História Desventuras de Um Soldado Sem Nome - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Dragão, Fenrir, Lobo, Mitologia, Psicológico, Soldado, Suspense
Exibições 2
Palavras 268
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Fantasia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Suspense

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


De volta ao presente, a fera e o soldado retomam sua batalha de palavras e ideais...

Capítulo 4 - A Ira de Fenrir


 _Por que estás tão agitado hoje, Fenrir? - Perguntei com a voz elevada, tentando sobrepô-la aos tilintares e rangeres absurdamente altos da jaula que o prisioneiro empurrava e violentava, inquieto.
 _E ainda perguntas o motivo? - Rugiu ele, ferozmente. - Estou farto! Farto das sombras destas barras ante o sol da manhã e do tênue reflexo da lua na água do meu barril de banho noturno. Farto dos raros passeios à praça onde sou mantido ao lado de ti e tua maldita escolta, impossibilitado de sequer me aproximar de qualquer cidadão ou mesmo escravo ou animal! Diabos! Amaldiçoado sejas e que teu tormento seja eterno!
 _Ora, te acalmes! Lembra-te que és um pecador e estás a pagar por teus crimes. Não deverias ser grato pelo macio feno em que acordas e a água morna na qual lhe permitem banhar-se durante a noite?
 _Cala-te! Se o que queres é minha gratidão, liberta-me e abre teus malditos olhos, pois os pecados que eu cometi, são aqueles que queimam em teu peito e te assombram em teus pensamentos! Eles são a verdade e a pureza, que deturpas e transformas em bestas e trevas, e é esta imagem que transmites para todos até que a mentira se torne a realidade. Então cerra por hoje tua odiosa voz, pois em verdade é dela que mais estou farto.
 Sentei-me então e, com leveza, declarei:
 _Ei de obedecer-te, Fenrir. Peço-lhe, no entanto, que me ouça em uma única pergunta: Acreditas mesmo que há uma verdade pura?
 E não apenas não ouvi uma resposta como nenhum outro som vindo daquela jaula até o finar do dia.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...