História Deuses entre nós - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Tags Ação, Aventura, Deuses, Drama, Fadas, Fairy Tail, Fantasia, Gale, Monstros, Nalu, Romance
Exibições 93
Palavras 1.478
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Shounen, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


yoo, mais um capitulo pra vocês, espero que gostem^^

tenham uma boa leitura.

Capítulo 32 - O sonho de Lucy - O Passado de Layla


Fanfic / Fanfiction Deuses entre nós - Capítulo 32 - O sonho de Lucy - O Passado de Layla

Capitulo 32 – O sonho de Lucy - O Passado De Layla

 

 

Anteriormente -

- Me escute, pois só vou dizer uma vez, O Passado de Layla, eu vou te contar Agora! – Falou Anna Fazendo uma Grande Luz Surgir, Vi uma Imagem de Uma Garota Loira e pequena, ela estava em tenroujima brincando com outra menina menor, essa menina tinha cabelos rosados e As duas corriam em um Jardim em frente a uma Casa grande.

- Irei te mostrar, O Passado de sua Mãe,  e Também o Motivo dela perder os poderes dela e passar pra você.

Agora –

 

 

 Lucy (on)

 

Observei a Imagem, Então Mostrou Minha Mãe ainda Jovem, e Ela Esta Montada em Um Centauro Vestia Uma armadura Especial E tinha Um arco e Flecha iguais ao do Centauro, A Ponta Da Flecha brilhava, e Vi Ela atacando junto com um exercito, Era uma Guerra e Minha mãe estava Liderando.

 

( FLASHBACK)

 

 

 - ATAQUEM COM TODAS SUAS FORÇAS, NÃO PODEMOS PERDER! – dizia Layla Atirando a Flecha.

 Layla então Saiu de Cima do Grande Centauro, e Pegou uma Chave dourada de sua bolsinha.

- Obrigado Sagitarios, vou Chamar o Leão. – Disse Layla.

- Sempre que precisar pode me chamar. – Falou O centauro desaparecendo.

- Pelo Poder Celestial, Eu Invoco o Leão, o Mais forte dos Espíritos!! – E assim Layla Apontou A Chave para o Céu e Apareceu um Grande Guerreiro com Armadura de Ouro, Ele era alto e forte, Logo ele olhou para Layla com Um Sorriso enorme.

- Oque Posso Fazer pela Madame? – Falou O Leão.

- Loki, chega de Graçinha, temos uma Guerra pra vencer, eu vou Convocar Capricórnios  para te ajudar – Disse Layla e Assim fez.

 

 Capricórnios e Leão eram os espíritos mais fortes para combate corpo a corpo, Então em perfeita sincronia , Os dois Espiritos Batalham lado a lado na guerra, destruindo os inimigos facilmente, e Layla Ainda com seu Arco, dava cobertura para seus Espíritos Lutarem.

(FLASHBACK OFF)

 

 Admirei minha Mãe Lutando, então ouvi a voz de Anna novamente.

- Layla sabia perfeitamente controlar os Espíritos, Ela era uma guerreira forte e destemida, tinha coragem pra proteger os bons – Disse Anna me mostrando outra imagem – Então um dia ela se apaixonou por um Soldado Inimigo.

 

(Flashback on)

 

 Anna Lutava contra vários homens, agora com outra armadura, e sua arma era um Marchado de Prata.

- Seus malditos, Vão aprender a não mexer comigo!! – Disse Layla cortando a cabeça de um homem, ma então ela iria Atacar outro , mas sentiu alguém segurar seu pulso fortemente.

 Layla Se virou e deu um soco no estomago do homem que segurou seu pulso.

- Ta achando que pode me pegar de surpresa seu cretino! – Dizia Layla indo pra cima do Homem.

Mas então o Homem desviou do Marchado, se levantou rapidamente, e Agarrou a moça por trás a prendendo, assim deixando ela imobilizada.

- Impressionante, uma moça tão bonita como você ter essa Grande Força. – Disse o joven  com uma voz rouca, na orelha de Layla.

 Layla corou com o comentário e tentou se soltar, quando conseguiu Encarou o Rapaz, Era um rapaz Loiro E bonito, seus olhos cor de chocolates e seus cabelos Loiros e longos preso em coque, ele vestia uma armadura prata com o símbolo de Magnólia, A vila inimiga de Layla, Mas Layla Despertou algo naquele momento, os dois se encaram e O Rapaz quebrou o silencio.

- Meu Nome é Jude, Jude Heartfilia, Qual o seu?- Perguntou Jude.

- Layla, Somente Layla! Disse A Loira Apertando o punho com o marchado.

- Se Acalme, estamos em uma Guerra, mas não quer dizer que vou tentar te atacar, assim como você – Falou Jude.

- Eu sou sua inimiga, como pode não querer me atacar? – Perguntou Layla.

- Eu não quero mais lutar nessa Guerra, muito pelo contrario, eu quero acabar com isso, por isso irei me render. – Falou Jude colocando a espada no chão.

- Se render? Por apenas quere acabar com a guerra? E sua terra? – Falou Layla.

- As vidas das pessoas são mais importantes do que as terras. –Falou Jude.

 Layla Sorriu para Jude, Então ela Guardou O Seu Marchado, se aproximou do Rapaz e o beijou.

 

 (Flashback off)

 

 Vi Aquela Cena e fiquei surpresa, Meu pai nunca contou como conheceu minha mãe, Mas então me perguntei do motivo dela perder seus poderes.

- Layla e Jude se apaixonaram , acabaram com a Guerra Juntos, fazendo assim um Acordo de Paz entre a vila do sol e Magnólia. – Disse Anna.

- Vila do sol? É a Vila mais próxima de Magnólia, alem de ser Nossos amigos. – falei.

- Layla então se casou com Jude, e a consequência disse, teve uma filha, mas no dia do parto algo muito ruim aconteceu – Disse Anna me mostrando mais uma imagem.

(flashback on)

 

 Layla estava dentro de um quarto com duas parteiras, A dor era insuportável, Layla gritava de Dor, Então Jude aparece apertando sua mão.

- Se Acalme Layla, Por Favor aguente mais um pouco! – Dizia Jude.

- Jude... – disse Layla Assim Que A criança nasceu, Layla E Jude Sorriam de felicidade, mas Layla Estava muito Pálida, então Ela Pegou A criança no colo.

- é uma linda Garotinha – Disse Layla – O nome dela será Lucy, Lucy Heartfilia – Disse feliz.

- Nossa filha é Linda como a mãe – disse Jude com um sorriso em orelha a orelha,mas então ele mudou seu rosto de feliz para preucupado ao ver Layla muito Palida, ele colocou suas mãos na testa dela e estava com febre. – Layla, você não esta nada bem!  LAYLA!

 Layla estava cada vez mais fraca, tinha Gastado seu poder por conta do parto de Lucy, Então ela fechou seus olhos, e Uma Forte Luz Apareceu no quarto, Jude Tampou seus olhos e depois viu uma Mulher vestida de Branco, A Aparência era igual de Layla.

- Quem é você?? – Disse Jude.

- Eu Sou Anna, Mãe de Layla, vim por conta de minha filha estar morrendo e
preciso salva-la!- Disse Anna.

- Por favor Salve-a! – disse Jude.

- Mas A uma consequência e quero que a avise, ela nunca mais terá seus poderes de volta, ela não poderá mais ser uma Guerreira, levarei comigo de volta as chaves de ouros. – Falou Anna.

- Por favor a vida Dela é mais importante, salve-a!! –Gritou Jude.

- Mais uma coisa, Eu Não poderei mais salva-la, essa será a ultima vez, se ela morrer novamente, Ela não ira mais voltar. – Falou Anna apontando uma Chave para Layla, dali saiu uma forte Luz e o corpo de Layla foi Ganhando novamente, e ela abriu os olhos.

- Adeus Layla – falou Anna Desaparecendo.

 Layla olhou confusa para aquela Luz e Jude estava chorando ao seu lado.

 

(Flashback off)

 

 Não pude esconder minhas lagrimas, Chorei ali mesmo, sentir uma mão em meus ombros, era Anna, então ela me abraçou forte e eu contribui  o Abraço.

-  Lucy, foi a única coisa que eu pude fazer, - Disse Anna.

- Porque não ficou ao lado dela? Porque não ficou mais aquele dia? – perguntei a encarando.

- Eu Já tinha quebrado as regras, que era nunca se apaixonar por um humano, mas quando me apaixonei, já era tarde demais, tive Layla como filha, cuidei dela até os 3 anos, mas então Acnologia, o Deus que manda em tudo aqui,  me obrigou a voltar para tenroujima e fiquei proibida de descer a terra novamente, aquela vez eu não podia deixar minha filha morrer, tive que sair escondida para salva-la. – falou Anna passando as mãos nos meus cabelos. – você é muito parecida com sua mãe – disse em um sorriso.

- Obrigada... por salvar minha mãe naquele dia... – disse.

- Lucy, agora preciso ir, mas antes te deixarei isso – falou Mostrando uma bolsinha – era meu, passei pra sua mãe, e agora é seu!- falou me entregando.

 Abri a Bosinha e Vi 12 Chaves douradas, cada um possuía um símbolo de um signo, Olhei pra ela e ela sorriu, e me deu mais uma chave, só que maior.

- Essa chave é a minha chave, para poder incocar-me, terá que ter um grande poder , você ainda não ter todo esse poder, então não me invoque ainda, pois sou a mais forte de todos os espíritos, Sou A Deusa Celestial, se você tentar abri o meu portão se o podernecessario, você tem risco de perder sua vida, então tome cuidado – alertou Anna – Agora eu vou embora, Adeus Lucy, cuide bem dessas chaves. – Disse Anna em um sorriso.

- Com toda certeza! –Falei  Sorrindo com lagrimas nos olhos.

 

 

 

Sonho (off)

 

 

Acordei com a luz do sol batendo no meu rosto, olhei para minhas mãos e vi a bolsinha lá, abri pra ter certeza e as chaves estavam La.

- Obrigada Anna. – apertei fortemente a bolsinha, ela me lembrava da minha mãe, sorri e uma lagrima veio em meus olhos – Não vou te desapontar mãe.

 

 

 

 

Continua...


Notas Finais


Não deixem de comentar o que acharam do capitulo, e também quero agradecer muito vocês pelos mais de 90 favoritos, eu nem estou acreditando, muito obrigado pessoa^^ Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...