História Detention - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Pretty Little Liars, Sasha Pieterse, Shay Mitchell
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Emily Fields, Hanna Marin, Justin Bieber, Spencer Hastings
Tags Alison Dilaurentis, Emily Fields, Emison, Justin Bieber
Visualizações 246
Palavras 1.829
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá amores, olha eu aqui com mais um capítulo pra vocês *-*

Capítulo 20 - Sabe o que?


 

POV Alison 

Depois de mais alguns beijos, eu realmente tinha que me despedir e ir embora, mas era difícil largar aqueles lábios. Emily também não facilitava 

- Certo, agora eu tenho mesmo que ir - Falei cessando o beijo - Nós podemos marcar de nos encontrar

- Infelizmente não vai dá - Emily disse coçando a nuca - Eu acho que vou ter que ficar no colégio

Pensei em perguntar o motivo, mas meu celular começou a tocar novamente

- É o meu irmão, eu tenho que ir - Falei lhe abraçando rápido

Caminhei apressada pra o estacionamento, sabia que o Jason estaria furioso pela minha demora

- Caramba Alison que demora - Ele disse ao me ver entrar no carro - O que aconteceu? Estou aqui faz quase uma hora​

No caminho pra casa, expliquei tudo que aconteceu e ele ficou furioso com o Noel, com certeza o Jason iria tomar satisfações com aquele imbecil. O pior foi que os meus pais falaram sobre isso o resto do dia, na hora do jantar já estava esgotada daquele assunto, por sorte a Hanna ligou me salvando

* Ligação On *

- Você deu sorte de estarmos lá - Hanna falava rindo - Caso estivesse sozinha, só Deus sabe o que o Noel tinha feito

- Verdade, mas deixa isso pra lá - Falei realmente querendo mudar de assunto - E você e o Caleb? O que vão fazer agora que não podem ir na festa do Noel?

- Ele me chamou pra ir no cinema amanhã, acho isso tão chato, mas lógico que aceitei - Hanna falou e eu até imaginei a cara que ela fazia - Mas você viu a mensagem do Justin?

- Sim, achei uma ótima idéia - Falei lembrando do convite

O Justin nos chamou pra irmos passar o domingo na piscina da casa dele, no início não considerei ir, mas depois me animei

- Então vamos todos - Hanna disse alegre 

Conversamos mais longos minutos, sobre várias coisas que só nós mesmo entendia

* Ligação Off * 

Na mesma noite ainda conversei com a Emily por mensagem, perguntei o motivo dela não sair do colégio e ela fugiu do assunto, ao menos não mentiu, mas mesmo assim não me conformei com a negligência dela

No sábado logo cedo a minha mãe chegou me acordando, motivo? Ir ao shopping, ela queria comprar um presente pra uma colega de trabalho, eu lógico a ajudei a comprar. Acabei aproveitando e comprando roupas e sapatos pra mim, depois de quase três horas no shopping voltamos pra casa

Como eu passava a semana inteira no colégio e o Jason na faculdade, meus pais faziam questão que o almoço fosse com a família completa, tinha que ser assim ao menos no sábado. Depois do horário de almoço fui dá uma volta, mas precisamente na casa da Hanna

Fiquei pra lhe ajudar a escolher a roupa de ir ao cinema, sempre fazíamos isso quando uma de nós ia sair

- Hanna para, ou vou acabar borrando toda sua a maquiagem - Falei já me irritando

- Desculpa, eu só tô muito nervosa - Ela disse gesticulando as mãos

Naquele momento tive certeza que ela estava muito nervosa, parecia que ia desmaiar de tanta ansiedade, nunca vi a Hanna nesse estado

- Não precisa ficar nervosa, vai dá tudo certo Hanna - Falei segurando em cada lado do seu rosto - Você é maravilhosa, o Caleb tem muita sorte em está saindo com você, e tenho certeza que vai ser um ótimo encontro

- Assim espero, eu nunca senti nada parecido por alguém - Hanna falou pensativa - Eu acho que tô apaixonada por ele, e isso me deixa preocupada 

- Não tem com que se preocupar - Falei tentando lhe passar conforto, ela sorriu - Agora fica quieta e me deixa terminar essa maquiagem

Alguns minutos depois descemos pra sala da casa da Hanna, conversamos um pouco e eu resolvi ir embora, principalmente porque já estava ficando tarde. Cheguei na minha casa indo direto tomar um banho pra poder ir jantar, quando saíndo do quarto escutei o barulho do celular

Peguei meu celular sorrindo ao ver o nome da Emily no visor, era uma mensagem dela

* Mensagem On *

Emily: Boa noite, espero que esteja aproveitando o seu final de semana

Eu: Estaria bem melhor se eu podesse te ver, boa noite

Enviei a mensagem e depois me arrependi um pouco, eu não queria parecer desesperada por ela

Emily: Assim você me convence

Emily: O colégio é ainda mais horrível sem você, acho que vou fugir

Eu: Isso é saudades?

Ao mandar a mensagem ouvi minha mãe gritar meu nome, com certeza o jantar já estava sendo servido

Eu: Vou jantar, já volto

* Mensagem Off * 

Desci as escadas indo direto pra cozinha, comi um tanto apressada pra voltar pro quarto e conversar com a Emily, mas os meus pais parecia está adivinhando a minha pressa, iniciaram uma conversa que parecia não ter fim. Quase duas horas depois subi pra o meu quarto, já era quase 11 horas da noite

Assim que entrei no meu quarto peguei o celular, tinham duas mensagens dela 

* Mensagem On *

Emily: Isso é muita saudade, não é justo ficar dois dias sem te beijar

Emily: Certo, bom jantar

Um sorriso quase rasga meu rosto ao ler a primeira mensagem, principalmente porque me indetifiquei muito

Eu: Não é justo mesmo, mas podermos recompensar esses dias

Eu: Ainda está acordada?

Perguntei e não obtive resposta por longos minutos

* Mensagem Off * 

A demora foi tanta que acabei dormindo, só acordei com uma Hanna saltitante em cima de mim, lhe xinguei antes de tudo. Depois tomei um banho e saímos rumo a casa do Justin, verifiquei meu celular algumas vezes e nada de respostas da Emily

A casa do Justin ficava uns 10 minutos de distância da minha, quando entrei na casa várias recordações surgiram na minha cabeça, lembrei de que quando criança eu sempre vinha pra cá. Os meus pais eram amigos​ dos pais do Justin a muito tempo, antes mesmo de nós nascermos

- Só faltava vocês - Justin disse alegre ao nos ver - Porque demoraram?

- Porque a Alison não acordou na hora certa - Hanna me entregou

Depois daquela conversa fomos pra área da piscina, coloquei meu bikini e segui os outros que já estavam dentro da água, alguns mergulhos depois sai pra pegar um sol. Hanna ficou na água agarrada com o Caleb, os dois não se desgrudaram um minuto sequer, mas algo que chamou minha atenção foi o Justin e a Aria, os dois conversavam preocupados, até então tudo bem pois poderia ser coisa de casal

Mas quando a Spencer amiga da Emily entrou na conversa, fiquei atenta

- Alison - Justin falou se aproximando - Você já falou com a Emily hoje?

- Não - Respondi já me preocupando - Porque? 

- As meninas estão preocupadas com ela - Ele disse apontando pra Aria e Spencer - Ela não atende e nem responde as mensagens

- Isso é verdade, mandei uma mensagem pra ela ontem a noite e até agora nada - Falei preocupada com o que podia ter acontecido - Você acha que aconteceu algo de ruim? 

- Não, mas eu tô preocupado mesmo assim - Ele disse pensativo

- Justin, eu sei que a Emily está lidando com algum problema, qual é? - Perguntei tensa, percebi que sua reação seria fugir do assunto - Fala Justin, eu só quero saber como ajudar ela 

- Mas eu não sei se posso contar - Ele respondeu negando a cabeça - Ela que quem deve contar, não eu 

- Você está certo - Falei tomando uma decisão - Eu vou até lá procurar por ela

- Vai até lá? Vai pra o colégio? - Ele perguntou surpreso, acenti com a cabeça e comecei a juntar as minhas coisas - Talvez você devesse esperar até amanhã, Alison

- Não, não aguento mais esperar - Falei e sai da sua frente o deixando sem ação

Fui até o banheiro vestir minhas roupas, ainda não sabia o que faria pra voltar pra o colégio antes do tempo, meus pais com certeza iam me encher de perguntas, mas eu já estava decidida. Quando sai do banheiro avistei a Hanna se aproximando, aquilo não era nada bom

- Pra onde você vai nessa pressa toda? - Ela perguntou confusa

- Eu não posso te explicar agora, amanhã a gente conversa - Falei tentando fugir dos seus questionamentos, mas aquela era Hanna Marin

- Não, eu quero saber agora o que está acontecendo? 

- Mas agora eu tô com pressa como você mesma está vendo - Falei e sai andando 

- Droga Alison, eu pensei que você confiasse em mim - Ela disse com tom de mágoa, parei assim que a ouvi 

- E é claro que eu confio Hanna - Falei me aproximando dela novamente

- Confia tanto que me esconde as coisas - Ela disse um tanto brava, neguei a cabeça e ela continuou - Certo que eu te entendo, mas... Você não precisa ter medo de me contar nada, nada Alison

Eu não sei se estava louca, mas aquelas palavras​ me levaram a pensar que a Hanna já sabia de algo

- Eu... - Falei procurando coragem 

- Eu já sei Alison - Ela falou e meu coração gelou

- Sabe o que Hanna? - Perguntei nervosa,  no fundo eu tinha esperança dela está falando de outra coisa

- Sobre você e a Emily

Aquela frase me acertou como um soco no estômago, um medo misturado com desespero tomaram conta do meu ser

- Hanna... Eu posso explicar isso

- A única coisa que você precisa explicar, é porque escondeu isso de mim? Alison, nós somos amigas desde o berçário, sempre estivemos uma do lado da outra, você acha que eu sou tão horrível a ponto de não te apoiar? A ponto de deixar de ser sua amiga, só por você está com uma garota? 

Me quebrou ouvir aquilo, as palavras da Hanna vinham carregadas de mágoa e uma certa raiva

- Isso é tão confuso que... Não sei 

- Eu sei que é confuso, por isso mesmo deveria você ter me contado e eu te ajudaria no que fosse possível

- Eu tive medo - Falei deixando algumas lágrimas caírem - Eu já não sei lhe dar comigo, imagina ter que te contar uma coisa que eu mesma não sabia explicar

- Alison, presta atenção - Hanna falou colando suas mãos no meu rosto - Eu não vou te questionar ou julgar por isso, a única coisa que vou fazer é te apoiar até onde for necessário

Hanna sabia como confortar as pessoas e aquelas palavras me deixaram tão aliviada, porque ter o apoio da minha amiga, era tudo que eu precisava pra começar a entender os meus sentimentos. Fui uma idiota ao imaginar que ela agiria diferente comigo


Notas Finais


o próximo capítulo promete 🔥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...