História Deuses de Eldarya. - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Eldarya
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Dakota, Debrah, Dimitry, Ezarel, Iris, Jade, Kentin, Keroshane, Leiftan, Leigh, Lysandre, Melody, Mery, Miiko, Nathaniel, Nevra, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Rosalya, Valkyon, Viktor Chavalier, Violette
Tags Eldarya
Exibições 100
Palavras 699
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Fantasia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Obrigada por lerem

Capítulo 28 - A escola


- Vai ficar pior ? - perguntei sorrindo .

Esse tapado.

Cara eu tô fudida.

- Não, vai ficar melhor, exatamente como agora - ele disse sorrindo, me puxou e se aproximou , querendo me beijar.

- Calma apressadinho - disse o afastando.

Por que eu estou fazendo isso.

- Por que ? - ele perguntou confuso.

- O Nevra não vai gostar disse - falei seria.

Por que eu estou pensando nele agora?

- O Nevra ? Não vai me dizer que esta apaixonadinha por ele ? - ele perguntou debochado.

Eu apaixonada?

- Não acredito em amor - disse seria .

Não depois de ser alvo do odio da minha mãe ou ser abandonada pelo meu pai.

- Não ? - ele perguntou falsamente chocado - Mas eu estava pensando que poderia virar o seu deus encantado - ele disse sorrindo.

Convencido.

- Tirando onda agora ? - perguntei rindo.

- Um beijo pra provar o que disse - ele falou como se fosse uma condição.

- Não preciso provar nada , não pra você , mas aceito a oferta do beijo - falei o puxando.

Seu beijo era urgente e experiente .

Eita garoto galinha , mentira.

Nevra.

Porra , porra , para .

- Ah , antes que eu esqueça o Valkyon tem um escritório aqui , ele quer te ver - ele disse sorrindo.

- Quer ? - perguntei confusa .

Mas já não terminamos esse assunto?

- Sim , mas daqui a pouco eu volto para te mostrar a escola - ele disse piscando os olhos.

- Você quer é me mostrar outra coisa - resmunguei rindo.

- Sim , acertou em cheio , mas tenho medo que você me bata - ele disse serio.

- E você tambem acerto em cheio , agora vaza vou arrumar meu quarto - falei o empurrando.

- Sim senhora - ele falou debochado.

Ri dele.

- Um beijo pra da sorte - ele disse , e me beijou de novo.

Depois de um tempo ele desaparece .

Suspiro cansada e me jogo na cama.

O que o Valkyon quer comigo?

Pego as minhas coisas e coloco em um armario qualquer .

Mas que quarto horrivel , preciso arrumar isso.

Saio do meu quarto e vou andando pelos corredores , estava no dormitorio feminino . algumas eram fadas e poucas eram deusas, pessoas que eu nem conhecia.

Aonde é o escritório do Valkyon?

Agora que eu parei para pensar , entre todos os outros , ele é o mais responsavel , me pergunto o porque?

Andando por entre as meninas elas pareciam ocupadas , fui até uma ruiva que parecia perdida.

- Lisença ? - pedi a cutucando , ela se assustou.

- Ola eu sou a Iris - ela disse feliz.

Tenho um certo palpite de que ela é meu lesadinha.

- Estou perdida , você sabe onde é o escritório do Valkyon ? -perguntei sorrindo.

- A diretoria ? - ele perguntou me olhando .

- Sim - disse tentando não soar irritada.

- Eu te levo lá - ela disse por fim andando na frente.

Saimos do dormitorio feminino e passamos por varios corredores. Vi Armim no fim do corredor , fui até ele junto com a Iris.

- Oi Armim - disse o cumprimentando.

- Oi Armim - a Iris disse timida de repente.

- Oi - ele disse ainda mexendo no seu jogo portatil .

Ele esta me irritando.

Coloquei minha mão na frente da tela do celular. Ele me olhou vencido , apesar de tudo não parecia irritado.

- O que você estava jogando ? - perguntei tentando ser amigavel.

- Você quer realmente saber ? - ele perguntou sorrindo.

Garoto esperto.

- Sim , que, sabe podemos jogar juntos algum dia - disse sorrindo.

A Iris estava atonita assistindo tudo.

- Sim , que tal marcarmos algum dia ? - ele perguntou .

Direto , gosto disso.

- Sim , terei o maior prazer de ir - falei sorrindo com um pouco de segundas intenções.

- Tchau - ele disse indo embora jogando.

- Você gosta dele , não gosta ? - perguntei diretamente para Iris assim que ele saiu.

 


Notas Finais


Desculpe a falta de criatividade , depois eu faço melhor kkkkkkkkkkkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...