História Desventuras entre Mundos — Em Adaptação. - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Beelzebub, Bleach, Devil May Cry, Dragon Ball, Fairy Tail, Mitologia Chinesa, Mitologia Grega, Mitologia Nórdica, Naruto, One Piece, Resident Evil, Seraph of the End (Owari no Seraph), Shijou Saikyou no Deshi Kenichi, Soul Eater, The Elder Scrolls V: Skyrim, Trinity Seven, Zenonia
Personagens Dracule Mihawk, Gajeel Redfox, Goku, Guren Ichinose, Ichigo Kurosaki, Jiraiya, Kakashi Hatake, Mystogan, Personagens Originais, Roronoa Zoro, Shinigami-Sama (Death), Tatsumi Oga, Urahara Kisuke
Exibições 30
Palavras 860
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hehe... Como habitual, demorou... Mas sabe como é... Acontece... Agora aproveitem...

Capítulo 31 - Uma Amizade de Anos...


    Anteriormente

 

    –Não tem um “porque” ou “pra que”, apenas gosto de tê-las… — Disse expressando um leve sorriso e já o invertendo para uma cara séria. –Temos companhia- — Antes que pudesse alertar as que se encontravam atrás de mim senti uma brisa rápida passar por mim, ao olhar pra trás, gotas de sangue sobre o ar e o corpo caindo, tal cena se mostrava em câmera lenta em minha cabeça…

 

    Agora

 

    Ao olhar para trás entrei em pânico. Apenas via sangue e Aysaka cainda, de sua boca saia um pouco de sangue, em seu peito um buraco, algo inexplicável, para aquele mundo. Antes que fizesse qualquer movimento, apenas gritei.

 

–AYSAKA!

 

[...]

 

“Onde estou? Que lugar é esse?”

 

    –Quem diria não é mesmo? Agora está perdido em seus próprios pensamentos e pesadelos… — Uma voz familiar ecoou dentro daquele espaço vazio, dito, meus pensamentos.

 

    “Você é Usarak?”

 

    –Não haja como tolo desentendido… Sabes bem que sou… E agora está em um mundo que compartilhamos… Você mesmo!

 

    Não precisava ouvir aquilo… Sabia bem o que estava havendo… Ou esperava saber!

 

    “Imagino que algo ruim deva ter acontecido para estar aqui…”

 

    –Quem diria, existe algo além de uma massa podre dentro dessa cabeça… Mas sim, aconteceu alguma coisa… À morte de sua companheira…

 

    “Entendo… Então não foi apenas um sonho… E como faço para sair daqui?”

 

    –Quem sabe…

 

    Antes que pudesse entender o que estava acontecendo, ao piscar meus olhos me vi acordado, deitado em alguma cama. Ao meu lado direito, sentada sobre uma cadeira e deitada na cama dormindo, Ravena. À minha volta tentei reparar o que era aquela decoração, era madeira, mas não sabia dizer onde estava… Nem de perto uma de minhas casas em Skyrim… Antes que pudesse sair e me mexer sou surpreendido na porta por uma pequena rena, usando um chapéu com um “X”, que ao me ver “se escondeu”.

 

    –Entendi… Estou em One Piece… Mas tem algo me cheirando mal…

 

    À pequena rena ao me ouvir falando, entrou em desespero e saiu gritando pro resto do pessoal. Quis me levantar mas os berros dele fez Ravena acordar, que me vendo acordado sorriu e chorou, lágrimas de felicidades, seguindo por me dar um abraço forte.

 

    –Idiota! Idiota! Idiota! Fiquei tão preocupada…

 

–Me desculpe… Poderia me contar o que houve após “aquilo”?

 

–Depois- — Quando ia começar à falar Ravena é interrompida por uma voz masculina, diferente de qualquer membro conhecido do bando, mas um tanto familiar…

 

    –Perdoe a intromissão, mas eu gostaria de ver como está meu pequeno irmão idiota.

 

    Não pude acreditar no que estava em minha frente, não era somente meu irmão mais velho, mas meus outros dois melhores amigos, Hay, um grande babaca e Tsuna, um grande, realmente grande, cara estranho, de gostos peculiares…

 

    –Irmão?!

 

    Não estava 100%, mas queria muito pular em cima daqueles idiotas.

 

    –Calma, calma… Tudo no seu tempo Hiraku…

 

    –”Hiraku”?! — Ravena ficou confusa ao ouvir o nome.

 

    –É o meu nome… Tatsuo, prefiro Karasu!

 

    –Ninguem liga pro que prefere, Hiraku… — Hayderrin disse se intrometendo.

 

    –Agora deu pra me copiar?! Essa frase é minha… Seu bicho escroto!

 

    Hay ficou deprimido e foi para um canto e ficou murmurando algumas coisas. Antes que pudesse haver um momento de sossego, Luffy invadiu o quarto muito animado, seu “Nakamas” o tentavam impedir, mas era inútil.

 

    –Este é o irmão do Tetsuo-san? Eles são bem diferentes… — Dizia o chapéu de palha em meio a risos.

 

    –Luffy-kun, eu pedi que não viessem, não é mesmo? — Meu irmão dizia dando um sorriso simples, me lembrando Unohana de Bleach.

 

    –Nossas mais sinceras desculpas Tetsuo-sama, mas o Luffy queria a todo custo ver seu irmão. — À navegadora dizia um tanto receosa, à atmosfera me parecia ameaçadora.

 

    –Eu compreendo, dessa vez deixarei passar, mas precisarei de privacidade com ele outra hora!

 

    À falta de atenção no capitão cabeça oca não foi tão grande, mas o suficiente para estar sobre a cama olhando fixamente para mim.

 

    –Então você é irmão do Tatsuo? É forte como ele? — O desajeitado dizia ainda sobre mim.

 

    “Meu irmão, forte? Pelo que sei dele, seu cérebro é uma máquina, sabedoria sobre-humana…”

 

    –Creio que a resposta seja não, meu irmão é muito mais incrível…

 

    O capitão se retirou de cima de mim e foi pedir comida a seu cozinheiro, que estava paquerando as garotas, que não havia notado, mas tinha uma de óculos e longos cabelos negros, uma loira perto de Hay e à ninja do Tsuna… Que bela referência à RWBY… Digo… Todos tem uma companheira, será que é sempre em relação a sua preferência sexual?  Quero dizer… Que fome… Sem mais, nem menos, um som de estômago ecoou na sala onde estávamos, vindo de mim é claro…

 

    –Desculpem-me, acho que estou faminto… — Disse um tanto envergonhado e coçando minha nuca.

 

    –Sem problemas garoto, vamos ir comer um pouco!

 

    Como esperado do cozinheiro do bando, se à pessoa tem fome, não à deixai em necessidade, né?!

 

    Fomos todos para a parte superior, uma brisa realmente magnífica, e uma coisa que eu não havia notado muito antes, mas agora estava mais claro, estávamos no Novo Mundo…

 

    Mas acho que tem coisas que preciso saber… Meu irmão parece querer me contar algo...


Notas Finais


Muitas revelações por vir, e agora em One Piece...

Criticas, duvidas, erros, favor informar por comentários, vale muito saber vossas opiniões.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...