História Deusa do Amor - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto, Oh My Venus
Personagens Anko Mitarashi, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Inojin Yamanaka, Itachi Uchiha, Kaguya Ootsutsuki, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Madara Uchiha, Mebuki Haruno, Naruto Uzumaki, Orochimaru, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari
Tags Drama, Naruto, Romance, Sasusaku
Visualizações 441
Palavras 2.099
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Esporte, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi meus amores

Com pesar que venho informar que é o fim 😢😢😢 sinceridade chorei ao escrever esse capítulo mas é o final e os finais sempre emocionantes...

Quero agradecer aos favoritos e aos comentários de todos os capítulos muito mas muito obrigada ♢♡♡♡ espero ver vocês em mas histórias minhas

Não demorarei nas notas então Boa leitura

Capítulo 24 - Começo de um fim


Fanfic / Fanfiction Deusa do Amor - Capítulo 24 - Começo de um fim

- Ahhh Sasuke-kun....

- Mamãe não guenta nada - Sakura olhava para aquela criança com o pior olhar para a mesma que corria mostrando a língua para mãe.

- Sakura vamos, falta só uma quadra. - Sasuke comentou vendo a esposa exausta. 

- Vocês querem me matar isso sim - parou olhando os dois que tinha  voltado para perto dela. - Parei eu fico aqui - sentou no banco da praça, a menina de apenas 3 anos se aproximava puxando a mão da mãe. - Vão mamãe - puxava novamente - Ainda temos que ir para cola.

- Nada de cola vou ficar aqui tô morrendo.

- Nem na gravidez da Sarada você ficou tão cansada e indisposta - Sasuke comentaca recebendo um olhar nada amistoso da mulher, revirou os olhos se abaixando na frente dela.

- Sobe nas costas que eu te levo - sorriu subindo nas costas do marido.

- Mamãe isso não vale - bufou Sarada que corria ao lado do pai.

- Sua mãe não aguenta nem o pequeno circuito que faço para você Sarada, imagina quando for o dela. - Sasuke falou fazendo a menina rir

- Meu nada - A mulher retrucou olhando a sua pequena sorridente, caminharam até chegar no carro parado no fim da praça, Sakura desceu das costas de Sasuke entrando no carro, o moreno colocou Sarada na cadeirinha no banco de trás, fechou a porta indo para o banco do motorista.

- Já são 06:10, então vamos agilizar, Sarada vou pedir para Kakashi te levar pode ser?

- Pode papai - sorriu vendo os pais olhando a olhar sorridente no banco traseiro, Sasuke deu partida e em 20 minutos chegou em casa, Sakura desceu tirando a menina do cinto e colocando na calçada a mesma correu casa adentro.

- Vovó - Sarada foi levantada pela dona Mebuki que estava na sala, Sakura entrou sentindo o cheiro da comida recém preparada. 

- Vai tomar banho sapinha.- a avó ordenou 

- coach, coach -  imitou um sapo correndo escada acima. Sendo acompanhada pela mãe e avó que riam.

-Mãe o que faz acordada, podia ter dormido mais! 

- Não, irei embora agora cedo, Emi me ligou pedindo ajuda com Yuri pois está passando mal. - informou vendo a filha assentir  com a cabeça.

- Quer que te leve sogra - Sasuke surgiu atrás da esposa.

- Não precisa, fica tranquilo - Sakura sorriu abraçando a mãe e desvencilhou caminhando escada acima até o quarto de Sarada.

- Dona Mebuki certeza?

- Sim querido, fiquem em paz - Pegou a bolsa no sofá -manda Beijo a Sarada por mim 

- Mande abraço a todos por nós - Mebuki assentiu saindo porta a fora, subiu a escada indo para o quarto se arrumar. Sakura adentrou ao quarto de sua filha.

- Mamãe me ajuda - Sakura riu vendo a pequena tentando colocar a roupa de uniforme.

- Meu Kami - sentou na cama puxando a filha a ajudando vestir sia blusa.- Sua mochila tá organizada?

- Tá mamãe - sorriu puxando a mochila pequena rosa abrindo e mostrando a mãe que continha um caderno e estojo com vários lápis coloridos, Sakura pegou fechando a mochila.

- Quando tiver lá embaixo não esquece a merenda. - falou olhanão as lembranças antigas que vinham a sua mente e um sorriso despontou de sua face.

"AÍ QUE DOR - respirava fundo sendo levada de cadeira de rodas pelo hall do hospital - Sasuke eu tô morrendo

- Não tá Sakura, se acalme - após Sasuke falar com a esposa que entrou na sala de emergência, Seguia ao lado da esposa, com ajuda de enfermeiros que a deitou na maca.

- Últimas contrações - a médica informou vendo Sakura apertar a mão do marido com força. 

Após algumas horas de desespero e dor começou enfim Sarada vim ao mundo

- AHHHHH POR KAMI TIRA ELA LOGO DAí --Sakura pedia com lágrimas rolando de seus olhos.

- BUÁÁÁÁ

Um pequeno choro foi ouvido e logo a médica levantou a menina que gritava, fazendo a mãe suspirar e respirar aliviada.

- Finalmente essa menina veio ao mundo - a médica ruiva se aproximava mostrando a menina a mãe e ao pai que estavam  encantados."

- Mãe tá fazendo de novo!

- O que?- olhou a filha que tinha um pente nas mãos, colocou a menina nas pernas arrumando o cabelo dela. 

- Esse sorriso de gente pilada - Sakura riu prendendo a buchinha e puxando a menina para um beijo estalado. 

- Larga disso - Sarada desprendeu da mãe que  sorriu puxando a mão da pequena descendo as escadas, caminhou até a entrada vendo Kakashi conversando com Sasuke.

- Tchau papai - puxou o pai que abaixou recebendo um beijou o rosto, e logo subiu no banco traseiro com ajuda de Kakashi foi posta na cadeirinha e no cinto.

Sasuke observava a pequena animada para ir a escola.

"Sakura e Sasuke andavam pelo jardim da mansão Uchiha, a pequena andava mas à frente.

- Sakura meu avô estava comentando que tal colocarmos ela na escola, ela é um prodígio apenas com 3 anos já sabe ler e escrever.

- Hinata falou comigo também sobre , parece que só não põe Boruto pois ele é muito imperativo e está esperando Naruto voltar da missão para resolver para resolver sobre a psicóloga e sobre a escola.

- Shikamaru vai colocar Shikadai esse ano ainda, pela Temari não iria para escola pois ela tem medo mas Gaara informou que a família está de acordo- ambos riram.

- Inojin já está com 10 anos, Ino está orgulhosa do filho e do restaurante que está indo muito bem e Sai finalmente conseguiu abranger seu programa para cidade toda - Sakura comentou fazendo Sasuke puxar sua mão acariciando.

- Mãe o que é cola? -Sarada prestava atenção na conversa e voltou questionando. 

- Escola é para onde você irá aprender e terá muitos amiguinhos

- Mas tenho amigos, prima Akemi, Boluto, Shikadai e Inojin - sorriu 

- Mas será muito mas amiguinhos -Sakura comentou se abaixando a frente de  Sarada  

- Mamãe amo você -  abraçou a mãe e olhou o pai que estava na mesma altura e o abraçou também."

- Sasuke está bem?- a mulher questionou se aproximando.

- Está, somente tive algumas lembranças da nossa pequena - abraçou Sakura

- Vou me arrumar para o  trabalho - Sakura comentou vendo o marido alinhando no terno, largou o marido correndo para dentro se arrumando. 

....

- Anko estou morta. - Sakura colocava ase pernas na cadeira ao lado da mesa.

- Senhora só tem mais um cliente. - Sakura a olhou se  levantando  saindo da sala, olhando pelo corredor sorrindo.

- Nem parece que isso começou numa pequena loja com duas salas.

- Agora todos querem ter sua causa atendida pela  doutora Uchiha pessoalmente. - Anko comentou fazendo Sakura voltar para sala. 

- Verdade Anko, pena que disputo com meu marido - riu lembrando do antigo escritório de advocacia - e você está bem, emagreceu, esta seguindo a dieta que o médico te passou? - perguntou a amiga olhando a redução do peso de Anko.

- Estou sim e acredita que estou namorando o nome dele é Akira trabalha numa loja aqui perto - Sakura sorriu para amiga vendo a grande melhora física que ela obtivera. -Parabéns amiga eu sempre te apoiarei - abraçou a mulher e desvencilhou a olhando

- Anko passa os últimos cliente para Shizune.

- Até hoje não sei porque a contratou? - Anko falou vendo Sakura se virar.

- Pois mesmo que ela tenha pintando as piores comigo, ela é uma ótima advogada, creio que agora ela aprende - Piscou colocando o óculos escuros abrindo a porta - Não retorno hoje - Pegou a bolsa na entrada saindo, ao pisar na calçada viu o carro já estacionado.

Shizune aparecia ao lado de Anko na sala da recepção vendo a atual patroa saindo.

- Ela mandou fazer esse cliente! - entregou a pasta indo se sentar.

- Claro -falou vendo o homem indo para sala já aberta. 

Sakura estava no carro sendo guiada por Kakashi

- Boa tarde .

- Boa senhora para onde quer se levada?

- Buscar meu anjo na escola - sorriu para o homem conhecido da família, deu partida não demorando a chegar na escola, Sakura viu sua pequena na frente da escola, abriu a porta do carro e logo ela correu abraçando a mãe que a colocava na cadeirinha tagarelando o seu dia na escola.

Assim que viu Kakashi estacionou na frente do hospital, Sakura ficou no carro esperando por Sasuke, pessoas saiam do prédio, avistou a cabeleira ruiva se destacando ao seu lado uma mulher loira em ambas as mãos aliança de casados. Sorriu sem perceber, mesmo que odiasse lembrar o que Sasori fez com ela não poderia odiar a idéia dele ter se casado pois sua vida reservou e lhe deu um homem maravilhoso. Voltou a olhar após escutar a porta de fechar.

- Hoje não fui o único a viajar nos pensamentos. - Sasuke comentou fazendo a esposa arredar para se sentar mas confortável ao seu lado.

- São bobagens - recebeu um beijo rápido do marido e logo passou para sua pequena que agora contava seu dia para seu pai.

- Licença senhor, seguimos o que conversamos hoje pela manhã?

- Sim  -Kakashi sorriu seguindo por aquele caminho que conhecia perfeitamente.

-Mamãe eu amo você. - Sarada puxou o rosto da mãe que se aproximou recebendo um beijo.

- E eu não me ama - Sarada olhou para o pai sorrindo.

- Te amo também um montão assim - abriu os braços mostrando a quantidade que amava o seu pai fazendo o mesmo rir.

Sakura olhou para fora vendo a entrada da mansão de Hagoromo, sentiu o carro parar tirando o cinto da filha, Sasuke abriu a porta vendo a espoleta pasaando por ele e após colocar os pés no gramado saiu correndo, Kakashi desceu indo atrás da menina deixando o casal sozinho no veículo.

- Sabe eu nunca imaginei que poderia ser tão feliz assim, foi tanta dor e soferimento que nunca imaginamos.

- Também não, desde aquele acontecimento a anos atrás, eu não poderia imaginar que teria um homem tão bom na minha vida.. - Sakura sentiu um carinho em seu rosto e seu queixo sendo puxado para um beijo lento e cheio de sentimento, após o término Sasuke olhou fundo dos olhos da esposa.

- Eu nunca imaginária que me casaria com uma deusa. -Após uma risada baixa da esposa voltaram a se beijar.

- ECAA - Sarada comentou ao abrir a porta do carro, Sasuke parou olhando a filha que fazia cara de nojo, saiu do carro junto com da esposa.

- O que é eca menina? - Sakura questionou

- O beijo - a mãe sorriu

- É nojento assim então toma - Sakura puxou a filha beijando sua bochecha, logo Sasuke fez o mesmo

- Me larga papai

- Hahaha, essa minha bisneta é fogo - Nem em uma hipótese ninguém imaginária um dia ver o velho Uchiha gargalhar por uma criança, mas o que menos espera acontece pois o avô se apaixonou pela netinha assim que a viu no berçário no hospital, sendo tudo de mais precioso em sua vida.

- Vamos entrar -Konan cumprimentou todos, avistou quando seu marido caminhou até o irmão o cumprimentando juntamente com Akemi que puxava a prima para brincar.

- Sakura - a mulher ouviu o patriarca a chamar e seguiu até o mesmo.

- Sim -sorriu para Hagoromo que após o casamento começou a aceitar melhor ela na família. 

- Quero te agradecer, por fazer meu neto feliz e principalmente por me dá uma neta maravilhosa.

- Na verdade em breve será mais um bisneto - comentou levando a mão na barriga

-Ele sabe?

- Ainda não é surpresa - o velho começou a gargalhar a fazendo não entender.

-Acho que agora não mais -apontou para trás vendo o neto paralisado.

- Sasuke. -levou a mão na boca surpresa 

- Mais um sobrinho -Itachi comentou e viu quando o irmão abraçou a esposa.

-Obrigado de coração.

- Viva um irmãozinho -Sarada correu sendo puxada para um abraço de seu pai

-Bom vamos entrando senão o almoço esfria -Konan sorriu para a cunhada e  seguiram todos para dentro do casarão, fizeram uma ótima refeição e também festejar o próximo Uchiha que está a caminho.


* Madara e Mito foram morar no interior do Japão só tendo algumas notícias quando Konan queria ver a mãe.


Isso é que acontece, muitas coisas passam pela nossa vida sem sabermos, como Sakura que por uma incrível coincidência conheceu Will Peter ou melhor seu esposo Sasuke Uchiha que a treinou e ensinou a controlar sua alimentação e curou o coração traído, o mesmo aconteceu o inverso um herdeiro de um hospital conheceu a Deusa do Amor aquela que tirou a dor da perda, cicatrizes da vida e do abandono trazendo uma pequena luz em ambos corações.


 Fim 


Notas Finais


Espero que tenham gostado dessa adaptação da obra original OH MY VÊNUS do dorama...
Fico feliz que consegui alcançar o público com essa história e claro colocar nosso casal top 1000 no mesmo espaço ...

Obrigada Beijos

Até a próxima história

Fiquem com Deus

Sakurai


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...