História Deuses Guardiões - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Inu no Taishou, Inuyasha, Izayoi, Kagome, Kikyou, Miroku, Rin, Sesshoumaru
Exibições 31
Palavras 1.846
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente ta aqui mas um capitulo, desculpe ter deixado vocês ansiosos,espero que gostem e comente, preciso da opinião de vocês!
Boa leitura!

Capítulo 8 - Cuidando de você


Cuidando de você


 

_Se o Inuyasha morrer, eu irei te matar aos poucos arrancando membro por membro. Ela estremeceu, eles então mandaram os saldados queimarem com fogo dos deuses os corpos dos titãs e seguiram para o palácio, Kagome foi junto de Inuyasha, ela voltou a chorar pelo marido, sua situação parecia serio, voltou a abraçá-lo ele já estava encharcado de suas lagrimas, assim que chegaram, Kagome não dormiu ficou o tempo todo com Inuyasha, o Deus da saúde chega e vê o mesmo, e não da muitas esperanças a nenhum deles. E Kagome só fazia molhar Inuyasha com suas lagrimas.

 Inuyasha começou a tossir fluidos negros que saiam de seu corpo, Kagome apenas se sentia culpada por tudo que estava acontecendo com ele, ela se sentia tão impotente, eles estavam no quarto deles e a família estava em volta da cama cada um escorado em um canto, enquanto somente Kagome e Izayoi estavam na cama, a cabeça de Inuyasha estava no colo da mesma e Izayoi estava ao seu lado sentada, derramando pesarosas lagrimas, Inu no Taisho olhava pela janela, Sesshoumaru estava escorado na parede, Rin estava abraçada com Sango no sofá do quarto ambas se abraçavam e choravam em silencio juntas, Mirock estava sentado no chão em um canto do quarto, o clima era um dos piores, a família real não tinha forças, Kagome se sentia desolada, ela só chorava apenas chorava, Inuyasha parou de tossir e abriu os olhos,levantou o braço com muito esforço e alisou o rosto de sua esposa e disse vagarosamente:
_Não chore Ka...Kagome cof... cof...cof...
_Pish! Não fale nada Inu fique calado, guarde suas forças, dizia a mesma com a voz embargada pelo choro e soluços.
_E chegada a minha hora, cof...cof...cof... Vou partir, só quero que saiba que eu... e...eu...cof...cof... eu te amo, como nunca amei ninguém! Dizendo isso, Inuyasha fecha os olhos e sua mao vai deslizado lentamente pelo rosto de Kagome, ela então pega a sua mão e aperta com força conta seu rosto.
_NAOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO, INU NÃO ME DEIXE, MEU AMOR, NÃO ME DEIXE, O QUE EU FAEI SEM VOCE! Sesshoumaru e Inu no Taisho tentavam tirar a Kagome de perto dele ela estava muito abalada._NAO ME SOLTEM ME DEIXEM AQUI, grita a mesma se soltando e voltando a segurar as mãos de Inuyasha, ela então se deita sobre ele colocando o rosto próximo ao seu ferimento._Eu te amo Inuyasha, como nunca amei ninguém e nem soube aproveitar esse amor que você tinha para me dar porque eu sou uma covarde! A Blusa de Inuyasha começou a se encharcar de lagrimas de sua esposa todos choravam, Kagome não sabia o que sentia, era como se alguém a tivesse matado, mutilado, torturado ela, jamais ela amaria alguém como Inuyasha.Kagome não tinha mas lagrimas seu choro era de dor e agonia, era um chore que nem a sua voz de gemido era escutado.
_Volte pra mim Inu eu te amo. Foi quando a ultima gota de lagrima caio em Inuyasha ela sabia que não haveria mas volta, não poderia fazer mas nada por ele ela apertou a sua camisa com força foi então que ela sentiu uma mao alisando o seu cabelo._Por favor me deixem, eu quero ficar ate ele ir!
_Quem ir meu amor, do que você esta falando?!  Nesta hora Kagome se levanta e o abraça.
_Inuyasha, você esta vivo!
_O Inuyasha esta vivo mamãe! Gritou Sesshoumaru.
_Inuyasha meu filho, Inu no Taisho ele esta vivo, Rin, Mirock, Sango venham ver! Todos se jogaram na cama, e o abraçaram de vez.
_Ino meu amor, eu amo você! Disse Kagome dando um beijo na boca de Inuyasha que de inicio, ficou chocado, com olhos arregalados enquanto todos se abraçavam ao seu redor, ele não quis resistir e retribuiu o beijo com fervor, ate que Ino no Taisho resolve tossir.
_Cof...cof...cof... Eu acho que devimos chamar o Deus da saúde, para ver o que houve com meu filho!
_O que ouve comigo?!
_Inu você não se lembra de nada?! Perguntou Kagome.
_Inu?! Dês de quando você me chama assim?
_Porque você não gostou, desculpa, eu não te chamo mas assim Inuyasha!
_Não coloque palavras na minha boca, eu amei o apelido, Kah! Dizendo Isso ele deixou a sua esposa com as bochechas vermelhas, e todos deram risada._Mas será que agora você pode sair de cima de mim assim com todos envolta eu fico desconfortável. Foi ai que Kagome percebeu que estava sentada com uma perna de cada lado de Inuyasha, ela ficou mas vermelha que um tomate e saiu de cima dele enquanto todos riam.
_Com licença! Disse uma silhueta que apareceu na porta do quarto fazendo todos tirarem a atenção da cena que havia acontecido.
_Sayako minha querida, o que deseja? Perguntou Izayoi se aproximando da menina.
_E que o Deus da saúde chegou, posso autorizar a sua entrada senho... Senhor Inuyasha o senhor esta vivo! Disse a menina correndo de encontro ao mesmo mas quando ia chegar perto fez um sinal de reverencia._Perdão! Com licença! E saiu de cabeça baixa a caminha da porta.
_Sayako espere, tudo bem, não tem problema, todos estamos felizes porque o Inuyasha sobreviveu.
_Sobreviveu não Deusa Kagome! Ressuscitou! Falou o Deus Toyoko o Deus da saúde. Ele era alto, moreno e seus olhos eram cor de rosa.

-COMO ASSIM EU RESSUSCITEI EU NEM MORRI, MAS QUE HISTORIA E ESTA! EXIJO UMA EXPLICAÇÃO!
_Calma Inu! Você precisa descansar!
_Não e necessário Deusa Kagome, o Deus Inuyasha esta ótimo!
_E como o senhor sabe disso?! Perguntou Rin
_Bem, vocês são os Deuses mas poderosos, são os nossos comandantes, estão acima de nós se o Deus Inuyasha tivesse morrido, todos saberiam, porque a grande chama de fogo dele seria apagada, com sua partida, então eu fui investigar porque mesmo depois daquele ferimento, seu fogo nem se quer enfraqueceu, pelo contrario ficou mas forte, ma seu só vi isso depois que eu desci, então eu fui ate Kouga, o Deus que leva as almas para  mundo inferior, e ele me disse que a família real tem dons desconhecidos, que não sabem usar, e parece um de seus dons desconhecidos Deusa Kagome e o poder de ressuscitar as pessoas que amam verdadeiramente com suas lagrimas.
_Pêra você esta querendo dizer que eu morri!? Mas como isso aconteceu, não estou entendendo não me lembro de ter saído daqui deste quarto.

_Porque ele não se lembra de nada Toyoko? Perguntou Sesshoumaru.
_Bem parece que foi efeito das lagrimas, mas eu creio que logo passe, isso não afetara o Inuyasha eu sinto isso, afinal sou o Deus da saúde! Hehe... Ele estava dando as costas e se dirigindo a porta do quarto quando ele se vira pra olhar a família real dos Deuses e fala:_ A Kikyou ainda esta precisando de ajuda, esta sujando o calabouço com seus fluidos roxo de ninfa!
_Bem, pode ir da um jeito ela, logo após o Inuyasha decidirá o que fará com ela, agora pode ir, muito obrigada Deus Toyoko! Disse Kagome, ele então faz um breve sinal de reverencia com a cabeça e sai do quarto em direção ao calabouço.
_Kagome eu não entendi uma Coisa! Porque você não decidiu sobre a Kikyou, disse que o Inuyasha decidiria! Perguntou Sango curiosa.
_Ela quase o matou nada mas justo! Se fosse eu gostaria de decidir a sentença do criminoso.
_Verdade! Concordou a amiga.
_Mas eu não entendo como foi que a Kykiou quase me matou, como foi isso? Não me lembro de ter saído do quarto!
_Calma Inuyasha, o que você precisa agora e de um banho, vou chamar a Sayako para ela trocar os lençóis, eles estão sujos cheiram a batalha! Assim Mirock saiu tirando risos de todos! 
_Bem Inu, tome o banho, vamos deixar vocês a sois, a Kagome ira te explicar tudo! Disse Izayoi arrastando os membros da família para fora do quarto, já já a Sayako vira, mandarei ela trazer, comida para vocês também, comam aqui o Inuyasha precisa descansar, ate amanha e fecha a porta deixando o casal sozinho.
_Inu eu vou preparar o seu banho!
_Porque não toma banho comigo?
_Inu mas que nojento, você esta todo sujo de lama e eu sei que você  não vai querer apenas tomar banho comigo, e melhor tomar sozinho, o que ira acontecer quando você sair, depende...
_De que?
_Do qual cheiroso você vai estar!
TOC, TOC,TOC...
_Entre! Respondeu Inuyasha, esperando a figura aparecer diante da porta!-Ah sim ola Sayako!
_Pronto Inu, já preparei o seu banho!
_Já vou! Kah a Sayako está aqui com algumas servas, veja pra mim por favor!
_Ola Sayako, Izayoi disse que te pediria para vir aqui, preciso que troque os lençóis, limpe o chão que esta sujo, enquanto isso irei tomar banho, pode ser?!
_Claro que sim dona Kagome!
_A sim Sayako, posso te pedir um favor?!
_Mas é claro!
_Bem eu quero que você coloque algumas velas e sais aromáticos espalhados pelo quarto.
_Sim senhora dona Kagome!
_Obrigada! Ela então sai e vai tomar o delicioso banho perfumado, ela sabia hoje que Inuyasha a amava de verdade, e isso era prova suficiente para ela se entregar verdadeiramente a ele, hoje viveria sua lua de mel, apesar de estar nervosa, e com bastante vergonha por apenas pensar em mostrar sua nudez para um homem, ela se sentia feliz.
Após algum tempo no banheiro ela sai e vê Inuyasha comendo algumas frutas sentado deitado na cama esperando por ela.
_Demorou Kah! O quarto estava exatamente da forma que ela havia pedido, na verdade estava melhor, a Sayako realmente era uma jovem surpreendente._Kah esta arrumação do quarto quer dizer alguma coisa? E alguma indireta pra mim? Você ainda aparece assim toda linda e cheirosa, posso sentir seu perfume daí, venha minha princesa, deite aqui comigo! Ela então foi se engatinhando lentamente ate a cabeceira da cama, se deitando ao lado dele, que a olha nos olhos e a beija, depois a oferece uma uva, ela come e sorri._Bem agora me fale sobre a Kikyou!
 

Enquanto isso no quarto do Deus dos Deuses
 

     Izayoi e Inu no Taisho se encontravam deitados na cama namorando um pouquinho, fazendo juras de amor, dando beijinhos.
_Espero que eles se acertem amor, eu quero ver meu filhote feliz!
_Eles vão, eu creio que depois de hoje finalmente o Inuyasha tomara jeito na vida, e a Kagome também, creio que eles deixem o orgulho de lado. Mas agora vamos deixar de falar deles e faz aquela dança que você fez pra mim ontem não consigo tirar da cabeça!
_Safadinho! Ta bem! Diz isso depositando um beijo no marido e voltando ao chão para dançar.

 

Voltando ao quarto de Inuyasha

 

_Então foi isso que aconteceu!
_As suas lagrimas me curaram a beira da morte! Nossa que sorte eu tenho de ter me casado com você!
_Amor eu fiquei preocupada com você! Pensei que iria morrer me senti tão culpada!
_Eu faria novamente se fosse preciso mesmo que dessa vez eu morresse! Eu amo você!
_Eu também amo você, sempre amei! Inuyasha se deitou sobre Kagome lentamente depositando alguns beijos em seu pescoço

 

 

CONTINUA......

 


 


Notas Finais


comente, não vou demorar tanto para postar o próximo!
Beijinhos...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...