História Determinadas - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~Nathaniete2999

Postado
Categorias Originais
Tags Determinadas
Exibições 1
Palavras 726
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


essa é a Sarah

Capítulo 4 - Justiça


Fanfic / Fanfiction Determinadas - Capítulo 4 - Justiça

Sarah pov on

 Eu fui pra casa sem saber o que fazer com toda aquela confusão que tava acontecendo. Eu sabia que podia perder a amizade da Amy e da Jane se ficasse do lado da Marcela. Mas se eu ficasse do lado delas perderia a amizade da Marela. O que eu faço? Depois de desabafar om minhas amiga Karla, ela disse:
 

- Posso estudar aí pra te ajudar com esses problemas!

- Sério?

-Sim! você sabe... Eu sou a filha do Prefeito WestWood! Se o Marcelo tentar usar elas, ele pode levar um castigo das autoridades. Não sei qual, mas sei que existe castigo pra esse tipo de coisa

- Tá. Mas quando você pode vir?

- Amanhã mesmo!

-Ah, que sorte eu tenho por ter você!

- Idem!

Amy pov on

É difícil andar pelo colégio todos os dias sem conversar com alguém. Vejo as meninas passando e não acredito que elas não ficaram comigo. Vejo elas em todos os meus compromissos, e tenho vontade de pedir um abraço. Mas a mágoa é grande... A má sensação de que perdi algo... algo importante.

Jane pov on

Eu não consigo fazer as coisas sem pensar nelas. Minhas melhores amigas, me deixaram. Por que a Marcela tentou me separar dele? Por que a Sarah protegeu ela? Por que a Amy, tenta pegar ele pra ela? O pior é que eu não tô aguentando a pressão de não ter uma amiga, e de resolver os problemas sem ter alguém do meu lado.

Karla pov on

Primeiro dia de aula, vou resolver problemas e não conheço ninguém aqui nesse novo colégio. Procurei encontrei a Sarah.

- Sarah! Oi, Tudo bem?- eu disse abraçando ela.

- Sim e você?

- Preparada pra desmascarar um hoje!

- Perfeito! temos que achar a Jane ou a Amy.

 Depois de um tempo achamos a Amy, e a seguimos até o campo de futebol, onde ela foi em direção à um garoto, aquele devia ser o Marcelo.

Amy pov on

Fui pro campo de futebol por causa de uma mensagem urgente do Marcelo

-Marcelo! O que foi? Tudo bem?

- Sim, é que eu queria te entregar isso- ele me deu uma mini cesta de doces e uma rosa vermelha e disse:

- Quer namorar comigo?

- Quero!- E beijei ele.

- Errr... Eu sei que você tá sofrendo pela Jane, e pensei em fazer ela sofrer também, pedindo ela em namoro, e depois partindo o coração dela.

 Eu não queria, mas ele disse que ia, mesmo que eu não quisesse e que era melhor eu aceitar pra não ficar magoada também, e é com muito desgosto que tento aceitar.

Jane pov on

Corri desesperadamente pra o acampo de futebol, pela mensagem urgente do Marcelo.

- Marcelo! Tô aqui! O que aconteceu?

ele me deu uma cestinha de doce, e uma rosa vermelha.

- Quer namorar comigo?

- Cl- Claro que sim!- beijei ele, e ele disse:

- Olha, não se assuste, mas eu pedi a Amy em namoro também.

- O que como assim? Você é meu primeiro namorado, mas sei que não se deve dizer pra uma garota que ela foi a segunda opção!

- Não! Calma! É que, eu sei que você tá sofrendo pela Amy, e pensei em fazer ela sofrer também, pedindo ela em namoro, e depois partindo o coração dela.

Eu não queria, mas ele disse que eu também seria magoada se não aceitasse, porque mesmo assim ele faria, então aceitei.

Karla pov on

Cheguei perto do Marcelo e disse pra ele:

- Oi! Tudo bem?- eu disse tentando ser simpática

- OOlaaa! Que gatinha! Tá procurando um namorado? Eu tô solteiro!- "Até parece!" pensei

- Gatinha é a tua avó! Você não está mais solteiro desde 5 minutos atrás! Olha aqui, Quero que pare de manipular a Amy e a Jane.

-não. Simplesmente não!

- Não vou deixar você continuar com isso!

- E como você pretende me impedir?

- Sabe qual é o meu nome?

- Não tô muito interessado.- ele disse se virando pra ir embora

- Karla WestWood.- eu disse e ele parou de andar

- você é a f- filha do prefeito WestWood?

-Sou. E você vai parar com isso, ou meu pai pode providenciar um bom castigo pra você. E aí? Podemos fazer um trato ou o sacrifíio da sua liberdade. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...