História Deuses - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inazuma Eleven (Super Onze)
Personagens Afuro Terumi (Aphrodi)
Visualizações 64
Palavras 718
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá meus amores, eu tava muito ansiosa para fazer está história, espero que gostem.
Vamos la?

Capítulo 1 - Capítulo único.


Fanfic / Fanfiction Deuses - Capítulo 1 - Capítulo único.


Dizem os humanos, que nós anjos, somos seres divinos e puros. Que vivemos para proteger as pessoas da morte ou do perigo.

É verdade, vivem sim para para protege- Los , mas só aqueles a que os anjos são destinados.

Você estava destinada a proteger um capital de time de futebol, como anja era sua obrigação. 

Suas assas batiam com força para chegar na tal escola do garoto. Você pousa num campo de futebol e da uma pequena olhada no terreno da escola, faz jus ao nome.

 Escola Zeus , a escola dos deuses. Interessante.

Um pouco intediada você vai para a arquibancada voando e depois fica sentada esperando algo acontecer.

10 minutos se passaram e finalmente algo aconteceu, seu grande protegido acabará  de chegar com sua equipe .

Cada membro dela era uma divindade Só, não podia ser mentira, mas o mais lindos era aquele Deus grego de cabelos longos, olhos vermelhos e determinação de sobra para seus objetivos. 

Vocês anjos eram proibidos de ajudar os humanos pois poderiam se machucar, tanto fisicamente como sentimentalmente. Você nao ligava para isso. Era besteira. 

Todos os dias e em todas as partidas, você emprestava suas assas para ele fazer sua técnica especial. As asas celestiais. 

Você misturava seus sentimentos com ele e juntos vocês venciam cada partida, ele não sabia, mas você era o motivo dele ser cada  vez mais poderoso. O problema é que tudo tem seu preço. 

Desde que Aphorid começará a beber a "água sagrada", era como beber a água do diabo. Essa água mantinha você forte por um tempo, mas depois suas forças sumiam do nada.

Todos os dias, todas as partidas, cada dor te tornando mais fraca. Ele não sabia, mas você fazia pelo bem dele, ou era o que pensava.

Sua sorte foi Mamoru Endou ter te ajudado a abrir os olhos de Aphorid. Depois daquele partida, suas forças foram voltando aos poucos e algo novo também. Você se sentia um lixo por ter machucado ele e por ter si machucado.

Numa noite ele estava dormindo tão tranquilo depois de um treino da Raimon, sua expressão era serena e tranquila, a mais linda na sua opinião.

Você tenta acariciar o cabelo dele, mas sua mão o atravessa como Sempre, nenhum anjo pode tocar seu protegido.

Suspirando, você abre a janela do quarto e sai para voar um pouco, mas algo te impede. Um grito do quarto ao qual o menino tinha gritado e estava assustado em sua cama com os olhos arregalados.

Você se senta ao lado dele e percebe que tinha sido um pesadelo, provalvemente teria sido com Kageiama e sua bebida maldita. 

Aphorid olhava para o espelho corpo a corpo que ficava na frente da sua cama. Parecia que ele vira algo inacreditável, mas claro que ele não poderia te ver.

-Quem derá... -você diz meio frustrada e notou que ele estava olhando ao redor do quarto mais  precisamente a onde você estava.

-Q-quem é você? -Ele olhava para o espelho no seu reflexo e logo uma surpresa lhe atinge o rosto.

-Você pode me ver?-Com esta pergunta Aphorid parecia mais assustado.

Ele acena com a cabeça ainda olhando para o espelho e você logo vê uma nova oportunidade. 

Desde aquele dia vocês têm se falado e a casa dia você se sentia melhor por saber que seu protegido não tinha nenhum rancor ou te culpava por tudo, era um enorme alívio.

Todos os dias, na noite, vocês se falavam enquanto olhavam para o espelho, era algo único entre vocês.

-(diz seu nome), é verdade que existe anjos caídos? 

-Sim, mas eles são seres impuros, com maldade e que querem o mal das pessoas, eles as vezes lutam com um anjo para tomar seu protegido.

-Sério?

-Haram, Kageiama tem um anjo caído, mas seu anjo também o protege. 

-Interessante.

-Por que queria saber? -Voce se senta no chão a frente dele e olha para o espelho vendo o garoto te olhar também.

-Não é nada... é que pensar que me considerava um Deus, quando na verdade eu não sou nem comparado a um anjo como você. 

Você cora levemente e tenta esconder seu rosto olhando para baixo, até tentar mudar de assunto.

-Ja está ficando tarde, acho melhor você descansar pro jogo de amanhã. 

-Está certa, espero te ver amanhã de novo.

Com o sonho dele vindo, sua aflição vinha chegando. Só tinha de esperar a manhã chegar para continuar juntos um ao outro.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, pois essa foi a fanfic que mais me emociono de todas que eu ja escrevi.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...