o elevador, vamos até o carro e seguimos em direção ao restaurante.
~POV Taehyung OFF~


Ele estava muito charmoso, mesmo estando vestido de preto da cabeça aos pés, além disso o perfume amadeirado que ele usa é maravilhoso. Seguimos para o restaurante, ele liga o rádio e está tocando uma das minhas músicas favoritas, Fools do cantor Troye Sivan.
Peço para ele aumentar o volume e assim que ele o faz eu não resisto e começo a cantar alto.
- '' I see swimming pools and living rooms and aeroplanes
I see a little house on the hill and children’s names
I see quiet nights poured over ice and Tanqueray
But everything is shattering and it’s my mistake'' — Ele ri ao me ouvir cantar.
- ''Only fools fall for you, only fools
Only fools do what I do, only fools fall
Only fools fall for you, only fools
Only fools do what I do, only fools fall'' — Sua expressão muda, ele deve ter prestado atenção na letra ou ele definitivamente está gostando da música ou até talvez de me ouvir canta-la. Antes da música chegar ao fim, eu paro de cantar.
Eu amava essa música, mas depois de tudo que eu passei, da partida de Jimin, dos meus pais terem me colocado para fora de casa e da minha gravidez, eu passei a sentir uma dor no coração toda vez que a escuto.


~POV Taehyung~
Assim que ela começa a cantar eu acho engraçado, ela não liga se está cantando feito uma doida, porém sinto tristeza em sua voz e o ritmo da musica me faz deduzir que a letra da canção contém uma dor que só a S/N  sabe.
- Muito bonita essa música e você canta muito bem mocinha — Ela me olha e agradece.
-Obrigada, mas a música apesar de bonita é triste — Eu tinha razão.
- Me pareceu, a letra fala sobre o que?— Ela pensa um pouco antes de me responder.
- A letra dessa música é tocante , fala sobre um cara que consegue imaginar uma vida cheia de coisas com alguém, ele imagina uma casinha na colina, nome de crianças, mas tudo isso está se estilhaçando pelo  erro desse cara. O refrão mostra que apenas tolos se apaixonam por esse "alguém'', apenas os tolos — Ela deve lembrar de Jimin ao ouvir essa música.
- Falando sério, apesar da letra ser triste seu jeito de cantar fez a música parecer linda — Ela sorri e volta seu olhar para a janela.
Assim que chegamos ao restaurante, eu corro para abrir a porta do carro para ela, estou tentando ser gentil e um "bom amigo" que ela precisa nesse momento.
~POV Taehyung OFF~


Notas Finais


Espero do fundo do meu coração que tenham gostado, muita coisa ainda está por vir haha
Obrigada por terem lido e até a próxima xuxuzinhos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...