História Detenha-me - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias X-Men
Tags Ação, Romance, Xmen
Exibições 11
Palavras 653
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Super Power
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Essa fanfic é contra indicada em caso de arritimia ou qualquer problema cardíaco.

Capítulo 17 - Mantenha distância


Fiquei o resto do dia trancada no quarto,sem atender á telefonemas e nem receber visitas.Não é correto mas precisava me sentir deprimida.
Alex me ligou vinte vezes em uma hora.Alex Summers é um problema para mim pois preciso me afastar dele mesmo sabendo como vou ficar.Detesto admitir mas o professor está certo.
A noite chega e se vai ao mesmo tempo.Tomo duas pílulas para dormir e rezo para que dessa vez elas funcionem.
Acordo e olho para o relógio.São oito da manhã.Me cubro dos pés a cabeça e tento voltar a dormir
-Hora de acordar-diz Xavier
-Me deixa-resmungo
-Deixei você ontem,mas hoje você vai levantar dessa cama e aproveitar o dia.
Bufo e me obrigo a levantar,tomo um banho e desço para o café
-Esse é o seu.Sente-se aqui.-manda Tempestade
Faço o que ela quer enquanto observo os olhares curiosos que me cercam.
Sento em um banco no jardim e vejo as crianças brincando enquanto um garotinho ruivo os observa de longe.
-Você está bem?
Me assusto ao ver Alex sentado ao meu lado.
-O que está fazendo aqui?-pergunto
-Fiquei preocupado.Você não me atendeu ontem e quando vim te visitar não me deixaram entrar.
-Não tive um dia muito bom.
-Soube que teve pesadelos.
-É.Fazia tempo que não acontecia.Olha,Alex.Sou diferente do que você pensa.Tenho cicatrizes que ainda doem muito.Não posso continuar envolvendo você nisso
-Já estou envolvido
-Não está mais.Não quero mais te ver.
-Como assim?Está terminando comigo?-indagou passando as mãos pelos cabelos,perplexo
-Sim.Preciso me afastar de você
-Porquê?Eu não vou deixar você destruir isso-ele levanta e me encara-Eu queria uma chance com você e agora que tenho não vou deixa-la acabar com tudo só por causa de alguns pesadelos idiotas
-Nã...
-Shhh.Ainda não terminei.Mesmo que demore anos,vou te ajudar e vamos nos ajudar porque também preciso de você.
-Você me faz mal!Não estou me afastando de você por causa dos pesadelos mas é porquê você está atrapalhando meu tratamento!
A decepção em seus olhos me fez abaixar a cabeça.Então ele se foi e eu voltei para meu quarto e chorei pelo resto do dia.
                      :*
Uma semana se passou e não tive mais notícias de Alex.Ainda estou tentando me recuperar,mas é impossível.
Sento no último degrau da escada e amarro meu tênis
-Acho muito legal o que você está fazendo pelo Brian-diz o professor
-Ele é um garoto bom,só tem medo das pessoas.O entendo perfeitamente.
-Teve...alguma notícia do Alex?
-Não.Ele deve estar melhor sem mim.
-Não acho que seja assim.
-O que você quer?foi você mesmo quem me pediu para deixa-lo em paz-digo perplexa
-Eu sei e parece que não deu muito certo.
O fuzilo com os olhos
-Sério?
-Vamos Alexia-chama Brian,o menino ruivo,gorducho e sardento.
-Vamos
Levanto e corro atrás dele pelo jardim.O garoto joga a bola que tem nas mãos no chão e começamos uma partida de futebol.Apesar de seu peso,Brian é um bom jogador.
-Ei!Podemos jogar com vocês?-grita um garotinho
-Nós também queremos-diz outro
-Podemos jogar com vocês?-pergunta Jean junto á Scott e outras crianças
-Não sei.Podem?-olho para Brian que consente com a cabeça
Dividimos os times e começamos uma nova partida.Jogar com muitos era melhor do que com um.Me posicionei na frente do gol-duas árvores -e agarrei a bola que Jean chutou.
Escuto um barulho e olho para o portão.Paraliso no lugar ao ver Alex vindo até mim.Seus lindos olhos azuis estavam tristes e cansados como os meus.Ele não diz nada,apenas me beijo.Que saudade dos seus beijos.Um beijo intenso e cheio de saudade que eu também esperava faz uma semana.
-Eu sei que te faço mau mas você também me destruiu esses dias.Não quero saber se está confusa ou triste,eu preciso de você e não vou abir mão disso-sossurra ele no meu ouvido
-Estava morrendo de saudade-murmuro
Nos abraçamos sem nos importar com os olhares que nos rodiavam.
Dane-se se não agradar a ninguém,só preciso agradar a mim mesma e a Alex que é quem me importa.


Notas Finais


COMENTEM,POR FAVOR!!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...