História Detetive Sinclair - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Mistério, Novela, Originais, Policiais
Visualizações 1
Palavras 1.362
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Mistério, Policial, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


O inicio de altas investigações

Capítulo 3 - Miami, a disputa de detetives.


Fanfic / Fanfiction Detetive Sinclair - Capítulo 3 - Miami, a disputa de detetives.

Jerry vinha no jato do FBI, onde havia aparatos realmente muito tecnológicos para aquela época, Jerry se via confuso com aquelas máquinas que emitiam sons e imagens, quando perguntou ao oficial.

Jerry: Para que todo esse material eletrônico? 

Oficial: Você terá o direito de saber quando falar com o comandante da divisão.

Jerry: Tá bom.

Eles então chegaram de volta a Nova York, Jerry ao sair do jato entrou direto em um carro do FBI para ser conduzido para a sede central do FBI, chegando lá Jerry viu muitos outros detetives de regiões diferentes dos Estados Unidos, todos ali também tinham sido convocados para participar da divisão, Jerry achou que todos participariam, até que entra o inspetor-chefe do FBI Marcus Roodney.

Marcus: Hoje temos aqui reunidos todos os homens e mulheres que resolveram grandes casos no nosso país, desde a prisão do mafioso Al Capone, o FBI fez um sistema para acabarem com outros criminosos antes mesmo deles atacarem, temos aqui policiais federais que descobrirão a farsa cinematográfica que acontecia no estado de Nevada, e detetives particulares que descobrirão planos de governos corruptos envolvendo drogas e bebidas ilegais, hoje vocês irão para diferentes regiões do país para descobrir qualquer violação da lei.

Jerry se surpreendeu, ele não sabia que teria que competir com tantos detetives de agências policiais diferentes, ele estava muito nervoso, pois não sabia o que poderia acontecer pelo resto daquela disputa, nem sabia para onde iria.

Marcus pegou duas urnas, uma com um nome de um detetive e outra com um destino que ele iria, Marcus começou a sortear os nomes e os destinos até chegar no nome de Jerry

Marcus: Jerry Sinclair...vai para...Miami, Flórida.

Jerry então foi levado até uma sala aonde um outro inspetor chamado Lewis o disse:

Lewis: Você vai passar no máximo um mês em Miami, se você sair de lá você automaticamente saíra da competição, se você for sequestrado terá um rastreador colado embaixo da unha do seu dedão do pé e você poderá apenas pedir reforços em último caso, para chamar reforços você terá que ligar para o número 111 em um celular que o FBI te dará.

Jerry então caminhava até a porta do Inspetor Marcus, quando bateu na porta ele mesmo a atendeu, Jerry então conversou com Marcus sobre como ficaria sua mãe e seus irmãos, Marcus então disse que eles morariam na sede no FBI até que Jerry pudesse comprar uma casa, Jerry então embarcou novamente no jato e voou até o aeroporto internacional de Miami, lá ele teria que se hospedar em algum hotel que coubesse em seu orçamento, que era muito baixo, então ele se hospedou em um hotel a bera da estrada, onde poderia planejar a investigação.

Jerry então guardou suas malas no hotel e foi para a delegacia de Miami Jerry pegou um ônibus para uma das delegacias para pegar algum caso lá.

Jerry: Olá, sou Jerry Sinclair e estou tramando uma investigação para esta área, eu estou procurando um caso de categoria alta.

Delegado: Bom... temos um caso sobre o roubo de diversos artigos de luxo de um oficial da CIA, que veio para Miami para se aposentar mas teve a casa saqueada.

Jerry pegou o caso, que por envolver um agente do serviço secreto americano poderia lhe render uma boa posição na disputa, ainda na delegacia Jerry aproveitou para se armar, pegou uma pistola 9mm, utilizada pela policia municipal de Miami e pelo exército, Jerry levou todos os documentos para seu quarto de hotel, onde ocupou uma escrivaninha com os documentos e as observações do caso.

O agente aposentado da CIA Leon Marx tem uma casa na praia, dois camaros, um haras onde cuida de diversos cavalos e uma riqueza bem grande, Jerry então pegou seu celular e ligou para o agente Leon, eles marcaram de se encontrar em long beach, um ponto turistico famoso de Miami. Jerry o encontrou em um quiosque, olhando para cima preocupado.

Jerry: Olá senhor Marx, sou o detetive que está examinando seu caso, poderia me contar o que aconteceu?

Leon: Sim, um sistema de câmeras de segurança na minha casa viu um dos bandidos entrando por uma janela, eles estavam usando máscaras pretas para não serem identificados, eles pegaram minhas jóias, meus quadros e pegaram meu cofre.

Jerry:Posso ver essa gravação? Ela pode me revelar algo.

Então Marx entregou uma fita para Jerry, Jerry então entrou em uma loja de artigos eletrônicos, pediu para usar um toca fitas e então estava assistindo-a.

Na fita um homem colocava as coisas do ex-agente em um saco preto, Jerry deu um zoom em seu rosto coberto pela máscara e viu uma tatuagem com listras da cor azul e branca, então Sinclair lembrou de que Miami é a área mais próxima do território cubano, ou seja, a nacionalidade daquele criminoso já estava confirmada.

Jerry então foi até o departamento de imigração para ver quais eram os cubanos que entraram no país antes do roubo, que por azar, não conseguiu encontrar o dono da cicatriz, podendo significar que o criminoso estava no país ha mais tempo ou ele entrou no país clandestinamente.

Jerry conseguiu a identidade de um homem chamado Raul, que tinha passagens de furto de carros na mesma área do estado da Flórida, ele então era o maior suspeito daquela investigação, ele então colocou uma recompensa de $5000.00 reais para informações sobre Raul, Jerry então voltava até seu quarto, lá dentro ele anotou tudo o que acontecera naquele dia e adormeceu.

Jerry acordou bem cedo, estava tomando seu café da manhã quando seu telefone tocou, do outro lado da linha um fiscal do trânsito alegava ter um carro abandonado no nome do tal Raul, Jerry então saiu de seu quarto para ir até a localização do carro, nele Sinclair fotografou o carro todo por dentro e por fora, no porta-malas havia um remo, a máscara e o endereço do haras do ex-agente Marx, podendo significar que Marx seria assaltado de novo, Jerry então foi até o hotel para pegar sua arma quando viu que sua maçaneta estava mais resistente de abrir, poderia ser pela ferrugem das engrenagens da porta...mas Jerry percebeu que tinha alguém dentro do seu quarto.

Jerry abriu rapidamente a porta, havia um homem dentro do quarto armado com uma faca, Jerry o empurrou contra a parede e lhe acertou um soco no rosto, o homem tentou lhe acertar uma facada, porem erra a barriga de Jerry, que dá uma cabeçada no nariz do homem e empurra sua cabeça contra um vaso.

Jerry: Quem é você?

Homem: Você não vai prender Raul, ele vai levar a liberdade de Cuba para a droga desse país, vocês americanos idiotas vão pagar pelo que fizeram com Cuba, esse país vai sofrer muito ainda.

Jerry então nocauteia o homem, que quando cai revela uma tatuagem igual a do ladrão, ou seja, Raul iria assaltar o ex-agente, Jerry então vai acampar no haras de Marx, onde os cavalos das mais puras raças pastavam, Jerry se escondeu atrás de um monte feno e esperou Raul atacar o haras, quando era aproximadamente 3:50 da noite Raul entra no haras com um fuzil, no fuzil estava escrito o nome de Marx, querendo dizer que ele executaria Marx naquela mesma noite, Jerry então disca 111 em seu celular e espera a policia chegar, Jerry tenta ficar o mais quieto possível, porem acaba soltando um espirro, o que alerta Raul que começa a procurar Jerry.

Jerry não poderia arriscar continuar ali, então ele se escondeu em outra pilha de feno logo atrás de Raul, Jerry então se aproxima e aponta a sua arma para as pernas de Raul de dá dois tiros, Raul cai no chão sangrando , porem ainda com o fuzil na mão, então Jerry pega rapidamente o fuzil e aponta para a cabeça de Raul, que é mantido como prisioneiro até a policia chegar, Raul é preso e depois deportado de volta para Cuba, Jerry completou o caso do agente da CIA em menos de 3 dias, aquele era um recorde para um detetive que começou sua carreira como fiscal do trânsito.

Jerry então sai de Miami escoltado pelo FBI e volta de volta a sede


Notas Finais


A partir daqui Sinclair terá mais dificuldades em seus casos, não perca!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...